História NaruHina: Meu anjo - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Boruto Uzumaki, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hidan, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Jiraiya, Karin, Konohamaru, Mirai Sarutobi, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sai, Sarada Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki, Tsunade Senju
Tags Drama, Hinata, Inosai, Naruhina, Naruto, Romance, Sasusaku, Tenten&neji
Exibições 490
Palavras 4.237
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eaii meu povo... Demoreu mas apareci hihihi

Um dia antes do combinado, tentei escrever o cap antes mas estava tendo um bloqueio criativo daqueles :/

Mas fiz esse cap rapidinho pois amanhã n daria pra fazer e postar. E como gosto de cumprir a minha palavra então aqui estou eu haha

Eu sofri escrevendo esse cap... Sério, fiz loucuras kkk e não revisei, quando eu iria fazer isso apaguei o cap... Quase chorei, mas consegui refazer... Tentei refazer na vdd mas tamos aí :/ '-' '-'

Quero agradecer aqui o Cesare, Nina, Pedro, Leide, Bilho, FanficssLovers, PrincesaHyuuga, Isa, SakuraUtiha(Loka) e todos que estão firmão aqui comigo... Vcs n sabem o quanto me incentivam a continuar... Vcs n tem idéia, sério, e é por cada um de vcs tanto os favoritos e os que comentam q me dedico e penso dar o meu melhor nessa fic... Enfim kkk agradeço tbm no último cap o pessoal q se preocupou... Vcs são os melhores, sério!

Enfim....Como eu disse n busquei revisar o cap, o dia foi corrido pra eu hj.... Qualquer coisa embaraçoso me avise nos comentários e talls q buscarei esclarece....

Não sou o Chaves mas siga-me os bons

Capítulo 20 - Lembranças


Fanfic / Fanfiction NaruHina: Meu anjo - Capítulo 20 - Lembranças

 

Shion o acompanhava até chegar ao carro. Ela parecia nervosa, chegaram ao hospital e logo o Naruto foi à recepcionista solicitando o médico pra Shion. Sentou do lado dela sério e depois de 5 minutos o chamaram. Shizune pediu pra eles sentarem e depois de algumas perguntas pediu pra Shion deitar na cama e passou o gel na barriga dela e o aparelho pra ver a criança. Naruto olhava perto da parede e franziu o cenho. Entendia nada daquilo. Shizune riu confirmando suas suspeitas. Mas preferiu se manter calada. Limpou a barriga da Shion e esperou a loira pôr a blusa e se sentar. Shizune se sentou de frente pra eles. 

 

-E aí, como estar à criança?-Naruto perguntou. 

-Quer que eu fale ou você mesmo conta Shion-san?-Shizune disse e Shion tinha os olhos arregalados. –Acho que eu que tenho que contar...

-O que está falando Shizune-chan?

-Shion não estar grávida Naruto!-Ela disse e Naruto se levantou a encarando e virou o olhar pra loira. –Nunca esteve! 

-Isso é verdade Shion?-Ele a pegou pelo braço a levantando. –Diga!-Tentava manter o controle. 

-Deixarei vocês a sós!-Shizune disse saindo da sala. 

-Vou esperar você falar!-Ele soltou ela ainda tentando se manter calmo. –Diga, não provoque a minha paciência 

-Eu já estou perdendo a paciência contigo! Diga logo Shion!-Naruto tinha o cenho franzido a encarando. 

-Naruto! Eu... Eu!-Ele a cortou, estava tão furioso que não sabia o que pensar.

-Você mentiu Shion... -Ele praguejou. –A intuito de que?

-De ter o seu amor... -Ela se aproximou dele passando as mãos pro seu rosto. –Eu amo você! 

-Entenda uma coisa... -Ele tirou as mãos dela de sua face. –De mim você nunca teve algo do tipo e nunca terá! 

-Mas Naruto-kun eu amo você, eu desejo você e quero você! 

