História Não vivo sem você! - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 41
Palavras 306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Rotina modificada


De algum modo , hoje eu levantei disposta para o meu trabalho.
Ao sair de meu quarto , foi de cada com Jimin que são do banheiro. Tinha até esquecido que ele mora aqui.
Sem dizer nenhuma palavra Jimin vai para seu quarto e eu para a sala , em procura da chave de meu apartamento.
- Calma! E se o Jimin sair? Caso aconteça,  espero que ele não volte tarde.
Sem muita enrolação,  Vou para meu serviço,  não gosto de me atrasar,  mas muitas vezes não tem como evita.

***

Durante todo o meu trabalho,  não parei de pensar em Jimin. Se ele comprou bolo aqui ontem , significa que tem dinheiro. Por que ele não comprou uma residência? O dinheiro não era suficiente? Onde ele passou a noite anterior?
- Aish ! No que eu estou pensando , ele que se vire sozinho.
- Falando só Gaby? - Diz Lana rindo atrás do balcão.
- Apenas pensando algo.

***

                         14:30

Tiro meu uniforme, e guardo minhas coisas. Ficando pronta para od embora.
-Tchau Lana! Até segunda.
- Até! Diz que eu mandei um beijo para a Cleri.
- Pode deixar.
Pego minha mochila , e me dirijo para fora do café,  indo a caminho de minha casa.

***

- Boa tarde Sr. Ronaldo! - comprimento o porteiro. Ele ainda não se acostumou com o meu jeito brasileiro.

***

Quando forço a porta para entrar , persebo que a mesma está trancada.
- Ótimo! Ele saiu.
Me sento ao lado da porta , e fico a sua espera.
Aquele viado é folgado , além de morar junto comigo , me deixa esperando para entrar na MINHA própria casa.
-Merda , minha bunda tá doendo. E o infeliz nem pra avisar quando volta. O que eu fiz para merecer isso?
           
           1 hora depois...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...