História NaruSara: Mais que uma discípula - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Iruka Umino, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Shinki, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi, Yamato
Tags Boruhima, Borusara, Infidelidade, Inohima, Narusara, Sasuhina, Traição
Visualizações 187
Palavras 709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Drama (Tragédia), Harem, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Capitulo – 4


Naruto estava no escritório do Hokage, sentado em sua cadeira 

Ele pensava nos lábios de Sarada, tentava parar porém qualquer pensamento que tinha levava à ela Uchiha

– Os lábios mais doces que já provei –Sussurrou para si mesmo 

Olhou para a janela, as estrelas brilhavam mais que o comum essa noite, ou talvez fosse coisa de sua cabeça 

Bateram na porta 

– Entra – Disse sem tirar os olhos da janela 

– Hokage-sama 

Se virou com pressa quando ouviu a voz que tanto o animava 

– Sarada – Levantou – Está tarde, por que não está em casa?

– Eu não quero ficar em casa – Abaixou a cabeça triste 

– Aconteceu alguma coisa? 

– Não é nada – Sua voz saiu fraca

O Hokage conseguiu perceber em sua voz que a menina tinha acabado de chorar 

– Sarada, você é mais do que minha aluna 

Ela o olhou 

– Você é minha amiga, pode me contar qualquer coisa

Sarada sorriu 

Eles sentaram em cima da mesa lado a lado 

Sarada suspirou e começou:

– Eles brigam desde que eu me conheço por gente! As vezes acho que é minha culpa, mas... Se eles não se amam, por que se casaram?

Sarada o olhava como se esperasse uma resposta 

– Sarada primeiro, isso não é sua culpa e depois, adultos são complicados as vezes eles só... – Ele suspirou – Não sabem o que estão fazendo da vida – Deu de ombros 

Ela suspirou tristes 

– Ah não fica assim! – Naruto a abraçou – Vai ficar tudo bem

– É, acho que vai 

Naruto riu

– Ei! Amanhã é um dia muito especial pra você não é? 

– O senhor sabe... 

– Claro que sei! Na verdade já são 00:01

– Hokage-sama...

– Feliz aniversário, Sarada – Ele beijou a testa dela

– Arigato 

– Sarada, o que você quer de presente? 

– Não!! Não precisa me dar nada – Ela corou 

– Vamos, eu insisto, tem algo que você queira? 

– Bom... Eu nunca bebi 

– Sarada... Eu não posso te dar bebida alcoólica? 

– Quando foi sua primeira bebida? 

– Hun... – Ele riu tentando não lembrar daquilo – Tudo bem, só um gole e não conta pros seus pais 

– Hai! 

Ele se levantou e foi até o frigobar que ficava distante de sua mesa encostando na parede 

Abriu e pegou duas garrafas de cerveja

Voltou para Sarada e entregou uma das garrafas 

– Não bebe tudo, e não tenho nenhum copo desculpa – Disse o loiro 

– Obrigada!

Ela bebeu um gole

Logo sentiu sua garganta queimar, mostrou a língua e torceu o nariz 

Naruto riu 

– Você se acostuma – Ele disse

Bebeu outro gole e aos poucos foi se acostumando, Naruto a acompanhou

Nenhum dos dois ficaram bêbados, conversaram a noite toda sobre assuntos aleatórios 

– Qual foi o melhor beijo que você já deu? – Ela pergunta sorrindo

– Quer mesmo saber?

–Claro, por que não? 

– Foi você

Ela desfez o sorriso

– Não se assuste, é só que seus lábios são doces e macios, impossível não gostar

Corou novamente 

– Posso beijar de novo? – Ele pergunta

Ela ri e assentia

Ele segurou o rosto dela a beijou, dessa vez foi mais intensa e demorado 

Ele se afasta 

– Sarada – Ele chama – Posso fazer uma coisa pra você? 

– O que? 

– Deita 

Ela hesitou e não o obedeceu 

– Não foi te machucar, tudo bem? – Ele passou a mão no rosto dela – Só quero te deixar feliz 

Ela deita ainda desconfiada 

Naruto lentamente subiu em cima dela 

– Ho-Hokage... O que vai fazer? 

Ele não respondeu

Naruto pois sua mão por baixo do vestido de Sarada em sua calcinha, mexeu seu polegar por cima do pano 

Sarada o olhava envergonhada mas não podia acreditar no que o Hokage estava fazendo mas também não podia conter sua excitação 

Soltou um baixo gemido 

Naruto abaixou a calcinha dela, colocou sua face na intimidade dela 

– Hokage-sama... – Gemeu sentindo a respiração de Naruto em sua vagina agora molhada

Naruto passou sua língua lentamente aproveitando cada parte do clitóris até a entrada 

Sarada jogou sua cabeça para trás e puxou o cabelo dele 

Naruto chupou o clitóris dela, pressionou sua língua no local 

Discretamente o Hokage já muito excitado começou a se masturbar 

A medida que aumentava os movimentos de sua língua, aumentava os movimentos de sua mão em seu pênis

– HOKAGE! – Ela gritou quando gozou

Naruto se masturbou mais rápido e gozou

Ele saiu de cima dela 

Sarada o olhou muito vermelha 

Subiu sua calcinha e levantou 

– Sarada, tudo bem? – Ele pergunta

– Eu tenho que ir... 

– Sarada 

– Estou indo – Ela caminhou até a porta – Hokage-sama... 



Notas Finais


Oi galera, só queria deixar um recado sério aqui.

Ultimamente eu tenho recebido mensagens ofensivas por causa dessa fanfic e da fanfic "A marca do passado" que também contém incesto. Só quero deixar claro pra você que não gosta desse conteúdo e está lendo essa fanfic só pra me ofender depois, eu não leio as mensagens ofensivas, você perde seu tempo escrevendo aquele tipo de coisas para mim, eu não discuto sobre o que escrevo. Se não gosta, não leia. É completamente imaturo e estúpido escrever uma mensagem enorme para ofender alguém que você nem ao menos conhece, e só pra constar, nada do que você disser vai me afetar ou tirar minha vontade de escrever, é isso! Obrigada pela atenção. 


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...