História Narukami! - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ação, Artes Marciais, Aventura, Comedia
Exibições 1
Palavras 1.604
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Jiro está prestes a enfrentar uma integrante do temível Time Ueda. Agora, é preciso ter coragem e muitas cartas na manga!

Capítulo 55 - Dando Um Giro!


Narukami!

Capítulo 55 : Dando Um Giro!

 Muitos da plateia começam a vaiar Jiro, que ainda estava parado e com medo.

- Está trêmulo, gorducho? - Nina Itano o provoca mais ainda. - Tem medo de garotas?

- Eu odeio essa palavra... - Jiro fica furioso. - VAI PAGAR POR ISSO, SUA MAGRELA! - Ele corre até a garota, que desvia de seus socos e segura seus ombros com uma tremenda força. - GHHRR... - Jiro também agarra os ombros da menina. - Vamos jogar com as suas regras, então! - Ele demonstra mais coragem.

 Nina ri enquanto o arrasta. - Vai precisar de mais força...

 Jiro é surpreendido com a anormal força da garota, que parece superar a sua. - “De onde ela tira tanta força?!”. - Ele tenta pensar em um plano rápido.

 Mamoru cruza seus braços enquanto as pessoas da plateia ao seu redor vaiam mais ainda Jiro e torcem por Nina. - Era melhor ele desistir logo. Essa garota não é nenhum pouco normal e ele já não é tão forte assim... - Ele lembra o dia em que enfrentou Hayato e Jiro, que foi sua vítima no combate.

- Jiro, não desista! - Chieko Okazaki grita da arquibancada.

 Jiro ouve Chieko e fica mais determinado. - NÃO VOU DESISTIR! - Ele consegue reverter a situação e começa a arrastar Nina, ainda a agarrando pelos ombros.

 Nina rapidamente consegue quebrar a defesa de Jiro e o faz soltá-la. Isso foi o suficiente para que ela pudesse aplicar uma série de golpes com suas mãos, o afastando à força. - Lute a sério...!

 Jiro corre em direção a garota e tenta atordoá-la com variados golpes de judô. Ele consegue atingir o rosto e a barriga dela, a deixando furiosa. - E o toque final! - Jiro agarra a garota pela gola de sua roupa e a arremessa contra o chão.

 A plateia se surpreende.

 Toshihiko e Nobuyuki assistem a luta com seriedade.

- Mandou bem, desgraçado... - Nina se levanta aos poucos e limpa o pouco de sangue que escorreu pela sua boca. - Agora é minha vez! - Com um grande impulso e uma velocidade impressionante, ela consegue se disparar contra o garoto, o atingindo com uma cabeçada na barriga e o jogando contra as cordas do ringue.

 Jiro se segura nas cordas e cospe sangue. - “Como ela fez isso?!”. - Ele fica impressionado com o feito de sua adversária.

- Não me subestime, gordinho... - Ela não cansa de zoar o garoto.

- Não pense que vai me ferir me chamando de gordo... - Jiro sorri e limpa o sangue de sua boca.

 Nina coloca a mão a frente da boca e começa a rir. - Na verdade, sou apaixonada por gordinhos como você...

- HEEEH?!! - Jiro cora e fica vulnerável, dando mais chances de Nina o golpeá-lo. Ele consegue se esquivar dos últimos golpes e escapa de mais socos. - Droga, você me distraiu...

- Estou falando sério. Heh... - Nina arranca a peça de cima de seu quimono e fica apenas de top, exibindo seu corpo magro, porém bem definido. - Posso não ter o corpo de um verdadeiro sumô, mas sou tão forte quanto um...

 Hiroki Nagai assiste a luta de pé enquanto conversa com Takeru Kimura. - Nina finalmente irá mostrar do que é capaz. Tenho pena do gorducho... - Ele cruza os braços. - Isso não passa de um treinamento para ela.

- Não sou capaz de opinar no momento... - Com suas poucas palavras, Takeru consegue chamar a atenção de Hiroki.

 Nina mira sua palma em direção ao garoto gordo. - Mostrarei o resultado do meu duro treinamento!

 Jiro fica nervoso e tenta pensar em algo. - “Droga! O que eu faço...?!”.

 Nina se aproxima ainda mirando sua palma contra Jiro e permanece com a outra mão a altura da cintura. - Essa é a minha técnica secreta! - A aura da garota é visível enquanto ela aplica uma onda de palmadas em seu oponente, que não consegue defender os golpes. - Ter um corpo grande não significa ter um corpo forte!

 Ela lembra seu treinamento...

(...)

 Quando Nina tinha dez anos de idade, ela já praticava sumô e era apaixonada por essa arte marcial. Mas, ela era muito subestimada, não só por ser uma menina, mas também por ser muito magra e ter dificuldades para ganhar massa corporal.

 Em um belo dia, ela foi chorando até o seu mestre. Ela estava quase desistindo da arte do sumô. - Sensei, por que não consigo ser tão boa como os Senpai? Por que sou tão pequena e magra?!

 Seu mestre era um enorme e sábio lutador de sumô. - Minha querida, você não precisa se espelhar em outras pessoas para ser boa. As pessoas diferentes são as que se destacam...

- Mas, quando estou sozinha, ninguém me leva a sério como uma lutadora de sumô! - A pequena Nina continua chorando.

