História Never Be Alone - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Christian Collins, Crawford Collins, Jack Gilinsky, Kian Lawley, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Cameron Dallas, Fbi, Magcon, Shawn Mendes
Exibições 128
Palavras 1.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 38 - Just go away


Louise Scott Allen Point Of View

Abro os olhos somente quando o carro para no estacionamento do condomínio. Desço antes de Shawn  pega as mochilas no porta-malas e depois vem até mim e segura a minha mão enquanto caminhamos até o elevador. Não demora muito para que finalmente cheguemos na cobertura.  Shawn abre a porta do apartamento e uma sensação imensa de alívio toma o meu corpo quando o meu olhar corre por toda a sala.

- Bem-vinda de volta, Allen.-  ele diz enquanto fecha a porta e deixa as mochilas em cima do sofá.

- Eu senti tanto a falta desse lugar.

- Não tanto quanto eu senti de você.- sinto-o jogar todo o meu cabelo para um lado só e se abaixa para beijar o meu pescoço. Sou  surpreendida quando ele se abaixa e me pega no colo, me fazendo rir alto. 

- Você não precisa me carregar no colo o tempo todo.

- Eu quero te carregar, quero cuidar de você. Eu te prometi que cuidaria, não prometi?

- Eu amo esse seu lado protetor.- digo sem querer soltá-lo quando finalmente chegamos no quarto.

- E eu amo você.- ele sussurra se inclinando para depositar um beijo longo em meus lábios e mordê-lo levemente.- Eu vou encher a banheira para te dar um banho.- assinto quando ele vai para o banheiro. Pego meu celular ao meu lado e demoro um pouco para responder as dezenas de mensagens de Lauren e Kian mas ignoro as incontáveis enviadas por Melissa. Só me dou conta que Shawn já voltou quando sinto-o envolver a minha cintura com cuidado e  me levar para o banheiro. Ele me ajuda a tirar a roupa e a entrar na banheira em seguida. Sinto meus músculos relaxarem com a temperatura deliciosa da água. -Está muito quente? –pergunta se esticando para pegar a bucha e o frasco de sabonete.

- Não. Está ótima. –me distraio brincando com a espuma cheirosa. Shawn começa a lavar minhas costas e eu sorrio sentindo uma satisfação enorme quando ele começa a massagear meus ombros. Fecho os olhos e tombo a cabeça para o lado, mantendo os lábios entreabertos.

- Quando terminarmos aqui, vou fazer chocolate quente para nós dois.

- Eu amo chocolate quente.- digo baixo.

- É por isso mesmo que eu vou fazer. –diz em meio a uma risada e se inclinando para beijar minha testa. Depois de alguns minutos massageando as minhas costas, Shawn desce com as mãos até a minha barriga e eu sorrio involuntariamente ao sentir o seu carinho que fica um bom tempo por ali. Respiro tensa quando sinto suas mãos descerem vagarosamente e me tocarem lá em baixo. Prendo a respiração quando ele começa a movimentar lentamente os dedos por entre meus lábios e esbarra tentadoramente em meu clitóris, descendo e repetindo-o várias vezes.

- Shawn...

- O quê? Eu só estou te lavando.- ele diz soando quase inocente e eu imediatamente olho para o lado, percebendo que ele tenta esconder um sorriso. Suspiro indignada quando ele afasta as mãos dali e  as junta para pegar água e enxaguar todas partes ensaboadas do meu corpo, enxaguando a espuma. Ele se levanta para pegar a toalha e me dá a mão, me ajudando a ficar de pé. Enquanto a banheira esvazia, ele me envolve na toalha macia e se abaixa um pouco. Antes que eu possa questionar, ele me tira do chão e novamente me carrega  despreocupado até a cama. Com cuidado, Shawn me deita e eu me ajeito, deitando a cabeça no travesseiro. Aproveitando a posição em que ele está e esbarro propositalmente meu pé na parte por entre as suas pernas, ouvindo-o soltar um gemido baixo em resposta e me encarar com os olhos semicerrados.- Está querendo me dar o troco?

