História Naruto DxD: Chronicles of Sun Wukong - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias High School DxD, Naruto
Personagens Akeno Himejima, Asia Argento, Koneko Toujou, Naruto Uzumaki
Exibições 462
Palavras 3.945
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


GALERA VCS VIRAM?! RELÂMPAGO MARQUINHOS MORREU VEY! ELE BATEU E CAPOTOU VIADO, EU NÃO ACREDITEI QUANDO VI. ELE TAVA L´. VRUM VRUM. KATHCHAWWW! E DO NADA BATR UIEHFUILEWRF PEÇA VOANDO PARA TODO LADO E TUDO QUEBRANDO NO AR!
Gente, para cada comentario Godfallen vai doar 0,5 centavos para o Relâmpago Marquinhos, que um dia... Irá voltar a brilhar.
Obrigado.
ESTE CAPÍTULO TEM +3900 PALAVRAS PARA ADIANTAR ESSA PORRA! Nos vemos semana que vem!
SE GALERA COLABORAR, VOU TENTAR MANDAR DOIS CAPÍTULO POR SEMANA! SE DER CERTO, ATÉ DIA 31 DE DEZEMBRO, NARU-NARU JÁ TA A PORTA DA IGREJA, LUTANDO CONTRA PASSAROS FLAMEJANTES! FLW MANO-BOLAS!

Capítulo 27 - Sun Wukong: Anjos Caídos não Sabem Reconhecer um Deus


-Morrer? - Ele perguntou. - Vocês estão me ameacando? Posso saber o porque?

A mulher riu.

-O que você acha? Que vai viver depois de se intrometer nos problemas do Grigori? - Ela perguntou. - Deixe-me dizer, essa garota ai atrás de você, se chama Asia, e ela é nossa propriedade. E nós vamos te matar se você não a entregar.

O rosto de Asia pareceu entrar em pânico.

-O-Onii-sama... - Ela falou, preocupada, não com sigo mesma, mas com o loiro.

Vendo isso, Naruto apenas sorriu amavelmente para ela. A tranquilizando.

-Não se preocupe, Asia. - Ele disse. - Onii-sama tem tudo sobre controle. Eles não vão lhe levar...

-M-Mas se eu não for, então e-eles vão te machucar! - Ela falou, com medo.

Os olhos de Naruto se contrairam.

-Ninguém vai me machucar, Asia. - Ele disse. - Apenas confie em mim.

A mulher de cabelos pretos ouvindo isso, parecia irritada.

-Confiar em você? Haha, Asia, você sabe muito bem que vamos matar ele se você não vir comigo... - Ela disse, diretamente para a garota.

Asia temeu a ameaça, mas escolheu confiar em Naruto, enquanto se escondeu ainda mais atrás dele.

Vendo isso, a mulher de cabelos pretos bufou, e virou-se para Naruto.

-Olha, se você a deixar vir conosco, eu deixo você viver.

-E porque eu a daria para vocês? - O loiro respondeu.

-Porque ela é minha propriedade, não me diga que você vai roubar o que é meu? - Ela riu.

-Propriedade? Asia não é propriedade de ninguém, e ela claramente não quer ir com vocês, então apenas sumam daqui! - Ele disse, muito serio.

-Você acha que tem o poder para me forçar a isso?

-Você acha que eu não tenho? - Ele respondeu, cruzando os braços e sorrindo de forma sem vergonha.

Isso irritou muito a mulher, que parecia querer o esfolar vivo.

-Você por acaso é idiota? Já falei que ela é nossa, ela tem algo que pertence a nós, e se você não sair da frente, eu vou matar você e deixar seu corpo aqui para que todos vejam! - Ela falou, com raiva na voz. Na verdade, ela tinha um pouco de receio da pessoa na sua frente, pois apenas um louco seria idiota o suficiente para enfrentar alguém mais forte, ainda mais quatro. E loucos, faziam loucura... Loucuras não era algo bom no momento.

