História Naruto século XXI - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Kushina Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha
Tags Borusara, História Autoral, Naruto, Sarada Hokage, Universo De Naruto
Visualizações 41
Palavras 1.532
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente mas um capítulo! Hehe! Kakashi e Sakura representando Hidenori e Roberta!

Desculpe os erros boa leitura

Capítulo 53 - 2T/capítulo 12 De volta para casa!


Fanfic / Fanfiction Naruto século XXI - Capítulo 53 - 2T/capítulo 12 De volta para casa!

Pvo's Kitsune

Assim que ela dormiu a soltei e encarei Caio.

— o que você fez com ela?

— nada!

Ava! Até parece que eu caio nessa.

— aham, está me dizendo que do nada ela ativou o mangekyou e jogou uma amaterasu em você?

Ele pareceu pensar um pouco

— não! Mas isso não é da sua conta! — ele se levantou para sair entretanto eu o impedi — me solta

— olha aqui, eu não quero ver você perto dela! Ela poderia ter tido uma complicação! Ela acabou de acordar de um coma e se esforçar dessa forma é suicídio! Então não se aproxime dela! Agora ela precisa de sossego até esta 100%! Se eu te ver perto dela eu te mato! Entendido?

Ele olhou para Roberta, provavelmente se arrependendo do que fez, assentiu para mim e saiu procurando algum médico para lhe ajudar com as queimaduras.

— o que deu nela? — indagou Ino se aproximando de mim

— não sei, mas é coisa desse Caio, ele está proibido de visitá la — ela assentiu e saiu.

Boruto havia me avisado que de vez em quando a Roberta dava um surtos, ele não soube explicar o porque, entretanto eu sei que esse surtos vem acontecendo depois que Inare a colocou naquele genjutsu, me pergunto se as lembranças que eu apaguei estão voltando, não eu e Shande fizemos aquilo com todo cuidado, Boruto me avisou que nesse surtos ela perde completamente a razão e ataca o primeiro que estiver na sua frente, ainda bem que isso não se espelhou os cidadãos vieram ela novamente com maus olho, demo Boruto me disse que alguns de seus surtos ela ficava dias sem comer, se isolando e quebrando coisas. Sai do hospital e fui para casa, estranhei não ser recebida por Tsu mas isso vem virando rotina desde que Roberta ficou doente. Fui até o quarto da pequena.

— oi

— mamãe — ela falou um pouco triste

— então, que tal você voltar para a escola — me sentei ao lado dela na cama, ela negou com a cabeça — então vou avisar a Roberta para não se preocupar em te treinar — me levantei

— ela.... Ela acordou? — eu sorri para ela indicando que sim, saí do quarto deixando a pequena organizando suas coisas e dando pulinhos de alegria.

Não acredito que Roberta conquistou ela tão fácil, Tsunade sempre foi o tipo de pessoas difícil. Principalmente depois que seu pai morreu. Fui para meu quarto e encontrei Hidenori lá.

— que tal você parar de invadir meu quarto?

— desculpa, mas fiquei sabe do ataque de Roberta com Caio

— hum....

— você tem que expulsar ele daqui

— não vou fazer isso, mas.... Hum... Isso não é o certo demo.…Amanhã darei alta para Roberta, como você é médico pode cuidar dela, acho que ir para casa vai ser bom para ela, mesmo assim repouso total entendeu?

— sim senhora.... Mas você sabe como ela é logo vai querer voltar a fazer missões

Ela é cabeça  dura eu sei

— então você dá um jeito de segurar ela — dei um sorriso pervertido para ele — e vê se aproxima dela!

— do que você está falando? — ele corou

Como se ele não soubesse, não dá para negar que a corada dele o denúncia.

— e eu quero ser madrinha dos filhos de vocês

Ele fez um expressão triste.

— ela não quer nada comigo — ele fez biquinho.

— vamos saia do meu quarto!

Ele saiu o mais rápido possível. Homens!

Pvo's Victoria

Aquela ingrata como ela ousa falar daquela forma comigo, logo comigo que a salvou! Sua hora está chegando Uchiha Roberta! Agora que todo mundo sabe que ela acordou é só Roberta para cá e Roberta para lá por kami-sama eles não me enxergam!?

Pvo's Hidenori

Acordei, arrumei toda a casa e fui para o hospital chegando lá encontro, Inobari tentando fazer a Roberta comer alguma coisa que sinceramente não parecer ser feito para comer.

— desista, ela não vai comer isso

— finalmente alguém que me entende — Roberta comemorou

— mas deveria! — a loira parece brava

— Ino? — a loira encarou a morena — todos os meus amigos antes deu ficar “famosinha” já vieram me visitar menos o Choudirama ele está em alguma missão

Pergunta errada na hora errada para a pessoa errada, Inobari não aguentou e soltou as lágrimas.

