História Nem a Morte, Nem a Vida ou Poderes podem nos Separar... - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~NepomucenoSz

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 14
Palavras 1.385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Separação


Fanfic / Fanfiction Nem a Morte, Nem a Vida ou Poderes podem nos Separar... - Capítulo 7 - Separação

. Senti as mãos de Kook me puxarem para trás, me fazendo ficar deitada no tapete, ele ficou sobre mim passando sua mão direita em meu rosto, era tão suave e macia. 

 - Kook?! 

- Shh! 

 Em uma fração de segundos, seus lábios tocaram os meus, podia sentir sua língua encostando na minha, fechei meus olhos e me deixei levar pela emoção, pela vontade de tê-lo só para mim. Assim que percebi que ele iria parar, desencostei nossas bocas e finalizei selando nossos lábios. Seus beijos ficaram mais intensos descendo para o meu pescoço.               

 Ingrid: Off              

Jungkook: On 

 Conforme meus beijos foram ficando intenso, sentir o corpo de Ingrid Se arrepiar, então eu parei. 

 - Didi♡? 

- Kook, porque parou? 

- Desculpa! Sai de cima dela, e ela se levantou. 

 - O que foi? 

- Não queria ter sido rápido demais com você.                 

 Jungkook: Off                   

  Ingrid: On 

 Ele ficou envergonhado. Então Tomei a iniciativa, me levantei e sentei entre as pernas dele. Ele ficou ainda mais envergonhado: 

 - Kook, olha para mim! 

 Vi ele ergue seu rosto meio tímido, passei meu meus braços em volta do pescoço e toquei no seu pingente, abrir ele e havia uma foto de uma garota, e ele só observava: 

 - Kook, Se você soubesse o quanto eu estava esperando para que isso acontecesse, você nem pederia desculpa. Ele beijava meu rosto e me dava vários selinhos. Jungkook: 

 - Quer saber quem é que está na foto? 

- Sim! 

- Olha para ela de novo. Peguei no seu pingente de novo, a garota tinha cabelos escuros e estava em um vestido vermelho. Depois de observar muito percebi que tinha algo em comum, mais comum era Clarisse: 

 - Essa é Clarisse? 

- Acertou! Você me deu esse pingente três dias antes de morrer. Eu sair de cima dele:

 - Di fica aqui! 

- Tá..

 Primeiro ele pegou o telescópio e guardou. Depois fiquei sentada em seu colo e dormir enquanto ele passava a mão em meus cabelos e alisava o meu rosto.        

Segunda-feira 06/10/20                       12:20      

  *Celular Tocando*    

   *-Alô?*       

*- Oi Di.*     

 * - Oi Kook*       

 *- Posso passar na sua casa, para te levar para a escola?*    

   *- Hm? Pode.*   

     *-Tá Namjoon vai levar a Nataly.*        

*- Ah! Certo.*   

    Alguns minutos depois escultei a buzina do carro dele. 

 - Oh, Ingrid! Seu amigo chegou!

 - Pede para ele subir mãe, por-favor? 

- Tá. 

 Esculto ele subindo as escadas com a minha mãe: -

 Ingrid? 

- Oi Kook. 

 Minha mãe ficou observando eu cumprimentar ele: 

 - Vamos?

 - Vamos Di! 

-Tchau mãe! 

 Ela me dá tchau enquanto saio do quarto, assim que descemos as escadas peguei em sua mão e ele não falou nada.                

  Ingrid: Off              

 Nataly: On 

 Estava com Namjoon na moto e Ingrid e Jungkook na Mc Laren atrás. Assim que chegamos na escola todos pararam e ficaram olhando, foi muito vergonhoso, mas, até que foi divertido. Assim que desci da moto e tirei o capacete, Namjoon me segurou pelo o braço me puxando de volta para ele é passando um dos seus braços em volta de minha cintura tirando o capacete e selando nossos lábios. Todos começaram há me olhar, e ficarem falando baixo nem sabem disfarçar os olhares.                

Nataly: Off                 

Ingrid: On

 Assim que chegamos Nataly ficou me esperando eu sair do carro, ela encostou no portão da secretaria. Todos observavam a Mc laren do Jungkook. Ele saiu do carro que abriu a porta para mim sair, assim que ele fechou a porta do carro e ele puxou para fritura me encostou na porta e me beijou, foi muito delicado, mas estava bom. Pude ver algumas amigas minhas todas me olharem tipo, o que? Assim que ele foi embora, fui direto falar com Nataly: 

 - Nataly cadê a Ste?

 - Não sei não vi ela. 

- Será que ela não vai vim? 

- Não sei, liga para ela. 

- Tá          

 *Ligação*

 - Ela não atende! 

- Liga para ela depois... 

- Ok.               

 Ingrid: Off         

   Narrador: Pov's 

 Assim que estava quase para bater o sinal, para liberar os alunos. Nataly recebe uma mensagem, era Stefani.                   

