História Navio Fantasma - Norminah - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Drake, Ed Sheeran, Fifth Harmony, Joe Jonas, Justin Bieber
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Drake, Ed Sheeran, Joe Jonas, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Demilovato, Dinahjane, Fifthharmony, Justinbieber, Laurinah, Normanikordei, Norminah
Exibições 175
Palavras 1.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então garera, essa aqui será a minha segunda fanfic Norminah (Pq Norminah é vida) a minha primeira vocês irão encontrar no meu perfil, espero que gostem dela.

Capítulo 1 - Introdução



18 de Abril de 2016; 11:50


Faz exatamente uma semana e seis dias que Hansen recebeu um comunicado de seu chefe, o capitão Aubrey Graham, porém mais conhecido na equipe apenas como Drake, que seria o seu segundo nome.


Hoje Dinah teria que ir em uma reunião as meio dia e meia no escritório do seu capitão, a reunião aconteceria com toda a sua equipe e o representador do homem que achou o navio, e por mais pura curiosidade resolvel saber o que tinha naquele navio e contratou pessoas experientes para tal feito.


Jane acabará de chegar na sala onde aconteceria a reunião e passa seus olhos pela mesma vendo toda a sua equipe, Drake seu capitão, Nick Jonas o co-capitão, a mecânica Ally Brooke, e as mergulhadoras Camila Cabello e Lauren Jauregui, e nada do homem que iria com eles nessa viagem ao navio.


- Boa tarde gente - Dinah disse se acomodando ao lado de Lauren em um sofá escutando a resposta de todos em uni som.


- Dinah você puxou a chapa de todos os navios desaparecidos na costa Leste Latina? - Drake perguntou enquanto olhava alguns papéis repousado em cima da sua mesa.


- Sim, não só da Costa Leste como também outros, mas como o senhor me passou que o navio era de grande porte e se tratava de um Cruzeiro eu vi um caso que se encaixava nesse, mas não tão importante pois o navio veio da França, então quando chegarmos lá eu poderei averiguar bem e ver qual deles é. -


Dinah disse sendo observada a todo estante por sua companheira Lauren que estava ao seu lado, o que deixava Camila intrigada, já que a mesma fazia de tudo para ser notada bem até agora sua amiga mais próxima, Dinah não via a amiga de tal forma como Jauregui a via.


-Tudo be...- Graham nem pode terminar de falar pois logo a porta é aberta por um homem de altura mediana, com os cabelos em um loiro escuro muito bem cortado, e por sinal ele estava bem vestido para somente um representante.


- Boa tarde pessoal - Ele diz simpático e todos o respondem atentamente. - Desculpe-me pelo atraso - ele sorriu de forma gentil e ao mesmo tempo sem jeito.


- Não tem problemas - Drake se movimentou e logo foi para perto do homem e lhe estendeu a mão, que logo foi correspondido com um forte aperto de mão.


- Tudo bem, então acho que essa é a hora em que eu me apresento, certo? - Ele olhou para todos e como não obteve respostas ele tomou a frente de continuar a sua fala. - Eu me chamo Justin Drew Bieber, mas podem me chamar apenas de Justin, sou um dos representantes da empresa marítima de cruzeiros Romanoff, como já devem conhecer o magnata Robert Romanoff. -


Ele acabou seu pequeno discurso e todos ainda continuaram o observando, como se ele fosse um extraterrestre no meio de todos, e como Drake um bom comandante de equipe que é ele ajuda Justin a sair daquele pequeno silêncio constrangedor.


- Então me deixe apresentar a minha equipe a você Justin - Ele sorriu e se virou para todos na sala. - Essa baixinha aqui é a nossa milagreira dos motores, ela trás a vida qualquer máquina, Allyson Brooke, essas morenas são nossas mergulhadoras mais esperientes, Camila Cabello e Lauren Jauregui, aquela loirinha ali é a nossa pesquisadora de casos Dinah Jane e esse é meu braço direito, o Nicholas Jonas. -


- Então agora que já nos "conhecemos" - Ele fez aspas com os dedos indicadores das mãos. - Podemos tocar a frente o plano, que é bem simples por sinal. -


- Certo - Drake disse ja sentado em sua cadeira, atrás de sua mesa. - Pode sentar-se se quiser Senhor Drew. - Ele apontou para a cadeira a frebte à sua mesa, e sem hesitar Bieber se sentou.


- Continuando, nois iremos partir na quarta-feira, dia vinte agora, para o porto do seu barco e vamos direto ao encontro do navio, que pelas cordenatas que meu chefe me deu não fica muito longe, so teremos que sair da costeira, ficaremos lá no mínimo cinco dias, sem contar com a ida e a volta. -


- Por mim tudo bem, parece até que seguro - Jonas se pronunciou arrancando olhares de todos da sala.


- Trabalho é trabalho né, fazer o que. - Cabello disse com um tom tedioso.


- Eu não sou de recusar trabalho, então eu vou, e creio que a Lauren também, certo? - Ally lançou um olhar penetrante para a morena que estava do outro lado da sala.


- Você vai Dinah? - ela perguntou a mais alta nem se importando em ter deixando a pergunta da Allyson de segunda mão, o que fez com que Camila revirasse os olhos pela garota se importar demais com a polinésia.


- Vou sim, todos vão, não tenho o por quê de não ir. - Jane disse simples.


- Tudo bem, então eu vou Ally - Jauregui enfim respondeu a pergunta da menor.


- Okay, já que é só isso eu preciso ir pra casa, arrumar algumas coisas para a viagem. - Hansen disse se levantando e logo saindo da sala.


Chegando ao seu apartamento seu telefone começa a vibrar e aquela música intrigante de sinos tocando começa a ecoar pela sua sala, ela pega o seu aparelho e vê o nome "Lolo" piscar na sua tela, e logo atende a ligação.


~Alô? Dj?


~Fala Lolo.


~ Você vai poder ir amanhã no restaurante de sempre? Sabe aquele esquema de sempre irmos lá antes das viagens?


~Vou sim, vai ser as sete como sempre?


~Claro que sim, sete é o número da sorte dos marinheiros.


A risadas das duas foram ouvidas através de ambas ligações.


~Então até amanhã Jauregui


~Até amanhã Hansen. Beijos.


Dinah desligou o telefone e se jogou no seu sofá, olhando toda a sua sala bagunçada com roupas e seus equipamentos de pesquisa, e assim ela resolvel dormir o resto da tarde e quando acordasse iria arrumar todas as suas coisas necessárias para a viagem.



Notas Finais


Então, espero que tenham gostado do nosso pequeno começo.

Me digam suas opiniões.

Beijos sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...