História Nem sempre tem um final feliz - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, Machine Gun Kelly, One Direction, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Camren, Norminah
Visualizações 718
Palavras 1.559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cá estou eu, desculpa a demora, a depressão e os problemas não colaboram, mas antes de me matar eu termino minhas histórias ok?

Boa leitura! ♡

Capítulo 8 - Nossa primeira vez... ♡


Fanfic / Fanfiction Nem sempre tem um final feliz - Capítulo 8 - Nossa primeira vez... ♡

Camila P.O.V

Eu estava tão feliz, o garoto que é dono do meu coração me pediu em namoro, o sabor dos lábios deles que capturavam os meus com amor e carinho me deixa nas nuvens, ele não era mais um menino que apenas faria sexo comigo e me deixaria grávida, eu estava sentindo que a nossa história seria a mais linda e bem escrita:

- Camz?

Fui tirada de meus devaneios com a voz de Lawrence sussurrando em meu ouvido fazendo todo meus pelos se ouriçarem, olhei para ele que tinha um lindo sorriso nos lábios e apertei mais meus braços em volta do pescoço dele:

- Você estava tão perfeita com um sorriso bobo olhando para o céu, não queria ter te tirado de seus pensamentos

Disse e deu um beijo carinhoso em minha bochecha:

- Amor… eu quero fazer amor com você…

Vejo os olhos dele brilharem e sorrio, o mesmo me abraça apertado e anda sem me soltar em nem um momento, as vezes quase caiamos, e ríamos da situação, cada momento, cada segundo com ele eram tão gostosos e especiais, entramos no carro dele que me levou até a casa dele, desço e observo a grande casa, entro e percebo não ter ninguém além de nós, sinto ele pegar em minha mão e entrelaçar nossos dedos, sorrio e sigo ele, logo entro em um quarto que deduzi ser o dele:

- Eu preciso conversar com você…

Ele me diz de cabeça baixa, seus dedos não paravam quietos um segundo sequer deixando claro seu nervosismo, me sento na cama e vejo ele sentar ao meu lado, pego na mão dele e vejo uma lágrima solitária escorrer pelo seu rosto:

- O que está acontecendo meu amor?

Pergunto preocupada e suspiro vendo mais lagrimas escorrendo por sua bochecha:

- Eu não posso mais esconder isso de você... Camz eu nasci como Lauren Michelle Jauregui Morgado, mas por conta das surras e dos insultos que sofria todos os dias na escola meus pais decidiram que eu deveria virar um garoto, então eu fiz várias cirurgias e esse hoje sou eu

Vejo ele se levantar e passar a mão em meio aos cabelos começando a tremer de tanto que chorava, eu não sabia o que falar ou fazer, coloquei as mãos na boca e fiquei olhando ele, abaixei minha cabeça e fui em direção a ele, nossos corpos estavam a centímetros de distância, falei ainda cabisbaixa:

-Não importa...

O silêncio acentuou-se dentes as quatro paredes daquele local, o rosto dele estava expressivamente surpreso, prossegui:

-Outra vez eu tive que fugir, eu tive que correr para não me entregar as loucuras que me levam até você, mas eu não quero fugir mais dos teus olhos que me amam a cada segundo, não importa quem você foi, o que importa é que você me ama, porque eu te amo mais e mais!

Lagrimas escorriam pelo meu rosto, por impulso eu o beijei, ao separar nossos lábios pude perceber que ele também chorava:

- Eu te amo além do amor, eu te amo além da vida, eu te amo além de qualquer coisa Camz

Falou e voltou a me beijar, um beijo lento mais cheio de intenções.


Lawrence P.O.V

Levei ela até a cama e a deitei lentamente, me posicionei entre as pernas dela e desci os beijos para o pescoço dela, minhas mãos não sabiam a onde parar, coxas, bunda, barriga, seios, eu tinha que aproveitar cada parte do corpo daquela latina, separei o beijo quando o ar se fez necessário, desci os beijos pelo pescoço dela e aproveitei para sentir o cheiro doce de seu perfume, coloquei as mãos na aba do vestido e a puxei lentamente do corpo de Camz, joguei a peça de roupa para trás e comecei a distribuir beijos pelo corpo latino, sorri e tirei o sutiã dela, passei minha língua pelo bico rosado do peito esquerdo dela, senti todos meus pelos se arrepiarem ao ouvir o gemido manhoso dela, suguei o pequeno bico dela para dentro de minha boca, rodei o mesmo com a minha língua e comecei a massagear o outro com meu polegar, o corpo dela estava em chamas, então maltratarei o bico do seio dela com mordidas e chupões, fiz o mesmo processo e parei apenas quando ao meu ver estavam sensíveis, desci os beijos pela barriga dela e distribuindo beijos por suas coxas, abri as pernas dela e fui tirando a calcinha, por onde o pequeno tecido passava eu ia beijando, quando tirei por completo me abaixei perto de sua intimidade e pude sentir o cheiro bom da mesma, sorri e passei a ponta da minha língua por toda a intimidade rosada e livre de pelos de Camz:

- Lo...

