História NaruHina Enfim... - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Chouji Akimichi, Chouza Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Matsuri, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Exibições 220
Palavras 1.975
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiá eu ki tra veizzzzz... Kkkkkkk
Obrigada pelos comentários e os favoritos de vcs... ❤❤❤❤❤😍😍😍😍😍 amooooo cada um deles, bjossss no kore...❤❤😚😚😚😚😚😚

Capítulo 20 - Desentendimento


Fanfic / Fanfiction NaruHina Enfim... - Capítulo 20 - Desentendimento

— já disse que não, não insista. — A hokage berrava pela milésima vez. — que moleque teimoso.

— baachan estamos lidando com uma questão séria aqui! Tem mais de quatro meses que estou te pedindo, deixa o Sasuke cumprir a pena dele fora da prisão, dá qualquer outra punição a ele. Eu preciso dele baachan... — naruto gritava pra ela também pela milésima vez.

— Eu sei que está preocupado em controlar a Kyuubi Naruto, mas não posso arriscar a segurança da aldeia deixando Uchiha Sasuke solto por aí.

— Já falei que ele não vai fazer nada contra a aldeia tebayo ... Ele se arrependeu de tudo! Já te expliquei tudo o que aconteceu na luta, e não vou realizar o treinamento de controle da Kyuubi se ele continuar preso, não pretendo fazer isso perto da vila.

— não posso simplesmente acreditar que Sasuke mudou do dia pra noite. Mesmo que ele tenha visto todas as lembranças do Itachi. Não dá pra confiar.

— eu assumo a responsabilidade pelo Sasuke.

— minha resposta ainda é não! — disse a hokage massageando as têmporas, Naruto era teimoso como uma mula — você não tinha que começar realizar os preparativos do seu casamento com a Hinata?! 

— não posso me casar enquanto a Kyuubi não for controlada. Já expliquei isso tebayo.

— Com licença Tsunade-sama, acaba de chegar um relatório da vila da névoa, disseram que é urgente. — Disse Shizune entrando no escritório e entregando a ela alguns papéis.

— Bom Naruto se era só isso pode ir. Tenho muito trabalho a fazer, Não vou liberar Sasuke da prisão está decidido.

— sabe que vou ficar te importunando, então é melhor atender meu pedido Tebayo!

—tsc! Ksoo — Disse Tsunade ao ler o relatório entregue a ela.

— O que houve Tsunade-sama? — perguntou Shizune.

— a filha do senhor feudal do país do trovão foi raptada por Nukenins muito perigosos da aldeia da pedra. Diz aqui que são todos de níveis jounins muito habilidosos. Eles estão recorrendo a Konoha, para salvá-la.

— mas, e quanto aos ninjas da névoa? Nosso dever é com o senhor feudal do país do fogo.

— Sim, mas lembre-se que temos uma aliança agora com as demais países. Parece que eles não estão com ninjas suficientes para proteger a aldeia e irem resgatar a garota. Pedem nossa ajuda imediatamente.

— Bom baachan eu volto depois... Nossa conversa ainda não acabou tebayo. — Disse Naruto virando-se para sair.

— pode ficar paradinho onde está...— Disse Tsunade em tom sério.

— nande?

— você vai nessa missão Naruto!

— nani? Ah não baachan, voltei de uma missão a poucos dias...me tira dessa...— reclamou.

— Bom, a maioria dos seus colegas estão em missão também. E tem dois times aqui que poderão realizá-la, e somente dois Jounins. Se seu time não for, vou ter que mandar a equipe 8 da Kurenai. E essa pode ser uma missão bastante perigosa! Provavelmente terão que enfrentar ninjas de elite. Vou classificá-la no Rank S.

— Não esta exagerando? Rank S ?

— Baka! Você me ouviu dizer que são inimigos de elite?

— bom...se.. é tão perigoso assim... não posso permitir que a Hinata vá! Eu aceito a missão! — Respondeu em tom sério.

— ótimo! — tsunade sorriu, não era difícil convencê-lo se isso envolvesse a Hyuuga em perigo — Shizune?

— sim?

— Mande convocar Yamato, Sakura e Sai imediatamente.

— hai!

****************★***********


— Muito bem filha, seu treinamento com Naruto anda funcionando realmente. Está muito mais habilidosa nesses últimos meses — Disse Hiashi assim que terminaram o treinamento no jardim da mansão.

— Arigato outosan! — Hinata fez uma reverência.

— E quando vão marcar a data do casamento? A essa altura já deveriam ter marcado.