-Não é através de uma farsa que você iria me prender... -Ele disse ríspido. –Eu não sinto nada por você Shion, entenda isso!

-Se é por causa da sonsa eu posso fazer-lhe esquecer ela... A gente já se conhece há muito tempo e ela você não a conhece!

-Conheço o tempo suficiente pra saber que ela é a mulher da minha vida e é ela a quem eu amo!-Ele falou grosso.

-Mas Naruto a gente vai se casar, se o problema é a criança a gente pode fazer!-Ela se aproximou novamente dele que tentava manter a calma, e buscou pensar, como pôde ter algo com uma mulher como ela? Mentiu pra ele com algo sério e não se valorizava.

-Você não está entendendo Shion!-Ele saiu dos seus pensamentos sério. –Mesmo que essa criança existisse, eu não me casaria com você! Eu e a Hina voltamos! Eu a amo e por você só sinto... -Ele fez cara de enojado. –Ah não sei mais o que sinto, eu poderia falar dó, porém é algo pior que isso!-Ele levantou o olhar, estava com muita raiva, mas buscava manter a calma.

-Naruto!-Ela falou com a voz manhosa e Naruto bufou por fim, não aguentava mais ouvir a voz dela, por conta dela ele quase perdeu a chance de ser feliz com a mulher que ama por causa dela que ele iria casar sem menos amá-la e justamente por causa de uma criança que nunca existiu. 

-Suma da minha vida, da empresa e do meu caminho. -Ele disse olhando pra ela, ele estava vermelho de raiva. –Você sabe o quanto odeio mentiras e muito mais quando é algo que compromete meu futuro e de uma criança que nunca existiu. Estou decepcionado com você!-Ele a encarou e ela começou a chorar, ele nunca chegou a imaginar que ela era capaz de inventar uma farsa tão comprometedora. –Estou tentando ser o mais educado possível com a sua pessoa, se não quer sair da minha vida da pior maneira possível e se não quiser ser processada pela sua mentira, é melhor sair sem fazer escândalos e nunca mais aparecer na minha frente!-Ela olhou pra ele e o agarrou.

-Eu te amo Naruto-kun, eu amo você!-Ela o apertou. –Se inventei isso é porque te amo!

-O que eu entendo sobre amar Shion é abrir mão quando se é preciso, ser honesto, dar a sua vida por quem ama!-Ele se soltou dela. –Precisei conhecer a Hinata pra saber o que é amor!-Ele falou a encarando. –Tente refazer a sua vida com outra pessoa, mesmo com a raiva que sinto por você por conta dessa mentira não lhe desejo mal... -Ele disse sincero, se fosse como meses atrás antes de conhecer a Hyuuga jamais iria dizer aquilo. –Só que a sua felicidade não estar ao meu lado! 

-Mas eu quero você Naruto-kun!-Ela tentou agarrá-lo novamente, contudo ele se desvinculou. 

-Pare Shion!-Ele falou duro. –Eu errei em ficar contigo e te peço desculpas por isso! Mas você não me ama e eu não amo você!-Ele disse por fim. –A nossa conversa acaba aqui!-Ele disse se aproximando da porta e olhou pra ela novamente. –Aprenda se valorizar!-Ele saiu por fim.

-Você vai me pagar Uzumaki Naruto!-Shion falou secando as lágrimas. –Você vai me amar!-Ela riu. -Você me ama!-Ela disse pensativa. -Só que essa sonsa quer atrapalhar-nos!-Ela riu mais alto. -Só que não permitirei! Tratarei de cuidar dela e seremos felizes como outrora!

 

 

Naruto caminhava pelo o corredor do hospital, viu Shizune que vinha da sala da Hyuuga e sabia que a amiga houvera falado sobre a farsa, deu um sorriso sem vida pra amiga passando direto pra saída do hospital, o que deixou a Shizune sem entender, pois pensara que ele iria falar com a namorada. 

