História Nature Boy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Sehun
Tags Baek, Baekhun, Baekhyun, Desafio Dos 100 Temas, Hunbaek, Sebaek, Sehun
Exibições 60
Palavras 452
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Misticismo, Universo Alternativo

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


mais uma pra coleção <3
sebaek sim q
baseado na música Nature Boy do Nat King Cole, regravado pela linda da Aurora <3
temas:
23. Que tenha alguma cena numa lagoa;
45. Uma fanfic que faça o leitor pensar (lógica);
89. Uma Kid!fanfic.

Capítulo 1 - O menino que falava com as flores


 

Eu tinha sete anos quando me contaram sobre ele.

Viera de um lugar longe, disseram. Além da terra e dos mares. Um garoto encantado estranho, de olhos tristes, porém, muito sábio para sua idade — um ano mais novo que eu.

Os antigos diziam que por vezes o viam correndo por aí, sempre descalço; com uma coroa de flores sobre sua cabeleira castanha. Não sabiam seu nome e nem se tinha pais. Corria de um lado para o outro, atrás de borboletas e passarinhos. Se não estivesse tão distraído, os cumprimentaria e diria coisas complexas demais para seus cérebros deteriorados.

"As plantas emitem um som quando sentem dor, sabia? Não machuque elas." dizia-lhes.

Uns diziam que tinha sorte quem o encontrasse, outros, o contrário. Pois, alegaram, que após uma boa conversa com o garoto natureza, você aprenderia, de uma forma melancólica, os pequenos grandes sentidos da vida.

Curioso, passei a procurar por ele. Queria entender essa tal melancolia.

Então, em um dia que denominei mágico, o encontrei. Estava quietinho, deitado entre as flores, perto de um pequeno laguinho. Não acreditei em meus olhos quando o vi. Depois de tanta procura!

Era exatamente como diziam. Os cabelos castanhos, olhar sereno, a coroa de flores pendendo na cabeça. O sol batendo fraquinho em sua pele pálida. Parecia um anjo!

Quando me aproximei, ele me olhou. Paralisei, tinha medo de me mandar ir embora.

Ao contrário disso, ele sorriu-me e proferiu um "olá" animado.

Juntei-me à ele em uma conversa em que me ensinava as coisas simples da vida. Observei-o acariciar as flores e conversar com elas.

"Elas sentem dor, sabia? Por isso, nunca as arranque de qualquer forma." sua voz era serena, gostosa de se ouvir. "Você tem que conversar com elas, ser carinhoso, e deixar que elas te permitam tirá-las de seu lugar." dito isso, tirou mais uma flor, a trançando na nova coroa de flores que fazia.

"Mas... como posso saber quando elas deixam?" questionei, curioso.

Ele riu baixo e me olhou. "Elas falam com você, tolinho!"

"Você fala com elas?!" eu estava tão maravilhado com aquele novo mundo que ele estava me mostrando.

"Sim." disse, um sorriso plácido moldando seus lábios pequenininhos. 

Seus dedinhos eram ágeis, e em poucos minutos, uma coroa de flores rosas, igual a sua, alojou-se sobre meus fios. Sorri quando ele depositou-a em minha cabeça.

"Sehunnie?"

"Oi, Baekkie." descobri seu nome depois de um tempo de conversa.

Olhou-me; aqueles olhos tristes e cansados. Eu não entendia. Como ele podia ser tão radiante, tão cheio de vida, porém, triste?

No entanto, entendi perfeitamente sua tristeza com o quê ele disse a seguir:

"Uma das melhores coisas, Sehun, que você nunca irá aprender, é amar e ser amado de volta."

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...