História Naruto Sensei - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Konohamaru, Konohana, Moegi, Naruayame, Narushizune, Naruto, Naruwen, Naruwendy, Ratsu
Visualizações 21
Palavras 2.564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Esporte, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Magia, Orange, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shounen, Slash, Super Power, Super Sentai, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Gemeos Ootsusuki - Hagoromo e Hamura


Naruto On

Naruto - ela teve dois filhos Hagoromo e Hamura 

Hagoromo Ōtsutsuki (大筒木ハゴロモ, Ōtsutsuki Hagoromo), conhecido mundialmente como o Sábio dos Seis Caminhos (六道仙人, Rikudō Sennin), era uma figura lendária praticamente divina que fundou o ninshū, criou o mundo ninja e é considerado o pai do ninjutsu. Ele era filho da Princesa Kaguya Ōtsutsuki e ao lado de seu irmão gêmeo fraterno, foram os primeiros a nascerem com o mesmo chakra poderoso herdado de sua mãe. Tanto ele quanto seu irmão derrotaram sua mãe, que havia se tornado o aterrorizante Dez-Caudas, em uma batalha e ele selou a poderosa besta dentro de si mesmo, fazendo assim Hagoromo se tornar o primeiro jinchūriki.

(大筒木ハゴロモ, Ōtsutsuki Hagoromo)
Sábio dos Seis Caminhos (六道仙人, Rikudō Sennin)
Deus dos Shinobi (忍の神, Shinobi no Kami)
Salvador deste Mundo (この世の救世主, Kono Yo no Kyūseishu)
Deusem sua juventude, Hagoromo era um jovem alto e deslumbrante, que, chamou bastante a atenção do público alvo. Por ter sido influenciado pelo chakra de sua mãe, ele recebeu alguns chifres em sua testa. Sua pele era morena, e ele não tinha sobrancelhas. O seu cabelo era castanho um pouco claro e espetado, ainda tendo uma tonalidade um pouco mista, aperfeiçoando de um modo especial, e prendendo uma das mechas de seus cabelos em um acessório antigo, que servia como um prendedor. Apesar de não ser usuário do Byakugan, ele tinha olhos semelhantes, estes recebendo um acabamento em lilás. Posteriormente, seus olhos alteraram-se devido ao despertamento do Sharingan. Sábio dos Seis Caminhos (六道の神仙, Rikudō no Shinsen)

Hagoromo foi um homem que buscou a paz, espalhando sua sabedoria em todo o mundo. Ele foi excepcionalmente sábio, como ele foi capaz de provocar uma grande mudança em todo o mundo, simplesmente disseminando os princípios do chakra e sua religião. Ele também parecia se importar muito com os Bijū, quando eles ainda estavam com ele; dando a cada um deles um nome como um sinal de sua individualidade, e disse para eles que não importa o quão longe eles cresçam, eles estariam sempre juntos, e um dia iriam ser levados para o caminho certo

(大筒木ハゴロモ, Ōtsutsuki Hagoromo)
Sábio dos Seis Caminhos (六道仙人, Rikudō Sennin)
Deus dos Shinobi (忍の神, Shinobi no Kami)[2]
Salvador deste Mundo (この世の救世主, Kono Yo no Kyūseishu)[3]
Deus Sábio dos Seis Caminhos (六道の神仙, Rikudō no Shinsen)[1

Hagoromo Ōtsutsuki (大筒木ハゴロモ, Ōtsutsuki Hagoromo), conhecido mundialmente como o Sábio dos Seis Caminhos (六道仙人, Rikudō Sennin), era uma figura lendária praticamente divina que fundou o ninshū, criou o mundo ninja e é considerado o pai do ninjutsu. Ele era filho da Princesa Kaguya Ōtsutsuki e ao lado de seu irmão gêmeo fraterno, foram os primeiros a nascerem com o mesmo chakra poderoso herdado de sua mãe. Tanto ele quanto seu irmão derrotaram sua mãe, que havia se tornado o aterrorizante Dez-Caudas, em uma batalha e ele selou a poderosa besta dentro de si mesmo, fazendo assim Hagoromo se tornar o primeiro jinchūriki.

