História Nejiten Florescendo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Neji Hyuuga, TenTen Mitsashi
Tags Nejiten Neji, Tenten Naruto
Visualizações 320
Palavras 1.614
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Peônias


Fanfic / Fanfiction Nejiten Florescendo - Capítulo 2 - Peônias

Acordou com o som de batidas na porta   

O Sol já estava forte, devia ser por volta das oito horas   

Desceu correndo as escadas e abriu a porta ainda meio grogue   

-Entra Neji- disse esfregando os olhos   

-Hm, bom dia para você também, vejo que está atrasada-disse olhando a garota com coques bagunçados e a camiseta amarrotada   

-Demorei para pegar no sono ontem a noite- explicou  

-Só um minuto – disse e correu escada acima, vendo o homem se dirigir a cozinha   

Lavou o rosto e escovou os dentes da forma mais rápida e eficaz que conseguiu   

Vestiu sua blusa chinesa e calça vinho, que já haviam se tornado uniforme para as missões, mas deixou as luvas de lado, assim como o protetor de testa, precisava parecer uma garota comum, não uma ninja  

Arrumou os coques deixando sua franja solta e pegou a mochila ao lado da cama com as coisas que levaria, por sorte tinha deixado tudo pronto na noite anterior  

Desceu as escadas e seguiu para a cozinha, onde Neji havia preparado chá, torradas e ovos   

-Coma, quando terminar partiremos- disse com a voz firme   

-Certo- disse se sentando na mesa- Você tem um plano?  

-Sim, mas gostaria da sua opinião... Eu pensei que poderíamos fingir uma viagem de lua de mel, e nos estalarmos em alguns hotéis, ou alugar uma casa fixa- bebeu um pouco de chá- Oque prefere?   

-Bom, as duas opções têm seus prós e contras... Em hotéis teríamos pouca privacidade, porém poderíamos nos mudar constantemente para o ponto que mais nos convém.... Oque não seria possível em uma casa fixa, mas com esta, será mais fácil conquistar a confiança dos moradores, conseguindo assim, mais informações...  

-E é disso que precisamos...- disse colocando a mão no bolso e tirando uma caixinha revestida em veludo azul- Aqui, as pessoas estranhariam um casal sem alianças...  

-Por que não comprou uma aliança simples? - disse tirando o par da caixinha e colocando no dedo  

Era de ouro, diamantada e com um pequeno desenho de um peônia com uma pedra ametista no centro   

-É linda, deve ter custado uma fortuna Neji  

-Não se preocupe, não gastei nada.... Que bom que serviu- disse colocando a aliança maior  

-Ficou ótima- disse empolgada olhando a mão com o anel- Terminei, podemos ir  

Caminharam até a entrada da Vila em silêncio e seguiram para seu destino pela floresta, por cima das árvores  

-Neji...-Chamou  

-Sim?  

-Acha que vamos conseguir esconder nossa verdadeira identidade? - perguntou com a voz baixa   

-Por que esta tão preocupada?   

-Sabe, eu nem me lembro da ultima vez que passei mais de uma hora desarmada, minhas armas se tornaram como extensões do meu corpo... E você ativa o byakugan automaticamente quando se sente ameaçado...   

-Não se preocupe Tenten, essa é a missão mais fácil que recebemos em anos, nada de inimigos, combates ou perseguições, apenas colher informações...  

-Certo, chegaremos em quanto tempo? - perguntou mais relaxada   

-É provável que amanhã no começo da tarde, talvez até antes, mas não precisamos ter pressa...  

-Eu sei, temos que estar apresentáveis ao chegar la...  

-Tenten- chamou   

-Oque foi? - perguntou curiosa   

-Usaremos o seu sobrenome  

-Certo...  

***  

Já estava quase anoitecendo e eles não pararam nenhuma vez desde a saída da vila  

A garota estava visivelmente cansada, mas não pediu para parar  

Percebendo isso Neji se desviou do caminho  

-Oque foi? Onde estamos indo? - perguntou confusa  

Pelo que se lembrava o país dos ursos ficava para o sul   

-Tem uma caverna há sete metros daqui, vamos passar a noite lá...  

A caverna era pequena, mais era larga, e estava aparentemente limpa   

-Neji, eu vou procurar comida...-Ele a interrompeu   

-Não se preocupe, eu farei isso, já conheço esta área- disse se dirigindo para a entrada da caverna- Faça uma fogueira...  

Enquanto o esperava, juntou alguns galhos secos e acendeu uma fogueira no centro da caverna, montou dois futons e se sentou em um deles. Neji voltou depois de quinze minutos com uma trouxinha de frutas e dois peixes. Os cabelos estavam molhados e ele agora usava uma camiseta branca simples e uma calça fina de moletom cinza  

-Vamos comer, depois posso te mostrar onde fica o lago se quiser...- ele disse enquanto entregava os peixes para ela  

Tenten conjurou duas agulhas e uma faca, limpou os peixes e depois os colocou para assar na fogueira usando as agulhas como espetos, enquanto Neji a observava  

-Vai ser estranho voltar ao país dos ursos depois de tantos anos, espero que eles estejam mais recetivos- Falou divertida, se referindo a missão que fizeram na aldeia da estrela quando ainda eram gennins   

-hm, não me lembro direito dessa missão, mas o motivo da antipatia deles era a estrela, que aparentemente foi destruída...   

