História Nem tão inocente - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Anitta, Ariana Grande, Ashlee Simpson, Demi Lovato, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Anitta, Ariana Grande, Ashlee Simpson, Camila Cabello, Dallas Lovato, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren G!p
Exibições 464
Palavras 1.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe os erros!! ;)

Capítulo 3 - Mal entendido!!!


Pv Lauren

Não acredito que a Mani estar pensando em se bandiar para o lado das aberrações. Mas não vai mesmo, nem por cima do meu Cadáver,Já não basta terem roubado a minha Tay de mim não? Agora também querem a minha melhor amiga??, essas aberrações vão me pagar

-oi Jonh,você viu as aberrações por aqui??- pergunto olhando em volta - Vi sim estou olhando pra uma- diz olhando nos meus olhos, mas e muita petulancia né?? Esses otários tiraram o dia para testando minha paciência, não?? -Escuta aqui seu Viadinho, se você falar desse modo comigo de novo, falo pra todo mundo que você e gay, ah e inclusive para os seus pais, será que eles vão aceita um bambinha Saltitante como filho??? Kkk , aposto que não, Posso torno sua vidinha um inferno, então acho melhor você me respeitar, estamos entendidos bambi??- ele me fita com lagrimas nos olhos, - estamos Jauregui- fala andando, da as costas e vai embora chorando. droga onde será que as aberrações se esconderão???

                 Pv Camila

Levei Dinah a enfermaria e fiquei lá até a enfermeira aparecer.

Chego ao banheiro as pressas e logo tiro meu membro pra fora, estou muito apertada,  -SUA ABERRAÇÃO, ACHOU MESMO QUE PODIA SE ESCONDER DE MIM AQUI??- me viro de frente para ela, ficamos nos encarando por alguns segundos até que seu olhar desse para o me... A droga -AAAAAAAAAAH, SUA TARDA, ABERRAÇÃO, IDI....-não deixo ela terminar de falar e tapo a boca dela, - isso é um mal entendido Lauren, eu vo te soltar mas, tem que prometer que não vai gritar- ela assenti e eu a solto, vai caminhando pra sair do banheiro, ela escorrega no xixi e cai em cima de mim, mas especificamente na minha virilha, ih puta merda ta doendo -AI MEU DEUS NÃ CREIO NO QUE ESTOU VENDO ISSO, NOSSA DEU ATÉ TONTURA AQUI- nossa Mani pensou bobagen -KKK E você a acha um mostro, uma  aberração, nerd,né??- diz Demi rindo, sendo acompanhada pelas outras, -kkkk,Mas olhando pro outro lado,Ela e sim uma aberração, E QUE ABERRAÇÃO, DEU ATÉ CALOR AQUI- Diz Anitta se abanando -VOCÊS ESTÃO ENTENDENDO ERRADO, NÃO E NADA DISSO QUE VOCÊS ESTÃO PENSANDO!!- diz Lauren se levantado, as menina cai em na gargalhada, -Ah não??- fala Mani em tom de deboche -NÃO- diz Lauren com firmesa -então o que é??- diz Mani com o mesmo tom de deboche, Lauren tomo folego, -Eu estava proucurando as aberrações, achei e a chamei só que ela não me atendeu, então eu entrei no banheiro atraz dela, a Aberração estava urinando me assustei quando se virou ai eu acabei tropecei e caindo em cima dela- Mani a fitou incredula e comoçou a rir -Laur acha mesmo que nós, vamos acreditar que você tropeçou e caiu de boca no cabeloconda??- fala rindo -SIM, Mani, você me conhece, sabe que eu nunca pagaria um boquete para a aberração- Mani a fita e responde - por te conhecer sei que você adoraria pagar um boquete para a Camilinha, você só não quer admitir-Lauren a olha incrédula -eu não acredito nisso- fala e sai bufando para fora do banheiro.

Dinah e Eu Chegamos em casa, vemos o nosso pai discutindo com um homem

Alejandro: -MIKI COMO VOCÊ PODE PERMITIR QUE ROUBASSEM MINHAS MERCADORIAS, DE BAIXO DO SEU NARIZ ???- não posso acreditar que alguém teve coragem de roubar o nosso pai

Miki: -ALEJANDRO, EU NÃO SABIA QUE NO MEIO DE PESSOAS QUE CONFIAVA ATÉ MESMO MINHA VIDA, AVIA UM TRAIDOR- meu pai anda de um lado para o outro, para ao notar nossa presença ali, e vem até nós

Alejandro -Dinah sua mãe e Eu, teremos que ficar na Rússia durante trêz meses,Nesse período você se encarregará dos negócios por aqui- Dinah começa a se desesperar

Dinah: -Ma..s mas p..ai e..e..e..eu não consigo n..n..nem matar u...u...uma barrata, muito menos p..p..pedir que o façam isso por mim, não sou o ideal para dirigir os seus negócios - o desespero de Dinah e palpável

Alejandro: -terá que ser- fala continuando a andar de um lado para o outro

Mike: -Alejandro não precisa viajar para resolver isso, deixa que eu dou um jeito-  fala passando a mão sobre a cabeça

Alejandro: -não quero mas erros Miki, por isso vou pessoalmente, e como o ditado: quem quer uma coisa bem feita, faça você mesmo-

Miki: - Alejandro me de mas essa...- corto o miki drasticamente, sabia que papai não mudaria de ideia

Eu: -pai deixa que eu tome Contas dos negócios enquanto estiver fora com a mãe, nós dois sabemos que Dinah não tem capacidade de gerenciar um negócio com esse- ele me olha pensativo

Alejandro: -tudo bem Camila, só espero estar tudo em ordem quando voltar- meu pai e Miki sai antes de que Dinah os impeção, ainda bem que ele aceitou, Dinah e muito inocente e meiga, não quero que essas qualidades que eu tanto amo se percam

Dinah: - Por que você fez isso camila?? Ficou loca?? Você sabe que isso consiste em matar pessoas- ela fala chorando e passando as mãos nos cabelos

Eu: - fiz pra te proteger, não estou louca, sei que vou ter que matar pessoas, mas prefiro que seja eu e não você- ela chora tanto que seu corpo treme, vou até ela e a abraço e a carego no colo até sofá

Dinah: - Eu sou sempre um estorvo pra você, Mila embora eu seja a mas velha dependo de você, a Lauren tem razão eu não deveria ter nascido, só sirvo para atrapalhar a vida dos outros- Não acredito que ela esta se menosprezando assim

Eu: você não e um estorvo pra mim, gosto de te proteger Dinah você nunca atrapalha minha vida, pelo contrario  você ajuda a torna- la mas feliz, nunca leve a sério o que a Lauren diz ela e uma idiota- ela acente, faço carinho nos cabelos dela até adormecemos

         o desejo  egoista de querer manter a paz promove guerras, e o ódio nasce para proteger o amor!!


Notas Finais


não se esqueçam de favoritar e comentar o que vocês acharam do fim do Capítulo!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...