História Naruto - Crônicas do trovão - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Boruto Uzumaki, Darui, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hidan, Hinata Hyuuga, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Kurama (Kyuubi), Maito Gai, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Tsunade Senju
Tags Akatsuki, Naruto, Sasuke, Uchiha
Exibições 23
Palavras 1.545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shounen, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fala meus jovens, mais um cap saindo aqui, espero que gostem :3

Lembrando que o cap vai ser revisado e formatado dps

Capítulo 14 - Cavaleiro Branco


 

Na casa de Olívia

Sashi: Ai ai, uma bela soneca, :3 o que eu perdi ?

Shikatai: Nada demais, Sasuke-sensei foi na nossa frente até a vila principal, eu fiquei aqui descongelando o Kenji e bolando um plano de fuga para caso de merda lá.

Kenji: *coberto de roupas de frio* AGORA SIM PORRA, QUERO VER EU CONGELAR.

Então Kenji abre a porta e o vento gelado entra e ele não senti nada.

Kenji: HAHAHAHAHA VOCÊ NÃO É PÁREO PARA MEU PODER NEVE !!!

Shikatai: Sai lá fora então *da um soco na madeira ao seu lado*.

Kenji sai para o lado de fora e diz:

Kenji: MESMO AQUI FORA, CONTINUA INU... *interrompido por uma quantidade de neve que caiu do telhado*.

Shikatai: O que você disse ? Não consigo ouvir com você ai embaixo :v

Kenji: (fdp).

Sashi: Se é meio sinistro Shikatai.

Shikatai: Eu sei :3

Sashi: Tá, to recomposto já, bora lá então.

Shikatai: Bora *tirando Kenji da neve*.

Sashi: Ei velhinha da neve, obrigado por deixar a gente entrar, até mais o/

Olívia: Velhinha da neve -.- até mais meus jovens, tenham cuidado, principalmente você garoto.

Sashi: *pensativo* Por que principalmente eu ?

Olívia: Os espíritos são fortes aqui, são terras ancestrais, cuidado com o raio em seu braço.

Sashi: *moscando* errr ok, até mais velhinha *sai andando*.

Shikatai: (o que o raio do Sashi tem ?)... Venha Kenji, vamos.

Kenji: To indo, agora nenhuma neve me segura 8) *com mais roupas de frio*.

Sashi: Se ta parecendo a velhinha da neve, até o cabelo ahshahshahshahdahs *andando*.

Kenji: -.-

Shikatai: Você nem consegue andar assim, parecendo um mamute, tire um pouco das roupas *andando*.

Kenji: Tá tá que seja, vou tirar um pouco *andando*.

Shikatai: Ok, parem de conversar e vamos andando.

Sashi e Kenji: Hai hai.

 

Enquanto isso no castelo da vila principal

No quarto da rainha 

????: Vossa graça, está se sentindo bem ?

Rainha: Kuzo, já disse que que não me precisa me tratar de maneira tão formal, nos conhecemos desde crianças, me chame apenas de Koyuki - disse a rainha calmamente.

Kuzo: E devo insistir que você é minha rainha, então tenho que lhe tratar como tal.

Kuzo era um homem alto que aparentava frieza, sua voz era rouca e séria, sua barba bem feita e seu cabelo preto com corte militar contribuíam em sua aparência séria, ele usava armadura branca e um manto branco felpudo por cima, nas costas ele apresentava sua arma, uma longa lança de três pontas com o cabo branco, ele era o general do exército dos shinobis da neve e era conhecido como cavaleiro branco pela sua aparência.

A rainha Koyuki Kazahana que era há tempos atrás uma grande atriz, com o passar do tempo resolveu apenas se concentrar em seu reino, que ela governava em plena paz com seu marido, eles tiveram uma filha, Yui Kazahana, uma garota de cabelos e olhos brancos, com a capacidade de manipular a aurora, tudo corria bem ate que o seu marido e rei saiu em uma missão junto com seus soldados de elite, para derrotar um grande monstro das montanhas da neve, mesmo com a vitória,infelizmente o rei que era um grande combatente acabou por falecer na investida, quando a rainha soube da notícia acabou por adoecer e desde então ela segue assim, sem nem sair de sua cama, deixando o país por conta de seus conselheiros, há boatos que cercam o país da neve de que há algum tempo ninjas rebeldes de uma facção chamada lobos do norte estão tentando tomar o poder, mas entre tantos conflitos o exército do país da neve com seu comandante o cavaleiro branco e seus quatro soldados de elite conhecidos como os quatro ventos: Zefíro, Euro, Noto e Bóréas, sempre saíram vitoriosos, porém com o tempo e as guerras, por motivos misteriosos três dos quatros ventos morreram em batalha e o exército perdeu seu poder e assim no último conflito os ninjas rebeldes conseguiram sair vitoriosos sequestrando a jovem princesa.

Koyuki: Mas então Kuzo, o que foi ?

Kuzo: Perdemos o rastro dos bandidos - disse aflito - estamos dando nosso melhor para encontrar, mas parece que eles sumiram na neve, droga... *fechou os punhos com raiva*

A rainha pareceu envelhecer ainda mais, olhou para o lado, seu quarto o mais lindo do castelo, no último andar com janelas de gelo, da onde dava para ver toda a vila, quando terminou de refletir disse:

Koyuki: E Yui ? Eles vão matar Yui ?