Principalmente, se aquele jovem na frente dela fosse alguém que ela não podia mexer disfarçado... Por enquanto, era melhor adiar ir amok em sua direção.

Vendo ela falar assim de Asia, enfureceu Naruto.

Asia era sua amiga! Não apenas sua amiga, ela era uma garota que ele devia tudo, principalmente a vida! Como ele poderia deixar alguém falar assim de Asia? Principalmente, alguém inferior a ele, e que a tratava como mercadoria?!

Nunca!

-Você sabe com quem esta falando, Fallen Angel? Quem te deu tal poder para falar assim? Não tem medo que eu arranque suas asas? - Ele sorriu. - Afinal, você só tem um par...

Ao ouvir isso da boca do loiro, todos eles cerraram fortemente os dentes e sede de sangue subiu a cabeça, pois todos eles sabia, que ele claramente estava humilhando a todos ali. Afinal, Fallen Angels eram classificados de acordo com a quantidade de Asas que possuiam. Ter apenas um par... Era o mais baixo dos baixos.

-Você maldito! Cale a boca! Ou então eu irei mata-lo e dividir seu corpo em 10.000 pedaços! - Uma garota loira gritou, com ódio. Sim, garota. Ela era uma menina de não mais do que 15 anos de aparência, e usava uma roupa de loli.

-Você criança, cale a boca. - Naruto disse. - Crianças não tem poder para falar, quando adultos falam.

A cara da garota se contorceu em muito.

-Você...! - Ela disse de forma vil. - Saiba que eu tenho mais de 100 anos! Eu sou muito mais velha do que você!

Ele levantou uma sobrancelha, escarnio em seus olhos.

-E tem essa aparência? - Ele perguntou, rindo. - Você é do tipo loli? - Ele se virou para Asia.. - É com esse tipo de gente que você têm andado Asia? Lolis que curtem bondage? Aposto que eles tomam vinho no cemiterio a noite. - O rosto dele tinha uma pitada, muito grande, de falta de consideração por todos ali. Ele claramente não conseguia por eles em seus olhos.

O rosto da garota-idosa ficou vermelho ao extremo mas não conseguiu dizer mais nada, Naruto tinha a interrompido mais uma vez.

-Quer saber? Nenhum de vocês pode dizer nada! A menos que algum de vocês tenha 6 pares de Asas escondidas, eu não irei mais falar com vocês. Se insistirem, irei mata-los. - Naruto falou, nenhum um pigo de respeito na voz. Ele simplesmente não via aqueles seres na sua frente como no mesmo nivel, eram apenas formigas.

Asia atrás de Naruto, apenas olhava tudo, com preocupação no rosto. Ela sabia que seu, agora, Onii-sama, era forte... Mas contra quatro, ela estava preocupada.

-Ainda estão aqui? Sumam! Eu já mandei! - Naruto falou, mas ninguém saiu, pelo contrario... Eles começaram a rir!

-Você acha que pode nos mandar assim?! - A mulher na frente perguntou.

-Claro que posso, todo mundo manda em lixo. - Naruto disse, com um sorriso.

-Você...! - A mulher se tornou irritado. Ela levantou a mão, e uma flecha de luz se formou na sua palma. - Maldito Youkai! Seu estupido ser inferior, Morra! - E Então arremessou. A flecha voou da mão dela rapidamente em direção ao peito de Naruto.

-Onii-sama!!! - Asia gritou preocupada com seu irmão mais velho, mas Naruto apenas ignorou, enquanto levantando a mão, ele segurou a flecha em meio do ar, a um cm de o acertar, e apertando mais fortemente a mão, a flecha de luz se desfez no ar.

O queixo dos quatro Fallen Angels caiu no chão, não acreditando no que viam.

-C-C-Como isso é possível?! - A mulher gritou chocada.

Por outro lado, o homem atrás dela, apenas bufou e voou até a frente dela.

-É claro que é porque seu poder é muito fraco, Raynare. - Ele disse. - Deixe-me cuidar disso.

