História NCT College - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias NCT 127, NCT U
Personagens Doyoung, Haechan, Hansol, Jaehyun, Johnny, Kun, Mark, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Dojae, Johnten, Markchan, Winkun, Yusol
Exibições 121
Palavras 1.416
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi ♡
Chegando com mais um capítulo para vocês kkkkk
Eu espero que vocês gostem e se divirtam lendo
Boa leitura ♡
E desculpem os erros, revisei mais rápido do que.... *não conseguindo pensar em algo para fazer comparação*.
Eu revisei bem rápido KkkKlkklkkl
Depois eu reviso com calma e corrigo os erros se tiver algum.

Capítulo 5 - V


No dia seguinte

Ontem o dia seguiu normalmente, os três sumidos que tinham ido fazer não sei o que apareceram mas não falaram o que foram fazer.

Estranho mas tudo bem.

Hoje eu não acordei atrasado então eu estou bem feliz com isso.

partiu escola



- YUTA DO CÉU - Já chego na escola e sou recepcionado por um WinWin gritando no meu ouvido.

- O que foi? - Pergunto

- Você tem que me ajudar - ele fala e me puxa para algum lugar a sós.

- O que aconteceu? - Pergunto

- Estou desconfiando do meu namorado

ah sim…ele está desconfiando do namorado dele…

PÉRA? Como é?

- VOCÊ TEM UM NAMORADO - falei mais alto que o normal

- MENINO, NÃO GRITA

ele gritou comigo para eu parar de gritar…
Vai entender

- Tem alguma problema? - Ele pergunta

- Não…não,não, não

eu disse muitas vezes não


- Você tem que me ajudar Yuta - Ele disse me balançando todo

- O que? Por que? O que aconteceu? Quem é seu namorado?

faço várias perguntas mesmo, preciso entender alguma coisa

Ele olha para os lados procurando alguém

- Olha lá - ele disse apontando para um garoto que estava conversando com alguns garotos, Hansol era um deles, e aquele JaeHyun do primeiro dia também estava lá -  É o Kun.

- Mas o que raios aconteceu? - Perguntei

- Ele está tão afastado, ele costumava andar comigo e com meus amigos mas agora ele só anda com aqueles outros garotos amigos do Jhonny, menos agora que ele está com o Hansol, em outros momentos estaria com o Jhonny, quase não conversa comigo - ele disse meio triste

- Não fica assim... qual o seu plano? - Perguntei

- Fazer ciúmes nele - ele falou com um sorriso

- É o que? - Perguntei

ele não quer que eu faça o que eu penso que ele queira que eu faça

- Vamos lá Yuta, não dá para eu fazer isso com os outros garotos… tem que ser você, ele não conhece você - Ele disse meio implorando

- Se eu fizer isso aquele garoto vai me matar - eu disse

- Não se preocupe, tem mais chances dele me matar do que matar você - Ele disse

sei….
Ainda bem que eu sou uma pessoa muito boa para a humanidade

- tudo bem... eu te ajudo - disse

- Obrigado, obrigado, obrigado - disse dando pulinhos de alegria.

- Qual é o plano? - Pergunto

- Vamos lá - disse pegando na minha mão

alguém me proteja por favor, por que eu sinto que vou morrer


Passamos de mãos dadas na frente do dito cujo mas ele nem nos notou ali.

- Não acredito que aquele filho de uma mãe chinesa nem nos viu - WinWin falou irritado

- Talvez devêssemos fazer algo que chame mais atenção - disse

Tudo bem que eu não estava muito animado para fazer aquilo… mas como eu disse, eu sou uma pessoa muito boa para a humanidade, eu tenho que ajudar o coitado


- Yuta, posso passar a mão na sua bunda?

retiro o que eu disse.
Abortar missão, repito, abortar missão

- Não! - Disse

- Então você passa na minha? - Ele perguntou

- Piorou - respondi

por que eu só me meto em situações constrangedoras?