Kuzo: No momento parece que não, talvez estejam interessados em seu poder...

Koyuki: Pobre Yui... precisamos encontra-la urgentemente, onde está Bóreas ? Já se recuperou ??

Kuzo: Boréas teve um grande corte na última luta, tenho que consultar se ele já está recuperado... não se preocupe vossa graça, farei o meu melhor.

Koyuki: Você sempre faz Kuzo, sorte que tenho você nestes tempos difícies.

Kuzo: É uma honra lhe proteger vossa graça, agora é melhor você comer um pouco, está muito pálida, vou me retirar dos seus aposentos.

Então Kuzo fez uma reverência e se retirou, quando saiu uma empregada entrou nos aposentos da Rainha com sua comida.

 

Na aldeia principal do país da neve

~ ~ ~ Narração Sasuke: ON ~ ~ ~

Era de manhã quando eu havia chegado, devo dizer que a vila era um espetáculo para se olhar, ficava entre o centro de um vale e se estendia até o grande pico que Olívia havia falado, a neve caia devagar nos telhados das casa, a mistura de madeira com gelo seco era linda de se ver, casas baixas com suas chaminés ativas soltando fumaça para o horizonte, fumaça que se misturava com a neve e o vento e passava pelos flancos das grandes montanhas, se você olhasse para cima em direção ao Pico, podia ver uma grande construção de metal, madeira e gelo seco, o castelo da rainha, bem no coração da montanha, com lindas janelas que pareciam brilhar em diversas cores diferentes, admito, a cidade era um belo cartão postal, Sakura iria gostar de conhece-la.

Já que não sabia se minha chegada seria amigável, entrei no modo furtivo, fui indo aos bares buscar informações, descobri apenas boatos, de que os ninjas rebeldes tinham uma facção chamada os lobos do norte e que sua base se encontrava em cavernas próximas do nível do mar, percebi que não ia conseguir nada a mais que isso então fui rumo ao castelo.

Eu pensei que o castelo era grande quando vi de longe, mas quando cheguei perto dele vi que ele era gigantesco, mal sabia como entrar, até que vi uma porta protegida por dois guardas, caminhei até eles, quando cheguei mais perto eles apontaram suas espadas para mim e disseram:

Soldado: Quem é você ?

Sasuke: Sou Uchiha Sasuke, um velho amigo da atual rainha.

Soldado: Prove.

Sasuke: Fale meu nome para ela, que ela vai permitir minha entrada.

Soldado: Pois bem, entre e espere no nosso salão principal, chamarei meus superiores.

Sasuke: Que seja

Me conduziram até um grande salão, nele o piso era preto e branco e não havia móveis, grandes colunas sustentavam um andar que havia encima dele, a arquitetura do lado de dentro do castelo era muito rica e podia se ver vários quadros nas paredes, me deixaram no centro do salão, de lá eu vi que havia quatro portas, cada uma guardada por um guarda, passou um tempo e então um grande cara alto com armadura branca apareceu em minha frente no segundo andar, ele olhou para mim, seu rosto apresentava seriedade, observou calmamente e disse:

Kuzo: Quem é você ?

Sasuke: Sou Uchiha Sasuke ? E você ?

Kuzo: Sasuke ? Nunca ouvi falar, me chamo Kuzo.

Sasuke: Kuzo ? Nunca ouvi falar, você não tem clã ou sobrenome ?

Kuzo: Aqui na neve somente a família real tem o direito de falar o nome de seu clã, você como "amigo" devia saber.

Sasuke: Duvida que sou amigo dela ?

Kuzo: Nunca te vi, e pelo visto você nem é daqui.

Sasuke: E eu nunca vi você, quem você é ?

Kuzo se sentiu um pouco desafiado, bom momento para ficar calado

Kuzo: Sou o general do exército da neve, não me conhecer apenas prova que você é um impostor, vá embora, que não derramaremos sangue.

Sasuke: Meus serviços foram contratados para achar a princesa que foi raptada, eu não vou embora sem ver Koyuki.

Kuzo: Que seja então *estalou os dedos* GUARDAS !!!!

então vários guardas armados ocuparam o primeiro e o segundo andar.

Kuzo: MIRAR BESTAS !!!!

Guardas: *mirando*.

Kuzo: ATIRAR !!!!

Sasuke: Pelo jeito não vai ser do jeito amigável.

Então várias flechas voaram em minha direção

Sasuke: *ativando o rinnegan*

CAMINHO DEVA

SHINRA TENSEI !!!

Então por um segundo as flechas que vinham em minha direção pareciam ter parado de se mover no meio do salão e um segundo depois tudo é expelido em minha volta em um raio um pouco maior que o da sala, os guardam voam e as colunas caiem, aproveito a fumaça que se ergueu e saio do castelo, terei que me desculpar com Koyuki agora é achar meus alunos.

~ ~ ~ Narração Sasuke: OFF ~ ~ ~

 

Kuzo: *no meio dos escombros* Interessante... muito interessante...

 

Continua...
 

 


Notas Finais


É isso ai gente, até o próximo cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...