 

Ele entrou no carro e disparou pra empresa. Entrou em sua sala sentou deitando a cabeça na cadeira, precisava pensar. Parecia brincadeira, ele estava feliz que não se casaria e ao mesmo tempo triste, pois não seria pai. Ele não gostava de crianças, sempre achara enjoadas e choronas e de fato eram, ele riu com essa afirmação. Contudo, desde que conhecera o Hiro a visão do Uzumaki mudou, ele viu que aonde havia uma criança, havia felicidade, havia amor. Nunca teve desejo de ter filhos antes, portanto riu ao pensar que queria ter filhos depois de tudo, e queria que fosse com Hinata. Ele imaginava tendo uma família grande e feliz, com a mulher que amava e os filhos mimados, que fugiariam na hora de se banharem, de chamar atenção pra comer nas refeições principais, ajudando nas lições da escola, das namoradas correndo atrás do seu filho ou se fosse menina os rapazes babando por ela. Ele meneou a cabeça negativamente, ele iria matar qualquer um que se aproximasse, ele riu com essa constatação. Lembrou-se dos seus pais, ele havia perdido tão cedo. Naruto riu desanimado fechando os olhos imaginando cada presepada que arrumava quando era criança. Perguntava-se se os seus pais estivessem vivos sentiria orgulho dele, se as suas escolhas iriam agradá-los. Naruto abriu os olhos olhando pra sala que estava cheio de papéis espalhados por todos os cantos, ele imaginava a dona Kushina puxando a orelha dele pela a bagunça que ela havia. Ele se levantou pra começar arrumar. Não tinha muitas lembranças dos seus pais, portanto lembrara que seu pai era paciente e dedicado em tudo que fazia e sua mãe era mandona e escandalosa, contudo tinha seu lado carinhoso. Ele começou arrumar a sala, papel por papel, pasta por pasta, separou alguns papéis importantes e planilhas que usaria pra reunião com o Hyuugas. 

 

Achou uma foto dentro de uma das pastas. Observou o sorriso tímido que tanto o acalmava ao seu lado na foto. Era uma foto com Hinata no dia que havia a pedido em namoro. Ele sorriu. A Hyuuga despertava algo nele diferente que ninguém havia sido capaz de fazê-lo sentir o que ele sentia quando estava com ela, com ela ele descobriu o quanto estava errado o que julgava ser amor. Foi uma Hyuuga que o ensinou isso. Pegou um porta-retrato que estava em uma caixa e pôs a foto nela e deixou em cima da mesa. Com certeza aquilo melhoraria seus dias...

 

 

 

Hinata estava dentro do táxi voltando pra casa. Estranhou o fato do Uzumaki não passar em sua sala, talvez ele estivesse triste por não ter um filho com a Shion? Ela bufou baixo. 

 

Chegou a sua casa e abriu a porta vendo Mirai juntamente com o Hiro brincando no centro da sala aos cuidados de Hanabi que parecia distraída vendo televisão.

 

-Hina-chan!-Falou Mirai e Hiro juntos e correram em direção dela a abraçando. 

-Meu príncipe!-Ela beijou o alto da cabeça dele. –Minha princesa!-Ela beijou a Mirai.

-Vamos brincar!-Mirai disse animada.

-Hina-chan só vai brincar comigo!-Hiro disse fazendo bico e a menina cruzou os braços. Hinata riu.

-Brincaremos depois!-Hinata sorriu pra eles calorosa. –Com os dois!-Ela disse beijando os dois novamente e fechou a porta atrás de si. –Se as crianças dependessem dos seus cuidados estavam lascados!-Hinata disse divertida chamando a atenção da Hyuuga mais nova que virou pra olhá-la e voltou o olhar pra televisão. Hinata estranhou, ela nem ao menos brincou. –O que houve? 

