História NejiTen? Sempre! Uma Comédia Romântica - Capítulo 49


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, TenTen Mitsashi
Tags Neji, Nejiten, Tenten
Exibições 164
Palavras 2.067
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem-vindos à mais um capítulo!!!

Meus agradecimentos à todos que acompanham e aos comentaram o capítulo anterior também:
MilaMos23
SombrasDaNight
ErickzinBrz
Julie-chann
Kirai_Uchiha_15
juju-mitsashi
shitari_lean
Lupa-san
Kyouka-chan
A-sofia
KanaiYuui
Nilly215
bia2705
ynaddraazg5281
queshiMitsashi

Muito obrigada!!!
Tenham todos uma excelente leitura ^^

Capítulo 49 - Ela, Eu e a Decepção...


-Neji! -gritou Tenten fechando os olhos desesperadamente ao ver que o garoto se jogara na frente do carro para tirar o cachorro da frente.

-Neji! -gritou Lee ao ver que o carro não freou.

-Eu não posso ver -disse Tenten com as mãos tampando os olhos.-  Não, eu tenho que ver.

-Não morri -disse Neji sorrindo com o cachorro nos braços do outro lado da rua.

-Você é doido? -perguntou Tenten nervosa, correndo para abraçar o garoto.- Esse motorista idiota nem parou para prestar socorro!

-Calma, você está tremendo.

-Achei que você ia morrer -disse a garota o apertando ainda mais.

-Vou se continuar a me sufocar desse jeito.

-Ah, desculpe -Tenten falou soltando Neji.

-Nunca ouviu falar que vaso ruim não se quebra nunca? -ele disse rindo.- Aqui o nosso filho são e salvo -falou mostrando Neji Jr em seu colo.

-Ei neném, tudo bem? -perguntou Tenten pegando o cachorro.- Já passou o susto, tá bom?

-Cara, você é doido -constatou Lee.

-Por que essa gritaria toda aqui? -indagou Hinata saindo de dentro da casa com Naruto e Ino.

-Neji ia sendo atropelando -disse Sakura.

-O quê?! -perguntou Hinata assustada.- Como foi isso? Você está bem?

-Estou, não foi nada.

-Acho melhor irmos para casa -sugeriu Hinata ao ver o sol se pondo.- Já está ficando um pouco tarde.

-Tem razão. Tchau pessoas -disse Neji acariciando a cabeça de Neji Jr.

-Até amanhã -Tenten falou sorrindo.- Não ande pela rua, só pela calçada.

-Pode deixar -disse Neji rindo.

Neji e Hinata foram embora e chegaram em casa já no final da tarde.

-Não acredito que você não agarrou o Naruto -disse Neji.

-Neji! Eu não sou assim. Esse tipo de coisa leva tempo.

-É, e já faz mais de dez anos. Você e ele se conhecem desde crianças, tá faltando mais o quê?

-Coragem -Hinata disse entristecida.

-Se seu pai perguntar, eu estava no colégio estudando, entendeu?

-Entendi.

-Neji Hyuuga! -gritou Hiashi descendo as escadas.

-Ih, falou o nome completo. Me chamou?

-Por que não estava em casa a tarde toda? Ainda está de castigo!

-Estava na escola estudando.

-E você? -o homem falou olhando para Hinata.

-Eu?

-É, você. Estava roubando carros novamente?

-Papai! Claro que não! Estava na casa do Naruto com meus amigos.

-É mesmo? -perguntou Hiashi desconfiado.- Ultimamente você anda muito revoltada.

-Não estou mentindo! Neji pode confirmar, ele também estava lá.

Hinata, sua Judas!

Neji encarou Hinata com fúria.

-Ah... desculpe Neji -disse a garota com a mão na boca.

-Mau caráter, mentiroso! -exclamou Hiashi.

-Não pode dizer que ficou surpreso. E nem adianta ficar emburrado, não tenho medo de cara feia.

-Sabe o que eu penso dessas suas escapadas do castigo.

-Não, não sou seu cérebro.

-Aposto que você nem foi pra escola de manhã. Achei sua mochila no quarto.

-Eu fui sim! Só esqueci da mochila.

-Como é que se vai pra escola e esquece o caderno e os livros?

-Eu simplesmente....

-Sendo lesado -concluiu Hinata interrompendo Neji.

O que é teu tá guardado garota....

-Já deu o interrogatório, não é? -disse Neji subindo.

-Espera -ordenou Hiashi.

-O que quer mais de mim? -Neji perguntou descendo e abrindo os braços de uma vez, quebrando o vaso da mesa.

-Por que essa revolta?

-Nasci assim, mas o vaso foi sem querer.

-Limpe o que você quebrou!

-Eu não, limpa você -disse Neji subindo de vez para seu quarto.

Estou um pouco nervoso. Amanhã será o dia do julgamento da minha guarda. Meu pai nunca mais deu notícias. Será que ele desistiu de mim?

Neji dormia profundamente quando sentiu alguém lhe cutucando.