-Tem razão- disse terminando de comer o peixe e pegando algumas cerejas- Tem cerejeiras aqui perto?  

-Perto Do lago...-Respondeu   

-Me leve até lá, por favor- pediu empolgada   

-Certamente, vamos- disse pegando na mão de Tenten e a conduzindo para fora da caverna   

Caminharam até um bosque repleto de cerejeiras dentre outras árvores, no chão haviam varias flores de açafrão e alguns arbustos com orquídeas azuis   

Ao longe se ouvia o som de uma queda d'agua, e o céu completamente estrelado dava um toque mágico ao lugar   

-Que lindo- disse Tenten soltando a mão de Neji e se sentando na grama   

Ele se sentou ao lado dela e apoiou o corpo nos cotovelos, observando o céu   

Ela olhava para todos os lados encantada, como uma criança   

-Para de babar – disse divertido soltando os cabelos de dos coques   

Ela o olhou feio e se deitou   

-Me desculpe- disse se deitando ao lado dela com os cabelos se misturando   

Observaram o céu em silêncio por alguns minutos, ao ponto de Neji se entediar e mudar o foco de sua visão, começando a observar a garota que não tirava o sorriso do rosto, ela era tão doce, tão inocente... A presença dela lhe agradava muito  

Ela alternava o olhar dele para o céu   

-Seus olhos se parecem com a lua- Falou inocente e ele riu   

-Está tentando me cantar? Pois saiba que está indo muito bem- falou divertido   

-Convencido- disse o encarando   

Ele tinha seu típico sorriso de lado no rosto e seus olhos estavam fixos nos dela, aqueles olhos que alternavam do translúcido ao violeta pareciam ser capazes de ler seus pensamentos, ver sua alma e coração... Tenten sempre se sentia exposta quando aqueles olhos se dirigiam a ela  

Sentiu seu rosto queimar e desviou o olhar, deitando sobre o tórax de Neji como um travesseiro e voltou a observar o céu   

Adormeceu sentindo as carícias que Neji fazia em seu cabelo e ouvindo o som da água   

Neji permaneceu imóvel, a não ser pelas mãos que não cessaram as carícias no cabelo macio  

Ele sabia que ela havia adormecido, sua respiração estava lenta e pesada   

Mas ele queria estender um pouco mais o momento, se sentia cativo com o abraço dela, a vendo dormir com a expressão leve como se estivesse confortável   

Se sentia bem na presença da morena, de um jeito que ninguém fez desde a morte de seu pai...   

A pegou no colo e cuidadosamente e caminhou até a caverna, se esforçando para não a acordar   

A deitou em um dos futons e beijou-lhe levemente a testa   

-Boa noite Tenten   

***  

Ela corria alegremente por um bosque repleto de peônias brancas   

Se sentia leve, livre  

Correu até o final do bosque que ficava encima de uma colina   

 Abaixo avistou o mar, calmo, com poucas ondas que chegaram mansas na praia, de areia de cor violeta  

Ah, como ela gostava dessa cor...  

Correu para o lado afim de descer até a praia, mas parou no meio do caminho olhando ao redor   

Alguém a observava...  

Ao longe pode ver uma silhueta se aproximando, era Neji   

Ele estava descalço com uma calça jeans claras e sem camisa, ele sorria largamente para ela   

Um sorriso lindo...   

Ela começou a correr até ele, mas o bosque pareceu se estender, aumentando a distância entre os dois   

A essa altura ele já havia chegado na praia, e a olhava de forma convidativa, ainda sorrindo  

De repente grandes asas brancas se mostraram atrás dele, e ele alargou o sorriso  

Tenten paralisou no lugar, era a coisa mais bela que já havia visto, estava completamente enfeitiçada pela cena e mal podia acreditar em seus olhos   

-Sayounara Tenten-chan- Ele disse e se virou, batendo as grandes asas e voando em direção ao mar   

-Não- Tenten correu desesperada tentando alcança-lo   

Por que ele estava partindo?   

-Neji!- Gritou   

As lágrimas molhavam todo seu rosto e ela correu ainda mais rápido, mas tropeçou em algo e acabou caindo   

Praguejou e se virou para ver no que havia tropeçado   

Sentiu sua visão escurecer e seu estômago embrulhar   

Jazia a sua frente o corpo inerte de Neji, os olhos fechados e os cabelos espalhados pelo chão  

Varias armas estavam espalhadas por seu corpo abrindo varias buracos dos quais jorravam sangue e manchavam de vermelho as peônias   

Sua testa estava limpa, o selo havia desaparecido   

-Não!...Não! Não! - Chorava desesperada – Neji, por favor não! Neji! Não me deixe! Não me deixe! - gritava a plenos pulmões   

-Tenten...- o ouviu chama-la ao longe   

-Tenten...  

***  

Despertou assustada e com o rosto molhado   

Encontrou Neji a olhando preocupado   

-Neji! - Ela o abraçou forte molhando seu peito com suas lagrimas que não cessavam   

-Se acalme Tenten, eu estou aqui...- Disse tentando conforta-la- Não vou a lugar algum sem você  

Ele se deitou a aninhando em seu peito novamente, esfregando seus ombros com uma das mãos e acariciando seus cabelos com a outra  

Ela se acalmou aos poucos ouvindo o coração dele bater, e adormeceu cativa em seus braços  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...