História Never again just you and me - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eldarya
Personagens Ezarel, Jamon, Keroshane, Leiftan, Mery, Miiko, Nevra, Personagens Originais, Valkyon
Tags Ação, Ecchi, Eldarya, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Shoujo Romântico, Violencia
Visualizações 11
Palavras 1.400
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


ola, me desculpe pela demora desse capitulo...E é só =D

Capítulo 3 - Absinto


Ezarel on:

 Era a Julia e uma menina com cabelos azuis, um tapa olho preto ela se encontrava com um vestido branco extremamente simples depois de alguns segundos encarando aquela figura bateu um choque de realidade quando eu percebi o mesmo coldre com a adaga da menina de mais cedo

Ezarel off:

 Duda on: eu e Julia fomos direto nos servir, já que o local estava vazio nos sentamos em uma mesa vazia sem grandes incômodos, eu sentei de frente para a Julia...porem sentia alguns olhares para mim...para ser mais exata 3 olhares, mas não estava com a mínima vontade de saber quem era também, eu dava uma garfada na minha comida enquanto me perdia cada vez mais em meus infinitos pensamentos até que ouvi a voz da Julia me chamando.

Julia: _ Duda você está bem? – Ela me olhava com uma cara preocupada  

Duda: _ é que eu nunca vi tanta pessoa em toda minha vida e estou me sentindo observada -falo tudo com um sorriso sincero no rosto.

Julia: _ também me senti assim nos primeiros dias aqui

Duda: _ há, e antes que eu me esqueça de perguntar as pessoas lhe tratarão bem por aqui?

Julia: _É.…digamos que eu consegui o meu respeito com o tempo

Duda: _entendo... -continuamos com os assuntos aleatórios e acabamos por colocar todo assunto em dia como eu estava com saudade disso...depois de alguns minutos conversando, nós fomos dormir, pois todo mundo sabe que depois de comer aquela tristeza misturada com sono sempre bate que nem uma voadora nas suas costas, eu me despedi _tchau dois beijos e sonha comigo...espero que não tenha pesadelos.

Duda off:

Julia on: a mesma disse isso já de costas para se retirar, ela me fitava pelo canto dos olhos com um sorriso extremamente perturbador, sempre que ela faz isso eu tenho pesadelos, ela virou o rosto para frente e ameaçou a começar a andar, mas eu a respondi antes mesmo dela dar o primeiro passo _sua desgraçada.

Duda: _também te amo viu! -a mesma se vira totalmente e fala com um ar de alegria com um sorriso sincero estampado no rosto, poucos segundo depois ela se vira e se retira...me parece que não foi só eu que senti saudades, é acho que é melhor eu me retirar também.

Julia off

Duda on: eu fui direto para o meu quarto, quando cheguei tirei tudo que me apertava e deitei na cama e praticamente morri

(Dia seguinte)

Miko on: eu estava na sala do cristal fazendo uma reunião importantíssima sobre o Ashkore (mascarado) com todos os membros da guarda de EL ou quase...eu não sei tá, tem muita gente aqui, quando eu ia começar a falar ouso um estrondo, ao ver o causador de todo esse barulho, senti a minha alma ser tomada polo medo e o desgosto, porem fiz o máximo para manter a postura seria e intimidadora _ Herenvar, o que faz aqui? -não intendo o que ele quer mais.

Herenvar:_ vim pegar o que sobrou do cristal, minha querida Miko – o mesmo disse com um sorriso de deboche

Miko off:

Duda on: eu acordei com o estrondo que provavelmente vinha da sala do cristal, coloquei a primeira roupa que vi coloquei meu coldre na perna encaixando a adaga no mesmo, abri a porta com tudo e sai correndo para a sala do cristal, ao chegar na porta da sala me deparo com um homem que eu não conseguia ver o rosto pois estava de costas, por onde esse homem passava as pessoas recuavam, dava para ver nos olhares de todos que havia medo e nojo principalmente no de Julia, ninguém se atrevia a fazer um ruído se quer, resumidamente um silencio horroroso, mas quando eu entrei no local as únicas coisa que é audível era os meus sapatos nem um pouco barulhentos(SQN!), senti toda a atenção ser direcionada a mim, que situação constrangedora, mas não tenho tempo para pensar nisso, o homem que se encontrava de costas se vira como todos que se encontravam ali, era um homem com cabelos loiros, olhos laranja florescente e uma pele pálida, o mesmo me encara com surpresa e carinho, tenho que admitir que isso foi estranho PRA KARALHO, mesmo com tantos pensamentos consegui identificar que era um anjo caído, enquanto eu me perdia em pensamentos o mesmo se aproximava cada vez mais até estar ficar uns 2 metros de distância de mim, e ficou aquela diferença de tamanho escrota, pois eu sou um cotoco 1,66 de atura enquanto ele tinha tipo 1,90 de altura (;-;) .

