História Naughty spirit - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Tags Bts, Espírito, Hentai, Suga, Yoongi
Visualizações 36
Palavras 951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Mistério, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


olaaaaa :)

Capítulo 13 - Quem eu sou para te impedir?


Fanfic / Fanfiction Naughty spirit - Capítulo 13 - Quem eu sou para te impedir?

A falta de Suga e o buraco em meu coração, não poderia ser curado apenas com isso. Quando foi que eu fiquei assim?

"Yoongi... Onde você está?"- Pergunto fechando a torneira do chuveiro.

Me seco e visto as minhas roupas. Pego o notebook e me jogo na cama para passar o resto do dia assistindo anime.

~ Uma semana depois ~

"Ya! Vocês se lembram do que eu disse semana passada?"- Minha prima perguntou parecendo assustada.

"Você sempre fala muitas coisas,lya ."- Falei com a voz carregada de tédio.- "Como posso me lembrar de tudo?"

"Sobre o Suga assustar a minha psicóloga."- lya disse dando um peteleco fraco na minha testa e na testa de kim.

"O que eu fiz?"- kim perguntou.

"Lembram?"- lya volta a perguntar.

"Sim."- Eu e minha amiga respondemos juntas, colocando a mão na testa.

"Então... Eu acho que o Suga assustou minha psicóloga! Ela me contou tudo e disse que iria se aposentar para se internar em uma clínica."- lya falou fazendo gestos.- "Ela insiste em dizer que é coisa da cabeça dela."

"Isso não é bom?"- kim disse pensativa, enquanto eu sentia uma dor enorme no meu peito.- "Afinal, você nem gosta dela."

"O que mais me impressionou, foi que Suga me ajudou mesmo depois do que eu disse... Eu preciso realmente pedir desculpas à ele."- lya disse baixo e pela primeira vez, lya estava pensando em algo.- "Quando ele vai voltar?"

"Como... Como ele pode assustar ela? Ele fez isso, ao invés de me procurar?"- Perguntei a eu mesma, segurando as lágrimas que queriam cair- "Por que ele não volta para mim? Por que para ela e não para mim?"

"S/n..."- kim segurou em minha mão e me abraçou- "Não fica assim. Eu sei que ele vai voltar."

"Será mesmo?"- Perguntei.

"É claro."- kim sorriu tentando me confortar. Mas naquele momento, eu não queria ver o sorriso de kim. Eu queria ver o doce sorriso de Suga.

"Como você pode ter tanta certeza?"- Perguntei limpando rapidamente uma lágrima que escorreu pela minha bochecha.

"Porque ele disse que te ama. Se ele realmente sente isso por você, então ele vai voltar."- kim acariciou o meu cabelo.- "Eu acredito que Suga realmente sente isso por você."

"Eu não sou boa com palavras então... Para de chorar por homem."- lya disse.

"Falou a garota que chorou por um ano porque perdeu o namorado."- Revirei os olhos, me afastando se Sun Hee.

"Mas agora eu superei! E estou namorando novamente."- lya sorriu para si mesma.

"Seu namorado é estranho."- Falei fazendo uma careta.

"Falou a garota que namora um espírito."- lya ergueu uma sobrancelha.

"Eu não namoro ele..."- Falei baixo.

"Mesmo assim, não muda o fato de ser estranho."- lya  cruzou os braços.

"kim! Você vai deixar ela falar assim comigo?"- Perguntei fazendo bico.

"Eu te defendia quando era pequena, mas você já é bem grandinha pra se defender sozinha."- kim disse.

"Que cruel."- Falei baixo.

"Ya! Eu me decidi!"- lya sorriu grande.

"Não sei porque, mas não tô gostando nada disso."- Resmunguei para eu mesma.

"Estou com a mesma sensação."- kim resmungou também.

"Como assim?"- lya perguntou indignada.

"Deve ser porque você não faz nada certo."- Eu disse dando de ombros com desdém.

"É, deve ser por isso."- kim disse apoiando a cabeça na mão.

"Idiotas! De qualquer forma, deixa eu anunciar."- lya pigarreou.

"Fala logo! Estamos esperando há um bom tempo."- kim disse impaciente.

"Eu e meu namorado iremos nos casar."- lya disse.

"Sabia que tinha alguma coisa errada."- Bufei encostando a cabeça no braço do sofá.- "Vocês se conhecem a pouco mais de dois meses."

"Mas nós nos amamos."- lya disse alto.

"Quem sou eu para impedir?"- Perguntei.

"Pois é."- kim disse.

"Vocês serão minhas madrinhas."- lya sorriu.

"Sem chance!"- kim disse alto- "Se no casamento dos outro você me faz passar vergonha, imagina no próprio casamento!"

"Também estou fora! No mínimo você vai cair em cima do bolo ou vai pegar fogo no seu vestido."- Eu disse.

"Vocês são as piores amigas do mundo!"- lya cruzou os braços fazendo birra.

"Ok, talvez eu vá para o seu casamento, prima."- Eu disse.

"Já é um começo."- lya sorriu.

"E quando é que vão se casar?"- kim perguntou.

"Ano que vem."- lya sorriu.

"Até lá, vocês já terão brigado quatro vezes por dia."- Falei.

"Está torcendo para a minha infelicidade?"- lya perguntou.

"Estou torcendo para que você se case logo com ele e vá para bem longe."- Falei.

"Estou com a S/n!"- kim levantou a mão.

"Eu odeio vocês."- lya se jogou no sofá. Eu e kim comemoramos.

"O porque de toda essa felicidade?"- lya perguntou indignada.

"Você está andando de um lado para o outro faz duas horas."- Respondi.

"Não exagera."- lya fez careta.

"Não é exagero."- kim conferiu o relógio.- "Você não para quieta desde que chegamos aqui."

"Eu estou com fome!"- Interrompi a conversa das duas.

"Eu também."- kim se levantou do sofá- "S/n, vem me ajudar a preparar algo."

"Eu posso ajudar,kim!"- lya se levantou.

"Sabe, eu gosto da minha cozinha e não quero que você coloque fogo nela."- kim disse e nós duas rimos.- "Ya,lya! Como você pretende casar se não sabe sequer cozinhar?"

"Boa pergunta."- lya sorriu largo e se sentou novamente.

~ Dois dias depois ~

"Desculpa..."- Ouvi uma voz arrependida.

"S-Suga?"- Perguntei com os olhos arregalados, olhando em volta.- "Yoongi é você?"

"Eu não queria machucar ninguém, eu juro..."- Sua voz soou novamente.- "Me desculpe."

"Eu sei, Suga. Eu te desculpo."- Assinto- "Onde você está? Aparece novamente para mim."

"Não quero que me veja novamente. Eu sou um monstro."- Ele disse baixo- "Mas mesmo assim eu... Eu te amo, S/n! Eu não menti, eu te amo de verdade!"

 


Notas Finais


:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...