História Naruto: Andarilho - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Hinata, Não Sei Fazer Tags, Naruhina, Naruto, Nukenin, Revelaçoes
Exibições 286
Palavras 1.527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo!

Bom não tenho muito o que falar, então tá ai mais um capitulo.

FLW

Capítulo 6 - Andarilho - Parte 6


Fanfic / Fanfiction Naruto: Andarilho - Capítulo 6 - Andarilho - Parte 6

Já havia se passado 2 dias desde que Naruto e Hinata estavam seguindo viagem para Iwa, ambos não haviam parado ainda para descansar. Hinata já estava em seu limite e se esforçava ao maximo para não se entregar ao cansaço, afinal de contas, ela fez uma promessa consigo mesma que não seria mais apenas um estorvo.

Naruto percebendo os sintomas do cansaço de Hinata, decide que era melhor eles pararem para descansar. Outro motivo tambem era que naquela região que eles estavam fazia muito frio durante a noite e como Hinata não tinha a alta resistencia ao frio igual a Naruto, poderia ficar doente.

- Hinata vamos parar um pouco. - Disse ele parando em um galho.

- Não se preocupe Naruto-kun, eu posso continuar...

- Será mais dificil continuar a viagem a noite nessa região e aqui faz muito frio... O certo seria procurarmos abrigo e descansarmos um pouco.

- Tudo bem... - Disse após um longo suspiro.

- Pode achar algum lugar para passarmos a noite ? - Perguntou Naruto

Hinata sem mais delongas, ativa seu Byakugan e começa a procurar algum local para ficarem. Naruto não pode deixar de notar que Hinata estava bem mais mulher do que se lembrava... Cabelos negros azulados, agora curtos, pele branca, curvas bem acentuadas, seios fartos...

Desviou o rosto quando percebeu que já estava secando ela com o olhar. Ela desativa o Byakugan e diz:

- Tem uma pequena gruta em uma montanha aqui perto. - Diz apontando para o lugar.

- Já deve bastar... Vamos!

Assim eles voltaram a saltar em direção ao lugar. Depois de 5 minutos, eles chegaram na pequena gruta dentro de uma montanha grande. Assim que eles adentraram o lugar, a chuva começou a cair para ajudar a abaixar a temperatura.

Naruto pegou alguns gravetos e fez uma fogueira para aquecer um pouco o lugar, já que a chuva aos poucos ia engrossando e abaixando ainda mais a temperatura. Enquanto isso, Hinata estendia os sacos de dormir no chao da caverna.

Quando terminaram de arrumar tudo, Naruto esquentou um pouco da sopa que ele havia guardado e os dois comeram. A chuva continuava a cair forte e eles foram para os sacos de dormir.

Naruto tentava dormir porem algo não o deixava pregar os olhos. Ele se senta e olha pra Hinata que estava encolhida e tremendo de frio, então ele a chama.

- Hinata... - Ela levanta a cabeça e fita ele. Está muito frio pra você ?

- N-Não s-se preocupe, N-Naruto-kun... E-Eu aguento. - Disse gaguejando pelo frio.

- Não... Você vai ficar doente assim... - Disse se levantando e indo na direção de Hinata com a sua coberta.

- N-Naruto-kun oque você vai... 

- Hinata sei que isso vai soar estranho para você mas quero que você faça uma coisa... - Ele desvia o olhar um pouco corado. E-Eu quero que você tire a sua blusa.

Hinata ficou paralizada sem reação, mas quando a ficha caiu, ela ficou tão vermelha que chegava a dar inveja aos tomates. Naruto percebendo que a frase soou com segundas intenções, logo tratou de corrigir.

- Quer dizer... Você ira adoecer se ficar exposta assim ao frio e um jeito de te manter aquecida vai  ter que ser com calor corporal, já que o corpo de um Jinchuriiki é 10% mais quente do que os das pessoas normais... - Ele explicou e Hinata apenas acentiu positivamente.

Hinata mesmo morrendo de vergonha levou as mãos até a barra da camisa e, com muito esforço, a tirou. Ela só queria um buraco para enterrar a sua cabeça por conta do tamanho constrangimento que sentia... Mesmo já tendo varios namorados antigamente, ela nunca ficou tão exposta assim para um homem.

Naruto teve que levar a mão ao nariz e se virar de costas afim de conter a sua breve hemorragia nasal... Assim que Hinata retirou a sua camiseta, os seus fartos seios cobertos por um sutian branco ficaram totalmente a mostra. Naruto olhou para baixo e viu seu amiguinho aos poucos ganhando vida, fechou os olhos e respirou fundo, tentando controlar a sua ereção.

Assim que conseguiu, se virou e viu que Hinata agora tremia ainda mais por conta de estar totalmente exposta ao frio. Ele rapidamente retira a sua camisa e vai de encontro a ela, deitando do lado dela no saco de dormir.

- Tente dormir um pouco, Hinata. - Disse calmo.

- H-Hai. - Falou num fio de voz e virou para o lado para tentar dormir.