-Preocupada!-Ela disse voltando a atenção pra TV. –Nada demais! 

-Konohamaru?-Hinata se sentou do lado dela vendo as crianças correndo para o quarto. 

-Lie... -Ela meneou com a cabeça negativamente. –Otousan passou mal hoje! 

-O... O que houve?-Perguntou preocupada. 

-Nada Hina... -Disse Hanabi tranquilamente. –Agora está tudo bem!

-Hana... Você não é de me esconder as coisas!

-Não estou escondendo... -A caçula deu de ombros. –Só não estou com cabeça pra nada!

-Vem cá!-Hinata colocou a cabeça da caçula em seu colo e a fez encarar. –Diga realmente o que está havendo! 

-Sabe... -Ela se acomodou colo da mais velha. –É que eu queria que a okaasan estivesse viva... -Ela fechou os olhos. –Sei que sou um pouco grande pra isso... -Ela abriu os olhos e Hinata pôde ver que ela falava sério por conta das lágrimas que se acumulavam nos olhos perolados da mais nova. –É que cada dia que passa o meu coração dói... -Ela deixou uma lágrima cair. –Queria que ela tivesse aqui pra me orientar a respeito do Koh, pra me ajudar na escola, na faculdade, pra me pôr pra se banhar quando pequena, queria ter ao menos fotos junto a ela pra pôr do lado da minha cama, eu queria lembrar-se dela Hina e nem lembranças dela ao menos tenho... -Ela fechou os olhos com força deixando as lágrimas finas descerem por seu rosto. -Eu... Eu matei a okaasan Hinata!-Hanabi falou quase esmagando a última frase e encolhendo-se ainda mais no colo da mais velha.

-Por que isso agora Hana?-Hinata a levantou do seu colo e a virou pra sua frente. –Por que está falando que matou a okaasan? 

-Se eu não existisse ela não haveria de morrer!-Hanabi disse aflita e Hinata respirou fundo, sabia que a mais nova sofria por conta da morte da sua mãe, portanto não a ponto de se sentir culpada pelo o falecimento da mesma. –Você deveria me odiar por isso! 

-Hana... -Hinata a encarou nos olhos. –Eu te amo desde quando você estava no ventre da okaasan! Otousan e okaasan ansiavam pelo seu nascimento e todos os dias estávamos acariciando a barriga da okaasan e torcendo pra você vir pra alegrar ainda mais os nossos dias!-Hinata falava com um sorriso de lado. –Quando okaasan caiu da escada foi um desespero só, ela teve uma hemorragia extensa e quando otousan a levou pro hospital o médico disse que teria que escolher a vida dela ou a sua... -Hinata falava com calma. –Otousan não foi capaz de escolher, mas a nossa mãe era médica e sabia muito bem o que ocorria ali... -Hinata respirou fundo. –Ela decidiu morrer pra dar a vida a você!-Hanabi chorava pondo as mãos no rosto. –Ela já te amava tanto que essa foi à escolha dela! Dar a vida por quem ama!-Hanabi soluçava e Hinata pegou as mãos dela. –Então dê valor a vida...-Sorriu. –Otousan e eu nunca te odiamos por conta da escolha dela... Eu também faria o mesmo e não duvido que ele ficaria pra trás nessa escolha! Não posso negar que sentir e sinto a falta dela, contudo hoje temos você o bem maior que ela deixou conosco! Eu te amo sua besta!

