História Never Be Alone (em hiatos) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Origem dos Guardiões, Como Treinar o seu Dragão, Enrolados, Frozen - Uma Aventura Congelante, Valente
Personagens A Fada dos Dentes, Alvin, o Traiçoeiro, Angus, Anna, Astrid, Bafo e Arroto, Banguela, Batatão, Bicho-papão (Pitch Black), Bocão, Breu, Bruxa, Bruxa Excelinor, Bulda, Cabeçadura Thorston, Cabeçaquente Thorston, Camicazi, Caminhante do Vento, Cliff, Coelhão, Copp, Dente-de-Anzol, Duque de Weselton, Elsa, Flynn Rider, Fúria da Noite, Furioso, Gothel, Grand Pabbie, Hans, Jack Frost, Jamie Bennett, Kristoff, Lorde Dingwall, Lorde MacGuffin, Lorde Macintosh, Marshmallow, Maximus, Melequento, Mérida, Mosca da Tempestade, Norberto, o Demente, Norte, Oaken, Olaf, Pascal, Perna-de-Peixe, Personagens Originais, Presa de Odin, Rainha Elinor, Rapunzel, Rei Fergus, Sandman "Sandy", Sitron, Soluço, Sombra Mortal de Três Cabeças, Sophie Bennett, Stoico, Sven, Valhallarama
Exibições 29
Palavras 562
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Nao costumo dar avisos na minha histórias, mas só deixo claro que:
- A capa e de minha autoria, não totalmente, pq peguei a foto Jelsa na internet, mas o resto e de minha autoria, assim como a história.
- Assim como a capa a história também é de autoria minha.
Boa leitura.
Kisses de morango.

Capítulo 1 - Um.


Flashback on

A água caia da torneira, em alguns casos eu poderia congela-la, mas não fiz isso. Minha mãe estava falando ao telefone, e parecia aflita. 

Eu tinha apenas 10 anos nessa época. E eu parecia muito entretida no meu sorvete de morango. 

       Quando minha mãe desligou o telefone, ela se virou entre eu e minha irmã Anna, que estava comendo a comida dela. 

      - Oque foi mãe? - perguntei nem olhando para a mesma. 

           -  Elsa......Eu e seu pai....Teremos que fazer uma viagem de negócios...Você ficará com Anna e com os empregados. 

Anna começou a chorar. 

    - M-mas....O-oque...? Mãe, porque não podemos ir junto? - perguntei confusa na época. 

            -   Coisa de adultos, Elsa.

            - Mas eu quero ir com você mãe! - gritei. 

           Ela veio em minha direção e ao invés de me mandar para o quarto como fazia todas as vezes (isso se não me batia) me abraçou. Fiquei meio :o que ta acontecendo? 

          - Ah....Elsa, se eu pudesse ficaria todos os dias com você e com Anna, mas....Não posso. - ela começou a chorar. 

            - Desculpe mamãe. 

            - Tudo bem...Elsa. só me prometa, que vai cuidar bem de Anna. - ela sorriu de canto. 

Assenti e sorri igualmente abraçando minha mãe em seguida. 

~ Seis anos depois. 

Olhando para a janela me lembrei de quando eu tinha meus dez anos. Do meu último abraço de minha mãe e de como sentia falta dela. 

Quando falaram para mim e para Anna que, teríamos que ir a um internato em Nova York, me senti feliz por algum motivo. Mesmo não sendo porque, eu iria morar la. Eu queria conhecer novos lugares,  explorar. 

    O que, de certa forma me deixou mais surpresa era ver minhas amigas de infancia: Mérida e Punzie, e meu amigo de infancia: Hiccup (N/A: Me corrijam se eu estiver errada. ) Isso me fazia lembrar de um amigo que eu tinha...Não me lembro de seu nome, só o seu rosto, seus cabelos eram castanho escuro e seus olhos também, sua pele era pálida, ele era alto e magro, bonito e lindo. Admito que, eu tinha um certo amor platônico por ele. 

    Mas pensar nele também me traz arrepios. Pelo oque eu lembro desse garoto, tínhamos passado momentos bons, mas....Até que um dia, quando éramos já adolescentes, acho que eu tinha uns 13 anos, eu me declarei e ........Só posso dizer uma coisa: Deu merda. 

      Esquecendo esse assunto, acabo por lembrar de meu quarto, eu terei uma colega de quarto ou um colega, mas não sei quem é. 

           Hoje passaremos o tempo para nós adaptar, só amanhã que a coisa vai ficar realmente seria e muito, muito chata. 

Okay, posso admitir que gosto de estudar, e que, sou muito boas nos estudos, mas sempre vai ter uma matéria que eu vou odiar. Que é nada mais nada menos que a Grande e nada legal (para mim) Matemática. Sei lá, esse negócio não entra na minha cabeça, quer dizer, eu decoro e até entendo, mas quase durmo em todas as aulas.  

Isso acontecia por que eu ficava madrugando na Internet ou jogando vídeo game ou lendo. 

  E sim, eu falo demais mesmo. 

   Resumindo: Não ligue pra isso. 

    Por azar, Anna não vai ser minha colega de quarto, nem Punzie, e nem Mérida. 

         Como eu estava super intediada,peguei um livro qualquer meu e comecei a ler. E sem perceber, acabei adormecendo. 


Notas Finais


Foi isso pudins.
Até o próximo capítulo.
Gostou? Comente!
☺☺☺☺☺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...