História NaruHina Enfim... - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Chouji Akimichi, Chouza Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Matsuri, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Exibições 315
Palavras 1.763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vamo a mais um capítulo?... Simbora gentemm... Obrigada pelos coments e favoritos de vcs.. Não pude revisar então ignorem os errinhos rsrs... Boa leitura 😍😍😍😘😘😘😘

Capítulo 11 - Delírios


Naruto seguia seu caminho silenciosamente um pouco mais na frente de Hinata, não tinham conversado desde a declaração que Naruto fizera, seguiam o caminho muito distantes um do outro, o coração do loiro estava como se estivesse sido despedaçado, pelo fato de Hinata ter lhe rejeitado  e ainda ter pedido para que ele voltasse a correr atras de Sakura, ela havia ignorado a sua declaração, agora estava sentindo na pele o que ela deveria ter sentido no dia que ela se declarou abertamente e ele nada fez. 

Interrompeu seus pensamentos ao notar  uma névoa um pouco mais espessa, estava começando a ficar difícil de enxergar, estavam perto a uma trilha repleta de plantas e árvores e bem ao lado havia um lago que provavelmente era o motivo de tanta neblina, olhou para o céu e percebeu que logo cairia mais uma chuva, o ar ficou gélido, não parecia que seria uma tempestade dessa vez, de repente ele se sentiu tonto, e sua visão ficara turva não sabia porquê, nem  se sentia tão cansado assim, porque sentia como estivesse ficando sem forças?!...

    Hinata andava devagar e com a cabeça baixa, pensava no que havia acontecido naquela tarde, sobre o que Naruto havia dito a ela que ele a amava.... Ela queria muito que fosse verdade, mas nada tirava de sua cabeça que tudo que Naruto estava fazendo era apenas por compaixão, que estava apenas tentando se redimir por todos os anos que ela sofreu esperando que ele correspondesse ao seu amor, chegou a vacilar por um momento com aquela aproximação quase o puxando e o beijando principalmente depois daquelas palavras, mesmo achando serem palavras vazias, mas precisava ser firme em sua promessa.

Um forte estrondo a assustou, foi só então que reparou na neblina espessa e escura e a chuva que começava a cair, assustou-se quando não viu Naruto que estava na frente dela a poucos instantes, não conseguia enxergar nada.

   — Naruto-kun? Onde você está? — chamou ela.  

Hinata não obteve resposta alguma do loiro, tudo que conseguia ver naquele momento era a névoa, ficara um pouco apreensiva decidindo procura-lo através do Byakugan.

Uma forte dor de cabeça a atingiu assim que ativou o byakugan. sua visão estava completamente distorcida fazendo que se sentasse no chão com as mãos nos olhos, não conseguia ver nada apenas escuridão, era a primeira vez que seu kekegenkai falhava, desativou quase que imediatamente sentindo-se mais aliviada.

   —  “ O que foi isso? Meu Byakugan nunca falhou e nunca ouvi isso acontecer com ninguém do clã, não vou conseguir encontrar o Naruto-kun assim”.

   Hinata ouviu um grito alto de dor, foi o suficiente para que ela saísse correndo na direção da voz, e, mesmo sem estar enxergando quase nada... conhecia aquela voz muito bem e não tinha dúvida que era Naruto, alguma coisa tinha acontecido com ele.

— Naruto-kun? — chamou-o sem resposta.

 precisava fazer alguma coisa em relação a toda aquela neblina. Parou e Fez um selo com as mãos.

  — Kaiten Kunji!!!

   Hinata girou rapidamente e uma enorme bola de chacra azul a rodeou fazendo toda névoa se dissipar aos poucos, logo que ela parou o jutso conseguiu enxergar onde estava e um pouco mais adiante assustou com Naruto caído no chão, correu até ele rapidamente e se agachou...


— Naruto-kun...