Conteúdo

[exibir]

Personalidade

Hagoromo foi um homem que buscou a paz, espalhando sua sabedoria em todo o mundo. Ele foi excepcionalmente sábio, como ele foi capaz de provocar uma grande mudança em todo o mundo, simplesmente disseminando os princípios do chakra e sua religião. Ele também parecia se importar muito com os Bijū, quando eles ainda estavam com ele; dando a cada um deles um nome como um sinal de sua individualidade, e disse para eles que não importa o quão longe eles cresçam, eles estariam sempre juntos, e um dia iriam ser levados para o caminho certo. Em contrapartida, os Bijū mostraram possuir respeito e adoração para com o Sábio. Kurama ainda derramou uma lágrima com o pensamento de sua morte iminente, o que sugere que os animais podem até tê-lo visto como uma espécie de figura paterna.

Durante sua reunião com Naruto, Hagoromo mostrou ser uma pessoa muito paciente e composta, não sendo afetado pelas explosões de Naruto. Ele era um homem muito inteligente, capaz de aprender metodicamente novas formas de estudo, incluindo a língua e a cultura.[4]Ele também ficou muito incomodado sobre seus ensinamentos em relação ao "ninshū" serem considerados como "ninjutsu", o qual ele considera que foi criado para o combate, ao contrário do ninshū que procura promover a paz, e manteve sua opinião firmemente quando Naruto não conseguiu distinguir a diferença entre os dois.[5] Ao mesmo tempo, Hagoromo era um homem muito modesto, admitindo abertamente seus erros pessoais e vergonha como um pai e um líder. Apesar de seu status como deus, ele também acreditava que ninguém deveria ter mais poder do que qualquer outro, porque deixa uma forte chance de a pessoa tornar-se arrogante e desejar ainda maior poder. Depois de tentar desfazer a rixa que ele involuntariamente criou entre seus dois filhos, e suas respectivas encarnações atuais, ele lamenta que ele é incapaz de reparar os danos que ele causou; como tal, ele colocou sua confiança em Naruto, na esperança de que ele salvasse Sasuke da solidão.[6]

Aparência

Hagoromo quando era jovem.

No anime, em sua juventude, Hagoromo era um jovem alto e deslumbrante, que, chamou bastante a atenção do público alvo. Por ter sido influenciado pelo chakra de sua mãe, ele recebeu alguns chifres em sua testa. Sua pele era morena, e ele não tinha sobrancelhas. O seu cabelo era castanho um pouco claro e espetado, ainda tendo uma tonalidade um pouco mista, aperfeiçoando de um modo especial, e prendendo uma das mechas de seus cabelos em um acessório antigo, que servia como um prendedor. Apesar de não ser usuário do Byakugan, ele tinha olhos semelhantes, estes recebendo um acabamento em lilás. Posteriormente, seus olhos alteraram-se devido ao despertamento do Sharingan.[7]

Em razão de seu estilo próprio, ele tinha características únicas que o tornavam totalmente exemplar. Sua altura e peso colaboravam muito para seus vestes, evidenciando uma melhor alteração fisionômica. No anime, o seu vestuário era bastante simples, dado a situação que se encontravam na época, bem como o estilo que era aderido. Ele usava um quimono branco longo, com magatama envoltas da parte do pescoço e, golas altas. Atrás deste quimono, tinha um símbolo e outras nove magatamas, referenciando algum tipo de cultura. Abaixo dele, ele usava uma camisa azul marinho de cacharel, que possivelmente se estendia até a posição de sua calça da mesma cor e customização que a última. Era possível observar que também empregou o uso de luvas, que tinham uma colocação similar de suas sandálias longas que separava o háluxdos demais dedos do pé.

Na proporção em que ele envelheceu, Hagoromo parece ter recebido uma mudança de cor de pele, estando com uma pele mais clara do que no passado e, seus chifres se tornaram mais franzinos. Pelo tempo vivido, ele também adquiriu rugas profundas em todo seu rosto, ganhando principalmente um destaque próximo aos olhos e bochecha. A cor de seu cabelo se tornou um pouco mais avermelhada do que o comum, embora continuasse em um tom distinto do castanho claro, e, recebeu um cavanhaque longo e aparentemente toucado. Com o passar do tempo, agora tendo poderes mais avançados do que antigamente, ele desperta o Rinnegan em ambos olhos, bem como no centro de sua testa, é possível ver a marca de um outro Rinnegan vermelho. Em cada uma de suas mãos, havia símbolos, na direita sendo um símbolo de sol enquanto na esquerda era um símbolo de lua. O seu modo de vestir não alterou-se tanto, permanecendo no mesmo estilo de sempre, modificando-se em geral apenas alguns acessórios básicos utilizados na vestimenta ou em seu próprio corpo. No atual, ele não usava nenhuma roupa por baixo aparentemente, sendo um quimono branco e qualquer traje que cubra suas partes inferiores da cintura. Identicamente, ele passou a utilizar um colar de magatamas em seu pescoço.

