História Nejiten Florescendo - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Neji Hyuuga, TenTen Mitsashi
Tags Nejiten Neji, Tenten Naruto
Visualizações 215
Palavras 2.076
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Autocontrole


Fanfic / Fanfiction Nejiten Florescendo - Capítulo 13 - Autocontrole

Caminhava com passos apressados em meio as ruas cheias do centro no fim de tarde, desviando de pessoas que entravam e saiam das lojas e hora ou outra esbarrando em algumas crianças que corriam divertidas 

Desde que se estalara no país, foram poucas as vezes que visitou o centro. Cuidar da casa e do jardim lhe tomavam muito tempo, e ao passear se limitava aos arredores de seu bairro, onde ficavam os moradores fixos 

Chegou á um campo fechado e pode ver dezenas de homens fardados caminhando de um lado para o outro realizando suas respetivas tarefas, cavalos estavam sendo banhados ao fundo, e próximo a entrada havia uma construção retangular de madeira  

Passou os olhos cuidadosamente pelo local procurando por cabelos longos e olhos perolados, mas não obteve sucesso, adentrou a saleta á procura de alguém para pedir informações, dentro da mesma estavam dispostas fileiras de cadeiras parcialmente vazias exceto por poucos policiais que lanchavam e alguns civis, no centro do cômodo haviam duas mesas de escritório lotadas de papéis e pastas que quase escondiam as duas mulheres que trabalhavam 

Tenten caminhou até a mesa da esquerda que estava mais próxima e observou a ruiva que mexia sutilmente na papelada, devia ter seus 25 anos, usava um vestido creme colado ao corpo que ia até pouco antes dos joelhos, o decote generoso era tão apertado que os seios fartos faltavam saltar para fora  

A ideia de Neji passando todos os seus intervalos ao lado daquele ser fez seu corpo queimar, sentia vontade de o atacar com seus dragões gêmeos assim que o visse 

-O que deseja criança? - perguntou a desconhecida soando tão simpática que chegava a dar nojo  

Só então percebeu que encarava a moça com o olhar assassino, mas não se moveu, estava irritada demais com suas paranoias que eram próximas demais á realidade  

-Pode me dizer onde está Mitsashi Neji? - sua voz não era nada amigável  

Tenten nem se esforçou para parecer simpática, mas o pior era a mulher a sua frente que parecia não se abalar com as ameaças de morte silenciosas que recebia com os olhares da morena, e a aquilo só a enfurecia ainda mais  

-Neji-kun? Ele saiu para patrulhar faz meia hora, creio que logo deve estar de volta 

Neji-kun? Então já estavam tão íntimos assim? Neji teria muito o que explicar... O forçaria a dar uma boa explicação por mais que no momento sua vontade de cortar a língua do Hyuuga língua por conversar com aquela ruiva  

-Certo, vou esperar – disse se virando de costas  

-Espere, se quiser posso chamar outro para ajudá-la... - Tenten se virou novamente para encara-la, desta vez seu rosto estava serio, profissional  

-Não será possível, é necessário que seja Neji – disse imponente, não estava afim de prolongar a conversa  

-Entendo, então está bem – disse voltando a mexer na papelada – a propósito, quem é você? - perguntou  

-Sou Mitsashi Tenten, esposa de Neji – Disse sem tentar esconder a irritação pela insistência da garota em puxar assunto  

A ruiva pareceu surpresa, mas logo em seguida assumiu uma feição divertida e até maliciosa, o que fez a chama do ódio renascer em Tenten e ela se pegou imaginando milhares de formas de torturar ela e Neji  

-Hm, é um prazer Mitsashi, sou Emi – disse sorrindo  

Tenten caminhou com dificuldade até uma das cadeiras, soltou os coques e massageou de leve o couro cabeludo 

Ela estava louca, se irritando com coisas que não eram reais, apesar de terem mudado muito depois de firmarem um relacionamento, Neji ainda era um homem sério e nunca daria bola para uma desconhecida  

Três homens adentravam a sala, um deles tinha longos cabelos com um prendedor nas pontas que Tenten reconheceria em qualquer lugar  

Ele caminhou até o centro da sala e deixou mais uma pilha de papéis na mesa da ruiva  