Camz gemeu manhosa me incentivando, abri os grandes lábios dela com os dedos e sorri, chupei o clitóris delas para dentro da minha boca e logo rodei minha língua, ouvi os gemidos dela aumentarem e comecei a descer minha língua, fiquei massageando a entrada dela e logo a penetrei com minha língua, ela gemeu alto e colocou as mãos em meus cabelos, subi meu olhar para ela e tive a visão dela com os olhos fechados mordendo os lábios para tentar conter os gemidos altos que queriam sair, comecei a mover minha língua rápido enquanto acariciava a coxa dela, subi a mão livre e comecei a massagear o biquinho do seio dela, dessa forma não demorou muito para ela ter seu primeiro orgasmo em minha boca, limpei a intimidade dela e subi os beijos pelo corpo dela até alcançar a boca a onde a beijei lentamente, logo senti minhas costas se chocarem contra o colchão macio, o beijo foi encerrado com selinhos e minha camisa tirada do meu corpo, sorri e observei Camz beijando e deixando chupões pelo meu abdômen e peitoral, logo em meu pescoço, gemi baixo de dor sentindo meu membro doer, logo ela tirou lentamente meu short e o jogou em algum lugar do quarto, sorri e observei ela salivar pela marca em minha cueca, senti doer novamente e gemi baixo de dor, ela tirou minha cueca fazendo meu amigão saltar para fora duro como uma rocha, fechei meus olhos na mesma hora que senti a língua quente dela passar por todo meu membro, mordi meu lábio com força e senti a boca quente e molhada dela envolver meu membro, não gosto de me gabar, mas não sou nada pequeno, abri meus olhos com muito sacrifico e pude apreciar a imagem dela me chupando com maestria:

- Camz... isso amor...

Gemi ao sentir a pequena mão dela começar a masturbar o que não cabia na boca dela, sorri e não me aguentei soltando três jatos de meu esperma, gemi alto pela dor do liquido saindo e senti uma lagrima quente escorrer por minha bochecha:

- Amor... eu não quero te machucar... então se formos continuar senta em mim para ir no seu ritmo

Vi ela assentir e peguei um lubrificante que tinha na gaveta da mesinha ao lado da minha cama, passei bastante em meu membro e dei algumas braçadas para o deixar ereto novamente, vi Camz morder o lábio e observa minha mão que subia e descia lentamente no meu membro:

- Quer mesmo continuar?

Pergunto novamente e olho para ela:

- Tenho amor, sei que não tem pessoa mais perfeita para isso do que você

Sorrio e me arrumo na cama, logo ela se sentou sobre minhas coxas com uma perna de cada lado, mordi meu lábio observando ela levar meu membro até a entrada dela e me sentei na cama, levei minha boca até um dos seios dela e comecei a mamar enquanto ela sentava lentamente em mim, vi ela fazer carinha de choro e levei minha boca até o pé do ouvido dela:

- Eu te amo tanto, agradeço todas as noites antes de dormir por ter você na minha vida

Sussurro vendo ela se arrepiar e acaricio a cintura dela, logo ela estava sentada por completo em mim, havíamos perdido a virgindade junto, depois de alguns minutos parada ela começa a cavalgar, volto a me deitar e observo a intimidade dela engolindo meu membro, mordo meu lábio e subo meu olhar para o rosto dela, ela tinha os olhos fechados e a boca entre aberta deixando gemidos manhosos saírem, comecei a estocar lentamente acompanhando os movimentos dela, fechei meus olhos segurando com suavidade na cintura dela, logo senti as unhas dela descerem de meu peitoral até meu abdômen, sinto ela começar a sentar mais forte e gemo mais alto assim como ela, logo senti o gozo dela molhando todo meu membro e gozei fundo nela, ela caiu sobre meu corpo e me abraçou, cobri nossos corpos e sorri:

- Foi ótimo amor...

Ela sussurrou me tirando um sorriso aliado dos lábios:

- Eu preciso te pedir uma coisa

Olho para ela que levanta a cabeça e olha para mim:

- Quero que fique gravida...

A carinha de assustada dela já dizia tudo, suspiro e desvio o olhar:

- Tudo bem amor...

Olho para ela e sorrio, dou um selinho nela que esconde a cabeça no meu rosto, faço carinho nos cabelos dela e aos poucos vou sentindo a respiração dela mais leve, assim que ela dormiu eu depositei um beijo na testa dela:

- Te amo...

Sussurro para logo depois ser vencido pelo cansaço.


Notas Finais


É isso... espero que tenham gostado.

Favoritem e comentem :)

Amo vocês, Kisses 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...