Ao lado de Hamura, Hagoromo nasceu como um dos dois filhos de Kaguya Ōtsutsuki, uma princesa que comeu o Fruto de Chakra proibido do Shinju, que aparece uma vez à cada milênio, em um esforço para ganhar habilidades semelhantes a um deus, que ela usou para pôr fim às guerras constantes durante essa era. Como resultado, Hagoromo nasceu com a habilidade de manipular o mesmo tipo de chakra poderoso como sua mãe. Em sua adolescência, Hagoromo e seu irmão viviam na ignorância da verdadeira natureza de sua mãe. Enquanto sua terra natal continuava prosperando, as pessoas desapareciam periodicamente, devido a um ritual sagrado para a Árvore Divina. Certo dia, os irmãos foram abordados por Gamamaru, que revelou-lhes que, além do pico das montanhas próximas, existia a verdade escondida sobre o ritual. Embora de início, ignorando as palavras do sapo, Hagoromo cresceu angustiado quando uma garota que morava no local, no qual ele se importava muito, chamada Haori, tornou-se parte do ritual. Quando os irmãos confrontaram sua mãe, pedindo o fim dos rituais, Kaguya ignorou o pedido, simplesmente dizendo que esse ritual era necessário. Finalmente, decidiram ir investigar, e então, os dois irmãos ficaram horrorizados ao saber que os cidadãos desaparecidos estavam sendo sacrificados para a Árvore Divina. Hagoromo ficou transtornado ao ver o cadáver de Haori, despertando o Sharingan, graças ao seu sofrimento. Querendo saber mais, os irmãos procuraram Gamamaru. Ele revelou a eles a história de sua mãe, que veio à Terra e usou o fruto da Árvore Divina, a fim de ganhar um grande poder e escravizar grande parte da humanidade através do Tsukuyomi Infinito, incluindo seu pai. Eles então decidiram que precisavam de mais poder para enfrentar Kaguya, e pediu para Gamamaru lhe ensinar o senjutsu. Enquanto Hagoromo dominava rapidamente a arte do senjutsu, Kaguya acabou chegando mais cedo à aldeia, e pressionou Hamura ao perceber que ele mentiu sobre a real localização de seu irmão mais velho.

Após o termino do seu treinamento com o Senjutsu, Hagoromo retorna para sua vila. Hagoromo tenta conversar com sua mãe, porém a mesma, não deu ouvidos para o que ele disse, e decide tomar o poder dela que estava com seu filho. Hagoromo acaba enfrentando seu irmão mais novo, controlado por sua mãe, e após suas tentativas frustradas de trazê-lo de volta, acaba ferindo-o fatalmente. Graças a esse acontecimento, Hagoromo desperta o Mangekyō Sharingan, que eu seguida, se transforma em um Rinnegan.

Algum tempo depois, após perceber que seu chakra tinha sido espalhado para outros, Kaguya se fundiu ao Shinju para formarem o Dez-Caudas, em uma tentativa de recuperar seu chakra. O Dez-Caudas atormentava as terras até, Hagoromo, com a ajuda de seu irmão, conseguirem derrotar a besta, tornando-se seu jinchūriki, fazendo ele ser reverenciado como um deus por sua vitória. Hagoromo e Hamura também selaram Kaguya, devido à sua natureza de fome por poder. Com seu conhecimento do conceito de chakra, Hagoromo viajou por todas as terras, dando chakra para os outros, bem como difundir seus ideais e religião, o ninshū, que eventualmente se tornou a habilidade conhecida como ninjutsu., seus grandes feitos e último desejo em trazer a paz ao mundo dilacerado pela guerra fez ele ser amplamente conhecido como o Salvador deste Mundo (この世の救世主, Kono Yo no Kyūseishu)

Hamura Ōtsutsuki (大筒木ハムラ, Ōtsutsuki Hamura) era o filho da Princesa Kaguya Ōtsutsuki e o irmão gêmeo de Hagoromo Ōtsutsuki. Ao lado de seu irmão, ele foi um dos primeiros humanos a nascer com chakra. Hamura também foi o antecessor do clã Hyūga e fundador dos shinobi da Lua.