-Para de cutucar, inferno! -gritou batendo na mão que o estava incomodando.- Você? -perguntou olhando para o avô.- O que faz no meu quarto?

-Amanhã será o julgamento.

-É mesmo? Eu nem tava sabendo -Neji falou sentando na cama.

-Preciso que você diga ao juiz que quer ficar com Hiashi.

-Eu só não vou soltar uma gargalhada porque minha garganta está ardendo, mas que palhaçada, hein? Jamais direi isso.

-Você tem que dizer!

-Por quê? Só porque meu pai o enfrentou e você quer que ele perca só pra esfregar na cara dele que você é quem manda?

-É uma outra forma de ver isso.

-Sai daqui, seu velho asqueroso.

-Olha como fala...

-Eu falo como eu quiser!

-Por que essa gritaria aqui? -indagou Hiashi entrando no quarto.

-Esse garoto que está enlouquecendo.

-Mentira sua! Ele veio me "ordenar" dizer ao juiz que eu quero ficar com você.

-Disse isso, pai?

-Com outras palavras...

-Pra mim já deu! -exclamou Neji para Hiashi.- Ou você escolhe ele, ou escolhe a mim. Então, o que vai ser?

-Não seja ridículo, garoto -disse o velho.- Não precisa chegar à esse ponto e mesmo que chegasse, ele jamais escolheria você, não é mesmo, Hiashi? 

-Fora -ordenou Hiashi.

-Também não precisa expulsar o garoto de casa.

-Não estava falando com ele.

-Quer que eu saia do quarto? -indagou o velho pasmo.

-Não.

-Ah sim.

-Eu quero que você junte suas coisas e saia da minha casa.

Uhh... me belisca que eu não tô acreditando no que eu tô ouvindo.

-O que foi que você disse? -perguntou o velho sem acreditar.

-O que você ouviu. Fora da minha casa!

-Essa casa é minha!

-Essa casa era sua. Quando me casei o senhor a passou para meu nome.

-Tudo bem -disse o velho saindo do quarto furioso.

-Tente não parecer tão feliz -disse Hiashi ao ver o sorriso se formando no rosto de Neji.

-Essa é com certeza uma cena que colocarei na minha coleção, mas não precisava tê-lo expulsado. Amanhã, quando meu pai ganhar, eu irei morar com ele e não vou olhar pra cara desse velho do mesmo jeito.

-Pode ser, mas ele já encheu a minha paciência também.

-Então você prefere a minha pessoa a ele?

-Não seja tão convencido e leve esse prato pra cozinha, ele já está morando no seu quarto há três dias -disse Hiashi saindo e fechando a porta.

Pois ta aí uma cena que nunca pensei que viria a presenciar.

-Papai e vovô brigaram? -perguntou Hannabi entrando com Hinata.

-É, e o pai de vocês expulsou o velho.

-Mesmo? -disse Hinata surpresa.- Ainda bem, ele já tava enchendo a paciência de todo mundo.

Ta aí outra coisa que eu nunca pensei presenciar. Hinata falando mal de alguém. O mundo dá muitas voltas mesmo.

-Agora fora as duas porque tô cansado e quero dormir cedo. Por que está tão arrumada, Hannabi? -indagou ao notar a garota de vestido e maquiada.

-Vou me resolver com Konohamaru.

-É mesmo?

-É e digo logo: hoje a noite promete.

-Jura? O quê? Capítulo inédito do Bob Esponja?

-Idiota -disse Hannabi com raiva.

-Ah, foi engraçado -Hinata falou rindo.- Só parei para pensar agora que essa pode ser a nossa última noite juntos.

-É mesmo -concordou Hannabi.- Se papai perder amanhã, Neji irá embora.

-Ah, não precisa de drama.

-Acha que papai têm chances, então?

-Não mesmo, mas vocês poderão me visitar na minha nova casa -disse Neji sorridente.

-Sério? -indagou Hinata.

-Não -disse Neji tirando o sorriso do rosto.- Nem vocês estão convidadas para ir até lá e nem eu pisarei aqui novamente. Agora tchauzinho para as duas -falou empurrando as primas para fora do quarto.

-Quanta grosseria! -exclamou Hinata.

-Ah, não enche, vai acompanha a sua irmã no capítulo do Bob Esponja de hoje -Neji disse batendo a porta na cara das duas.

-Não vou assistir esse desenho idiota! -gritou Hannabi através da porta.

Confesso que pode até ser que eu sinta um tantinho de saudade dessas duas cabeças-de-bagre..

Neji logo adormeceu e acordou cedo. Antes de todos estarem de pé, ele já estava pronto para ir ao tribunal, encontrar seu pai no tribunal, como haviam combinado.

Ao chegar em frente ao grande edifício de justiça, adentrou e logo no primeiro piso avistou Hizashi sentado em frente à sala em que se decidiria seu futuro.

-Oi -Neji falou abraçando o pai.

-Oi, campeão, pronto para ganharmos?

-Sempre -Neji falou sorrindo.

