História Neighbor - Imagine : Yoongi - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Suga
Tags Girld_bae, Suga, Yoongi
Visualizações 456
Palavras 1.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Capitulo 14


Fanfic / Fanfiction Neighbor - Imagine : Yoongi - Capítulo 14 - Capitulo 14

Yoongi (on)

No Refeitório Mais Cedo

- Você está louca? Como você convida ela assim sem antes falar comigo?!! - digo quase gritando para minha irmã.

- Calma Yoongi. - sua voz soou totalmente tranquila. - Ela só vai apenas assistir um filme com a gente.

- Você tem que esquecer o que eu te disse sobre ela.

Começo a lembrar do dia em que contei tudo a Dannie.

Flashback

- Preciso te contar uma coisa. - me aproximo da minha irmã que está deitada na cama mexendo em seu notebook.

- Diga.

- Acho que estou gostando de uma garota. - suspirei.

-  O que? - Dannie fechou o notebook e se levantou rapidamente.

- Na verdade eu não sei o que está acontecendo. É que ela é... ela é tão linda, o jeito dela. Fico nervoso só de ficar perto dela, e o pior, não consigo parar de encara-la.

- Meu irmão está apaixonado por uma humana? É isso o que estou ouvindo? - ela riu.

- Eu não estou apaixonado, eu só... - fiquei calado, até por que não sabia o que falar.

- E a Yuna?

- Ela é passado, talvez esteja morta.

Dannie sentou na cama e percebi que ela ficou triste. Me sentei ao lado dela e a abracei.

- Nossos pais e Jay estão vivos, não precisa se preocupar. - digo na tentativa de acalmá-la.

- Estou com medo Yoongi. - Victoria me apertou fortemente tirando todo o meu ar. Ela é muito forte, seu poder é capaz de matar um leão com apenas um soco. E muito mais.

- Nao precisa, estou aqui com você.

- Vamos esquecer isso. - Dannie levantou e colocou seus cabelos negros para trás. - Me diz quem é a menina que você está gostando.

- Gostando não, ainda é muito cedo para concluir algo.

- Tá Yoongi, só me fala quem é.

- Nossa nova vizinha.

- O que? Aquela garota estranha?! - uma expressão de surpresa formou em seu rosto.

- Você é muito normal né. - ironizei.

- Fecha essa sua boca antes que eu arranque ela. - sua voz soou irritação. 

- Como vou beijar a vizinha? - brinquei.

- Se vira. - ela sorriu e me deu um pequeno soco.

Ficamos em silêncio por alguns segundos e soltei um sorriso bobo pensando em (S/n).

- Eu fico tão nervoso perto dela, me sinto um lixo só de lembrar que um dia eu a tratei mal. É que esse mundo é tão diferente, os humanos são tão sensíveis, eu ainda não sei me lidar com isso. É tudo muito estranho em minha volta, mais quando ela está por perto... - suspirei. -  Parece que tudo faz sentido, tudo fica lúcido, eu me estabilizo totalmente.

- Você está parecendo um bobão. - Dannie diz me fazendo sair dos meus pensamentos.

- Te odeio. - sorri para ela e sai do quarto.

Flashback (off)

- Não Yoongi, não vou esquecer. Você tem que se aproximar dela sem medo.

- E se algum dia eu não conseguir controlar minha sede, e...

- Fomos treinados para isso nunca acontecer. Você não tem nada a temer, apenas experimente, deixa acontecer. Insista nela, não a deixe ir.

- As aulas de filosofia está rendendo em. - brinquei.

- Só quero dizer para você não ter medo tá bom. E se depender de mim, vocês ficaram juntos. - ela pegou na minha mão.

 [...]

19:00 horas

- Será que ela vai vim? - perguntei aflito para Dannie.

- Claro que vai, relaxa. - ela diz colocando milho na panela.

Fiquei observando ela por um tempo em silêncio.

Eu tenho medo de me envolver demais com essa garota. Como algum dia irei contar que não faço parte desse mundo, ou que não sou humano. Ela vai sentir medo de mim quando isso acontecer, e não sei o que vou fazer.

Depois de alguns minutos a campainha tocou, fiquei muito nervoso, e o medo de ser grosso novamente me dominou.

Dannie riu para mim e foi abrir a porta. Aguardei na sala apreensivo, eu poderia até morrer, se eu não já fosse morto.

Ouvi passos em minha direção e tentei disfarçar meu nervosismo assistindo televisão.

- Oi. – (S/n) diz ao me ver.

Ah, como ela está linda.

- Olá. - tento soar o mais natural possível.

- Sente-se aqui, irei buscar as pipocas. – Dannie diz saindo da sala.

Ficamos em silêncio apenas olhando para a televisão.

- (S/n), VOCÊ PODE ESCOLHER OS FILMES!- minha irmã gritou da cozinha.

- A onde está? - ela perguntou para mim.

Peguei alguns DVDs que nós havíamos comprado para hoje.

Aqui. - estendo a mão para ela pegar.

Quando ela foi pegar os filmes pude sentir sua mão calorosa.Parece que o tempo parou para nós dois, ficamos nos olhando com um único toque. Encarei seus olhos com a respiração ofegante, até minha irmã chegar.

(S/n) pegou os filmes sem graça e começou a escolher. Observei seu jeito sorrindo.

- Esse aqui. – (S/n) deu para Dannie por para rodar.

Olhamos para a televisão por um bom tempo, nem prestei muita atenção, (S/n) era um grande destaque naquela sala. As vezes me peguei com um sorriso bobo olhando para ela.

Acho que Dannie percebeu, pois ela estava olhando e rindo para nós dois.

- Yoongi vem aqui rapidinho. - Dannie se levantou e foi em direção ao quarto, olhei para (S/n) e segui minha irmã.

Entramos no quarto e Dannie sorriu para mim.

- O que foi? - perguntei confuso.

- Yoongi, você vai chamar ela para sair não é?

- Acha que devo?

- Claro que sim.

- E se ela perceber alguma coisa? Sobre nossa espécie, ou sei lá.

- Yoongi, eu percebi o jeito que ela te olha, ela realmente está gostando de você. Se algum dia vocês ficarem juntos, eu tenho certeza que ela vai entender e aceitar. - ela pauso. - Irmão, para de ser tapado, não tenha medo de nada. É só o que eu te peço.

- Tudo bem. - sorri.

Dannie é louca as vezes, mais sei que posso contar com ela sempre. Ela é a única pessoa que me restou, e devo cuidar dela como ela cuida de mim.

[...]

Depois que o filme acabou levei (S/n) até a saída.

- Você vai fazer alguma coisa amanhã a noite? - perguntei colocando as mãos no bolso da calça.

- Não sei, por que?

- É que eu... eu estava pensando se... você... quer sair comigo amanhã.

- Ah... não sei, tenho que ver. Amanhã eu te responderei, pode ser?

- Claro. - sorri e a fitei por alguns segundos.

- Tenho que ir. - ela diz saindo quebrando aquele clima entre olhares.

- Tá bom, até amanhã. - sorrio observando ela caminhar em direção a casa dela.

Dei um suspiro e entrei para dentro.


Notas Finais


Até o próximo! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...