-Eu amo vocês Hinata!-Hanabi abraçou a irmã com força e Hinata sorriu, a caçula chorou ali por um tempo e se separou dela. Hinata a deitou novamente em seu colo e alisava os cabelos castanhos da mais nova. –Eu sempre tentei ser forte... -Ela voltou a falar. –Nunca fui de chorar na frente dos outros, tento manter a postura de Hyuuga que tanto otousan nos ensinou... -Suspirou fundo. –Mas sabe Hina às vezes cansa... Quando você foi embora eu me senti sozinha, pois você foi a única mulher que eu tinha pra se espalhar...-Ela sorriu e Hinata ainda alisava seus cabelos atenciosa. –Tive orgulho de você quando enfrentou o otousan pra cursar a área que você gosta, quando você por si só escolheu cursar fora sem menos uma mesada e sem conhecer aonde iria morar... -Hanabi riu. –Se fosse eu não suportaria, desistiria na primeira semana... -Disse sincera. –Você abriu mão da luxúria que possuía, pra buscar seus sonhos... -A caçula levantou e Hinata também. –E hoje você estar aqui! Crescendo cada vez mais! Você é como uma segunda mãe pra mim Hinata! Quero ser como você quando crescer, tão corajosa e ao ponto de dar a vida pelo o que sonha e por quem ama!

-Hanabi!-Hinata a abraçou forte. –Gomenasai, eu nunca imaginei que você se sentia assim e que se espelhava assim em mim!-Apertou a caçula ainda mais que deixou as lágrimas rolarem. 

-Eu te amo oneechan!-Ela a apertou. –Arigatou por ser assim!

-Eu também te amo imõto!-Elas se separaram e Hinata sorriu calorosamente. 

-Eu não estou chorando ok?-Hanabi disse passando as mãos no próprio rosto.

-Minha menininha marrenta!-Hinata a abraçou! 

-Eu estou de tpm!-Ela a abraçou forte. –Por isso as lágrimas! 

-Você estava de tpm semana passada sua boba!-Se soltaram. 

-Ok!-Ela secou as lágrimas. –Você ganhou!-Levantou as mãos na forma de rendição. Hinata riu e as crianças chegaram correndo pela sala. Pararam pra encarar as adultas no centro da sala.

-Por que a obaachan Hana está chorando?-Hiro perguntou e Hinata o pegou no colo.

-Porque ela tem sentimentos bons Hiro!

-Mas por que chorar?-Perguntou Mirai.

-Porque existe coisas que não conseguimos segurar por muito tempo... -Hinata falou docilmente. –E ela não só chorar de tristeza, de alegria também! 

-Chorar de alegria?

-Hai Hiro! A melhor coisa é chorar de alegria! Vamos pro parque? 

-Ebaaaa!-Falou as crianças juntos.

-Crianças!-Hanabi sorriu amarelo.

-Vamos? 

-Lie Hina... -Levantou o olhar. –Marquei de sair com o Koh e com o pessoal da facul!

-E o otousan?

-Já sou maior de idade!-Deu de ombros. 

-Entendo!...-Hinata sorriu. –Me ajuda a banhar eles?

- Hai!

 

Elas os banharam e Hinata se banhou depois pondo um macacão verde e deixando os cabelos soltos. Passou um brush e um batom rosinha. Pegou as crianças e Hanabi e desceram até que viu um carro preto parado em frente e sabia de quem era. Arqueou a sobrancelha e Hanabi seguiu o seu olhar e piscou pra mais velha saindo em seguida. Hinata foi até o carro e via o Uzumaki encarando o nada.

 

-Um beijo pro seu pensamento!-Ela disse divertida despertando o loiro que sorriu e abriu a porta do carro saindo em seguida. 

-Hinata!-Ele disse coçando a nuca. –Hiro!-Ele pegou o pequeno no colo. –Essa é a Mirai?-Perguntou olhando pra menina do lado de Hinata. 

-A chata da Mirai!-Falou o Hiro.

-Chato é você seu metido!-A pequena disse risonha.

-Aonde vocês vão?-Naruto perguntou olhando pra Hinata.

-Pro parque... -Ela o respondeu. – Vem com a gente? 