 * Nataly, tem como você ir comigo para São Bernardo?*


* Aconteceu uma coisa comigo e eu preciso focar minha mente em outra coisa, tem como você avisar a Ingrid por-favor, eu fiquei sabendo que amanhã não vai ter aula.* 

Nataly: 

- Ingrid? 

- O que foi?              

  Nataly: On 

 Eu olhei para Ingrid aprenciva, 

 - Nataly, fala você está me assustando! 

- Tem como você ir para São Bernardo, hoje com migo e com a Stefani?

 - Acho que sim, mas aconteceu algo? 

- Ela disse que sim, mas não falou o que era. 

- Vou ligar para os meus pais. 

Eram 19:40 PM:       

  *Ligação*      

  *-Nataly, você vai?*      

  *- Vou, eu ea Ingrid.*    

  *- Vou passar ai,  e buscar vocês!*      

*- Você está com o carro da sua mãe?*     

* -Isso!*  

   *- Ate daqui a pouco.*    

 *- Até.* 

 Assim que Stefani chegou, entramos no carro da sua mãe, era um Citroen C4 Aircross, do nada ela começou a chorar, vi meu coração quebrar em pedaços. Ingrid estava no banco de tras, com os olhos cheios de lágrimas tentando entender o que estava acontecendo: 

 - Ste? Pego em sua mão: 

 - O que está acontecendo?

 - Meus pais se separaram... - Mas porque? 

- Meu pai traiu minha mãe. Ela tentava falar enquanto soluçava.

 Ingrid: 

 - Mas e agora?

 - Minha mãe vai embora é ela quer que eu vá com ela. 

- Eo que?

 - Eu não sei o que vou fazer.

 - Fica com o seu pai.

 - Ele não me quer... 

- Porque?

 - Porque ele falou que é culpa minha disso tudo ter acontecido, ele acha que foi eu quem contou para minha má mas não foi!

 - Então quem foi? E você sabia que seu pai estava traindo sua mãe? 

- Eu não sei, minha mãe recebeu uma carta e fotos. E sim eu sabia porque eu vi meu pai beijando uma mulher loura, mas ele disse que não iria fazer mas isso q eu acreditei.

 - Não chora, para, porque vamos dar um geito de você ficar. 

Nataly: 

 - Stefani troca de lugar comigo?

 - Porque? 

- Eu vou dirigir. 

- Ok..

 Assim trocamos de lugar, fiquei imaginando de ajudar, e em quem poderia ter feito isso. 

Ingrid:

 - Nataly, você falou com o Namjoon que você iria sair?

 - Não, não consegui falar para ele. E você falou com o Jungkook?

 - Não também. 

 Assim que estavamos ja na Estrada quase chegando em São Bernardo, meu celular começou a tocar, não poderia atender estava dirigind, Stefani estava dormindo: 

 - Di, vê para mim quem está me ligando? 

- Claro! 

- Vlw! 

- Eo Namjoon.

 - Atende.     

*-Alô, oi!*    

 *- Oi, quem está falando?*     

*- Ea, Ingrid.*   

  *- Ingrid? Cadê a Nataly?*  

   *- Então ne, ela está dirigindo..*     

*- Dirigindo? Para onde vocês estão indo?*  

   *- Eu a Nataly ra Stefani estamos indo para São Bernardo.*    

*- O que?*   

  *- Vocês não podem ir, não sozinhas.*    

 *- Porque?*    

*- Vocês estão correndo um grande risco, não é só os Dallor's que estão atras de vocês, mas sim todos os clãs ! Vocês precisam o voltar agora!*      *- Acho que é tarde demais.*  

    *- Porque?*  

    *- Acabamos de chegar.* 

    *- Ah, não!*   

    *- Foi mal, não sabíamos.*  

    *- Tá, ta, eu vou para ir com os meninos!*   

  *- Eo que?*    

    *- Isso mesmo! Assim que chegarmos em São Bernardo, eu logo de volta, e você ou sei lá a Nataly me passa o endereço.*    

   *- Ok, então.*   

    *-Tchau!* 

 - O que ele falou Ingrid? 

- Ele disse que está vindo para cá, com os meninos.

 - Mas o que?

 - Ele disse que nos estamos correndo risco e tudo mas. 

- Affz! Reviro os olhos.

 - Você sabe de algo Nataly? 

- Não, só sei que ele tá todo assim me impondo regras, desde quando vocês descobriram a verdade.

 - Complicado. Assim que entramos, Stefani se jogou no sofa da sa. 

 - E então meninas, o que vamos fazer? 

- Vamos Conversa. 

Ingrid: 

 - Já sei sobre o que podemos falar. 

- O que Ingrid? Ingrid olhou para Stefani, depois para mim, e:.

 - Como você conheceu Namjoon? 

- Ai gente! Vamos falar de outra coisa...

 - Vai, por-favor?

 - Tabom. 


Notas Finais


Esse foi mas um episódio.
O que será que vai rolar entre a Nataly eo Namjoon???

Ass: D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...