História Naruto Sensei - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Konohamaru, Konohana, Moegi, Naruayame, Narushizune, Naruto, Naruwen, Naruwendy, Ratsu
Visualizações 25
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Esporte, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Magia, Orange, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shounen, Slash, Super Power, Super Sentai, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - A Lenda Da Deusa Kaguya - a Mãe de todos os Ninjas


Konohamaru - e como essas coisas comecam ? - perguntou

Naruto - Deusa Kaguya - falei

Konohamaru - quem ? - eleperguntou

Naruto - ela a  

A princesa Kaguya Ōtsutsuki (大筒木かぐや, Ōtsutsuki Kaguya) é a matriarca do clã Ōtsutsuki e mãe de Hagoromo Ōtsutsuki e Hamura Ōtsutsuki, que viveu muito antes da fundação das aldeias ocultas, durante uma era de guerras intermináveis entre a humanidade. Ela consumiu o fruto da Árvore Divina e se tornou a progenitora do chakra, além de fazer parte da criação da besta que se tornaria conhecida como Dez-Caudas.

(大筒木かぐや, Ōtsutsuki Kaguya)
Deusa Coelho (卯の女神, Usagi no Megami)
Demônio (鬼, Oni)
Progenitora do Chakra (チャクラの祖, Chakura no So)

ela teve que lutar contra seus dois filhos Hagoromo e Hamura  

Como observado por seu filho, Hagoromo, Kaguya foi outrora verdadeiramente uma pessoa boa e carinhosa. No entanto, depois de obter a capacidade de manipular o poderoso chakra do fruto da Árvore Divina, Kaguya se tornou despótica e desenvolveu tanto um complexo de deus como um de messias, acreditando que por direito, o chakra pertencia apenas a ela e que só ela poderia proteger e unir o mundo. Apesar de inicialmente desejar a paz como os seus filhos e netos, Kaguya cedeu a corrupção de seu poder e perdeu a fé na capacidade da humanidade para fazer o que é certo, e optou por usar seu grande e terrível poder para submeter todos à sua vontade. Como Hagoromo observou, a humanidade em torno desse momento começou a temê-la como um demônio. Ela usa o pronome arcaico "warawa" (ワラワ) quando se refere a si mesma — um sinal de antiga nobreza.

Kaguya também exibe um grau de afeto, como ela parece se importar muito profundamente sobre o mundo, vendo-o como um berçário que ela não quer que a humanidade danifique ainda mais. Embora ela tenha declarado abertamente que ela odiava seus próprios filhos por sua capacidade de exercer o chakra e criar o Dez-Caudas para recuperá-lo pela força

Um milênio atrás, Kaguya, veio para o planeta a partir das estrelas.[9] Ela foi encontrada pela pequena nação de Sō. Usando um poder misterioso, ela limpou as memórias do senhor da terra Tenji deste encontro. Ela logo continuou a viver na pequena nação, tornando-se reconhecida como concubina de Tenji. Mantendo-se a si mesma, ela costumava olhar para as estrelas, imaginando um mundo de paz. Eventualmente, o comportamento individual de Kaguya deu lugar a sentimentos de amor para Tenji que compartilhavam seu desejo de paz, em última análise, levando a Kaguya engravidar com seus filhos. Eventualmente, a nação ávida de Ko apareceu. Usando a sua tática infame de fabricar direito legítimo à propriedade de outra terra, eles fizeram o seu desejo de que a País do grande lago é tão conhecido. Tenji tentou manter seu povo de ir para a guerra com a nação muito mais forte, mesmo ordenando que qualquer um que atacar a Terra de Ko seria executado. Eventualmente, o País de Ko atacou a aldeia, também desejando Kaguya por sua beleza. Agindo em defesa contra a sua tentativa de seqüestro, Kaguya revelou seus poderes e abateu muitos dos homens de Ko. Tenji amargamente foi deixado sem escolha, mas para trair seu amor para manter a paz, Tenji ordenou aos seus homens para matar Kaguya.

Kaguya e seus filhos recém-nascidos.

Perdendo toda a fé na humanidade, mas ainda desejando por paz, ela acreditava que era necessário atingir poderes divinos, a fim de pôr fim a todos os conflitos da humanidade. Por essa razão, ela desafiou o tabu de consumir o fruto da Árvore Divina. Usando seu poder recém-adquirido, Kaguya acabou sozinha com as guerras, e por sua ação, ela passou a ser adorada como a Deusa Coelho (卯の女神, Usagi no Megami), decidindo se estabelecer entre os seres humanos, como ela acabou ficando grávida e dando à luz aos seus dois filhos, Hagoromo e Hamura. Com o tempo, no entanto, Kaguya começou a perder a confiança na humanidade e devido ao poder que ela agora detinha, em última análise, ela acabou sendo corrompida por ele. Isso a levou à loucura quando ela criou o seu ideal de paz, aprisionando suas vítimas no Tsukuyomi Infinito, mudando sua imagem pública de uma deusa benevolente para a de um Demônio (鬼, Oni).

Em um ataque de inveja que seus próprios filhos tinham herdado seu chakra, Kaguya se fundiu com a própria Árvore Divina e se voltou contra eles na forma do monstruoso Dez-Caudas. Sua intensa batalha terminou com Hagoromo e Hamura separando e absorvendo o poderoso chakra de sua mãe e selar seu corpo para formar o núcleo de um corpo celeste que se tornaria conhecido como a Lua. Hamura mais tarde partiu junto com o resto do clã Ōtsutsuki para a Lua para guardar os restos mortais de sua mãe, enquanto Hagoromo ficou a fim de difundir o chakra para a humanidade e lhes ensinar o conceito do Ninshū

Essa é a historia da Mãe de todos os Ninjas

to be continue

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...