— Logo outosan, é que o Naruto-kun ainda não conseguiu convencer a Hokage de liberar o Sasuke para ajudá-lo no treinamento com a Kyuubi. Disse que quer tentar controlá-la antes.

— entendo! Ele tem medo de acontecer alguma coisa e te machucar se for tomado pelo demônio da raposa. É isso?!

— s...sim! — respondeu hinata um pouco triste.

— Ele está certo em querer fazer isso filha! Quer protegê-la , e isso me agrada!

Hinata apenas esboçou um sorriso fraco.

— eu vou entrar, treinaremos mais tarde de novo.

— hai!

Assim que Hiashi entrou em casa, Hinata levou um susto ao olhar para os portões do clã e vê-lo se aproximar dela. Nunca mais tinham se falado depois daquele dia, não por falta de tentativas da Hinata, mas sim por ele sempre se afastar dela.

— yo hinata! – Disse kiba se aproximando com um tom de voz calmo.

— Kiba-kun?! — disse ela surpresa.

— será que podemos conversar?

— s..sim!

— eu sei que deve estar estranhando eu vir falar com você depois de tanto tempo mas é que, preciso tirar esse peso de mim! — Kiba deu uma pequena pausa e a olhou bem nos olhos — eu... quero pedir desculpas a você, sabe, por tudo que te disse aquele dia. sempre fui seu amigo e ... Eu deveria mais do que ninguém ter entendido seus sentimentos pelo Naruto. Saí do time e fiz você se sentir culpada por isso — concluiu com a cabeça baixa. — eu fui um grande imbecil Hinata. Gomenasai.

Hinata o observou bem, estava um pouco surpresa sim com aquela atitude repentina, mas sentia um carinho de irmã para com ele e ficou feliz pelas palavras de Kiba.


— tudo bem Kiba-kun, n..não se preocupe, você teve suas razões. Eu que deveria pedir perdão, por ter feito uma promessa que nunca conseguiria cumprir.

— não vamos falar nisso — sorriu ele — vamos deixar tudo no passado.  Eu soube que vocês vão se casar... É verdade?

— s..sim! — Respondeu receosa vendo a expressão triste do amigo.

— Que bom, Apesar de tudo eu estou feliz por você, verdade — Disse em meio a um falso sorriso.

— me...mesmo? — Perguntou ela surpresa.

— hai! Não que eu tenha deixado de amar você, mas ainda está valendo o que eu disse aquele dia, quero que seja feliz Hinata, não me importo que não seja comigo! Estou sentindo muito a sua falta. Se você puder me aceitar de volta como seu amigo, eu.. vou ficar muito contente!

— Claro Kiba-kun eu nunca deixei de te considerar meu melhor amigo. — Hinata sorriu alegre — sempre me senti tão mal por tudo que aconteceu.

— posso te dar um abraço?

— Claro que sim! — disse Hinata já o abraçando com um sorriso inocente. Ela estava imensamente feliz, não estava acreditando que Kiba a tinha perdoado e que estava disposto a dar uma nova chance a amizade deles. Mal sabia ela que isso era apenas o começo do que ele realmente pretendia fazer, aconteça o que for Kiba estava decidido a não deixá-los juntos, e muito menos iria deixar esse casamento acontecer. Impediria de qualquer jeito. Ele a abraçava com um sorriso sínico nos lábios. Pensava ter muita sorte por Hinata ser tão ingênua. Separaram-se do abraço e ele disse:

— então eu queria que você aceitasse ir ao Ichiraku comigo hoje a noite o que acha? Só um jantar entre amigos eu prometo. Você pode conversar comigo sobre os preparativos do seu casamento se quiser.

— Eu...não sei se é uma boa ideia! Naruto-kun, pode não gostar. — respondeu um pouco receosa.

— hinata, não precisa contar a ele! Por favor, isso me deixaria tão feliz... Relembrar nossa amizade, como se nada tivesse acontecido, seria bom para nós dois — Disse Kiba segurando nas mãos de Hinata, e lhe lançando um olhar reconfortante.

— ahm,tu..tudo bem! Mas não vou esconder isso do Naruto-kun, não gosto de mentiras.

— Claro! Não tem problema, se você acha melhor dizer a ele... Tudo bem!

— o..o que aconteceu pra você mudar de ideia assim kiba?

—não consegui ficar longe de você, nesses últimos quatro meses sempre estive te observando. Até quando você estava com Naruto, vi o quanto estava feliz e isso me fez repensar. Me senti satisfeito ao ver sua alegria.