-Não quero incomodar... -Ele disse. –Deixo vocês lá!-Ele abriu a porta de trás colocando as crianças com o auxilio de Hinata pondo o cinto e depois abriu pra mesma e entrou. Mirai e Hiro brincavam nos bancos de trás e Hinata encarava Naruto que dirigia pensativo e ela puxou uma das mãos dele e beijou, ele o olhou pra ela e sorriu entrelaçaram as mãos.  Depois de alguns minutos chegaram ao parque e ele desceu abrindo a porta pra ela e depois pros pequenos. 

 

-Então vou indo... -Ele iria virar pra voltar pro carro, contudo a Hyuuga o puxou.

-Fique comigo... -Ela disse com os olhos fixos nos seus. –Você não me incomoda!-Ela sorriu pra ele.

-Fica com a gente Naruto!-Hiro falou. 

-Hai... -Mirai disse docemente. –Você é legal, nos deu até carona!-O Uzumaki riu.

-Quer que eu insista?-Hinata falou divertida.

-Estou um pouco cansado... -Ele disse respirando fundo e viu o olhar triste da Hyuuga. –Mas não resisto a você!-Ele disse sorrindo e ela retribuiu o sorriso. Entraram entrelaçando as mãos, Hiro e Mirai saíram correndo na frente.

-Eii vão com cuidado... -Hinata falou alto pra eles a ouvirem. –Vocês vão se machucar! 

-Deixe eles Hinata... -Naruto riu. –Eles são crianças! 

-E se eles se machucarem? 

-A gente vai está lá por eles!-Naruto disse e Hinata riu.

-Você tem razão... -Ela queria perguntar como ele estava se sentindo, mas não sabia o jeito de perguntar isso. –Bom, a gente pode ir ao tiro ao alvo!

-Hai... Eu gosto!

 

Eles foram ao tiro ao alvo e lá Naruto ganhou uma raposa que tinha nove caldas o que fez ele rir e Hinata pôs o nome naquele urso de Kurama e ganhou um outro urso panda que deu pra Mirai. Eles levaram os pequenos nos brinquedos juntos. Mirai ficava no colo do Naruto por ter medo de alguns e depois não queria sair mais. Hiro fazia birra, mas depois ria junto com os adultos. Naruto sorria com eles, se sentia bem com os mesmos, depois de um tempo pararam pra comprar algodão doce.

 

-Quero rosa!-Disse Mirai pro vendedor. 

-Ecaa!-Hiro fez cara de nojo. –Rosa é coisa de menininha!

-Mas eu sou menina!-Mirai disse e Hiro franziu o cenho.

-Por isso que é chata e chorona!-Atirou a língua pra menina e ela retribuiu. 

-Vocês dois não sei não!-Hinata sorriu pra eles. –Quer algum amor?-Perguntou ao Naruto.

-Lie... -Ele negou. –Não sou fã de doces!

-Hai!-Ela disse gentilmente.

-Se ele não gosta também não gosto!-Hiro falou e Naruto riu.

-Você gosta sim!-Falou Mirai.

-São seus filhos?-O vendedor perguntou e Naruto sorriu quando a Hinata pareceu surpresa com a pergunta do homem. –Vocês parassem felizes. 

-Li... Lie!...-A Hyuuga gaguejou. –São nossos afilhados! 

-Entendo... -O vendedor disse. –Mas continuo achando que são felizes e os filhos que tiverem acrescentarão mais ainda felicidade aos senhores! 

-A... Arigatou!-Hinata disse rubra.

-Trataremos de ter em breve!-Naruto disse pondo a Mirai no chão e Hinata o olhou fuzilando. 

-Felicidades desde já!-O homem disse e deu os algodões e Naruto pagou e ele se foi. 

-O que foi?-Ele perguntou sorrindo. 

-Trataremos de ter filhos em breve?-Ela arqueou a sobrancelha.

