História Naufrágio - Camren - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Demi Lovato, Dinally, Selena Gomez, Shay Mitchell, Sofia Cabello, Vercy
Exibições 380
Palavras 1.113
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


hey amorinhas obrigadaaaa pelo comentários, vocês absolutamente incríveis .. espero que gostem do cap surpresa .. bom comentem maaaaaas e não deixem de favoritar a fic e seguir meu perfil e da uma olhadinha na minhas outras fics ;)

Musica do Cap: SHAWN MENDES - Mercy (Acoustic Cover by Leroy Sanchez) ( MDS EU AMO VOZ DESSE MENINO, JA PODE APOSENTAR O MENDES, POR FAVOR, OBG)

LINK: https://www.youtube.com/watch?v=FukU1jkb0uc

Capítulo 20 - Capitulo 20


Casa dos Cabello's / 5 Meses e 8 dias apos o acidente. 

Noticiário Ao Vivo.

As buscas nessa terça feira terminaram em grande alegria, não so para a marinha mas pra qualquer ser humano em pé na terra - sorriu olhando a camera - hoje e com felicidade de todos os americanos que venho lhe dar essa noticia em primeira mão, Ah sobrevivente, essa noticia foi confirmado a uma hora atras por um fonte que esta abordo no navio, e para grande surpresa não dos manheiro, não era só um sobrevivente e sim 3 , uma mulher, e duas crianças, os nomes não foram divulgado ainda, mas creio que assim que atracarem no porto de  Dover Inglaterra, essa noticia sera nos dada. bom aqui e Pam Suliva com noticia todo dia.

 

- Não fale sobre essa reportagem para mãe de vocês - disse Alejandro nervoso - céus , duas crianças , duas - disse andando de uma lado por outro , mas foi interrompido por um celular tocando incessavelmente , ele foi na direção do aparelho atendendo - Alo .. 

Chamada On

- Senhor Alejandro Cabello ? - a voz de uma homem soou ao telefone.

- Sim , quem fala? - disse ainda tentando colocar seus pensamentos em ordem .

- Aqui e James Deem presidente da filial TAM nos estados unidos, nos falamos poucos dias atrás .

- Sim , Sim , a alguma informação ? - disse já nervoso com o silencio que o rapaz fazia

- Sim, a uma sobrevivente , que atende por Sofia Marie Cabello abordo no navio que ... - tudo em sua volta pareceu ficar mudo , ele se sentia tonto com a descarga que todo seu corpo deu com aquela noticia , ele não mas nada a sua frente só sentia alguém puxar o celular da sua mão, seu coração batia forte e rápido, logo seu olhos estavam embaçados , puxou o ar profundamente aos polmões não vendo o momento que parou de respirar, e então .. veio o choro compulsivo .. começou ouvir a sua volta , mas o mais velho já tinha os joelhos ao chorando tremendo, ele não sabia ao certo se sorria ou chorava ..

- Aqui e Dinah , quem esta falando?.

- Senhorita Dinah.. ? 

- Tenente Coronel ..

- oh sim , Boa tarde Tenente Coronel ..

- oque aconteceu ? - disse já nervosa vendo seu pai chorando igual uma criança - DIGA - gritou assustando o homem do outro lado da linha 

- a uma criança a abordo no navio que se atende por Sofia Marie Cabello .

- ai meu deus - disse começando a chora - ai meu deus , você esta falando serio ? . diz que isso e serio por favor ..

- sim, nosso informante abordo passou os nomes dos sobrevivente a pouco menos de uma hora, ela vão atracar ao porto por volta das 01hr da manha em Londres Inglaterra ..

- estamos indo pra la - desligo o celular na cara homem ..

Chamada Off

- papa - disse abraçando o homem que ainda chorava amparado por camila que não entendia quase nada - meu deus papa ..

- oque aconteceu - disse uma Camila agitada ..

- a nossa pequena Camila - disse rindo e chorando ao mesmo tempo - a nossa princesa foi encontrada, e tudo que Camila viu depois dessa noticia foi escuridão e gritos ao longe.

Navio da Marinha / A 3 hora para chegada a Londres Inglaterra.

- Por que as crianças não brinca com os brinquedos ? - disse Verônica confusa, por que normalmente crianças gostava de brinquedos ..

- e nem vão - disse Louis o psicologo do navio ainda anotando alguma coisas em sua prancha.

-Por que ? - franziu o cenho

- eles estão com medo, todos eles - disse fitando Verônica - medo não, panico seria a palavra mas apropriada, pelo que percebi eles desenvolveram uma síndrome apos o choque traumático, foi uma forma que a mente deles desenvolveu para que o choque inicial não os abalasse devastadoramente. eles tem panico de tudo que não envolva os 3,

- céus e mais difícil do que eu pensava - murmurou Vero - e por que ela não me reconheceu?

- ela reconheceu , a mente dela reconheceu, mas ela pensou que fosse mais dos sonhos de ser salva do que de fato ter acontecido, ela não distinguiu ainda que isso tudo aqui esta acontecendo, ela pode esta vendo , vivendo mas ela acha que vai acorda a qualquer momento - os dois agora fitava Lauren com as crianças através de um vidro sentados em uma cama de solteiro apesar de ter 3 cama naqueles quarto, mas só uma era usada - ela desenvolveu um desconfiança que nos não temos precedência, ela não consegue acreditar ou confiar em ninguém, a mente dela esta jogando com ela - suspirou - imagina você, ter a confiança de entrar em uma aeronave e ter confirmação que aquilo e seguro, e do nada ela explodir e você ser isolada do mundo e de todos por 5 meses, passando todos os tipos de necessidade sobre-humanas ? , ela generalizou os culpados, ela culpa não só aeronave por isso como todo o resto .

- como você sabe tudo isso ? - disse confusa, eles não tinha nem 15 horas a abordo do navio-

- eu estava a estudando desde a praia olhe - ele pegou uma cadeira ao seu lado e fez com que ela batesse na lateria do navio fazendo um barulho agudo, Lauren no mesmo instante puxou as duas crianças para seu colo e fitou toda a sua volta meio ofegante - como ela reagiu, e como ela reagiu a você , de como foi difícil fazer ela entrar no navio com as crianças, como a expressão corporal dela ficava quando alguém se aproximava dela ou das crianças, era gritante o pavor nos olhos delas a cada movimente dela, ou como ela bateu no Max quando tocou na menininha - sorriu - ela esta tipo desenvolvendo uma fobia humana, mas com o tratamento certo, tudo ocorrera bem, eu já trabalhei em uns casos assim , mais com adolescentes, mas isso servil para mim ganhar experiencia no assunto. - e fitou Vero com a expressão seria . - e creio que qual seja a família dos menores, a Lauren não deixa que se aproxima , tão facilmente, temos o Max de prova - sorriu - e bom e como psicologo eu indico não separo-los até o fim do tratamento, se os separarem só deus sabe oque pode acontecer, e pode ser algo irreversível . 

 

 


Notas Finais


tadinhos :/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...