- Pelo quê?- me faço de desentendida.

- Você sabe sobre o que eu estou falando.

- Não. Não sei.

- Tem certeza que já se esqueceu?- assinto mantendo uma expressão séria.- E se eu te ajudar a lembrar?- ele deita seu corpo sobre o meu com seu cuidado habitual e entrelaça os dedos por entre meu cabelo, o puxando levemente para trás e se inclinando para beijar meu pescoço.

- Acho que é uma boa ideia.- murmuro e  correspondo pacientemente ao beijo carinhoso que ele me dá agora. Sua língua desliza calmamente para dentro da minha boca e eu sinto Shawn apertar minhas coxas e gemer contra minha boca. Sua mão desce pela lateral do meu corpo e me toca novamente lá embaixo, me fazendo arfar. Me contorço quando seus dedos raspam no meu clitóris e eu separo nossos lábios para gemer. Ele se aconchega por entre as minhas pernas e aperta minhas coxas com força. No momento exato em que estou prestes a retirar a sua camisa, a campainha toca.- Merda.- praguejo por sermos obrigados a parar.

- Seja quem for, quando for embora, nós continuamos. Prometo que será melhor do que poderia ser agora.- ele diz baixo e se inclinando para mordiscar a minha orelha, me deixando arrepiada. Em seguida Shawn sai do quarto e fecha a porta. Me levanto preguiçosamente e vou até o closet, pegando um conjunto de lingerie roxo, um short jeans e uma camisa dele. Me visto sem pressa e penteio meu cabelo antes de pegar meu celular antes de ir para a sala. Paro imediatamente no meio do caminho quando olho para a porta e vejo Melissa conversando com Shawn que tem a cara fechada e os braços cruzados. Tento voltar silenciosamente mas ela acaba me vendo e vindo rapidamente na minha direção.

- Oi, Lou.- ela força o sorriso e tenta me abraçar mas eu desvio.

- O que você quer?

- Eu precisava te ver, estava preocupada. Como está se sentindo? E o bebê?- se afasta sem jeito e eu bufo.

- Já me viu, estamos ótimos. Agora você já pode ir embora.- vou até Shawn que continua parado no mesmo lugar.

- Filha, por favor, me escuta. Deixe eu me explicar melhor, eu me expressei mal.

- Eu já ouvi mais do que deveria ouvir.

- Lou...

- Olha, Melissa, eu acabei de voltar para casa depois de ter passado três dos piores dias de toda a minha vida e eu estou simplesmente exausta. Tudo que eu preciso  agora é de um bom descanso e uma ótima noite de sono e não de aturar você falando um monte de merda no meu ouvindo. Então, por favor, vá embora.- abro novamente a porta.

- Minha filha, eu...- reviro os olhos e bufo.

- Não me chama assim, por favor. Isso me causa náuseas.

- É, você está realmente chateada.

- Muito mais do que você jamais conseguiria imaginar.

- Eu vou embora. Entendo que precise de um tempo. Vou esperar pacientemente.

- Tchau, Melissa.-  bato a porta com força quando ela finalmente sai do apartamento.


 


Notas Finais


Finalmente uma atualização <3 E caso alguém tenha vontade de saber quem interpreta a Melissa e o John, a Melissa é a Melissa Ponzio e o John o Ian Bohen, ambos de Teen Wolf. <3 Enfim, tenho a necessidade de avisar de a primeira temporada de NBA está chegando na reta final.
Primeira temporada? Como assim? Terá uma segunda?
SIM, MEUS AMORES. TERÁ SEGUNDA TEMPORADA. Se vocês quiserem, é claro. u.u E, bom, caso tenham ideias para o que pode acontecer na 2T, me digam no twitter: mendespuddin. Estou aberta a sugestões. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...