-Tudo bem com você? Nesses últimos dias você mal falou comigo. Mudou de ideia de vir morar comigo? Se for, pode me dizer.

-O quê? Claro que não! Não tem nada haver com o senhor.

-Então qual é o problema? -Hizashi perguntou sentando-se logo depois de Neji.

-O mundo desabou.

-O quê?

-Fiquei com medo de o senhor perder o julgamento, então resolvi fugir. Contei apenas à uma amiga e à Tenten e ela me traiu, me entregando para Hiashi.

-Ah, achei que o mundo tinha acabado e não o seu mundo.

-Eu sou o centro do Universo.

-Desculpe, eu não sabia disso. Deve estar bem chateado com Tenten.

-Terminei com ela por causa disso.

-Filho, não fique com raiva de mim, mas ela fez o certo.

-Até o senhor?

-Se você fugisse, minhas chances de ganhar sua guarda seriam mínimas e você ficaria longe de seus amigos se escondendo até fazer 18 anos. E eu sei que o senhor sabe disso, só está de birra.

Neji encarou o pai fazendo um bico de raiva.

-Não faz essa cara. Não é vergonha admitir que errou.

-Mas foi ela quem errou!

-Sim, mas ela cometeu um erro para impedir você de cometer um maior ainda. Perdoe ela.

Neji ficou um pouco pensativo no que o pai lhe dissera. Será que teria sido tão injusto com a garota?

-Você tem bons amigos -disse Hizashi sorrindo e apontando para a entrada do prédio.

Na direção de Neji e seu pai, vinham Sakura, Sasuke, Naruto, Ino, Lee e Tenten.

-Oi pessoal -Neji falou se levantando e sorrindo.- O que fazem aqui?

-Viemos torcer por você.

Uhm....

-Têm certeza de que não vieram só matar aula?

-Neji -reprovou Hizashi dando um beliscão no filho.

-Como você é mal agradecido, Hyuuga -disse Sasuke.

-Acho que está na hora -disse Hizashi avistando o irmão chegar ao lado do advogado e Hinata.

-Como vai? -perguntou Hiashi à Hizashi.

-Bem, e você?

-Ótimo, vamos entrar e resolver isso logo de uma vez?

-Como queira -Hizashi falou caminhando para a sala.

-Você vai perder -disse Neji ao tio.

-Deixa de besteira, garoto.

-Besteira? Você dormiu com a minha mãe, que era uma mulher casada com o seu irmão! -gritou Neji para o tribunal inteiro escutar.

-Fala baixo, garoto. Se quer discutir, vamos para um lugar privado. Vocês podem sair por um instante? -pediu Hiashi aos amigos de Neji que observavam com olhos atentos à discussão.

-Não -respondeu Sakura-, adoramos uma boa briga.

-Não vamos mais conversar -disse Neji-, entre logo nessa sala e perca!

-Você vem ou não? -indagou Hizashi.

Os dois irmãos entraram na sala junto com seus respectivos advogados e o juíz.

Uma hora se passou e nada dos dois saírem da sala.

Será que meu pai tem mesmo razão? Será que fui muito duro com Tenten?

-Neji -chamou Tenten sentando-se no banco ao lado do garoto, enquanto os amigos esperavam do outro lado.

-O que foi?

-Vi que está nervoso. 

Grande descoberta!

-Não precisa se preocupar. Seu pai irá ganhar e mesmo que não consiga, não deixará de ser seu pai. Veja o exemplo de nós dois. Nos separamos, mas Neji Jr continua sendo nosso filho.

É, eu fui um grande idiota a deixando ir para longe de mim.

-Obrigado -Neji falou rindo.

A porta se abriu e Hizashi saiu na frente com seu advogado.

É agora que eu morro. Meu coração vai sair pela boca!

-Pai? -perguntou Neji inseguro.

Hizashi nada respondeu. Apenas abriu um largo sorriso.

-Ainda bem -disse Neji o abraçando para o alívio dos amigos.

Tenten deu um sorriso aliviado e saiu sem ser percebida.

-Não sei se essa sua felicidade continuará quando eu lhe obrigar a estudar dez horas por dia.

-Pode ter certeza que vai!

-Hoje o almoço é por minha conta. Vamos comemorar? Chame seus amigos.

-Tudo bem, mas antes preciso falar com uma certa pessoa-Neji disse se virando.- Onde está Tenten? Ela estava aqui agorinha.

-Ela saiu por ali -disse Sakura apontando para a entrada.

Neji correu até o lado de fora do tribunal animado. 

Já perdi muito tempo com essa briga besta com a Tenten. Por mais que eu não queria, não posso deixar de admitir que a amo e tenho que dizer isso à ela!

De repente, o garoto parou bruscamente.

.... mas ....o quê?

Neji olhava sem acreditar para Tenten abraçada com Lee.

Acho que cheguei tarde demais...

 
 


Notas Finais


Obrigada por ler até aqui.
Se puder, deixe seu comentário que eu lhe responderei!
Abraços ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...