História Never Change - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Tags Drama, Undertale
Exibições 10
Palavras 425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Sci-Fi, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pessoal eu não sei ainda se vou usar o sistema de POV ou não digam o que acham: Uso ou não uso?
De novo um aviso: A história vai tomar rumos complexos e meio doidos e como disse no capítulo anterior pode demorar a lançar ou levar cerca de horas para sair caps pois já tenho parte da fic na cabeça só que a desvantagem é que alguns pontos eu terei que criar ainda OK.
Mais um aviso Sans narrará grande parte do cap!

Capítulo 2 - Prólogo pt.2


Frisk estava desacordada pelo machucado que a pancada do estilhaço causara. Tentei acorda-la, mas não adiantava ela não queria levantar, seu corpo estava quente como fogo, isso era estranho pois a temperatura estava relativamente baixa.

- Papyrus me ajuda a levanta-la!

- Tô indo irmão! – Disse me ajudando.

- Precisamos leva-la pra Alphys, ela sabe o que fazer.

Ouvi os soldados subindo então começamos a correr. Chegamos a uma janela e vimos que do lado havia outro prédio, tive uma ideia maluca, olhei para Papyrus e ele adivinhou o que eu estava pensando.

- Sans, você só pode tá louco.

- Mas é o único jeito!

- Que merda Sans!

Segurei Frisk no colo e pulei pela janela a quebrando com o impacto do meu braço esquerdo, meu irmão pulou em seguida.
Meu pés atingiram a outra janela, acabei caído de lado me machucando um pouco, Papyrus conseguiu cair de pé.

- Irmão você está bem?!

- Sim tô  bem e Frisk também, vamos sair daqui!

Começamos a descer as escadas rapidamente, chegamos ao térreo e corremos pra saída. Já podia ver Undyne batalhando contra os soldados, ela invocou várias lanchas e as atirou contra um humano o dilacerando, mas também podia ver o contrário, um humano atirou sem piedade em um guarda real soltando muito sangue e logo virando poeira, aquela cena era horrível de se ver.

- Vamos logo Sans, a humana precisa de nós!

- Vamos!

Começamos a correr pela rua, vários outros monstros também estavam fugindo, alguns foram acertados por balas e logo em seguida morreram, mas o mais importante agora era ajudar Frisk, sua pele cada vez esquentava mais, e não era só com ela que estava preocupado, Toriel ainda não voltara, por favor Tori esteja viva!

Levei um tiro de raspão nas costas!

- GGHHHHGHGH – Gemi de dor

Avistei um franco-atirador no auto de um prédio, invoquei um Gaster Blaster e atirei no atirador.

Depois de muita caminhada conseguimos chegar ao laboratório da Alphys.

- Alphys, Alphys! – Gritei

- Sans?

- Ai meu Deus, Frisk! – Gritou Alphys

- O que diabos aconteceu??!

- Tomou um tiro no braço e sofreu pancada forte na cabeça – Respondeu Papyrus no meu lugar

- Dá ela aqui. Entreguei Frisk nos braços da Alphys

- Pode ajuda-la? – Perguntei

- Vou ver o que posso fazer, podem ir, que Deus lhe acompanhem

- Deus acompanhe Frisk também.

Alphys foi para a porta dos fundo de seu laboratório enorme e meio bagunçado, nós sabíamos que seu verdadeiro laboratório ficava embaixo do solo.

- Tchau Frisk – Dissemos              
         


Notas Finais


Galera até agora foi só prólogo, mas eu prometo que o próximo cap vai ser oficialmente o primeiro.
Vcs podem até achar esse cap um oficial, porém a história verdadeira começa dps
Espero que tenham gostado :)
Se tiverem uma crítica ou sugestão podem dizer!
TCHAUUUUUUUUUU!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...