- Vamos lá Yuta, colabora com o seu amigão - Ele disse

confesso que me derreti pelo "amigão".
Eu tenho um amigo!
Toma sociedade


- Se eu passar a mão aonde quer que você queira que eu passe a mão, seu namorado vai me bater - disse


- Por isso eu vou passar a mão - Ele disse


- Você não vai passar a mão em lugar nenhum, que tipo de conversa é essa? - disse

- Uma conversa normal que todo amigo já teve

acredito


- Vamos la Yuta, nos não temos tempo a perder por que o sino ja vai bater - WinWin ditou e começou a me puxar

- O que você vai fazer? - sussurei enquanto íamos em passos lentos em direção do nosso alvo


- Não se preocupe, eu tenho um plano - sussurrou

- E posso saber que plano é esse? - sussurrei


- Vamos nos beijar

- ata, vamos nos beijar… PERAI, VAM… - eu até iria terminar minha frase se o WinWin não tivesse colocado sua linda mão sobre a minha boca impedindo minha pessoa

desculpa, eu costumo gritar em situações como essa



- Não grita coisa - ele disse - Não vamos nos beijar de verdade

- Ah, é você queria que eu adivinhasse isso

revoltei aqui, com licença


- Desculpa, estou nervoso - ele disse

coitado, parece desesperado pela atenção do namorado…
Ei, isso me deu uma ideia!


- WinWin, abortar missão - disse

- O que? Por que? - Ele perguntou

- Não questione, só venha logo - disse e puxei ele de volta para o canto

- O que foi Yuta? - Ele perguntou

- Eu percebi que você está muito desesperado por atenção - disse

- Talvez… mas o que tem isso? - WinWin disse

- Você deveria ignorar ele

- Ignorar ele? - Perguntou

- Até ele sentir sua falta… e quando ele sentir sua falta, você vai continuar ignorando, até que ele aprenda a lição - disse

- Você é vingativo - ele disse

- Quase nada… - disse e nós rimos

- Vou aderir sua ideia, pode dar certo

- Vai dar certo - disse e ouvimos o sino tocar

- Vamos - WinWin e disse e fomos

Chegamos em um corredor e tivemos que nos separar por que somos de salas diferentes

E lá estava eu procurando minha sala como sempre…
Já falei que essa escola é enorme? Cara… essa escola é enorme


- Perdido? - escuto uma voz, me viro e era Hansol

bom, agora que não temos mais ressentimentos não precisamos ter medo certo? Vamos acreditar nisso.
Espero que ele me ajude, eu realmente estou perdido

- Um pouco

- Quero conversar com você.. - disse


Não há necessidade, só me mostra onde é minha sala

- Sobre? - falo baixo

- Hoje eu vi você e o WinWin andarem de mãos juntas e desaparecerem em algum canto qualquer - ele disse

A pessoa errada viu… que vida


- O que que tem? - Perguntei

- Vocês tem algo? - Ele perguntou

- O que? Não! - Disse

que invasão de privacidade é essa


- O WinWin tem namorado - ele disse

- Eu sei.. - respondo

- Então por que estavam de mãos dadas? - Ele pergunta

Por que ele não vai perguntar isso para o WinWin? Por que sempre sou eu que me ferro?

- Por que quer saber? - Perguntei de uma forma que soasse gentil, não quero brigas não

- Eu sou amigo do namorado do WinWin, então me preocupei - ele disse

Esse é um amigo que você quer ter para sempre

- Nós só estávamos... andando

É difícil pensar em alguma coisa sobre pressão

- Sei... bom, tenho que ir pois estou atrasado, até mais - ele disse e começou a andar

Peraí, como que fica minha situação de aluno perdido?

- Você não poderia me ajudar a achar minha sala?

somos colegas agora certo? Ele pode me ajudar certo?

- Se você não achar sozinho nunca vai aprender o caminho - disse e foi embora

Errado

Depois de um tempo achei minha sala… pelo menos eu acho que agora eu não esqueço... estava atrasado.

Eu poderia dar um grito de felicidade quando eu soube que o professor que ia dar a primeira aula tinha se atrasado, não iria receber sermão ou coisa pior.

Um pouco de sorte na minha vida





Pelo menos o dia foi normal. E depois das aulas eu fui para o trabalho.

Estou pensando seriamente em mudar de casa, agora que eu estudo tudo fica mais complicado.
Ai eu lembro que eu eu não tenho dinheiro…
Mas…
A esperança é a última que morre.
Estou juntando umas moedas, quem sabe em algum tempo eu não consiga uma casa pagando aluguel?
Não aguento mais andar tanto para chegar em casa, eu sou uma pessoa sedentária.

Mas eu não vou reclamar de nada por que senão eu vou me dar mal.

Já assisti vários filmes nesse estilo

Só espero que a minha pessoa consiga uma promoção no trabalho ou sei lá, preciso achar um jeito de ganhar dinheiro.
Mas como?
Dúvida cruel.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ♡
Kkkkk sem comentários.
Esse senhor Hansol se preocupa com os amigos! Será? KkkKlkklkkl

Bom, até o próximo capítulo ♡

Obrigado aos favoritos ♡ amo vocês.
E obrigado aos comentários ♡ eles me deixam muito felizes ♡

Beijinhos e tchau ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...