 Notou que ele estava suado e tremia, estava desacordado e queimava em febre... tentou olhar pela região com o Byakugan para ver  se encontrava algum inimigo e novamente sentiu a forte dor e sua visão distorcida, desativou-o de imediato. Viu que as mãos de Naruto estavam queimadas, e do lado que ele tinha caído havia uma planta de cor avermelhada.., se lembrou na hora que aquela era uma planta mangumare, extremamente venenosa, pelo que conhecia sabia que ela era responsável por sugar o chacra de uma pessoa e deixar aquelas com kekegen kai especial sem visão e controle de chacra. Provavelmente naruto deve ter  tocado naquela planta, e ela sugou seu chacra, pois só por estar perto dela Hinata sentia sua energia se esvair, tinha que sair dali com Naruto Imediatamente, mas sem o Byakugan ficaria difícil encontrar algum lugar para que eles pudessem ficar. 

Conseguiu com muita dificuldade colocar naruto nas costas precisava pegar um outro caminho pois com certeza aquela não era a única planta venenosa que encontrariam naquela trilha, foi em direção oposta para ver se encontrava algum lugar seguro, a chuva começava  a engrossar, não podia demorar achar um refúgio não queria imaginar o que aconteceria se Naruto pegasse aquela friagem com a febre que estava, tentava salvar por entre as árvores na direção oposta a que se encontravam, mas não conseguia ir muito rápido estava cansada e o peso de Naruto já era muito para que ela aguentasse, decidiu sair um pouco da rota mesmo que se atrasassem um pouco para chegar ao seu destino, para ela Naruto era prioridade agora, precisava encontrar um jeito de cuidar dele o mais rápido possível.

   Depois de muito correr já não estavam mais em um lugar tão nublado e nem tinham plantas por perto, Hinata já nem sabia ao certo onde estavam, e com receio resolveu tentar usar seu Byakugan mais uma vez enquanto ainda pulava sobre aas árvores.

    —  Byakugan! — sorriu aliviada ao perceber que nada aconteceu— agora consigo ver... Não se preocupe naruto-kun, vou encontrar um lugar ... 

Disse Hinata avistando uma pequena cabana perto de algumas árvores, ficava apenas 15 minutos dali assim que chegou pode ver que não havia ninguém, Hinata abriu a porta com cuidado e deu graças a Kami por ter conseguido encontrar aquele lugar, realmente estava vazia era uma cabana abandonada com três repartições nada havia lá dentro a não ser uma mesinha de madeira em um cômodo e uma cadeira  um armário velho também de madeira em outro cômodo... chegou em uma das repartições deduzindo ser um pequeno quarto, mesmo sem nenhum tipo de móvel.

 Hinata colocou Naruto cuidadosamente no chão, reirou o próprio casaco lilás e levantou a cabeça do loiro para que ele se deitasse por cima do casaco,  lá fora podia se ouvir a chuva bem mais forte! 

Com cuidado retirou a bandana de Naruto e colocou suas mãos sobre sua testa, não sabia o que fazer, estava muito preocupada e tinha medo do que pudesse acontecer, ele estava ardendo em febre suava e tremia, aquele foi o momento que Hinata desejou que Sakura estivesse ali.Ela escutava a voz de Naruto murmurar o tempo todo, estava delirando. Notou o quanto ele respirava pesado e rapidamente. Logo o ouviu dizer:

   — hi...nata...

  Hinata não conseguiu conter as lágrimas.. Ele estava chamando por ela,... colocou suas mãos na boca enquanto só podia ouvir, tudo que Naruto dizia sem nem mesmo saber que dizia.

   — Me perdoe... hina..ta. Amo você...

