História Nekos aqui? - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 1
Palavras 277
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu demorei, sei disso, me desculpem.
Escrevi pelo celular então deve ter algum erro, sintam-se a vontade para corrigirem-me.😘😘😘

Capítulo 23 - Solidão


 Enquanto Lucas e os Nekos navegam por aí, em outro barco próximo porém longe de ser visto por eles, há um certo mini-garoto de 17 anos preso dentro de um potinho de vidro tentando entender a si mesmo, o potinho é arredondado nas laterais com uma tampa laranja chata que contém alguns pequenos furos, o garoto está sentado pelo motivo de não conseguir ficar em pé ali dentro pois o pote é menor que sua altura, ele passa a mão em seus cabelos castanho escuro e olha com seus olhos castanhos (não muito claros) sua calça jeans azul escuro quase preto, pisca várias vezes, ajeita a manga de sua blusa branca e fina de mangas compridas, tira seu tênis All Star vermelho e branco e sua meia grossa cinza. São mais ou menos essas coisas listadas anteriormente (que ele fez) que tem pra fazer ali, além de pensar e tentar encontrar posições confortáveis para dormir e ficar sentado. Ele inspira fundo "Thiago, meu nome é Thiago, não posso me esquecer de meu nome", ele já não sabia mais sua idade e não queria se esquecer de seu nome, ele então se levanta, mas se esquece de que ali é pequeno demais e bate com a cabeça, ele deu aquela gargalhada gostosa, mas durou por pouco tempo, ele se encolheu como um feto e chorou, chorou muito, ele estivera quatro anos ali, naquele potinho, sempre sozinho, para ele, que não tinha a mínima noção do tempo, ele ainda tinha treze anos, que foi quando ele começou a ficar lá dentro, parou de chorar por não querer se molhar sem ter com o que secar-se ou secar o pote.


Notas Finais


Não é tanta coisa, eu sei, acabei sendo apressada por minha mãe pois estávamos num curso e precisávamos ir logo pra casa no final do curso (Que foi quando eu ainda estava terminando de escrever este capítulo).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...