Mas antes mesmo dele fazer qualquer coisa, uma extrema pressão caiu sobre eles quatro, que nem se quer conseguindo se manter em pé cairam no chão tão fortemente, que até mesmo o chão se rachou.

-Q-Quem!?! - O homem gritou aterrorizado, enquanto olhando ao redor, procurando o dono de tal pressão assustadora, mas no final, seu olhar caiu sobre o jovem loiro na sua frente.

Naruto tinha seus olhos vermelhos em fenda, claramente entrando em seu modo Rei Macaco, e o motivo era bem simples. Aquelas não eram boas pessoas para Asia, e ele podia ver isso claramente, afinal, como Fallen Angels poderia ser bons para uma Freira.

Mesmo assim, Asia parecia os conhecer, e estava hesitando em ir com eles.

De alguma forma, Asia, uma freira, conhecia quatro Fallen Angels.

Isso não era um bom sinal...

Naruto deu 5 passos para a frente, a pressão aumentou dezenas de vezes sobre os Fallen Angels, ao ponto de que seus ossos parecia desejarem quebrar. Eles olhavam de lado para Naruto, pois não conseguiu levantar a cabeça direito, e cerravam os dentes.

Eles sentiam que tinham agora mesmo entrado em grandes problemas.

Mesmo assim, como podiam simplesmente permitir isso? Eles Fallen Angels arrogantes.

-V-Você! Youkai maldito! - A mulher chamada Raynare gritou com todas as suas forças, mesmo assim, a pressão sobre seu corpo fazia apenas um grito lamentavel sair de dentro de sua boca. - Se você se atrever a tocar um fio de cabelo nosso! Meu lider, Azazel, o Anjo Caído, não deixará você viver nem mais um único dia!

Naruto levantou uma sobrancelha.

-Azazel, vir te salvar? - Ele perguntou, calmamente. Neste momento, sua mão se esticou, e um bastão apareceu em suas mãos, enquanto ao mesmo tempo, uma roupa surgiu sobre seu corpo. Era uma calça com uma pequena saia feita de pele de tigre completamente, botas feitas com pele de ursos, e um manto preto e dourado decorado com imagens de dragões e phoenix apareceu ao redor de seu corpo. Enquanto em sua cabeça, uma tiara com 9 gemas vermelhas surgiu do nada. - Ele mataria vocês quatro e daria suas cabeças de presente para mim, apenas para me fazer amigo seu... E mesmo que eu invadisse e atacasse a sede dos Fallen Angels, ele mesmo assim não iria procurar problemas comigo... Então deixe-me perguntar... Menina, você sabe com quem esta falando para agir tão arrogantemente?

Naquele momento, Raynare e todos os outros perceberam uma coisa. Aquele garoto... Não era uma pessoa comum, e isso também significava que eles não podiam mais pegar Asia, e talvez... Nem sair com vida.

A única coisa agora, que passava pela mente de Raynare, era uma frase... Não, uma pergunta.

Mesmo assim, antes mesmo de fazer a pergunta, a outra mulher ao seu lado, a respondeu

-S-Sun W-Wukong-sama... - Ela disse. - Por favor, não nos mate! Nós tinhamos olhos mas não podiamos ver! Nós não reconhecemos o senhor!

Quandos os outros três Fallen Angels ouviram isso, finalmente entenderam no que tinham se metido. Seus olhos agora só transmitiam medo e desespero, pois... Até mesmo Anjos temiam a morte.

Eles logo começaram a fazer o mesmo que a mulher.

-Por favor, não nos mate!

-É, não queriamos o ofender!

-Nos perdoe pela falta de respeito! Somos idiotas por ter feito isso! Nós não conseguimos ver seu brilho grandioso!

Ao ouvir isso, Naruto apenas virou os olhos. Ele já tinha recebido esse tipo de bajulação antes. Todos que o temiam faziam isso quando contra a parede.

-Não peçam misericordia á mim, peçam a Asia-chan. - Ela falou, saindo da frente, e dando a chance a Asia, que olhou para ele nervosa, depois para os quatro Fallen Angels.

