História Nero,O velocista hextech - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias League Of Legends, Originais
Personagens Caitlyn, Ekko, Ezreal, Janna, Jayce, Jinx, Personagens Originais, Ryze, Vi, Viktor, Zac
Tags League Of Legends, Original
Exibições 11
Palavras 2.239
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Steampunk
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Transsexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Minha primeira fanfic galera :3,espero que gostem heuheuehe eu sempre tive uma ideia de um personagem velocista no lolzin,mas sempre imaginei ele como zaunita e acho que todo mundo que fez uma ideia de champ fez ele como velocista de Piltolver (Tipo Max :V),bem sem mais enrolação,curtam a historia ^-^.

Capítulo 1 - Adeus Cidade do desprogresso,Olá Zaun


Fanfic / Fanfiction Nero,O velocista hextech - Capítulo 1 - Adeus Cidade do desprogresso,Olá Zaun


Nero-O velocista hextech
     Piltolver,nem sempre foi merecedora do título de "Cidade do Progresso" Até Caitlyn assumir a delegacia da cidade-estado e com o tempo conseguiu melhorar e  acabou se tornando o centro tecnológico de Valoran junto de Zaun.
Seus cidadãos conhecido por serem confiantes e até um pouco arrogantes pela visão das demais cidades, bem, Nem todos são assim,Em um distrito perto da fronteira que separa Piltolver de Zaun, Vivia um jovem digamos....diferente, Nero,Cabelos coloridos em tons amarelo e laranja, alto, moreno,olhos castanho claro,sempre foi fascinado pela tecnologia principalmente a hextech, a mesma era a profissão de seus pais que eram grandes artesãos hextech que acabaram morrendo em um acidente com uma nova fonte de energia que Jayce, vulgo "O herói do amanhã" havia trazido após voltar de uma batalha contra Viktor em Zaun,depois de perder seus pais Nero simplesmente começou a se afastar das pessoas em Piltolver,sentido que não pertencia mais a aquele lugar então decidiu que quando concluisse seus estudos em Piltolver iria se mudar pra Zaun, ele talvez fosse o único Piltolvense que gostava de Zaun, tendo passado bom tempo de sua vida lá, é claro, escondido para que ninguém soubesse disso em Piltolver,muito menos seus pais,nesse tempo conheceu Jinx, Vi, Janna e Ekko e acabou se tornando amigo deles,principalmente de Ekko se tornando seu melhor amigo.
Após acabar seus estudos na academia de tecnologia hextech,decide passar uma ultima vez em na sua casa para se preparar para a mudança.
Depois de alguns minutos ja havia arrumado quase todos os seus pertences na sua grande mochila,só faltava uma coisa,uma foto de seus pais,ele não gostava de ninguem além deles na Cidade do Progresso.
Procurou na casa toda até que finalmente achou uma foto sua com seus pais,Sua mãe(da qual havia herdado a coloração estranha de seu cabelo)abraçada com ele e seu pai,após ter feito seu primeiro artefato hextech,um traje que cobria seus joelhos,torso,braços e mãos e fazia ele correr em alta velocidade o que proporcionava isso era as pedras magicas laranjas que ele com a ajuda de seus pais demorou anos para achar e utilizou no traje,usava uma na região do traje que cubria seu umbigo e ombros,além de dar velocidade,ele tambem projetou as pedras para darem uma aura que o protegia do atrito de quando corria, Todos estavam sorridentes e felizes.
-Bem agora eu entendo o Nero-O velocista hextech
     Piltolver,nem sempre foi merecedora do título de "Cidade do Progresso" Até Caitlyn assumir a delegacia da cidade-estado e com o tempo conseguiu melhorar e  acabou se tornando o centro tecnológico de Valoran junto de Zaun.
Seus cidadãos conhecido por serem confiantes e até um pouco arrogantes pela visão das demais cidades, bem, Nem todos são assim,Em um distrito perto da fronteira que separa Piltolver de Zaun, Vivia um jovem digamos....diferente, Nero,Cabelos coloridos em tons amarelo e laranja, alto, moreno,olhos castanho claro,sempre foi fascinado pela tecnologia principalmente a hextech, a mesma era a profissão de seus pais que eram grandes artesãos hextech que acabaram morrendo em um acidente com uma nova fonte de energia que Jayce, vulgo "O herói do amanhã" havia trazido após voltar de uma batalha contra Viktor em Zaun,depois de perder seus pais Nero simplesmente começou a se afastar das pessoas em Piltolver,sentido que não pertencia mais a aquele lugar então decidiu que quando concluisse seus estudos em Piltolver iria se mudar pra Zaun, ele talvez fosse o único Piltolvense que gostava de Zaun, tendo passado bom tempo de sua vida lá, é claro, escondido para que ninguém soubesse disso em Piltolver,muito menos seus pais,nesse tempo conheceu Jinx, Vi, Janna e Ekko e acabou se tornando amigo deles,principalmente de Ekko se tornando seu melhor amigo.
Após acabar seus estudos na academia de tecnologia hextech decide passar uma ultima vez em na sua casa para se preparar para a mudança.
Depois de alguns minutos ja havia arrumado quase todos os seus pertences na sua grande mochila,só faltava uma coisa,uma foto de seus pais,ele não gostava de ninguem além deles na Cidade do Progresso.
Procurou na casa toda até que finalmente achou uma foto sua com seus pais,Sua mãe(da qual havia herdado a coloração estranha de seu cabelo)abraçada com ele e seu pai,após ter feito seu primeiro artefato hextech,um traje que cobria seus joelhos,torso,braços e mãos e fazia ele correr em alta velocidade o que proporcionava isso era as pedras magicas laranjas que ele com a ajuda de seus pais demorou anos para achar e utilizou no traje,usava uma na região do traje que cubria seu umbigo e ombros,além de dar velocidade,ele tambem projetou as pedras para darem uma aura que o protegia do atrito de quando corria, Todos estavam sorridentes e felizes.