 O mestre da menina entrega uma semente a ela. - Aqui. Plante sua própria árvore... - Ele gentilmente sorri.

- Por quê...? - Ela questiona por não entender.

- Para que não precise viver na sombra de ninguém... - O mestre deixa a menina surpreendida.

(...)

 Nina continua tapeando Jiro com inúmeras palmadas com sua mão direita. - HAAA!!! - Ela consegue atordoá-lo.

 Jiro suspira enquanto tenta manter-se de pé. - Você tem razão... - Ele tenta erguer o seu rosto e olhar diretamente para a garota. - Não é preciso um corpo grande, e sim um coração maior que o peito! - O garoto corre até sua oponente e consegue derrubá-la com uma rasteira rápida.

 Os estudantes da arquibancada ficam muito mais empolgados e gritam mais ainda.

 Nina se esforça para fazer uma acrobacia e aterrissar ao chão, mas Jiro consegue golpeá-la antes e a joga contra as cordas do ringue. - Ficou animadinho do nada, é?

 Jiro também tira seu quimono e exibe sua barriga. - É isso aí! - Ele larga seu quimono ao chão com cuidado e faz uma pose sumô. - Vem me pegar...!

- SE VOCÊ DIZ...! - Nina perde o controle e corre até seu oponente, que estranhamente começa a fugir dela no ringue. - VOLTE AQUI!

- Você não me pega! - Jiro continua correndo e sorri. - “Ela está bem atrás de mim...”. - Ele pensa numa estratégia. Ao passar pelo seu quimono, ele o chuta para cima e passa por baixo dele, fazendo o quimono cobrir a visão de Nina por alguns instantes.

- Não vai me pegar com um truque simples desse! - Nina segura o quimono e o tira de sua frente, mas é surpreendida quando Jiro pega impulso nas cordas do ringue e se dispara contra o estômago da garota, a atingindo em cheio. - O quê?! - Ela é arremessada contra o chão e acaba sendo arrastada.

 Jiro reclama das dores de cabeça e tenta se levantar. - Ai, ai...!

- Não posso ser derrotada por um garoto maior que eu! - Ela tenta se levantar. - Eu prometi a mim mesma que nunca iria perder para alguém assim! - Nina segura suas lágrimas.

 A sombra do cabelo de Jiro cobre seus olhos. - Não se sinta inferior por culpa disso. Isso o torna menor ainda, não vê?! Você impressionou todos aqui, inclusive eu. Se existe uma verdadeira vencedora neste ringue, é você!

 Nina fica emocionada. - Como pôde...? - Ela ergue seu braço e desiste da luta, surpreendendo Jiro. - Você é o vencedor. Eu o subestimei desde o início e baixei minha guarda. Tenho muito o que aprender ainda...

 O juiz anuncia a vitória de Jiro Shirahama.

- Isso aí, Jiro! - Hideko fica contente com a vitória de Jiro.

 Chieko também fica muito alegre na arquibancada. - “Você é mesmo incrível, Jiro-Kun...!”.

 Jiro se aproxima de Nina e a ajuda a se levantar. - Vamos cuidar desses ferimentos... - Ele sorri.

[...]

 Flórida, EUA.

 Em um porão de uma loja de quadrinhos...

 O lugar é, na verdade, um esconderijo secreto da Liga dos Defensores.

 Hayato, ainda fantasiado de Mr. Chips, ajuda o Guardião Noturno a carregar Chloe, que ainda está desmaiada. - Que dia doido para um garoto como eu...!

 Stan Lee surge com um terno de mordomo. - Mais um integrante da Liga? Que fantasia fantástica!

 Hayato se enfurece. - EI, VOCÊ, CALA A BOCA! SÓ APARECE EM SITUAÇÕES ESTRANHAS! JÁ SEI QUE VOCÊ É O TAL STANLEY DA LANCHONETE E O MESMO CARA DO BANHEIRO!

- Mas, o meu nome é Martin... - O velho prefere não dar moral a batata gigante e vai embora, o deixando falar sozinho.

- Avise aos seus pais que passará a noite aqui. Seria perigoso voltar para casa a essa hora da noite... - O Guardião demonstra ser confiável.

 Hayata afirma estar tudo bem. - Não tenho hora pra chegar, pois meu mestre só volta amanhã mesmo. O importante é o estado da Chloe, agora... - Ele observa a menina em coma.

[...]

 Tóquio, Japão.

 No ginásio do torneio...

- A próxima luta da noite será entre o líder do Time Yabuki, Toshihiko Yabuki, e Akemi Miura, do Time Matsumoto! - A locutora anuncia.

 Hideko deseja boa sorte ao seu parceiro de equipe. - Você consegue!

- Pode deixar. Não pretendo decepcionar... - Toshihiko sorri.

 O juiz chama os dois ao ringue.

 Toshihiko e Akemi sobem ao ringue e se olham diretamente.

- Será um prazer lutar com o líder do time... - Akemi exibe um sorriso malicioso.

- Hm... - Toshihiko ajeita seus cabelos longos e se posiciona. - Vamos começar logo com isso, moça...


Notas Finais


Jiro conseguiu surpreender a todos com sua bravura oculta!
Toshihiko enfrentará Akemi Miura, que aparenta ter planos para sua esperada luta...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...