Nesse momento, ela se perguntou o quão incrivel era seu Onii-sama.

-Asia, por favor... Nos ajude! - A lider, Raynare falou, em um tom lamentavel, mesmo assim, Naruto podia sentir que dentro de sua voz havia também ódio.

-Nós te ajudamos quando você foi expulsa da igreja... Por favor, nos ajude agora... - A mulher que tinha reconhecido Naruto, implorou.

Ao ouvir isso, Naruto teve um tique no olho.

“Eles expulsaram Asia da Igreja?” - Ele se perguntou. - “Então é por isso que Asia conhecer esses Fallen Angels...” - Ele reconheceu a verdade, mas não pode deixar de ficar com um pouco de raiva. “Eles retiraram Asia da Igreja? Como eles podem ser tão cegos ao ponto de não ver um anjo quando a vê?”

Asia olhou nervosamente para Naruto e depois para os Fallen Angels que implorava de joelhos no chão.

“Ela não vai querer mata-los... Ela é muito boa para isso...” - Ele se lembrou, enquanto de braços cruzados.

-V-Vocês... São maus e mataram muitas pessoas inocentes... - Asia falou, enquanto olhando deles para Naruto o tempo todo. Seus olhos brilhavam enquanto falava. - M-Mesmo assim... - Ela hesitou. - Mesmo assim, Deus ama a todos vocês, então... Se prometerem ir embora e não fazer mais nenhum mal...

Ela nem sequer pode terminar.

-Nós prometemos! Nós prometemos! - Raynare gritou por todos, desesperada. - Por favor, nós prometemos que não faremos mas nenhum mal em nossas vidas!

Atrás de Raynare, as três pessoas concordaram com as cabeça, parecendo ser totalmente verdades profundas... Mas Naruto sabia que não era. Mesmo assim, ele ia deixar passar, por que Asia queria que deixasse passar.

Vendo isso, Asia virou-se para Naruto, aparentemente acreditando.

-Onii-sama... - Ela pediu simplesmente.

O loiro a olhou e depois bufou, virando-se para os Fallen Angels.

-Saim, e não voltem mais. - Ele disse, e com um simples pensamento a pressão, que antes prendia os quatro Fallen Angels sumiu completamente.

Olhares de felicidade e alegria tomaram o rosto deles, mas antes mesmo de poderem dizer qualquer coisa, Naruto deu um tapa no ar, e uma enorme quantidade de vento os arremessou para muito longe.

Depois que eles sumiram, Naruto voltou completamente ao normal, e com um sorriso virou-se para Asia.

-Então, Asia. - Ele disse. - Bem, Asia... Quer ir comer alguma coisa? Afinal, temos muita coisa para conversa, você não acha? - Ele sorriu para a garota.

-S-Sim... - Ela falou de cabeça baixa, na verdade, com vergonha de ter escondido o fato de que tinha sido expulsa da Igreja para Naruto.

(…)

-Hm... Isso é tãa ~ ~ ao bom! - Asia disse enquanto dava uma outra mordida em um hamburgue quase do tamanho do rosto fofo dela. Naruto vendo isso só pode sorrir, Asia era tão fofa, mesmo quando suja enquanto comendo. - T-Tão gostoso...

Naruto olhou para ela, e se perguntou se ela já tinha comido um hamburguer antes. Mas, mesmo que ele estivesse curioso, ele não perguntou, mas apenas esperou ela terminar de comer para conversarem sobre os outros assuntos.

Depois que Asia mordeu o último pedaço, Naruto decidiu se pronunciar.

-Então, Asia, conte-me o porque daqueles Fallen Angels estavam atrás de você. - Ele pediu, sua voz suave.

Asia o encarou por um segundo, antes de contar toda a história.

A verdade, era que Asia também era uma orfã, como Naruto já sabia, e que ela tinha sido adotada pela igreja, onde cuidararam muito bem dela, antes de descobrirem que ela tinha um Sacred Gear que podia curar ferimentos. Coisa que Naruto já sabia, afinal, Asia já tinha lhe demonstrado e falado sobre, apesar de não ter usado as palavras “Sacred Gear” para descrever tal poder.