Ele vê em um folheto um experimento feito por um Doutor Xerath que poderia ser útil.No folheto dizia que tal experimento poderia ter 3 consequências.
1-Ele poderia ganhar o magia, da qual usaria pra aprimorar seu traje de velocidade
2-Não aconteceria nada
3-Ele morreria
Não ligando muito para o que poderia acontecer de errado ele acaba decidindo participar do experimento mas antes decidiu encontrar Ekko para avisa-lo.que Ekko queria dizer com :se você não pode aproveitar todos os momentos,não merece nem um segundo a mais.
-Ok,não é hora pra drama 
Após guardar a foto sem sua mochila e vestir seu traje,e com muito entusiasmo ele começa a correr em direção a Zaun,mas ao passar pela cidadela de Piltolver decide deixar uma lembrassa para os espertalhoes.
Com alguns metais que estavam jogados no chão,fez uma bela arte de rua que parecia ter sido feita por um artista de ferro-velho(Seu nome escrito com varios metais diferentes).
Todos no local ficaram surpresos e assustados pela repentina ação do velocista laranja,mas ele pouco ligava para eles.
Continuou sua corrida até finalmente chegar em Zaun,parando na "Estação do Respiradouro",entrada de um bar famoso por ali.
Ele vê em um folheto um experimento feito por um Doutor Xerath que poderia ser útil.
No folheto dizia que tal experimento poderia ter 3 consequências.
1-Ele poderia ganhar o magia, da qual usaria pra aprimorar seu traje de velocidade
2-Não aconteceria nada
3-Ele morreria
Não ligando muito para o que poderia acontecer de errado ele acaba decidindo participar do experimento mas antes decidiu encontrar Ekko para avisa-lo
-Bem é melhor avisar aquele tonto antes que ele pense que eu morri
Depois de um tempo andando pela cidade,o alaranjado vê em um grande predio aonde parecia ser um centro de comercializaçao clandestina,um grande X pinchado caricteristico de Jinx.
Automaticamente ele lembra do detalhe na parte das costas de seu traje que formava um L(50 em números Romanos).
Mesmo com o ambiente tóxico(que ja havia se acostumado devido as suas inúmeras visitas)ao seu redor só pensava em uma coisa para dizer:
-Finalmente estou em casa.


