História Never Be Alone - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Christian Collins, Crawford Collins, Jack Gilinsky, Kian Lawley, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Cameron Dallas, Fbi, Magcon, Shawn Mendes
Exibições 133
Palavras 1.412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - I only wanna do bad things with you


Fanfic / Fanfiction Never Be Alone - Capítulo 39 - I only wanna do bad things with you

Louise Scott Allen Point Of View

Vou  direto para a quarto e entro no banheiro para lavar as minhas mãos que tremem constantemente na água fria da torneira. Lavo meu rosto e depois seco-o com a toalha macia, me virando e encontrando Shawn escorado no batente da porta.

- Tudo bem?- ele pergunta baixo.

- Estaria melhor se ela não tivesse aparecido aqui.- respondo bufando.

- Você não pode ficar nervosa assim, Lou.- ele se aproxima e toca minha barriga, me fazendo desviar rapidamente o olhar para suas mãos.

- Eu sei mas é que... É tudo muito recente, eu ainda não consigo lidar com isso.- digo aflita.

- Você tem todo o tempo do mundo para se recuperar.  Eu vou te ajudar a passar por cima de tudo isso e quem sabe você ainda não acaba perdoando a Melissa?- respiro fundo antes de olhar em seus olhos.

- É, você tem razão.- digo tão baixo que acabo duvidando que ele tenha escutado.

- Sabe do que também tenho razão?- nego esperando ele responder.- Que temos que continuar de onde paramos antes dela chegar.- ele diz sorrindo malicioso.

- Eu concordo.- sussurro em resposta.

E então, Shawn se inclina e me beija carinhosamente nos lábios enquanto suas mãos descem e apertam as minhas coxas, me dando impulso para entrelaçar  as pernas em sua cintura. Ele abraça meu corpo junto ao seu enquanto me leva até a cama e me deita com cuidado, ficando por entre as minhas pernas. Ele se afasta um pouco e roça o nariz no meu, fixando os olhos em mim ao me ajudar a tirar a minha roupa e a lingerie de renda.

- Você é  tão linda. – sussurra, se abaixando para beijar meu pescoço. Afundo a cabeça nos travesseiros e aperto seus ombros, sentindo sua boca deslizar para os meus seios e sua língua tocar meus bicos rijos. Aperto minhas pernas em volta de sua cintura e ele acaricia minhas coxas, apertando-as com força enquanto sinto seu membro ser pressionado contra a minha intimidade já bastante úmida. Ele aproxima a boca do meu ouvido e eu me arrepio ao sentir sua respiração quente tocando a minha pele.

Shawn P. R. Mendes Point Of View

Me afasto um pouco para olhar em seu rosto e sorrio fascinado ao descer uma trilha de beijos por seu tórax e até a barriga onde acabo me distraindo com o pequeno volume e ficando mais tempo do que o planejado. Massageio cuidadosamente seus seios  enquanto passo o nariz na parte interna das suas coxas e sinto seu cheiro maravilhoso cada vez mais perto. Passo meus dedos de leve em sua entrada e noto o quanto está molhada. Observo seus olhos pressionados com força e me abaixo um pouco mais,  analisando  seu clitóris e tocando-o levemente, tendo. Faço o possível para me controlar ao senti-lo inchado e extremamente umedecido.  Me inclino e começo a beijar seus lábios internos encharcados e seu ponto super sensível, em seguida já usando minha língua para fazê-la sentir todo o prazer que merece ter.

Sem avisá-la, penetro-a dois dedos e sorrio orgulhoso ao notar o quão facilmente eles deslizam para dentro dela.

- Shawn...

- Shiu. Fique quietinha, é melhor para absorver todas as sensações.- digo e consigo ver de relance ela mordendo os lábios.

Louise Scott Allen Point Of View

Meu corpo todo se estremece quando Shawn começa a movimentar seus dedos e alcançar com uma facilidade absurda o meu ponto g, onde ele massageia fortemente me fazendo gemer alto e engasgar no fim. Sua língua inicia movimentos circulares e precisos por cada cantinho da minha intimidade, me penetrando um pouquinho ora ou outra e acabo arqueando as minhas costas por causa da sensação enlouquecedora que se espalha por todo meu corpo.

Entrelaço meus dedos por entre seus cabelos e suspiro pesadamente depois de alguns segundos quando o formigamento começa em meu ventre e se alastra fazendo as minhas pernas bambearem. Shawn parece perceber isso e aumenta propositalmente a pressão de sua língua e dos movimentos de seus dedos. Puxo com força seu cabelo e me contorço ao senti-lo morder e puxar levemente meu clitóris, o que me faz ter um orgasmo intenso e precoce.

De olhos fechados, Shawn se ajoelha na cama e eu quase gozo outra vez apenas por vê-lo lamber os dedos  e os  lábios vermelhos  carnudos molhados pelo meu líquido.

