História Naruto - Crônicas do trovão - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Boruto Uzumaki, Darui, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hidan, Hinata Hyuuga, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Kurama (Kyuubi), Maito Gai, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Tsunade Senju
Tags Akatsuki, Naruto, Sasuke, Uchiha
Exibições 15
Palavras 1.219
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shounen, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fala galera, realmente demorei um bom tempo para postar esse cap, mas é que tava corrido os dias e eu só escrevo de madrugada e tava gastando esse tempo conversando com a muié, mas finalmente saiu !! Não é mt grande, mas espero que gostem o/

Lembrando que vai ser revisado depois

Também agradecendo as 500 exibições, vlw galera o/ agradeço muito e espero que continuem gostando da fic

Capítulo 15 - Entrando numa fria


Depois de algum tempo do acontecimento no castelo

Na estrada em direção a vila principal

Sashi: Meu deus, o caminho parece eterno -.-

Shikatai: Calma Sashi, estamos perto já, se não fosse o fato da gente acompanhar o Kenji, já estaríamos lá.

Kenji: Hei hei *andando com dificuldade por causa do excesso de roupas* isso aqui é para proteger do frio.

Sashi: Uma tartaruga é mais rápida que você -.-

Kenji: Como se eu não consegui... *interrompido por um turbilhão de vento*.

Então depois de um pequeno tornado de vento e neve Sasuke aparece em um morrinho ao lado deles.

Sasuke: E aí pessoal, estão meio atrasados.

Sashi: *-* Sensei você precisa me ensinar a fazer estas entradas *-*

Shikatai: Desculpe sensei, mas o Kenji atrasou um pouco a gente.

Kenji: Hei hei, isso é necessário para eu não passar frio.

Sashi: Seu cabelo de emo já deveria ser o suficiente para proteção.

Kenji: Calado 100% hidratado.

Sasuke: Ta tá, chega, bem, as coisas não foram muito amistosas na vila principal, tive que causar certa destruição lá.

Shikatai: E então sensei, como fica ?

Sasuke: Reuni informações e boatos dizem que a base dos ninjas rebeldes conhecidos como lobos do norte, fica próximo do nível do mar, em capelas subterrâneas.

Shikatai: Compreendo, bem vamos ir atrás ?

Sasuke: Koyuki é uma velha amiga, já estamos aqui mesmo, vamos descer até o nível do mar e procurar essas cavernas.

Sashi, Kenji e Shikatai: Hai hai

Sasuke: Então vamos lá !!!

 

Em alguma parte do castelo principal

Empregada: Senhor... *com barulho de alguém comendo* senhor Bóreas é o seu 38° prato, acho que já comeu de mais.

Bóreas olha para ela, termina seu 38° prato e fala para ela:

Bóreas: Pois traga mais dez então !!! Preciso me recuperar o quanto antes !!!

Empregada: *medo* Como queira senhor.

 

~ ~ ~ Apresentação de personagem: ON ~ ~ ~

Bóreas

Idade: 19 anos

Um jovem alto, magro e pálido, com cabelos e olhos completamente brancos como a neve, seu sorriso é mais branco que garoto propaganda da colgate, mesmo sendo jovem, sua voz é rouca e grave como o som de uma nevasca que passa selvagem entre as frestas das montanhas. Bóreas usa uma camiseta branca e calça moletom azul, não utiliza nenhum tipo de arma e anda descalço.

~ ~ ~ Apresentação de personagem: OFF ~ ~ ~

~ ~ ~ Narração Boréas: ON ~ ~ ~

Eu havia me machucado fatalmente...

No último confronto contra os ninjas rebeldes eu estava lá, eu e Noto, um dos quatro guerreiros de elite e mais alguns soldados protegendo a carruagem da princesa, tudo corria bem, com eu e Noto lá, só se um grupo muito grande nos atacasse para termos chances de derrota, mas infelizmente não foi isso que aconteceu.

Ninguém nos atacou, nem preparou uma emboscada, a emboscada já estava armada desde o princípio, quando saímos de perto da vila principal, ela aconteceu...

Nossos próprios soldados nos atacaram...

Noto foi mutilado sem piedade, já eu tive uma grande perfuração na altura do estomago, mas quando notei a cilada já corri para escapar.

Yui gritava pelo meu nome, mas com aqueles ferimentos eu nada podia fazer além de fugir. Voltei para o castelo e informei o ocorrido para a rainha, logo depois disso fui socorrido, mas eu não sabia em quem confiar, havia rebeldes inclusos em nosso próprio exercito, eu poderia morrer há qualquer hora, Kuzo reforçou minha segurança e verificou todos os soldados, Kuzo sempre trabalhou bem, mas mesmo assim eu e ele contra um exército não seria o bastante para proteger a rainha. Um golpe iria acontecer e eu sabia disso, mas nada podia fazer.