 

Como ele escolheu selar sua mãe, que terminou o seu reinado de terror, Hamura era um homem que acreditava em paz e liberdade. Além disso, ele era muito obediente, enquanto ele permaneceu na Lua para guardar o corpo selado de Kaguya. Apesar de se rebelar novamente contra sua mãe, Hamura ainda a amava, entendendo que todas as coisas amorais que ela fez foi para proteger da sua própria maneira tudo o que amava. E por isso, Hamura escolheu ficar perto do selo de Kaguya. Hamura ainda tinha uma grande dose de lealdade com Hagoromo, ele deseja proteger o mundo que seu irmão havia criado, mesmo durante mil anos após sua morte. Em sua adolescência, Hamura mostrou-se ser um pouco mais imprudente e impaciente, rapidamente expressando sua opinião e usando a sua autoridade para manter a paz.

Hamura era um homem alto, de olhos brancos com traços característicos e saliências com chifre na testa herdada de sua mãe. Ele também não tinha sobrancelhas e seus cabelos eram de cor clara longos com franja penteada para a esquerda, com um único bloqueio na altura do queixo, que pendia do lado direito de seu rosto. Ele usava um quimono de corpo inteiro claro com um padrão de seis magatama pretos em torno de uma gola alta e calças escuras. Ele teve sua espada na bainha presa ao seu quadril esquerdo. Ele também tinha uma forma de Lua crescente escura representando a marca Yin na palma da mão esquerda.

Kaguya Ōtsutsuki deu à luz filhos gêmeos, os primeiros humanos a nascer com chakra. Ele é o gêmeo mais jovem.[1] Nos tempos de sua adolescência, Hamura e seu irmão viveram sem conhecer sobre a verdadeira natureza imoral de sua mãe. Enquanto a sua terra natal continuava próspera, pessoas continuavam a desaparecer periodicamente para um sagrado Ritual da Árvore Divina. Em um certo dia, os irmãos foram abordados por Gamamaru, o qual revelou a eles que além do pico das montanhas nas proximidades encontrava-se a verdade sobre o ritual. Enquanto a princípio ignorava o relato do sapo, Hagoromo ficava aflito pelo fato de uma garota com a qual ele se importava, chamada Haori, ter se tornado parte do ritual. Quando os irmãos questionaram sua mãe a favor do fim do ritual, Kagura dispensou a preocupação de seus filhos, afirmando que era necessário para a vinda dos outros. Finalmente, após decidirem investigar, os dois irmãos ficaram horrorizados aos descobrirem que os cidadãos desaparecidos tinham sido sacrificados para a Árvore Divina. Desejando descobrir sobre mais fatos, os irmãos procuraram por Gamamaru. O sapo então revelou aos irmãos que a história de sua mãe sobre a sua vinda para a Terra e sobre o fato da mesma usar o fruto da Árvore Divina para adquirir um grande poder escravizar boa parte do país ao utilizar o Tsukuyomi Infinito, incluindo o pai dos irmãos. Decidindo que eles precisavam de mais poder para confrontar Kaguya caso ela se tornasse hostil, Hagoromo começou a treinar senjutsu sob a supervisão de Gamamaru. Enquanto Hagoromo rapidamente aprimorava-se neste tipo de habilidade, Kaguya em pouco tempo notou o plano de seus filhos.[5]

Uma vez Hagoromo voltou a enfrentar Kaguya, a mãe desencadeou Hamura para lutar Hagoromo, depois de ter feito lavagem cerebral nele antes. Em um plano arriscado, Hagoromo escolheu ferir gravemente seu irmão para libertá-lo do controle de Kaguya, antes de curá-lo com uma etiqueta de selo especial dada pelo Gamamaru. Isso também permitiu que Hagoromo manifesta-se o seu Mangekyō Sharingan e Rinnegan, respectivamente. Kaguya percebeu que ambos Hamura e Hagoromo também tinham a habilidade de empunhar chakra, Kaguya, como o Dez-Caudas, tentou recuperar à força seu chakra. Eventualmente, Hagoromo e Hamura conseguiram derrotar e selar ela dentro Hagoromo. Algum tempo depois, Hagoromo criou as bestas com cauda e extraiu a Estátua Demoníaca do Caminho Exterior de seu corpo para selá-lo na Lua, resultando em sua morte. Antes da morte de seu irmão, Hamura e o resto do seu clã partiram para a Lua, a fim de guardar os restos de sua mãe selados. e ele morreu com a grande maioria de seu cla , mas tem um que esta supostamente vivo

to be continue



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...