Antes que ele diga mais alguma coisa, empurro-o na cama colocando uma perna em cada lado de seu corpo e me abaixo um pouco para tirar sua bermuda junto da cueca enquanto ele tira apressadamente a camisa.

(Ouçam Bad Things - Machine Gun Kelly ft. Camila Cabello)

Será que perdi a cabeça?
Será que estou ficando louca?
Se você soubesse das coisas más que eu gosto
Não acho que consigo explicar
O que posso dizer?  É complicado

Assim que Shawn está completamente nu, apoio minhas mãos em seu abdômen definido e sento lentamente em seu membro, mordendo os lábios na intenção de evitar um gemido alto quando sinto-o completamente em mim.

Começo dando reboladas lentas em seu colo e olhando atentamente para seu rosto que se contorce mais na mesma medida em que eu aumento a intensidade dos meus movimentos.  Me deito em seu peitoral, o beijando com vontade quando minhas mãos descem pelas laterais de seu corpo o arranhando e o sentindo estremecer por causa do meu toque. Nossas línguas dançam em uma harmonia única e nossos corpos se movem de um jeito sincronizado, o que só deixa tudo melhor.

Mordo seu lábio inferior e o puxo com força, sentindo logo em seguida o gosto de seu sangue por entre nosso beijo apressado. Suas mãos apertam meus seios que estão claramente maiores e  ele inverte as posições em um piscar de olhos, ficando rapidamente por cima.

Não importa o que você diga
Não importa o que você faça
Eu só quero fazer coisas más com você
Tão bom, que não dá para explicar
O que posso dizer, é complicado

 

Não consigo evitar o gemido  arrastado quando sinto-o morder  meu  mamilo rijo e aumentar repentinamente a velocidade das estocadas. Com uma das mãos Shawn puxa meu cabelo para trás, o que o permite ter um acesso maior à toda a região do meu pescoço e garganta, lugares onde ele beija e suga com força, me fazendo ter a certeza que marcas absurdamente roxas ficariam ali depois. Com a outra mão ele desce pela minha barriga e fricciona o dedo em meu clitóris super inchado, iniciando movimentos rotativos e surpreendentemente rápidos.

Vá até o chão como a batida, eu tenho o que você sonha
Suas unhas arranham as minhas costas em um ataque
Eu acho que quando você grita
E você me atinge com esses quadris
Enquanto meus dentes afundam em seus lábios
Enquanto seu corpo me curte
E você está sufocando o meu beijo

Meu corpo todo treme e eu solto um grito alto e agudo quando ele atinge o meu ponto máximo. Shawn repete esse mesmo ato mais algumas vezes e eu arranho suas costas com as minhas unhas afiadas sem me importar se ficariam marcas muito vermelhas depois.

Mordo novamente seu lábio cortado e entreaberto e aperto sua bunda gostosa, gemendo junto com ele  quando sinto meu segundo orgasmo da noite me atingir sem piedade. Deixo meu corpo extremamente cansado, suado e derrotado cair na cama enquanto ele dá suas últimas estocadas. Poucos segundos depois o líquido quente me preenche e Shawn cai ao meu lado com a respiração descompassada.

Você é a minha ficção bonitinha
E eu sou a voz em sua cabeça
Que fica te falando para escutar
Todas as coisas más que eu digo e você diz

O cheiro de sexo toma conta do quarto e mesmo estando fazendo um frio congelante lá fora, o calor aqui dentro é quase insuportável.

Jogo no chão todos os lençóis e cobertores que ocupam um espaço considerável na cama e me deito atravessada, apoiando minha cabeça no peito nu e suado do meu homem e ficando fascinada quando sinto o quanto seu coração bate descontrolado. Sorrio quando ele se ajeita para ficar na mesma posição que eu e entrelaça uma de suas pernas nas minhas, me envolvendo com seus braços fortes e acabando com qualquer mínimo espaço que há entre nós.

O jeito como nos amamos, é tão único
E quando nos tocamos, estou arrepiada
Ninguém tem que entender isso
Apenas eu e você
Pois estamos apenas vivendo
Entre os lençóis


Notas Finais


Um dos melhores hots que já escrevi até hoje, pqp <3 Demorei a tarde inteira escrevendo. Apagava um monte de coisas e depois reescrevia, até alcançar o meu objetivo e consegui alcançar. Espero que gostem. Comentem e me façam feliz.
Ah, minhas dms no twitter estão abertas para caso vocês tenham alguma sugestão para a segunda temporada ou fazer qualquer pergunta sobre a fic. E também estava pensando em criar um grupo no WhatsApp, o que acham? Se eu receber bastantes comentários apoiando, vou criar. Me enviem seus números pelo twitter. User: mendespuddin. Enfim, amo vocês. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...