História NaruHina - Escrito nas Estrelas - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Hyuuga Hiashi, Ibiki Morino, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kankuro, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Maito Gai, Minato "Yondaime" Namikaze, Mirai Sarutobi, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Tamaki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Amor, Drama, Felicidade, Kakashi, Konohana, Morte, Naruhina, Naruto, Ninja, Romance, Sasusaku, Shikatem, Tragedia
Exibições 915
Palavras 1.537
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou de volta com mais um capítulo! Dessa vez um pouco mais diferente, mas espero que curtam :D

Capítulo 3 - Querido professor


Fanfic / Fanfiction NaruHina - Escrito nas Estrelas - Capítulo 3 - Querido professor

O sol começava a aparecer sobre a quieta Konohagakure no Sato, trazendo consigo um novo dia. Naruto roncava em seu tradicional pijama azul listrado e sua toquinha, seu sono era tão pesado que estava todo virado e quase caindo da cama. Seu despertador acabou por fazer com que ele terminasse de cair de cabeça na madeira dura, acordando logo com uma dor de cabeça e um galo. Deu um pulo e ficou em pose de luta como se não soubesse aonde estava. Algo dentro dele começou a gritar bastante.

- BAKA! VOCÊ ACHA QUE PODE ME ACORDAR ASSIM? SE CAIR DE NOVO DESSE JEITO VOU ME LIVRAR DESSE SEU CORPO INÚTIL, SEU IMBECIL! - Kurama estava bem histérico por ter começado o dia daquele jeito, aparentemente sentiu a mesma dor que Naruto sentiu ao cair daquele jeito. Pelo visto o dia tinha começado com o pé esquer--com a cabeça, por assim dizer.

O loiro fez uma cara de quem não estava entendendo nada enquanto coçava o lugar machucado na sua cabeça. Olhou pra janela e viu que várias pessoas já estavam abrindo as suas portas e indo trabalhar. Decidiu então fazer algo produtivo do seu dia -- iria resumir sua rotina de treinos. Desde que começou com a insônia não teve a oportunidade de se acalmar e treinar um pouco, já estava com a sensação de estar mais fraco.

Naruto correu até o banheiro para fazer a sua higiene e depois se dirigiu até a geladeira, pegou o resto de leite em caixa que tinha e esquentou a tigela de ramen que tinha deixado para comer outro dia. Engoliu o seu café muito rápido e começou a se vestir, botou sua tradicional calça laranja com sandálias pretas de cano alto e vestiu apenas uma camisa branca com o símbolo de Konoha atrás, tinha sido um presente de Iruka quando este retornou a vila depois do seu treinamento com Jiraiya. Parou por um tempo enquanto olhava concentrado para o seu braço direito enfaixado, as cicatrizes que um de seus laços mais fortes o faziam se lembrar a cada dia que valia a pena nunca desistir - "Espero que esteja bem, Sasuke." - O loiro pensou com um grande sorriso no rosto antes de pegar suas chaves e sair do apartamento, trancando a porta.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Chegou na área de treinamento aonde foi feito seu primeiro teste como o Time 7 com o Kakashi e instantaneamente sentiu um sentimento forte de nostalgia -- fazia algum tempo que o seu time não se reunia. Uma voz por trás dele lhe deu um leve susto.

- Yo, Naruto! - Um rapaz de cabelos prateados com parte do rosto escondido por uma máscara chegou na área acenando para ele. O loiro deu um pulo e foi correndo até a pessoa, sorriso estampado no rosto para demonstrar sua felicidade - Kakashi-sensei!

- Já faz um tempo que não treinamentos juntos, hein? Acho que agora seria uma boa hora. - Kakashi falou com seus olhos fechados, já podia sentir a alegria emanando de Naruto, que simplesmente assentiu com a cabeça e deu alguns passos para trás pra se posicionar.

Ambos retiraram uma kunai de seus bolsos quase que na mesma hora, e assim que uma leve rajada de vento passou, voaram para cima do outro, faíscas saíam da colisão das suas kunais, seus rápidos movimentos difíceis de serem acompanhados pelo olho destreinado.

Ficaram naquele combate por quase duas horas.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Haaa... estava com saudade de uma luta como essa! Arigatou, Kakashi-sensei! - O loiro coçava a parte de trás da sua cabeça enquanto sorria para o seu antigo professor.

- Naruto... Você estava bastante distraído. Se eu tivesse lutado sério, poderia ter te matado. - Naruto abriu os olhos e ficou surpreso com a expressão séria vinda de seu professor e logo abaixou a cabeça - O quê houve? - Kakashi indagou uma pergunta que Naruto não sabia bem responder

- Gomen, Kakashi-sensei... Eu não sei bem o quê está acontecendo. Eu fiz tantas amizades, lutei e sacrifiquei bastante por todas elas - Naruto falou enquanto olhava para o seu braço direito - mas ainda sim, me sinto vazio. E esses dias...

- Ah, esses dias você esteve bem ocupado com a Hinata, não é mesmo? - O rapaz de cabelos prateados perguntou num tom engraçado, sorrindo de olhos fechados para não ver a cara envergonhada de Naruto.

- B-bem... E-eu não sei do quê o senhor está falando! - Naruto começava a tropeçar em suas próprias palavras, seu rosto tinha começado a ficar vermelho, desviou seu olhar para o lado oposto de Kakashi.