— Arigato Kiba-kun. — respondeu Hinata sorrindo e segurando as mãos dele carinhosamente.

— mas sabe hinata?... ainda tenho muito medo de você não ser feliz como merece. Ainda mais se casando com um baka como naruto.

— Não se preocupe Kiba, ela vai ser muito feliz!

Kiba e Hinata olharam surpresos quando Naruto Apareceu bem atrás deles. Nenhum dos dois tinham o ouvido chegar. Hinata soltou as mãos de Kiba no mesmo instante e um pouco sem graça por Naruto ter visto.

— assim espero! — Respondeu kiba simplesmente.

— O que está fazendo aqui? — Naruto perguntou se aproximando de hinata e a abraçando pela cintura, deixando-a corada.

— vim pedir perdão a hinata, voltamos a ser amigos! Só isso.

— e por quê isso só agora? — perguntou desconfiado.

— não preciso explicar meus motivos a você.

— Claro que precisa, é da minha noiva que você está falando.

— p.. por favor Naruto-kun, pare... Você também Kiba-kun! — disse começando a notar uma possível discussão.

— me desculpe hinata, mas não acredito que Kiba simplesmente quer voltar a ser seu amigo. O que você está tramando? — perguntou diretamente a ele.

Kiba respirou fundo e deu de ombros.

— não é você que tem que acreditar! Hinata sabe que estou sendo sincero e isso pra mim basta... Agora se você não confia nela não posso fazer nada.

— tenho total confiança na hinata, não confio é em você! Acho muito estranho que tenha vindo procurá-la depois de todo esse tempo.

— Não ligo pro que pensa! Bem Hinata, a gente se vê mais tarde. Te espero às 19:00. — Disse Kiba se virando e saindo em um salto.

Naruto virou-se para a noiva seriamente

—Como assim te espero as sete? — Perguntou Naruto.

— Kiba-kun me pediu pra ir ao Ichiraku com ele hoje... mas só como amigos. — tentou explicar calmamente.

— nani? E você aceitou? — perguntou indignado.

— Sabe que eu senti falta dele, e só vamos como amigos Naruto-kun.

— Como quer que eu me sinta com isso tebayo? Quer simplesmente que eu deixe você sair com ele? Você não percebe o que kiba está tentando fazer hinata? — perguntou levemente zangado.

— ele não quer fazer nada naruto-kun,.. Só quer conversar comigo, como antes de tudo acontecer. Quando ainda éramos companheiros de equipe.

— e você acreditou nisso?

— Sim! Kiba jamais mentiria pra mim ele está sendo sincero.

— Ah hinata... Não seja tão ingênua — falou impaciente — se esqueceu que ele ameaçou nos separar?

— Ele não quer mais isso... Disse que estava feliz por nós. E que estava feliz pelo nosso casamento! Não sou tão burra assim. — respondeu hinata começando a ficar nervosa.

— Eu não disse que era! Disse que você esta sendo ingênua. Sei que o Kiba era importante na sua vida, mas precisa entender que o Kiba que você era amiga não é o mesmo. Ele vai fazer de tudo pra tirar você de mim, e parece que já começou a tentar. — Disse naruto com a voz pouco mais alterada.

— Kiba-kun não é assim... Conheço ele muito mais do que você! — Respondeu no mesmo tom. — Por que não confia em mim Naruto-kun?!

— yosh! ... Quer ir então vá... Vim só pra te dizer que amanhã bem cedo vou sair em uma missão! Pode ir me ver amanhã antes de eu partir se não estiver muito ocupada com o Kiba. — Disse ele em tom sarcástico, virou as costas e desapareceu em um salto deixando Hinata triste e com os olhos marejados para trás. Era a primeira vez que brigavam e isso fazia o seu coração se apertar.

Naruto chegou em sua casa como um furacão, estava frustado com Hinata, como ela podia ser tão ingênua?!... 

Tirou suas roupas e se direcionou a um banho para tentar se acalmar, deixou a agua correr por seu corpo enquanto pensava, sentia-se um lixo por ter gritado com ela, ele jamais havia feito isso, sua raiva por Kiba estava aumentando consideravelmente, ele quis voltar a se aproximar de hinata, e naruto ainda teria que sair para uma missão, isso não o agradava nenhum pouco.

— ksoo! — disse socando a parede do banheiro...

Continua....


Notas Finais


Bjos no ❤❤❤❤❤ e até o próximo cap. Vejo vcs nos coments... 😘😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...