Nero-O velocista hextech
     Piltolver,nem sempre foi merecedora do título de "Cidade do Progresso" Até Caitlyn assumir a delegacia da cidade-estado e com o tempo conseguiu melhorar e  acabou se tornando o centro tecnológico de Valoran junto de Zaun.
Seus cidadãos conhecido por serem confiantes e até um pouco arrogantes pela visão das demais cidades, bem, Nem todos são assim,Em um distrito perto da fronteira que separa Piltolver de Zaun, Vivia um jovem digamos....diferente, Nero,Cabelos coloridos em tons amarelo e laranja, alto, moreno,olhos castanho claro,sempre foi fascinado pela tecnologia principalmente a hextech, a mesma era a profissão de seus pais que eram grandes artesãos hextech que acabaram morrendo em um acidente com uma nova fonte de energia que Jayce, vulgo "O herói do amanhã" havia trazido após voltar de uma batalha contra Viktor em Zaun,depois de perder seus pais Nero simplesmente começou a se afastar das pessoas em Piltolver,sentido que não pertencia mais a aquele lugar então decidiu que quando concluisse seus estudos em Piltolver iria se mudar pra Zaun, ele talvez fosse o único Piltolvense que gostava de Zaun, tendo passado bom tempo de sua vida lá, é claro, escondido para que ninguém soubesse disso em Piltolver,muito menos seus pais,nesse tempo conheceu Jinx, Vi, Janna e Ekko e acabou se tornando amigo deles,principalmente de Ekko se tornando seu melhor amigo.
Após acabar seus estudos na academia de tecnologia hextech,decide passar uma ultima vez em na sua casa para se preparar para a mudança.
Depois de alguns minutos ja havia arrumado quase todos os seus pertences na sua grande mochila,só faltava uma coisa,uma foto de seus pais,ele não gostava de ninguem além deles na Cidade do Progresso.
Procurou na casa toda até que finalmente achou uma foto sua com seus pais,Sua mãe(da qual havia herdado a coloração estranha de seu cabelo)abraçada com ele e seu pai,após ter feito seu primeiro artefato hextech,um traje que cobria seus joelhos,torso,braços e mãos e fazia ele correr em alta velocidade o que proporcionava isso era as pedras magicas laranjas que ele com a ajuda de seus pais demorou anos para achar e utilizou no traje,usava uma na região do traje que cubria seu umbigo e ombros,além de dar velocidade,ele tambem projetou as pedras para darem uma aura que o protegia do atrito de quando corria, Todos estavam sorridentes e felizes.
-Bem agora eu entendo o Nero-O velocista hextech
     Piltolver,nem sempre foi merecedora do título de "Cidade do Progresso" Até Caitlyn assumir a delegacia da cidade-estado e com o tempo conseguiu melhorar e  acabou se tornando o centro tecnológico de Valoran junto de Zaun.
Seus cidadãos conhecido por serem confiantes e até um pouco arrogantes pela visão das demais cidades, bem, Nem todos são assim,Em um distrito perto da fronteira que separa Piltolver de Zaun, Vivia um jovem digamos....diferente, Nero,Cabelos coloridos em tons amarelo e laranja, alto, moreno,olhos castanho claro,sempre foi fascinado pela tecnologia principalmente a hextech, a mesma era a profissão de seus pais que eram grandes artesãos hextech que acabaram morrendo em um acidente com uma nova fonte de energia que Jayce, vulgo "O herói do amanhã" havia trazido após voltar de uma batalha contra Viktor em Zaun,depois de perder seus pais Nero simplesmente começou a se afastar das pessoas em Piltolver,sentido que não pertencia mais a aquele lugar então decidiu que quando concluisse seus estudos em Piltolver iria se mudar pra Zaun, ele talvez fosse o único Piltolvense que gostava de Zaun, tendo passado bom tempo de sua vida lá, é claro, escondido para que ninguém soubesse disso em Piltolver,muito menos seus pais,nesse tempo conheceu Jinx, Vi, Janna e Ekko e acabou se tornando amigo deles,principalmente de Ekko se tornando seu melhor amigo.
Após acabar seus estudos na academia de tecnologia hextech decide passar uma ultima vez em na sua casa para se preparar para a mudança.
Depois de alguns minutos ja havia arrumado quase todos os seus pertences na sua grande mochila,só faltava uma coisa,uma foto de seus pais,ele não gostava de ninguem além deles na Cidade do Progresso.
Procurou na casa toda até que finalmente achou uma foto sua com seus pais,Sua mãe(da qual havia herdado a coloração estranha de seu cabelo)abraçada com ele e seu pai,após ter feito seu primeiro artefato hextech,um traje que cobria seus joelhos,torso,braços e mãos e fazia ele correr em alta velocidade o que proporcionava isso era as pedras magicas laranjas que ele com a ajuda de seus pais demorou anos para achar e utilizou no traje,usava uma na região do traje que cubria seu umbigo e ombros,além de dar velocidade,ele tambem projetou as pedras para darem uma aura que o protegia do atrito de quando corria, Todos estavam sorridentes e felizes.