- Estou só brincando, Naruto. Mas ela é uma boa garota... e se importa muito com você.

- É... - O loiro afirmou, cabisbaixo e agora com uma expressão meio triste.

- Eu entendo esse seu sentimento, e sei quê você está a procura de alguma coisa, mas com isso eu não posso te ajudar. Só se lembre das pessoas que sempre estiveram com você, mesmo em seus momentos mais difíceis, Naruto.

- Como assim, Kakashi-sensei? O Iruka-sensei sempre esteve comigo, até o Sandaime jii-san... - Naruto falou ainda cabisbaixo, olhava fixamente para a grama que balançava com o vento.

- Não é disso que eu estou falando. Você não deve se lembrar, mas a Hinata esteve lá antes de todos.

Naruto virou o rosto para encarar Kakashi com uma expressão de surpreso, parecia muito confuso e por isso Kakashi resolveu continuar.

- Quando todos riam de você ou se distanciavam por medo da Kyuubi, ela sempre te olhou a distância. Você era a maior inspiração dela. Já ouvi muitas vezes Kurenai comentando com o Asuma isso nos tempos da Academia, como o seu sorriso fazia ela sorrir. Ela sempre foi tímida e fechada, especialmente após a morte da mãe dela. Mas em você ela via um motivo para se alegrar, do mesmo jeito que o seu pai fez comigo.

- Otou-san? - Naruto respondeu ainda mais confuso, Kakashi deu um leve suspiro e continuou.

- É... eu devo muito ao meu sensei, e à sua mãe, Kushina-san. Eles me ajudaram numa fase da minha vida aonde eu queria fazer muitas besteiras, estava no fundo do poço depois do quê aconteceu com Obito e... Rin - Naruto conseguiu sentir a dor na expressão de Kakashi quando ele falou o nome da sua antiga companheira de time.

- Você não deve saber, Naruto, mas o Yondaime me designou como o guarda-costas pessoal da sua mãe quando ela estava grávida. Ele era muito ocupado com seu trabalho como Hokage e a gravidez da sua mãe era complicada já que ela era uma Jinchuuriki. Eu estava muito frio e triste, só queria saber de completar minhas missões na ANBU, não importava quem eu tivesse que matar ou se iria abandonar mais um companheiro, eu já tinha desonrado a memória do meu melhor amigo, que me deu seu olho antes de "morrer".

Naruto engoliu seco, surpreso com as palavras de Kakashi. Não conseguia tirar os olhos dele, atento a cada palavra.

- Mas os dois conseguiram mudar meus sentimentos. Eu via o amor que eles tinham um pelo outro, não tinham medo de se sacrificar pelo outro, e acima de tudo amavam você. Kushina-san até me contou a história sobre o seu cabelo e como ela foi salva pelo seu pai, falava que se apaixonou pelo Yondaime naquele momento, e quê seu cabelo ficou conhecido como o Akai Ito (O fio vermelho do destino) a partir dali, um laço profundo que os unia.

Naruto lutava para conter as lágrimas com as lembranças dos seus pais - "Otou-san... kaa-chan..."

- Eu vejo esse sentimento em Hinata, como ela não é egoísta quando o assunto é você. É você quem ela admira, e ela trabalhou duro para melhorar e tentar te acompanhar, mesmo você nunca percebendo. Ela quer te proteger mesmo que isso custe a vida dela, e esse é um sentimento muito nobre e que vale a pena ser protegido, Naruto.

A expressão de Naruto mostrava o quanto ele estava em choque com aquelas palavras, nunca tinha parado para pensar daquele jeito. Mil e uma coisas foram à sua cabeça naquele momento, ele mal conseguiu responder Kakashi quando ele disse que tinha que ir embora cuidar de alguns assuntos de Hokage.

O loiro ficou o resto do dia encostado numa árvore, refletindo enquanto olhava para o reflexo da lua no lago.

"Naruto... Hinata-sama... está pronta pra morrer por você... Então você tem... mais de uma vida em suas mãos..."

- Neji...

Naruto atirou uma pedra no lago ao se lembrar daquelas palavras, e também se lembrava de como Hinata foi a primeira a se jogar na frente dele na hora do ataque do Juubi, antes de Neji interceptar os pedaços de madeira com o seu próprio corpo, salvando a vida dos dois.

A expressão triste e pensativa de Naruto já demonstrava seu humor naquele momento, só conseguia pensar nas vezes que Hinata estava lá por ele, e como ele nunca agradeceu a ela por ser tão corajosa e altruísta. Uma forte ventania o atingiu enquanto suspirava, deixando seu corpo relaxar e cair para trás, ficando quase que deitado, apoiado pelo tronco da árvore.

- Hinata...


Notas Finais


E esse Kakashi cupido?! Quis fazer algo diferente dessa vez, Kakashi é um dos meus personagens favoritos e na ausência das figuras paternais de Naruto (Minato e Jiraiya) alguém tinha que assumir esse papel e começar a fazer Naruto refletir um pouquinho sobre as pessoas que sempre o apoiaram, em especificamente uma morena de olhos perolados ^^

Até mais, minna! O próximo capítulo vai ser bem interessante, prometo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...