Herenvar:_ Meladriel...você estava viva todo esse tempo, haviam me dito que você tinha morrido há 18 anos atrás. 

Duda: _não sou a Meladriel, eu sou a filha dela, e ela não havia morrido nessa época... ela tinha fugido com o meu pai para outro mundo para poder me dar à luz calmamente _eu levantava a cabeça em demonstração de orgulho, mas ele se encontrava com um olhar triste e raivoso.  

Herenvar:_ quem é seu pai?

Duda: _Asmos_ a tristeza se foi e a raiva permaneceu em seu olhar.

Herenvar:_ c-como aquele maldito anticristo conseguiu conquistar uma mulher tão pura como Meladriel, eu irei me vingar a qualquer custo...(interrupção).

Duda:_ você vai vingar o que se ambos estão mortos há 12 anos_ olho para o mesmo com um olhar um tanto quanto ameaçador.

Herenvar:_ então me parece que eu terei que de vez de me vingar do Asmos terei que me vingar de você mesmo, por falar nisso eu odeio lutar com alguém que eu não saiba o nome...o meu é Herenvar.

Duda:_ o meu é Eduarda_ falo puxando a adaga da minha perna, irei deixar ele tentar me atacar primeiro, ele retira seu tesouro sagrado de algum lugar inusitado e o transformo em espada e começa a correr em minha direção e eu mantinha a adaga não transformada na minha mão, e eu não mexia um musculo se quer, eu estava procurando uma abertura para atacar, quando ela salta no ar provável com intenção de arrancar a minha cabeça ou perfurar meu crâneo não sei ao certo, mais de uma coisa eu sei, ele acabou de fazer um movimento extremamente ousado, eu usei minha velocidade que era tipo 500% melhor que a dele transformo a minha adaga em espada e perfuro seu abdome, retiro rapidamente a espada, esse único ataque foi fatal o suficiente para ela cair já sem vida no chão, sinceramente nunca _senti tanta decepção em toda a minha vida_(suspiro)_aff, do que vai adiantar reclamar o melhor a se fazer é esquecer , mais eu me lembro que Miko falou que ia testar minha habilidades, já que eu estou aqui vou aproveitar para me informa melhor, quando eu encaro a Miko a mesma estava pálida e surpresa assim como todos, que situação constrangedora hein, melhor eu acabar logo com isso_ então quando eu vou fazer o teste para provar as minhas habilidades?

Miko:_ acho que já provou suas habilidades até de mais, então você já pode fazer o teste das guardas... Kero já sabe o que fazer_ um homem unicórnio veio em minha direção.

Kero: _por favor me siga senhorita_ por todo o caminho o tal Kero foi me falando um pouco das guardas e de seus líderes... e pelo o que intendi o ezarel é líder da guarda absinto, Valkyon é da guarda obsidiana, Nevra da guarda das sombras e Miko da guarda reluzente, e agora eu tenho que fazer um questionário para tentar entrar em alguma dessas guardas com exceção da guarda reluzente já que a mesma reúne as pessoas mais importantes do QG, quero me levou para a biblioteca, e começou a passar um pequeno questionário de 10 questões com repostas de escolhas pessoais, depois de alguns minutos já havia terminado o questionário e Kero já tinha me informado qual guarda eu tinha entrado...na guarda Absinto, sinceramente eu amo alquimia assim como a minha mãe e meu pai mas... eu realmente não fui com a cara daquele elfo... mas é aquele velho ditado “vamos fazer o que”, o Kero me falou que o Ezarel estaria na sala de alquimia, aff vamos acabar logo com isso, comecei a andar em passos largos até a sala de alquimia, entrei no local sem muitas cerimonias _com licença..._

Ezarel:_ o que faz aqui? _ o mesmo diz com um tom frio e grosseiro, com quem ele acha que está falando?

CONTINUA...  


Notas Finais


e se tiver algum erro de ortografia desculpa :3;
e obrigado por ler;
BYE BYE


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...