   Levantou-se com os olhos marejados pegou uma toalha que carregava na bolsa a rasgou em duas partes e molhou com a água da chuva mesmo, colocou delicadamente sobre a testa de Naruto na esperança da febre baixar, teria que acabar com a febre dele primeiro para tentar transferir um pouco do chacra dela, tinha a questão do veneno que com certeza seria difícil extrair, se ele não tivesse tocado naquela planta não estaria daquele jeito. Sentia seu coração doer e chorava por ver Naruto assim, tão frágil e indefeso! colocou suas mãos na face de naruto e com uma voz suave e quase inaudível disse.

   — Aguente firme, meu amor!

 

—=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

 

   — Não acredito, que está fazendo isso, desculpe dizer mas você como líder da equipe está sendo irresponsável Sakura. — brigava Kiba.

  — Kiba, por favor para de reclamar!

  — como se você tá curando os caras que tentou matar a gente, o que quer que eu faça? Que eu agradeça? Além do mais estamos atrasados para nossa missão, estamos no mesmo lugar a quase três dias.


— ele esta...certo! não deveria estar fazendo isso. — sasuke disse maldoso — vou mata-los se você me curar por completo.

  — Não, você não vai nos matar Sasuke.

  — acha que não? Como é estúpida.

— Eu sei que não, é por isso que os caçadores especiais AMBU já estão a caminho, mandei uma mensagem para Tsunade e eles devem estar chegando a qualquer momento para prenderem vocês, não vou curá-lo por completo... Sasuke não sou tão idiota assim. Estou apenas aliviando sua ferida até que chegue a Konoha, você não terá forças para lutar, também extrai mais da metade do seu chacra assim como seus companheiros, você não sentirá dor, mas continuará fraco. Sem resistência os caçadores AMBU não terão problemas para levarem vocês. E nem tente usar seu sharingan, não vai funcionar com a quantidade de chacra atual que deixei pra você.

   — então era esse seu plano? Não imaginava... — Disse Kiba surpreso.

   —  Posso amar o Sasuke ainda kiba, mas não sou burra. O que achou Sasuke? Que eu era tão baka assim?!

   Sasuke não esboçou reação alguma, apenas disse:

— baka é o naruto...você é irritante.

  

   -=-=-=-=-=-=-=-=-=-====--=-=========================-----

  

   Quatro horas se passaram desde que Hinata chegou naquela cabana, estava cansada e seus olhos já teimavam em se fechar, a noite já tinha chegado e assim como a chuva não cessava também não cessava a febre de naruto... ficava sentada no chão ao lado dele o tempo todo na esperança que ele acordasse, mas nem mesmo tinha parado com os delírios.

   — S..Sasuke ... ero sennin ... 

Hinata não sabia mais o que fazer, Naruto tremia de frio e não tinha absolutamente nada para cobri-lo, procurou na bolsa dela qualquer coisa que servisse, mas não encontrou... Na tentativa de aquece-lo se deitou ao lado dele e timidamente o abraçou deixando seu corpo bem unido ao seu para que não sentisse nenhum frio, não pode deixar de corar, nem sabia de onde tinha tirado coragem para isso, mas esperava pelo menos que funcionasse.

   Alguns minutos depois percebeu que o tremor dele diminuíra, e ficou feliz por isso, precisava ficar acordada não podia dormir, tinha que cuidar bem para que ele melhorasse, mas os olhos não obedeciam seu comando e pouco a pouco se fecharam.

   Naruto sentia-se desnorteado, não sabia o que tinha acontecido só lembrava de estar caminhando em um lugar completamente nublado e ter encostado em uma árvore por causa da sensação de tontura que sentia. Abriu seus olhos lentamente, não conseguiu reconhecer o lugar que se encontrava, mas sabia que não estava bem, seu corpo estava fraco, mal conseguiu mover a cabeça, quando conseguiu olhar para seu lado viu uma linda morena dormindo junto a ele com os braços envoltos de sua cintura.  Sua reação foi um sorriso...


Notas Finais


O.o 😱😱😱por hoje é só pessoinhas, até o próximo cap vejo vcs nos coments bjuuss. 😘😘😘😘...❤❤😍😍😍😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...