História Nem Todos Podem Ter Um Final Feliz. - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Alícia Gusman, Marcelina Guerra, Paulo Guerra
Tags Alicia Gusman, Marcelina Guerra, Paulicia, Paulo Guerra
Visualizações 108
Palavras 381
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OIIIII
DESCULPA
PERDOEM MEU SUMIÇO
DESCULPA MESMO
TO TENTANDO
JURO
MAS BLOQUEIO DE CRIATIVIDADE BATEU
CALMA LÁ
NÃO DESISTI
AMO VOCÊS
NÃO DESISTAM DE MIM
SORRY

Capítulo 13 - Capítulo 13 - Instagram


Fanfic / Fanfiction Nem Todos Podem Ter Um Final Feliz. - Capítulo 13 - Capítulo 13 - Instagram

@P_Guerra: ''A vida é muito curta pra chorar pela ex, eu falei pra mim mesmo enquanto chorava outra vez.'' 

214 curtidas e 45 comentários

@Gusman_Alicia: Ei, se quiser conversar, me chama neném..

@M.Marce: Força, babe..

@Ayala.com: Cola aqui, prç

@Gusman_Alicia: Ei, por favor.. 

@Gusman_Alicia: Pelo menos me responde.. 

@Gusman_Alicia: Paulo.... 

-- OS COMENTÁRIOS FORAM DESATIVADOS PARA ESSA FOTO -- 


Paulo Guerra


Postei a foto e corri rápido com o skate até raspar a lixa no chão, ouvi o barulho ecoando por toda a rua vazia, subi em cima e voei. 
Sentia o vento bater no meu rosto e meu celular vibrando. 
Passava das oito da noite, minha mãe tinha ido trabalhar, destranquei a porta e entrei, trancando de novo assim q passei, olhei para os dois lados e confirmei se não tinha nnguém em casa, gritando, não, não tinha.
Peguei o celular e mensagens da Ally estavam lá, muitas, muitas delas, ligações, direct, tt, tudo, ela tava realmente preocupada? 
Liguei para ela depois de bloquear os comentários da foto:
- Ally? Me ligou? 
- Menino você ficou louco? To chegando na sua casa, fica na sala, não quero esperar muito. 
- Ok.. - respondi e desliguei
Sem entender muito, mas fiz, destranquei a porta e em questão de minutos a campainha tocou e ela gritou:
- Eu to cheia de coisa, abre aqui e vem me ajudar, por favor, né! 
- Oi, morena.
- Oi, neném, pega, tudo para você, vai te ajudar. 
- Vai querer entrar? 
- Quer companhia? 
- Sabe que sim. - peguei sua mãe e lhe puxei para dentro pegando todas as sacolas e empurrando ela no sofá
- Joga tudo no chão, Lito. 
- Ok. 
Virei as sacolas e caiu muito fini, chocolate e doces aleatórios. 
- Essa aqui é a mais importante, senta aqui. - ela disse com outra sacola na mão - Pega é seu. - disse tirando um copo gigante de açaí de dentro da sacola- Não sabia do que você gostava, trouxe o meu preferido, até porque é o melhor. 
Coloquei a açaí na mesa de centro e tirei o dela de sua mão, fazendo ela resmungar, e coloquei junto com o meu, peguei-a no colo e abracei ela: 
- Eu amo você, melhor amiga do mundo! 
- Também te amo, bebê.. 
 

 

 


Notas Finais


espero que gostem e que me perdoem pela demora <3
amo vcsssss comenteeeem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...