Primeiro foi Zéfiro

Depois Euro..

Agora Noto... um grande guerreiro..

Só restava eu.

Os ventos que assopravam para tantos lados agora só assopram para o norte, para o gelo, para a tristeza.

E eu vou ser o próximo, precisava me recuperar logo.

Quando cheguei ao meu 45° prato Kuzo entrou no quarto, analisou a pilha de pratos na mesa ao meu lado, sempre com seu rosto sério, a única pessoa que eu podia confiar junto com a rainha, de resto, todos poderiam ser inimigos. Ele sentou na cama e disse:

Kuzo: E então bóreas, como se sente ?

Bóreas: 90% recuperado, já da para o gasto.

Kuzo analisou meu ferimento, suspirou e disse:

Kuzo: Não está nem no 50% Bóreas, estarei saindo em busca de Yui, quero que você continue aqui se recuperando.

Eu não acreditava nas palavras dele, me deixar de fora da busca ?

Bóreas: *incrédulo* Como assim ? Eu preciso ir !!! Eu tenho que resgatar Yui !!

Kuzo: Já chega Bóreas !! *com o tom de voz mais grosso* você quer morrer em vão tanto assim ??? De que adianta você ir e morrer ??? Já não basta Noto, Euro e Zefíro ???? Eu perdi meus três cavaleiros, meus três amigos... você fica aqui !!! Não deixarei você morrer em vão.

Algumas lágrimas escorriam do meu rosto, eu não podia ficar de fora, jurei a Yui protege-la, olhei para ele disse:

Bóreas: ... Eu não posso deixar, eu prometi cuidar de Yui... fui nomeado um dos quatro ventos para isso, eu preciso encontrar Yui *chorando*.

Kuzo ficou cabisbaixo por um momento e depois se levantou, foi até a porta, parou e disse:

Kuzo: Sinto muito meu amigo... não arriscarei sua vida... eu prometo traze-la de volta para você, mesmo que isso custe a minha vida... agora adeus meu amigo, estarei partindo para as cavernas imediatamente...

E então sai pelo corredor e vai embora.

Bóreas: Yui...

~ ~ ~ Narração Bóreas: OFF ~ ~ ~

Algumas horas se passaram, tanto o grupo de Kuzo como o time 7 começaram a se aproximar das cavernas, o caminho árduo feito nas montanhas, dava lugar as vastas planícies cobertas de neve, aonde podia ser ver alces, lobos e ursos no horizonte, e ainda mais longe podia ser ver o gélido oceano, seu tom azul claro se fundindo com a neve no litoral e perto dele, várias cavernas que davam entrada ao subterrâneo do país.

 

Em algum lugar, no litoral do país da neve

Kuzo: Chegamos homens, fiquem espertos estamos adentrando território inimigo, agora, avançar !!! *andando*.

Soldados: Sim senhor !!! *marchando*.

 

Em outro lugar, no litoral do país da neve

Sasuke: Creio que chegamos.

Shikatai: E agora sensei ?

Sasuke: Vamos entrar, tomem cuidado lá dentro, não sabemos o que nos espera. *andando*.

Sashi, Shikatai e Kenji: Hai !! *andando*.

 

Em algum lugar, no subterrâneo do país da neve.

Ninja: Senhor, tivemos informações que o exército real está vindo em direção ao nosso esconderijo nas cavernas.

????: Que seja, tudo ocorre como planejado, inicie a operação.

Ninja: E quanto aqueles ninjas que vieram da folha ?

????: Não são problema, eu cuidarei deles pessoalmente.

Ninja: Que seja, estou me retirando.

Voltando ao castelo real, nos aposentos da rainha.

Koyuki prosseguia deitada observando a vila, quando a porta abre bruscamente e uma empregada entra.

Empregada: Vossa graça, me desculpe entrar desse jeito, mas temos um problema *ofegante*.

Koyuki: O que houve ???? *aflita*.

Empregada: Arf, arf *ofegante* é Bóreas !!! Ele desapareceu !!!

Koyuki: ah Bóreas... você não precisava ir...

 

No meio do país da neve, ainda nas montanhas

Bóreas: Yui.... estou indo te salvar !!!

 

Continua...


Notas Finais


É isso ai gente, agora até o próximo cap, acho que sai em cerca de duas semanas por aí, depende do meu sono e inspiração, então até lá o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...