História Nas Sombras Da Noite - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Anjos da Noite (Underworld), Ian Somerhalder, Theo James
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos Da Noite, David, Laikas, Luta, Morte, Romance, Sobrenatural, Vampiros, Violencia
Exibições 8
Palavras 1.048
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Nada a declara ...

Capítulo 1 - Nova Iorque


Fanfic / Fanfiction Nas Sombras Da Noite - Capítulo 1 - Nova Iorque

O relógio marcava 17:40 em ponto,por sorte ainda não estava escuro. Na rua as criança já corriam para suas casas e as poucas pessoas que ainda estavam na rua já , estavam a procura de um lugar seguro .as lojas já fechavam e o pânico começou a rondar pela cidade. assim era a vida na cidade de Nova lorque de um lado laikas e do outro o que mais me assustava aqueles que se escondem na sombra da noite.

    --- filha rápido-  minha tia sempre me esperava em frente o nosso prédio.

   --- Desculpa ,tia me atrasei - eu a abraçava forte.

   --- Não importa .você esta segura agora -Entramos o mais rápido possível para nosso apartamento. 

    Assim que chegamos começamos a fazer o que fazíamos todas as tardes. tranca tudo janelas e portas . e colocar a mobília perto da porta e assim que todos viviam.

  Principalmente em nosso bairro, por algum motivo os ataques de laikas haviam aumentado ,apesar disso o quê mais me apavorava era os vampiros eu já havia ouvido historias, criaturas que se alimentam de sangue hummano e odeiam a luz do sol.

    --- Eliza me ajuda com o jantar - minha mãe sempre tentava nao,demonstra medo.

   --- Jena morreu, não é? - eu provavelmente já sabia a resposta.  

   --- ..... - minha mãe abaixo a cabeça. 

  --- Ela era uma boa vvizinha- eu também lamentava por Jena. 

  --- Os ferimentos eram muito graves - ela respondeu ,tentando segurar as lagrimas.

 --- Imagino ...- na noite anterior, nos que ligamos para policia após ouvirmos os gritos .

  Nem mesmo a policia se arriscou a aparecer la a noite ,somente de manhã quando tinham certeza que os laikas que a mataram haviam fugido , que a policia chegou junto com a ambulância somente pra isolar o local e levar o corpo.

   ~~ [>Quebra de tempo<] ~~

  --- Acho que vocês deviam se mudar - luke disse ,meu melhor amigo.

 --- Minha mãe também pensa isso ..- mais para qualquer lugar que nos fossemos haveria laikas ou vampiros .

  --- fique sabendo da Jena, eu gostava dela era uma senhora legal - luke a conhecia bem .

   ---.....- não adiantava lamentar agora.

  --- O banco já vai fechar, já são 16:30,Já pagou tudo que tinha ? - luke sempre me acompanhava. 

  --- Já vamos.... - não pude terminar a frase.

  --- Mãos para cima - dois homens com tocas pretas entraram no banco .

  --- o quê...- eu e luke nos jogamos no chão ,só podia ser piada um assalto a essa hora .

 --- Calma Lisa,fica abaixada - luke segurou minha mão. 

   Os dois bandidos recolheram todos os celulares ,relógios e tudo de valor que os clientes tinham. De mim não levaram nada ,e de luke apenas um relógio não muito valioso. Os criminosos já estavam indo embora até que a polícia apareceu pra piorar a situação,houve troca de tiros e gritos porém ninguém se feriu . Eu e luke continuamos abaixados ate que eu senti uma mão me puxa .

    --- Para trás ou a garota morre - pude ouvir essas palavras,antes de senti uma arma na minha cabeça.

  --- Acalme se ,não faça besteira -o policial gritou abaixado a arma .

  --- Liberem o caminho, então - gritou o outro bandido. 

  --- Todos baixem as armas - mandou o policial, deveria ser o chefe ali .

  --- Anda logo .Rápido- gritou o bandido. 

  O tempo inteiro eu sentia a arma na minha cabeça ,e luke me olhava com desespero e algo mais parecia raiva.

   Após a polícia libera o caminho,fui arrastada para fora do banco pelos criminosos a última coisa que vi foi o rosto de ódio de luke,depois fui jogada com brutalidade dentro de um carro. Eles ligaram o carro e aceleravam rindo ,olhei pela janela e vi já estava escurecendo. 

 --- O que vão fazer comigo?- Perguntei tentando não chorar .

 --- Você fica com a gente ,gracinha - respondeu um dos bandidos loucos .

  --- .....- só podia ser um pesadelo .

  Eles dirigiram por muito tempo e logo já era noite, a essa altura eu só tinha duas opções :pular do carro em movimento e provavelmente morrer ou fica la esperando eles decidirem o que fariam comigo nenhuma das duas parecia boa ,eu estava perdida até que .

  ---  Porcaria de pneu- gritou um deles estacionando Perto dos fundos de uma lavanteria abandonada. 

  --- você vai trocar -gritou o outro.

   ---inferno.- um deles saio do carro e Alguma coisa fez o carro ir para frente e bater na porta a quebrando .

  Então veio os gritos de desespero laikas ,haviam laikas ali o outro bandido saio correndo do carro e logo foi atacado também eu sai em desespero e entrei na lavanteria era possível ouvir os gritos e ouvir rosnados, minha cabeça estava com um corte mais isso não me faria parar de correr ,me escondi atrás de uma pilastra e fiquei abaixada .

   --- Não, por favo....- senti alguma coisa me puxar e me ferir forte na barriga.

   O laika era enorme e suas garas haviam ferido minha barriga ,eu sabia que dali eu não sairia esse era meu fim,então simplesmente fechei meus olhos .

    Derepende o laika parou e foi na direção contraria . tudo se acalmou e não ouve mais barulho além de um ouvi de agonia. Alguém consegui matar aquele monstro ,um homem com duas lâminas uma em cada mão suja de sangue ,ele me olhava de uma maneira estranha parecia Pena.

  --- Tão Linda ...- o homem disse me olhando .

     ---.....- um elogio era o que eu menos queria,naquele momento. 

   --- Sinto muito - o homem levou uma das lâminas até meu pescoço. 

 --- Não, Por favor não me mate -falei quase sem conseguir .

  --- Você esta muito ferida ,vai morrer - disse ele fria mente .

 --- Eu não quero, por favor me ajuda-Eu chorava em desespero. 

 --- Tem tanto medo da morte assim?-ele simplesmente não demonstra reação ao disser essas palavras .

  --- Sim,não quero morrer - eu só queria um hospital qualquer coisa .

  --- Vou te ajudar..- foi tudo que ele disse ,antes de me pegar cuidadosamente no colo .

   --- Qual seu nome ?- falei quase desmaiando. 

   --- David...-foi tudo que ouvi antes de tudo escurecer. 


Notas Finais


Paro ou continuo ??

Desculpem os erros de Português.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...