-Claro...!-Ele disse divertido e olhou pras crianças que começaram a brincar. –Quero ter filhos com você!-Ele disse alisando a face da Hyuuga. –Você não quer?-Ela meneou com a cabeça rubra e ele riu antes de selar seus lábios num beijo carinhoso, não havia beijado antes por está distraído, portanto logo quando deu por si queria tanto tomá-la, pôs as mãos na nuca dela pra aprofundar o beijo, ela o correspondia na mesma intensidade, era um beijo calmo e carinhoso, ela sentiu as bochechas arderem, estavam no meio de um parque cheio e sabia que havia pessoas os observando. Separaram-se assim que Mirai puxou a perna do Uzumaki e levantou os braços pedindo colo.

-Eu devo ficar com ciúmes!?-Hinata perguntou divertida e Naruto riu.

-Se isso te conforta mais tarde te darei mais que um colo!-Ele piscou o olho deixando a Hyuuga escarlate. 

 

Caminhavam Naruto com Mirai sonolenta em seu colo e com uma das mãos entrelaçada com a da Hyuuga que segurava o Hiro pela mão pra não sair correndo pelo o parque. 

 

-Quero pipoca!-Mirai disse pidona. 

-Eu vou comprar!

-Já que estou com ela no colo é melhor eu ir Hina!-Naruto disse apreensivo. –Fica atrás da roda gigante caso eu demore!

-Ok!-Ela disse compreensiva e ele começou a caminhar a deixando sozinha com o Hiro.

-Também quero pipoca Hina-chan!-O pequeno disse pidão.

-Então vamos lá!-Ela caminhava com ele aonde Naruto havia falado e avistou de longe uma mulher morena passando a mão nos cabelos da Mirai que ainda estava no colo do Uzumaki encarando a mulher com cara de poucos amigos e Naruto parecia não dar ouvidos o que a mulher dizia. Hinata sabia que onde o Uzumaki passava arrancava suspiros, mas ela estava sentindo o quê? Ciúmes? Ela mordeu o lábio inferior, nunca foi ciumenta, contudo o loiro mexia tanto com si. Devia ser normal sentir aquilo. 

-Olha lá o Naruto e a Mirai!-Hiro apontou e Hinata franziu o cenho quando a mulher passou a mão no braço do loiro e não deu por si quando andou a passos lagos na direção do Uzumaki e ele a viu.

-Nossa amor você demorou!-Hinata disse fingindo aflição e beijou a boca do Uzumaki que não protestou por mais que estivesse surpreso, ela desfez o beijo pra o aborrecimento do Uzumaki, virou pra mulher. –Algum problema?-A voz dela soou gentilmente, portanto por dentro tudo o que ela queria era arrebentar a face dela por passar a mão naquilo que pertencia somente a ela.

-Ahh não!-A mulher estava sem graça. –Vejo que a família de vocês é grande além de serem novos! 

-Pois é!-Hinata sorriu gentilmente. –Começamos cedo!

-Ahh sim! Com licença!-A mulher sorriu sem graça e se retirou.

-O que foi isso?-Naruto a questionou com um sorriso aberto no rosto. 

-Nada!-Ela fez bico e Naruto riu tocando na face dela, ela tirou a mão dele. –Desencoste!

-Essa sua parte ciumenta eu não conhecia!-Ele disse divertido.

-Você deixou ela te tocar!-Ela bufou baixo. –Eu não sou ciumenta! 

-Imagina!-Ele brincou e Hinata revirou os olhos. –Eu não dei bola pra ela, só tenho olhos pra você!-Ele disse apreensivo e ela meneou a cabeça. Pegando a pipoca dos pequenos.

 

Depois disso foram caminhando pra ir embora. Entraram no carro e puseram os cintos, Naruto partiu e chegou à frente o apê da Hyuuga, pegou Mirai no colo e subiu e Hinata segurava o Hyuuga pela mão que agora estava sonolento, Naruto pôs Mirai no quarto dos fundos que Hinata preparou pras visitas enquanto ela foi dando banho no Hiro. Naruto foi tomar banho em seguida e voltou pra olhá-la colocando o pequeno pra dormir que parecia brigar com o sono, Hinata sentiu o olhar dele e virou o rosto pra encará-lo e ele se aproximou sentando do lado do menino.