Ela viveu bem na Igreja, e todos eram muito gentis com ela, apesar dela viver praticamente sozinha, já que não tinha amigos reais lá dentro. Apesar disso, ela vivia feliz.

Mas as coisas começaram a dar errado, quando ele encontrou uma pessoa ferida na floresta atrás da Igreja. Essa pessoa era um demônio, e Asia curou ele. O demônio agiu muito gentilmente para Asia, e disse que ia tentar ser melhor a partir daquele momento. Mas quando Asia voltou para a Igreja, ela descobriu que aquele mesmo demônio havia matado o Padre, e estuprado duas freiras.

Quando descobriram que Asia o havia curado, chamaram ela de uma Bruxa, pois ela tinha o poder de curar seres das trevas. Então ela foi expulsa, se acolhida por um grupo de Fallen Angels, que a enviaram para o Japão para algum tipo de trabalho. Eles queriam fazer alguma coisa de mal com ela, mas Naruto tinha aparecido em sua vida antes dela ter chance.

Ouvindo isso, Naruto não pode conter sua fúria.

-Malditos... - Ele falou rangendo a mesa. - Como ousam te chamar de Bruxa?! Eles são por acasos olhos que perderam seu brilho?!

Asia apenas abaixou a cabeça, seus olhos molhado pelas lágrimas.

-N-Não há nada de errado... Essa é uma provação que Deus colocou para mim... E eu tenho que suportar. - Ela disse, com os olhos cheios de fé.

Naruto a olhou por um segundo, antes de suspirar. Ele sabia que Demônios eram Oposto de Anjos, e o que Asia fez foi considerado errado, e que ter sido expulsa era poucou... Mas... Não era Deus que falava sobre Perdão?! Então como podiam a expulsar, quando a única coisa que ela fez foi perdoar uma alma pecadora como o demônio?! Ou será que eles não tem perdão?! Deus não era misericordioso?! Como ele não pode ter misericordia de Asia?! Ter a deixado reescrever sua história em outra Igreja?! Como permitiram uma garota tão inocente ser abandonada no mundo, a mercê de qualquer maluco?! Como deixaram, alguém que apenas seguiu os ensinamentos que foi colocado a força em sua cabeça desde a infância, ter caido nas garras dos Anjos Caídos?!

Se Naruto fosse outro, então com toda certeza, Deus, jamais seria perdoado por isso. Mas, ele era ele mesmo, e então, decidiu aproveitar essa chance única que lhe foi dada, e fingir que tudo foi um plano divino na vida de Ásia.

Então, ele apenas saiu de seu lugar, e foi para o lado de Asia, onde ele a abraçou.

-Asia, não há nada de errado no que você fez. - Ele disse, calmamente, enquanto a gartoa o abraçou com mais força. - Você apenas lhe deu uma segunda chance de vida, afinal, apenas Deus pode retirar uma vida? Não é mesmo? - Ela acenou. - Como você poderia saber que ele estava na verdade planejando tal maldade? Então, não lamente nem se culpe, apenas esqueça isso e siga em frente, eu vou estar aqui para te ajudar nisso.

O choro de Asia não era alto, mas era doloroso, mas ao mesmo tempo feliz. Porque naquele momento, ela sentiu como se um grande peso tivesse sido retirado de suas costas.

Asia chorou durante bons 20 minutos, antes de parar e finalmente conversar com Naruto normalmente. Os dois não tocaram naquele assunto durante algumas horas, enquanto o loiro apenas falava sobre si mesmo, mais profundamente do que antes. Ele até mesmo lhe falou sobre sua relação com Kunou e Yasaka, e até mesmo o quanto ele sentia falta de Rias, Akeno, Sona e Koneko, além de sua noiva, Seekvayra.

Asia teve um rubor no rosto ao ouvir tais coisas, mas não disse nada. Ela sabia que demônios eram diferentes de Anjos.