-Aqui está Emi-chan, Hiroshi me pediu para lhe entregar – Ela sorriu  

Tenten fechou os olhos e repassou todas as garotas que na vida ele já havia atribuído o sufixo ''chan'' além dela mesma, cerrou os punhos com força queimando de ódio, até a prima Neji chamava com ''sama''  

-Neji-kun, tem alguém á sua espera – ao ouvir isso Tenten abriu os olhos  

Neji se virou e seu olhar se iluminou um pouco ao ver a morena, mas logo depois ficou preocupado 

-Tenten, o que houve? - disse caminhando até a morena e tentando lhe acariciar a bochecha, como normalmente fazia em suas conversas, mas a mesma desviou discretamente  

Tenten mordia a língua com força como meio de manter a sanidade e não ataca-lo ali mesmo 

Ela o olhou como se pudesse sufoca-lo apenas com o poder de sua mente, e ele percebeu, recuando um passo  

-Hyuuga Neji – chamou baixo para que só ele escutasse – Preciso que venha comigo – pediu  

Apesar de estar possessa com Neji, não podia perder o controle e ordenar que ele a seguisse, ferindo seu orgulho em meio a seu local de trabalho, até porquê ele não iria, e ela já estava com muitos problemas... 

-Sabe que eu estou de plantão Tenten, não posso – ele diz preocupado, a morena a sua frente parecia um vulcão em erupção - O que houve? - pergunta de novo  

-É uma emergência - diz impaciente  

Neji cruzou os braços e suspirou levemente irritado por ainda estar no escuro 

-Certo, me espere lá fora, vou dar um jeito... - ela o interrompeu 

-Eu espero aqui – disse 

Neji acenou com a cabeça concordando e caminhou até o outro lado da sala, conversando por alguns minutos com um dos homens que chegaram junto á ele, pegou sua mochila e caminhou até Tenten  

-Vamos – disse  

Ela não respondeu, trilhavam em silêncio o caminho de volta para casa enquanto Neji esperava uma explicação que não veio 

Os momentos em silêncio entre os dois eram raríssimos, a morena era uma completa tagarela e aquilo agradava o Hyuuga, a única forma eficaz de a calar ele conhecia bem... O estado atual dela era preocupante, já fazia muito tempo desde que a vira assim tão tensa, e a falta de conhecimento sobre a situação já estava o enlouquecendo, odiava viver a base de suposições... 

-Tenten-chan – chamou quebrando o silêncio assim que chegaram em casa – Pode me dizer por quê foi me buscar?  

-Preciso do seu status como policial para prender um nukenin –disse fria  

-Hm, como o encontrou? - perguntou indiferente  

Já estava à espera de algum criminoso, afinal a segurança da vila é baixa  

Ao entrar em casa o moreno pode ver na sala as duas crianças loiras com quem Tenten agora passava a maior parte do tempo 

-Como vamos agir com eles aqui? - sussurrou  

-Os dois fazem parte da situação - explicou – Sente-se  

Ele acatou o pedido se sentando ao lado de Hayato, onde o mesmo se esforçou numa escalada até seu colo, acariciou a cabeleira loira do menino e cumprimentou Naomi que estava no sofá á sua frente 

-O homem que vamos capturar é Yamagachi Shin, um nukenin da pedra com graduação chunin, acusado de inúmeros assassinatos, mas vale pouco no bingo book – suspirou – Ele estava mantendo Naomi e Hayato como seus reféns após assassinar os pais deles... 

E assim se solucionou o mistério sobre os pais ausentes até demais na vida dos pequenos, aquilo estava intrigando Neji 

-Graças as informações que recebi de Naomi pude formar um plano... - Tenten parecia escolher as palavras, não queria detalhar tudo para Neji na presença da garota, não queria a expor  

-E qual é o plano? - perguntou  

-Ele obrigava Naomi a atrair pessoas para dentro de sua casa, pessoas selecionadas por sua aparência frágil, para então as esquartejar e se alimentar de suas vítimas - disse  

Neji cruzou os braços e fechou os olhos, permanecendo assim pelo que parecia uma eternidade, então Tenten resolveu continuar a falar, findando a espera por uma resposta ou comentário dele 

-Nós fomos uma das pessoas selecionadas por sermos jovens e novos na cidade, uma presa fácil...-Dito isso Neji abriu os olhos e Tenten pode ver que o ódio queimava dentro dele, travou o maxilar de forma audível - Esta noite vamos embosca-lo em sua casa – concluiu  

