História Nascida para matar - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~MeninaSemNocao

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Morte
Visualizações 14
Palavras 483
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Luta, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Drogas, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa imagem ficou meio sem sentido ok

Capítulo 9 - O dia das mortes


Fanfic / Fanfiction Nascida para matar - Capítulo 9 - O dia das mortes

    Chegou domingo quando Evillyn e Sam estavam só esperando a hora de tudo pra começarem a competição. 23:55 Sam ligou para Evillyn. Sam- Daqui a pouco saímos e é melhor anotar as suas vítimas querida porq que tiver mais haha vc já sabe né.  Evillyn- Sim meu amor eu sei e eu vou ganhar pq eu nunca perco kk. Então começou a 00:00 chegou e os dois sairam pra podemos dizer "fazer o mal" (kkkk) Evillyn começou a por quem ela mais "amava" seus pais, depois ela foi direto para a casa de Maryane ela desviou de todas as câmeras da casa (menina ninja kkk) ela entrou sorrateiramente no quarto da patricinha e ficou ali olhando ela dormir logo em seguida uma gilete ficou enterrada em sua garganta.

 Sam 

Enquanto Sam matava qualquer um que aparecia em sua vista Evillyn matava quem realmente merecia a sua tão inesperada morte, Sam viu uma garotinha tão pequena andando sozinha na rua e foi falar com ela        Sam- Olá menininha, desculpe incomodá-la, mas oq está fazendo aqui sozinha na rua a essa hora?.  Menina- Eu não tenho casa, nem ninguém que cuide de mim, meus pais morreram a um ano e desde então eu estou sem ninguém e eu moro ou pelo menos chamo de casa um cabo de concreto que me aquece nos dias de frio é todas a roupas q eu tenho estão la. Sam foi ver aonde a menina "morava" quando chegaram lá a mochila da menina q tinha todas as suas roupas tinha sido levada e Sam como tinha olho de gato viu quem levou a mochila da menina e foi atrás do mesmo, mas antes de ir pediu para a menina esperar dentro do cano e a menina fez como dito. Sam conseguiu pegar o cara e disse as seguintes palavras, Sam- Vc não deveria ter feito isso meu amigo kk. E enfiou um facão no estômago de seu "amigo" kk. 

 Evillyn

Ela já estava satisfeita com o tanto de gente que tinha matado mais ainda faltava alguém pq ela podia ter matado 22 pessoas mas ainda faltava alguém mas ela não sabia quem era mais aí ela lembrou de quando ela conheceu Jay, mas ela ficou na dúvida então matou aquele mimadinho filhinho de papai.

O total dos dois 

Evillyn: 23 pessoas 

Sam: 32 pessoas 

 Sam- Parece q eu ganhei não é mesmo kk. Evillyn- Pois é né meu amor parabéns (ela fala batendo palmas e com tom de decepcionada com sigo mesma). Sam- Nos vemos amanhã na escola meu anjo.  Evillyn- eu vou dormir aqui na sua casa ok eu meio que matei meus pais kk, e aí eu vou ter q esperar tudo isso passar e fingir que estou tão triste com a notícia de tudo ok. Ela foi para o quarto de Sam tirou sua roupa e se deitou em sua cama e Sam dormiu no sofá da sala.


Notas Finais


Gente eles não tão namorando ok, eles só se chamam assim pq eles gostam um do outro os dois sabem mas nenhum fala pro outro ok


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...