Como os dois estavam em um estabelecimento 24 horas, os dois puderam passar a noite inteira conversando, e só quando estava quase amanhecendo, Naruto tocou mais uma vez naquele assunto.

-Asia... Agora que você não faz mas parte da Igreja, nem dos Anjos Caídos... O que você vai fazer? - Ele perguntou, sorrindo de leve.

Asia olhou para ele por um segundo, surpresa, antes de suspirar e balançar a cabeça.

-E-Eu não sei, Onii-sama... - Ela disse, impotente.

O loiro não pode ajudar, mas sorrir.

-Então, o que você acha de se juntar a minha Nobreza? Seja meu Bispo. - Ele pediu, enquanto observando as reações de Asia.

Os olhos dela cresceram, e sua boca caiu ligeiramente. Era claro que ela sabia sobre as Peças Mal, o único metodo de reencarno de um ser humano em demônio. Era algo que até mesmo outras facções invejavam.

-S-Sério Onii-sama?! - Ela perguntou, não acreditando. - M-Mas eu sou fraca... E você é tão forte, eu só iria atrapalhar...

Naruto riu.

-Você não me atrapalharia mesmo se quisesse Asia. - Ele disse, sorrindo. - Além do mais, você têm grande potencial, e eu farei de tudo para desenvolver ele, enquanto você estiver disposta a ser meu (fofo) bispo, então você será o melhor bispo desse mundo. - Ele falou com confiança na voz, ele realmente acreditava nisso. - E não é só isso, Kunou é apenas um ano mais nova, e também é um pouco parecida com você. Vocês seriam ótimas amigas, e aposto que Yasaka e Kuroka também iriam adora ter você por perto. E quando eu voltasse para o submundo, iria lhe apresentar a Akeno, Koneko, Rias, Sona, Serafall, e acho que até mesmo Seekvayra, mas ela é um pouco fechada... Bem, você seria muito feliz e cheia de amigos.

Os olhos brilhantes de Asia, descobriram um novo nivel de brilho, quando pareciam quase dois sóis azuis resplandescentes. Mesmo assim, havia um pouco de hesitação, e percebendo isso, Naruto foi ao ataque.

-Então, Asia-chan, vai ou não ser meu bispo? - Ele perguntou, diretamente.

Ela queria engressar a Nobreza de Naruto, mas tinha algo que a impedia de ir completamente, e por isso, ela estava hesitando.

-M-Mas... Onii-sama... Se eu for entrar, e-eu vou ter que me tornar um demônio, não é mesmo? - Ela perguntou.

Naruto teve surpresa em seu olhar, e também hesitou em responder. Mas depois de alguns segundos, ele suspirou.

-Não vou mentir, você vai ter que se tornar metade-demônio para poder entrar... - Ele disse, antes de rapidamente adicionar: - Mas, olhe pelo lado positivo...

Ele foi interrompido por Asia.

-N-Não me importo então, Onii-sama. - Ela disse. - Se eu puder estar ao seu lado, então me tornar um demônio não vai ser ruim em tudo. - Um sorriso timido apareceu no seu rosto. - Mesmo assim, me sinto um pouco mal, afinal... Eu estou aderindo ao meu antigo inimigo.

Naruto bufou.

-Inimigo? Eles te expulsaram Asia, você não tem mais que seguir ou obedecer suas leis e regras. - Ele disse, quase nervoso.

Asia tremeu ao sentir isso.

-E-Eu sei mas... Eu acreditei toda minha vida, não posso deixar de acreditar tão facilmente... - Ela disse fracamente, mas logo em seguida seu olhar foi trocado por um de pura confiança. - Então, eu só entro em sua nobreza, Onii-sama... Se eu puder ainda acreditar em Deus.

Naruto a encarou, sério, antes de gargalhar.

-Eu já esperava isso de você, Asia. - Ele falou. Na verdade, ele não queria seu Bispo servindo a Deus, afinal, ele era um demônio... E ele próprio era um Deus! Mas, Como ele poderia retirar algo tão importante de alguém como Asia?

