História Never be alone - Capítulo 15


Escrita por: ~

Exibições 36
Palavras 872
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - "Vocês dois tão muito estranhos"


Fanfic / Fanfiction Never be alone - Capítulo 15 - "Vocês dois tão muito estranhos"

 

ALEX::

Apaixonados, molhados, sentados no chão... era bem assim que esta a cena por aqui, estou encostada no peito do Shawn, estamos falando sobre toda a trajetória da nossa amizade, depois de mais de 2 horas ali pergunto:

- Você vai querer contar pra todos? Que ficamos?

- Ia falar sobre isso com você agora, acho que não devemos, vamos ficar de saco cheio acho... – Ele diz

- Também acho – respondo

- Então tabom, não contamos nada – ele diz beijando minha testa – vamos? Esta ficando frio aqui com essas roupas molhadas

- Vamos – digo levantando do chão com o auxilio dele

Fomos ate a rua de nossas casas de mãos dadas, já estava tarde então resolvemos ir cada um pro seu canto, eu disse tchau e até amanhã pra ele e me virei, mas ele me puxou pelo braço e me deu um beijo que me fez praticamente flutuar, depois disso ai sim fomos pra casa HAHAHAHAHA.

Cheguei e meu pai estava assistindo TV na sala, fui até ele e dei um beijo em sua bochecha abraçando-o por trás, ele disse:

- E ai? Se divertiu com seus amigos?

- Que amig... – antes de terminar de falar me dou conta de que a "desculpa" que eu dei mais cedo era que ia sair com meus amigos – Foi muiiito legal.... – tendo disfarçar

- Oookay – meu pai percebeu que estava estranha

- o que tem de janta? – perguntei me dirigindo até a geladeira

- Tem macarrão com queijo ai – ele responde do sofá

- Vou pegar um prato e subir ok? – digo

- Okay – ele

Pego um prato e vou pro meu quarto, estava comendo em frente ao meu Macbook quando meu celular apita, era Bea:

"E ai gata, o que fez hoje?"

Eu estava louca pra gravar um áudio de 300 minutos contando tudo que aconteceu na noite de ontem e hoje, mas sei que eu e Shawn combinamos de não falar nada.

"Fiquei em casa assistindo Strenger Things mesmo, e você?" – respondi

"Nada também"  - ela

Ficamos ali conversando, depois fui para o banho e fui dormir já que amanha tinha que acordar cedo.

------------------

Acordo com o barulho do despertador ensurdecedor, levanto e vou tomar banho e depois me visto com uma t-shirt normal com shorts e bota e camisa jeans amarrada na cintura, vou me encontrar com Shawn e assim que o vejo meu coração acelera como sempre, só que eu sempre fui burra a ponto de não perceber isso! Chego perto e nos beijamos, toda vez que aquilo acontecia era uma sensação tão incrível, como se fosse a primeira vez que acontece algo, tipo os 5 primeiros segundos que você morde um chiclete babalu, ou quando você tira aquele casca seca do machucado que cicatrizou.

Chegamos na escola e antes de entrar, nos olhamos e falamos:

- Agir como se nada estivesse acontecendo

E entramos, e de cara avistamos Sammy, Jacob e Bea encostados nos armários, fomos ate eles e cumprimentamos todos, ficamos conversando ate a aula começar (Que por sinal eu não ia ter nada de período livre) e dai avistamos na porta Jack G se pegando com uma menina aleatória, todos estavam olhando pra eles,  fiquei meio de boca aberta mas fiquei um pouco aliviada, então falei:

- Bom, pego menos isso não vai ser um problema

Ficou um leve silencio, tipo *porque seria um problema? Você ficou com ele, e pronto...* Mas no caso eu estou falando no sentido que não vai ser um problema explicar pra ele que estou apaixonada pelo Shawn, mas a Bea perguntou:

- Porque isso seria um problema? – com uma cara meio tosca

Eu fiquei sem saber o que falar mas no mesmo segundo o Shawn deu uma tossiu bem sutilmente sinalizando pra eu não falar merda

- E que eu pensei que depois que a gente ficasse ele ia continuar me enchendo o saco, menino chato! – disse rindo e disfarçando

- Ah – disse Bea, Sammy e Jacob em couro

E Shawn me encarou e sorriu discretamente. O sinal bateu e todos fomos para as aulas, foi um dia chato pra carai! Depois nos encontramos no refeitório como sempre, peguei uma fatia de pizza e sentei na mesa com eles, estávamos comendo quando passou uma menina pela nossa mesa e o Sammy disse para a mesa:

- Meu deus que gata, achou Shawn?

Ele ficou quieto e apenas me olhou com seus olhos castanhos, e a mesa ficou em silencio, então Jacob falou:

- Vocês dois tão muito estranhos – olhando pra nos dois

- Estranhos? – eu e Shawn em couro

- É, bem estranhos – Sammt

- Troca de olhares, sorrisinhos, piscadas, não fazer tal coisa como olhar pra menina gata, que? – Bea

- Não é nada – eu disse me fazendo de desentendida

- Quem ta estranho são vocês que acham que tem algo de errado com a gente – Shawn disse e depois me olhou

- OLHA, ELE FEZ DE NOVO – Jacob disse apontando pro Shawn

- O QUE??? – Shawn confuso

- OLHOU PRA ELA DE UM JEITO ESTRANHO – Jacob

- Vai fazer algo útil Jacob – Shawn disse mordendo uma maçã

Ok, percebi que não vai ser nem um pouco fácil esconder deles, talvez seja melhor contar de uma vez... sei lá

 


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...