 

-Deixe isso comigo!-Ele disse apreensivo. –Você precisa se banhar!

-Você estar cansado!-Ela disse preocupada. –Precisa dormir!

-Isso não é nada pra mim!-Ele disse sorrindo. –Agora vá logo!Dou um jeito nesse menino!

-Otousan Neji conta histórias pra eu dormir!-Hiro disse. 

-Vou te contar uma história então!-Naruto disse e olhou pra Hinata. –Vai tomar seu banho! 

-Hai!-Hinata saiu e se despiu e começou se banhar. Logo depois saiu do banho pondo a roupa de baixo e um short soltinho e uma blusinha lilás. 

 

Voltou pro quarto e viu o Uzumaki deitado olhando pro teto pensativo. Ele percebeu que ela lhe olhara e a encarou, ela desviou o olhar pra algum canto do quarto. Deitou-se do lado dele que virou pra beijá-la nos lábios, fazia movimentos lentos e ao mesmo tempo ferozes.

 

-Quero você!-Ele disse animado entre os lábios finos. 

-As crianças!-Ela desfez o beijo e mordeu os lábios e ele fez bico se levantando da cama. –Aonde vai?-Ele nada disse, apenas fechou a porta do quarto e a trancou.

-Acho que isso resolve!-Ele disse sorrindo e deitou na cama pondo a cabeça na barriga da Hyuuga.

-Quer conversar!?

-Shion não está grávida!-Ele disse sem mais.

-Está triste com isso?

-Sim e não! 

-Como assim?

-Sim porque não realizarei o sonho de ser pai... E não porque posso resolver ter filhos com quem eu amo que é você! Pensar em ser pai me animou a constituir uma família... Eu não iria casar com a Shion, pois já estava certo disso. -Ele falava rápido. –A única coisa boa nessa farsa é que agora estou certo que te amo e você me ama... -Ele riu fraco.  –Vendo o Hiro também me lembrou da minha infância, perdi os meus pais assim como ele, mas hoje ele tem a Tenten e o Neji, eu e você e por ai vai... 

-Entendo!-Ela disse sorrindo amarelo

-Não me entenda mal... -Ele disse calmo. –Isso só despertou algo certo em mim... Um sonho meu!

-E qual sonho?-Ela afagou a cabeleira loira.

-De ter uma família com você!-Ele disse se levantando pra dar um selinho demorado na Hyuuga.

-Um sonho mais lindo!-Ela sorriu e ele deitou no seu lado e a puxando pro seu peito.

-Quero ter oito filhos só com você! 

-Nani?-Ela o encarou assustada. 

-Acha pouco? Quer dez?-Ele tentou falar sério, mas começou gargalhar pela face de espanto da Hyuuga.

-Naruto-kun!-Ela pôs uma das mãos no rosto envergonhada. 

-Eu amo você Hinata... -Ele disse apreensivo buscando atenção dela que tirou a mão do rosto pra encará-lo. –Estou feliz por estar com você e poder ser feliz e te fazer feliz!

-Eu também te amo meu amor!-Ela o beijo carinhosamente. 

-Agora vamos dormir... -Ele a apertou em seus braços. –Pois amanhã o dia é cheio!

-Hai!-Ela se aninhou mais em seus braços e ele encarou-a nos olhos. Ela pôs o rosto em seu peito fechando os olhos e recebeu um beijo nos cabelos. Naruto fechou os olhos e deixou ser levando pelo cansaço. 


Notas Finais


Ahhh só pra avisar postei a nova fic 'Reviravolta do destino' caso quererem lê. Vai ser curta mas darei o meu melhor nela tbm

Arigatou por tudo meu povo

Kiss ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...