Naruto virou para o lado oposto e tentou dormir, porém foi em vão pois ainda sentia Hinata tremer ao seu lado. Ele então se vira para ela e a abraça pela cintura, puxando-a logo em seguida para mais proximo do seu corpo.

Hinata, que até então estava acordada, cora fortemente por tal proximidade, mas tambem sente uma sensação boa em seu corpo. O calor do corpo dele a aquecendo ia, aos poucos, fazendo ela esquecer da timidez e do frio, logo se entregando ao sono.

 

Em Konoha...

 

Estava amanhecendo quando Sasuke acordava aos poucos, ele sente um pequeno peso sobre seu braço e se vira dando de cara para sua namorada rosada deitada com a cabeça em seu peito.

Se limitou a dar apenas um sorriso de canto e se levantou com cuidado para não acorda-la, porém fora em vão. Sakura acorda devagar abrindo os olhos e vendo Sasuke acordar.

- Ohayo Sasuke-kun. - Disse esfregando os olhos

- Ohayo. - Disse enquanto colocava sua blusa.

- Já vai trabalhar ? Você tem trabalhando tanto ultimamente...

- Claro que tenho, Sakura... Principalmente agora que consegui o que eu queria. - Disse frio para ela que nem ligou, afinal de contas, já estava acostumada.

Sakura apenas da ombros e vai para o banheiro, deixando Sasuke se trocando sozinho no quarto. Assim que terminou de se arrumar, Sasuke foi direto para seu escritorio sem ao menos se despedir de Sakura.

Chegando em sua sala, ele entrou e viu que Shikamaru já estava nela cuidando de alguns documentos, mas para e se levanta ao ver Sasuke. Ele caminha até o lado do Hokage e faz uma breve reverencia, logo entregou um relatorio e começou a falar.

- Hokage-sama, os experimentos foram realizados com sucesso... Esse são os resultados.

- Bom, o que o conselho disse sobre as nossas açoes.

- Eles ainda não concordaram totalmente  mas duvido que possam fazer algo para lhe impedir.

- Quero uma reunião com Orochimaru está tarde. Avise a ele que será no seu laboratorio.

- Entendido. - Disse e saiu.

Sasuke suspirou alto e se sentou em sua cadeira. Massageou um pouco as suas temporas e logo depois voltou a sua atenção a enorme pilha de papeis em cima de sua mesa, pegando alguns documentos e começando a assina-los.

Já eram 14:30 da tarde e Sasuke se encontrava junto de Shikamaru na frente do escritorio de Orochimaru, que desde que Sasuke assumiu como Hokage, estava em Konoha fazendo seus experimentos a mando do Hokage.

Sasuke bateu três vezes na porta e logo foi atendida por Kabuto, que ao ver o Hokage, fez uma breve reverencia e deu espaço para eles entrarem. Eles seguiram o assistente pelo interior do grande laboratorio, indo em direção a uma porta que supostamente seria o centro de pesquisas.

Kabuto bateu na porta e logo eles ouviram um '' entre '' um pouco abafado por conta da distancia e assim entraram. O lugar era incrivelmente grande por dentro, repleto de pergaminhos sobre as diversas mesas no lugar. Tambem tinha diversos tubos gigantes em volta de uma parede e tambem tinha varias ferramentas sobre uma mesa.

Eles foram andando pela grande sala e logo avistaram o Sannin que estranhamente estava bem mais jovem do que estava na guerra, ele estava vestindo uma roupa toda branca com um avental tambem branco e seus cabelos estavam preso em um coque e anotava uma coisa em sua prancheta. Assim que ele vê Sasuke, da um pequeno sorriso e larga a prancheta sobre uma mesa qualquer.

- Se não é o Sasuke-kun, ou devo dizer Hokage-sama ? - Perguntou com seu humor cinico.

- Sem enrolação Orochimaru. Você sabe porque estou aqui, quero vê-lo. - Disse autoritario e sério

- Ele ainda não acordou, mas poderá vê-lo se é o que deseja... Por aqui.

Eles seguiram Orochimaru até um canto mais afastado da sala, onde estava um gigante tubo de vidro coberto por um pano preto, mas mesmo assim deixava um brilho verde iluminar um pouco do chão. Orochimaru puxa o pano, deixando a mostra o que ali dentro estava escondido.

Era um homem totalmente branco, tinha diversas especies de grampos prendendo algumas partes da pele e tambem envolta de seu olho direito, ele não possuia pelo algum no corpo e tinha mais ou menos 1,84 de altura. Sasuke olha para Orochimaru e pergunta:

- Tem certeza que ele é o soldado perfeito ? - Perguntou arqueando a sombrancelha.

- Sem sombra de duvida... Principalmente agora que você consegui aquele par de Sharingans. o Poder dele é imenso, e logo teremos um exercito. Quer dar um nome a ele ?

- Shin... Uchiha Shin!

 

 

 

FIM

 


Notas Finais


Dicas ou sugestões?
Podem comentar, estou sempre aberto para sugestoes ;D
Falouu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...