Ele vê em um folheto um experimento feito por um Doutor Xerath que poderia ser útil.No folheto dizia que tal experimento poderia ter 3 consequências.
1-Ele poderia ganhar o magia, da qual usaria pra aprimorar seu traje de velocidade
2-Não aconteceria nada
3-Ele morreria
Não ligando muito para o que poderia acontecer de errado ele acaba decidindo participar do experimento mas antes decidiu encontrar Ekko para avisa-lo.que Ekko queria dizer com :se você não pode aproveitar todos os momentos,não merece nem um segundo a mais.
-Ok,não é hora pra drama 
Após guardar a foto sem sua mochila e vestir seu traje,e com muito entusiasmo ele começa a correr em direção a Zaun,mas,ao passar pela cidadela de Piltolver decide deixar uma lembraça para os espertalhões.
Com alguns metais que estavam jogados no chão,fez uma bela arte de rua que parecia ter sido feita por um artista de ferro-velho(Seu nome escrito com variós metais diferentes).
Todos no local ficaram surpresos e assustados pela repentina ação do velocista laranja,mas ele pouco ligava para eles.
Continuou sua corrida até finalmente chegar em Zaun,parando na "Estação do Respiradouro",entrada de um bar famoso por ali.
Ele vê em um folheto um experimento feito por um Doutor Xerath que poderia ser útil.
No folheto dizia que tal experimento poderia ter 3 consequências.
1-Ele poderia ganhar o magia, da qual usaria pra aprimorar seu traje de velocidade
2-Não aconteceria nada
3-Ele morreria
Não ligando muito para o que poderia acontecer de errado ele acaba decidindo participar do experimento mas antes decidiu encontrar Ekko para avisa-lo
-Bem é melhor avisar aquele tonto antes que ele pense que eu morri
Depois de um tempo andando pela cidade,o alaranjado vê em um grande prédio aonde parecia ser um centro de comercialização clandestina,um grande X pinchado característico  de Jinx.
Automaticamente ele lembra do detalhe na parte das costas de seu traje que formava um L(50 em números Romanos).
Mesmo com o ambiente tóxico(que ja havia se acostumado devido as suas inúmeras visitas)ao seu redor só pensava em uma coisa para dizer:
-Finalmente estou em casa.


Notas Finais


Bem esse foi um capitulo bem explicativo :v,obrigado por lerem e até o proximo ;3
Recomendo ler com essa musica:https://www.youtube.com/watch?v=BsBenZvZpQM&list=PLCcw7vv2WdomvKGlqrwv7vmuhCMn6lkVv&index=5


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...