— Choudirama morreu logo depois que você partiu — joguei a bomba de uma vez, fazendo ela ficar estática — bem mais mudando de assunto vamos para casa, Kitsune disse que eu podia te levar, mas repouso total — imitei a voz de Kitsune nas últimas palavras arrancando risadas das duas

— me tira daqui por favor! — ela fez cara de nojo para a comida

— mas ela tem que comer! — reclamou Ino

— fica tranquila eu preparo alguma coisa saudável e gostosa para ela — anunciei tirando o prato da frente da morena — Kitsune me emprestou o carro dela, vamos?

Roberta assentiu feliz. Entrei um sacola com um roupa de Roberta para Ino

— bem você precisa tomar um banho e tirar essa roupa de hospital — falei encarando a morena — você tá fedendo — ela me olhou com uma cara do tipo “quer morrer? ”— estou esperando lá fora beleza?

— espera aí mocinho! — Ino fez eu parar — vou precisar de ajuda aqui beleza!

— olha eu dou conta de tomar banho sozinha! — protestou Roberta se sentando na cama com dificuldade e Ino teve que ajudá lá — Eu posso fazer isso sozinha! — ela fez um biquinho e tentou ficar em pé mas não conseguiu e eu tive que segurar ela.

Qual parte de músculos atrofiados ela não entendeu? Por kami-sama ela não entende! Vai ser teimosa para lá! Carreguei ela até o banheiro e a deixei com Ino e sai. Minutos depois elas aparecem, Roberta com seus compridos cabelos molhados e com a blusa vermelha com o símbolo de seu clã atrás um short curto deixando suas charmosas coxa a vista, ela está tentando se manter em pé apoiando em Inobari que está toda molhada.

— para de babar e ajuda aqui! — reclamou a loira me aproximei passando meu braço pela cintura da morena, e isso me deixou corado e ela também ficou, ela apoiou seu peso em mim e fomos andando devagar até o carro.

Abri a porta para ela e a ajudei a se sentar, fechei a porta e dei a volta entrando do lado do motorista, o caminho todo foi em silêncio até chegarmos em casa, a ajudei a se sentar na mesa, entreguei uma bolinha média para ela, e é claro que ela não entendeu.

— tente apertar ela na sua mão, isso vai ajudar os seus músculos — expliquei e ela tentou apertar a bolinha

— isso é impossível! Nem concentrando chakra ajuda!

— não coloque chakra, você tem que trabalhar os músculos e não o chakra, seu chakra continua intacto! — expliquei da cozinha preparando sua comida quando voltei com sua comida ela estava em algum tipo de guerra com a bola.

—sério eu desisto, talvez eu consiga depois de comer — ela olhou o parto na sua frente — maravilha não consegue nem segurar esse pauzinhos idiotas

Peguei os “pauzinhos idiota ” e peguei um pedaço de peixe.

— abre a boca — ela fez cara de criança com raiva

— não quero depender de você!

— por favor para de ser orgulhosa, deixa eu cuidar de você, logo logo não vai precisar mais disso — ela acabou cedendo e abriu a boca, devagar e com carinho dei toda a comida para ela, e não pude evitar um olhar raivoso para ela quando soltou um arroto — cadê a educação

— foi mal é a gastrite

Desde quando ela tem gastrite? Que mentira mas descarada! Ela fez uma cara estranha, fique em alerta no mesmo instante.

— o que foi?

— não aguento mais!

— o que você tem? — comecei a analisar ela

— Eu preciso fazer xixi

Ela quer me matar do coração?

— só isso? Não me dá um susto desse!

— só isso? eu tô apertada!

— então vai no banheiro!

Ela me olhou com uma cara do tipo “retardado”

— esqueceu músculos atrofiados, não consigo nem comer sozinha imagina ir no banheiro!

Esse realmente é um problema, como eu vou levar ela no banheiro sem ver sua.... Tá tá se controla! Ajudei ela a se levantar e ir até o banheiro, chegando lá fechei meus olhos e a ajudei a descer o short e se sentar no vaso, e como demorou, por que mulheres demoram tanto? Depois do que me pareceu uma eternidade ela disse pronto e ainda com os olhos fechados a ajudei a se levantar e vestir seu short, abri os olhos vendo ela vermelha, ela lavou as mão e fomos para o sofá ver TV, ela ficou fazendo exercícios com a bolinha até que pegou no sono e dormiu com a cabeça no meu colo. Como estou feliz de você está aqui comigo novamente. Fiquei passando a mão em seus longos e macios cabelos.

                                        Continua....... 


Notas Finais


Será que vai rola?

Gente confira o "ova" dessa fic no meu perfil. O nome é Sayo no século XXI

😘 😘 😘 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...