História Nejiten Florescendo - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Neji Hyuuga, TenTen Mitsashi
Tags Nejiten Neji, Tenten Naruto
Visualizações 286
Palavras 901
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - O festival


Fanfic / Fanfiction Nejiten Florescendo - Capítulo 7 - O festival

O festival Tabanata era de longe seu festival preferido  

Ainda se lembrava da lenda que ouvira quando criança na academia: 

Há muito tempo, de acordo com a lenda, morava próximo da Via-Láctea uma linda princesa chamada Orihime a "Princesa Tecelã" 

Certo dia Tentei o "Senhor Celestial", pai da moça, apresentou-lhe um jovem e belo rapaz, Kengyu o "Pastor do Gado", acreditando que este fosse o par ideal para ela 

Os dois se apaixonaram fulminantemente. A partir de então, a vida de ambos girava apenas em torno do belo romance, deixando de lado suas tarefas e obrigações diárias 

Indignado com a falta de responsabilidade do jovem casal, o pai de Orihime decidiu separar os dois, obrigando-os a morar em lados opostos da Via-Láctea 

A separação trouxe muito sofrimento e tristeza para Orihime. Sentindo o pesar de sua filha, seu pai resolveu permitir que o jovem casal se encontrasse, porém somente uma vez por ano, no sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar, desde que cumprissem sua ordem de atender todos os pedidos vindos da Terra nesta data 

Na mitologia japonesa, este casal é representado por estrelas situadas em lados opostos da galáxia, que realmente só são vistas juntas uma vez por ano: Vega (Orihime) e Altair (Kengyu) 

-O amor, quando é sincero, pode superar qualquer barreira – sussurrou para si mesma  

Olhando para as estrelas, e em seguida para Neji  

Ele estava incrivelmente lindo, com um conjunto de kimono preto de seda que reluzia a luz da lua, e os cabelos soltos  

Ela usava um kimono também, vermelho com detalhes de orquídeas azuis, que chegava até o meio de suas coxas, tinha os cabelos presos nos coques rotineiros com alguns fios soltos  

Ela andava de um lado para o outro empolgada com as atrações, enquanto Neji a seguia carregando um panda enorme de pelúcia que ela obviamente havia ganhado em uma das barracas de tiro ao alvo 

Já haviam tirado milhões de fotos e ela agora ria olhando para uma das fotos que tiraram usando tiaras com orelhas de gatos, Neji estava visivelmente irritado na foto por estar se expondo ao ridículo daquela maneira, com os braços cruzados e fazendo um leve bico, enquanto Tenten sorria colossalmente com os dois indicadores nas bochechas de Neji  

Ela já estava quase enviando a foto como postal para todos de konoha quando Neji disse: 

-Tenten, se você não para de rir eu vou destruir todas essas fotos e vou te carregar nos ombros para casa - ameaçou com um olhar assassino  

-Gomen...Gomen - pedia entre risos - Já guardei – concluiu  

Neji havia lhe presenteado com diversas flores ao longo do festival, e agora em suas mãos ela havia formado um lindo e colorido buquê  

Neji a observava se divertindo, Tenten parecia uma criança, só faltava andar pulando, estava tão fofa que nem parecia ser a  kunoichi mais assustadora da vila da folha, perdendo apenas para Tsunade, já que esta era a kunoichi mais assustadora do mundo ninja  

Voltaram para casa pouco depois da meia-noite, já haviam acertado a conta no hotel e transportado os pertences até a "casa nova"  

Neji deixou o urso no sofá, seguindo para a cozinha para tomar um copo d'agua 

Subiu as escadas em seguida, a procura da Morena, e a encontrou parada de frente a porta de vidro da varanda, olhando o céu  

Se aproximou lentamente, parando atrás dela  

Tenten sentiu um arrepio na espinha apenas pela proximidade entre os dois, ele puxou os hashis que prendiam seus coques de uma vez, e ela sentiu o cabelo se soltando e batendo em suas costas 

Seu corpo inteiro tremeu, era incrível como o toque dele era poderoso sobre ela... 

Ele tocou delicadamente sua cintura com uma das mãos a puxando para perto, colando os corpos  

Tenten estava paralisada pelo desejo, entregue a ele para que suas mãos a tomassem como ele bem entendesse, confiava inteiramente no moreno... 

Ele afastou o cabelo de seu pescoço e inspirou lentamente seu perfume, arrancando gemidos e suspiros da garota 

Tocou-lhe levemente na barriga, ainda mantendo uma das mãos firme na cintura, e começou a acariciar lentamente por cima do tecido 

Ela gemia sem se conter, todas as inibições se foram dando lugar ao puro desejo   

Tenten já não sustentava mais seu peso a esta altura, as pernas estavam completamente trêmulas, ela se sentia quente, febríl, em chamas  

Ele subia e descia as mãos por cima do tecido, apertando as coxas, o quadril, acariciando-lhe a barriga e massageando os seios 

O toque pesado da mão dele junto a delicadeza da seda roçando em sua pele sensível estava enlouquecendo-a 

-Neji-kun, aah- gemia alto enquanto ele devorava seu pescoço  

Ele aumentou a pressão entre os corpos, roçando seu falo rijo nas nádegas da morena  

Sentiu seu baixo ventre se contrair repetidas vezes, sentia um líquido escorrendo por suas pernas, ela não conseguiria aguentar por muito tempo... 

Gemeu alto quando ele escorregou uma das mãos para dentro de seu kimono massageando impetuosamente seu seio esquerdo, apertando e puxando o mamilo 

-Neji-kun – gritava preenchendo a casa com sua voz  

Lambia e mordia o lóbulo da orelha da morena, sugando-lhe a jugular, devorando vorazmente seu pescoço... 

-Neji, eu não... Eu vou...-Era extremamente difícil falar  

Sentia cada fibra de seu corpo vibrar de desejo, sentiu-se derreter, Neji a levou ao céu, ali mesmo, sem nenhum tipo de penetração  

Como ele consegue?  

-Neji – chamou ofegante se virando, recebendo um beijo voraz como resposta 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...