Não era necessário mais nenhuma informação, Neji havia entendido perfeitamente oque fariam e ela sabia disso então se virou para Naomi  

-Querida, você e Hayato ficarão aqui, pode ser perigoso para os dois se o combate se estender, e ele pode tentar usar um de vocês como refém ou até mesmo se vingar...- Ela acenou com a cabeça -Vou dar um jeito de parecer que você na casa pelo menos no começo - Beijou a testa da loira e a mesma corou – Pode me dizer a que horas ele chega normalmente? - pediu 

Neji se levantou para tirar a farda entregando Hayato para Tenten, o pequeno reclamou um pouco mais logo se acalmou o que fez Tenten rir derretendo o gelo que havia se formado em volta de todos com aquela situação, aquele foi com certeza um caso de amor á primeira vista  

O moreno caminhou até o quarto e se livrou das roupas entrando no chuveiro em seguida, apesar da indiferença, ser subestimado era o ponto fraco da paciência de todo ninja 

E as crianças? Como os familiares nunca vieram atrás para saber oque houve? E oque fariam com eles depois de prender ''o responsável'' dos dois? É provável que ainda nem sejam registrados como cidadãos do País dos Ursos 

Fechou o registro chuveiro e secou o corpo, enrolando a toalha na cintura, pegou o hitaiate que deixou na pia e colocou de volta 

Abriu a porta do banheiro para retornar ao quarto, mas foi surpreendido por uma kunai que passou rente a seu pescoço e ficou cravada no batente da porta. Olhou para o quarto apreensivo e encontrou Tenten armada com seu mangual e um olhar assassino 

-Emi-chan? - disse começando a girar o mangual de forma perigosa, Neji mordeu a língua com força para conter o riso, por mais que aquela cena de ciúmes fosse hilaria ele corria risco de vida no momento e rir não o salvaria  

Ficou em silêncio, o que ele poderia dizer? Tudo só pioraria ainda mais sua situação, e precisava pensar em algo rápido já que Tenten detestava ser ignorada, ou seja, estava ferrado de qualquer forma  

Cruzou os braços em frente ao corpo e fechou os olhos, ressaltando todos os músculos dos braços e peitoral, seu cabelo molhado pingava formando gotas que corriam de seu tórax até a borda da toalha, Tenten já havia parado de girar o mangual e se sentia confusa, seus neurônios estavam queimando e haviam borboletas batalhando dentro de si, sentia que estava se esquecendo de algo importante, mas e daí? Neji abriu aqueles olhos que mais pareciam duas Luas e a encarou, caminhando até ela e parando com os corpos quase colados  

Sabia do efeito que tinha sobre ela, e hoje isso seria sua salvação, afinal, qual o problema de jogar sujo as vezes? 

-Meu amor – Ele a chamou fazendo seu coração bater como nunca, não é todos os dias que se ouve Hyuuga Neji chamando alguém de ''meu amor''- Não se preocupe, sou todo seu – Ele sorriu mostrando todos os dentes e Tenten sentiu seu baixo ventre se contrair de uma vez a fazendo piscar e arfar – Eu sei que você não quer me matar – aquilo a trouxe de volta para a realidade, sentiu as bochechas queimarem, queria sair dali o mais rápido possível, como foi que se perdeu dessa forma? Ela tinha a mente mais forte... 

-Tsc Neji, vá logo se vestir – disse correndo para escada ignorando os risos contidos de Neji  

Desceu as escadas tentando disfarçar a vergonha que sentia de si mesma e pegou Hayato no colo  

-Normalmente os bebês pelo menos tentam falar na língua deles, eu nunca ouvi sua voz – disse como se ele a compreendesse – Naomi você já ouviu a voz dele alguma vez? - perguntou preocupada que fosse algum problema de saúde 

-Já sim, ele costuma resmungar quando esta com sede, ou sujo, mas é bem raro... - disse fechando o livro ilustrado que estava lendo  

A garota parecia exausta, estava quase deitada no sofá lutando contra o sono 

-Venham jantar, vou arrumar o quarto de vocês - disse Tenten  

Ela assentiu e seguiram para a cozinha, Tenten os serviu e foi até o quarto vago levando cobertores e travesseiros para os dois  

-Tenten – ouviu Neji a chamar depois de colocar os dois na cama - já esta na hora – disse 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...