Como?

-E-Então... - Ela gaguejou, não acreditando de verdade. - I-Isso quer dizer que eu sou seu Bispo, agora?

-Sim, agora você é meu Bispo fofo. - Ele sorriu largamente, ao ver ela ter um rubor no rosto. - Claro, que ainda é preciso lhe reencarnar em um demônio, mas... Podemos deixar isso para quando chegarmos em Kyoto. - Ele sorriu.

Asia acenou com a cabeça, positivamente. Ela estava feliz que poderia viver agora ao lado de seu irmão mais velho.

- Agora, o que acha de hamburgueres para comemorar?!

-Hai! Onii-sama! - Ela disse, com felicidade indescritivel na voz.

Naruto sorriu, enquanto se levantando ele disse:

-Faça os pedidos para mim, sim? - Ele pediu.

Asia olhou para ele surpresa e confusa.

-Vai aonde, Onii-sama? - Ela perguntou.

-Enviar uma mensagem para Yasaka, avisando que tenho mais um membro na minha Nobreza. - Ele sorriu, enquanto saindo do pequeno estabelecimento, que agora tinha as pessoas trocando o turno da noite, pela da manhã, afinal, já era 6:00.

Depois de andar alguns passos nas ruas quase desertas daquela pequena cidade, Naruto sumiu em um tremor de corpo, e reapareceu no meio de uma floresta.

Ele respirou um pouco de ar puro, antes de levantar o rosto.

Bem no alto, há quilometros de altura, uma Águia voava alto, dando circulos no ar enquanto vez ou outra soltando gritos de passaro.

Ao ouvir aquilo, Naruto apenas sorriu.

-Perfeito. - Ele disse, antes de com um tapa no ar, uma corrente de ar se deslocar em direção a Águia, que sentindo isso olhou para baixo e avistou Naruto. Vendo que ela estava olhando para si, Naruto sorriu agradavelmente, e gritou: - Oi, amigo! Venha aqui em baixo por favor!

Como ele era o Rei dos Youkais, ele naturalmente podia se comunicar com qualquer animal vivo com uma consciência completa. Sim, mesmo entre os animais, havia alguns que eram mais inteligentes do que outros.

A Aguia reconheceu Naruto no exato momento que viu, pois ela também o tinha visto enfrentar os Fallen Angels, e no exato momento que ouviu esse pedido, ela desceu com extrema velocidade, e pousou no braço de Naruto.

-Meu Rei. - Ela disse. Claro, para qualquer pessoa que não fosse um Youkai, teria escutado apenas um grito de passaro, mas o loiro, ouviu claramente as palavras. - Em que posso servi-lo?

-Nada muito dificil, basta levar esta mensagem para Yasaka, a Lider de Kyoto. - Ele falou, entregando um papel. - Avise também que antes do anoitecer estarei de volta.

A Aguia acenou, e com um curvar, ele deu um salto no ar voando rapídamente. Parecia que os ventos estavam a carregando.

Naquele momento, Naruto realmente percebeu que aquela Aguia, não era tão comum mesmo.


Notas Finais


ESTE CAPÍTULO TEM +3900 PALAVRAS PARA ADIANTAR ESSA PORRA! Nos vemos semana que vem!
SE GALERA COLABORAR, VOU TENTAR MANDAR DOIS CAPÍTULO POR SEMANA! SE DER CERTO, ATÉ DIA 31 DE DEZEMBRO, NARU-NARU JÁ TA A PORTA DA IGREJA, LUTANDO CONTRA PASSAROS FLAMEJANTES! FLW MANO-BOLAS!
PARA ISTO, preciso manter a base de 20 comentarios por semana. Eu ainda vou postar uma por semana, mas se der certo, dezembro vai ser 2x capítulos por seman... E se funcionar mesmo, Janeiro também.
E abrindo portas para isto, vocês acabaram de receber quase dois capítulo em um! Palmas para mim!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...