História Never Ending - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Fifth Harmony
Exibições 116
Palavras 1.785
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 35 - Kisses


 

POV Camila 

4 mêses depois

O tempo passou rápido é hoje era o dia do casamento da Ally e Troy, eles resolveram fazer a cerimônia em Dallas assim nós voamos até aqui. Como todo casamento que se prese teve uma despedida de solteiro que de início Ally não queria, mas Dinah insistiu e assim fizeram, agora estou aqui com uma grande ressaca enquanto Lauren está jogada na cama ainda dormindo 

- Ei... Já acordou amor - Ela falou se revirando na cama

- Você diz já? Pra sua informação o casamento é daqui a 4 horas, então levanta essa bunda branca e vamos cuidar em nos arrumar - Falei indo pra o banheiro

- Que mulher mandona... Gosto tanto disso - Lauren chegou me encurralando na pia

Tentei saí mas ela foi mais rápida e me colocou em cima da pia, Lauren já ia se encaixando no meio das minhas pernas e beijando meu pescoço. Assim fomos pra o chuveiro, levamos mais ou menos uma hora pra sair porque é claro que não tomamos só banho. Esses 4 meses de namoro estão sendo maravilhosos, pouco brigamos e o maior tempo que ficamos sem nos falar foi duas horas, porque logo ela veio no meu apartamento com um buquê de flores me pedi desculpas por seu ciúmes bobo. A cada dia que passava eu me via mais apaixonada, e isso é maravilhoso quando você vê que é recíproco

- Como estou? - Perguntei sobre minha roupa pra o casamento

- Você está igual a mim, igual a Dinah e Mani afinal somos madrinhas e estamos com o mesmo vestido - Ela respondeu debochando

- Cavala... Era pra você dizer assim "Amor apesar de estarmos com o mesmo vestido, você está incrivelmente linda e gostosa" - Falei e ela riu

- Certo... Amor você está linda e gostosa demais, não vejo a hora do dia chegar ao fim pra te desfazer desse vestido - Lauren falou no meu ouvido enquanto me abraçava por trás

- Você é uma idiota, desisto - Falei rindo e me soltado dela, Lauren gargalhou e voltou a se arrumar, incrível como a nossa relação sempre era assim, não perdíamos tempo em nos implicar e nem falar em sexo, mas também tinha aqueles dias que era puro amor. Eu adorava todos essas nossas facetas

A pois algumas horas já estávamos na igreja a espera da noiva, isso logo aconteceu Ally apareceu na porta da igreja com seu vestido maravilhoso, ela tinha um sorriso imenso nos lábios e caíam algumas lágrimas de emoção, afinal não é todos os dias que casamos e muito menos com a pessoa que amamos. Ela realmente estava feliz assim como o Troy também, quando a cerimônia acabou, saímos da igreja e fomos pra casa do Troy que seriam onde a festa aconteceria, todos estavam em volta dos noivos pra lhe desejarem os parabéns

- Vem comigo amor - Lauren falou me puxando

- Pra onde? - Perguntei sem obter resposta, ela me guiou pelo meio das pessoas até entrar na casa, pegamos um caminho que me era conhecido e tive certeza disso quando entramos no escritório do Troy, meus olhos vagaram pela sala e não deixei de sorrir 

- Pelo seu sorriso acho que lembrou não é? - Lauren perguntou levando suas mãos pra minha cintura

- Lógico amor, dois anos se passaram desde a nossa primeira vez aqui - Falei repousando minhas mãos nos ombros dela

- A quase dois anos eu provei você pela primeira vez - Ela disse sorrindo de lado, revirei os olhos rindo

- Você ta muito safada hoje Lauren, será que não pode ser mais romântica estamos em um casamento

- Você tem razão... Camila a quase dois anos atrás fiquei com você a primeira vez, mas por incrível que pareça naquela noite eu já estava perdidamente apaixonada por você, hoje vejo quanta sorte tive em quase bater naquele táxi em que você tava com a Dinah, a primeira vez que meus olhos bateram nos seus parecia que foguetes estavam em meu estômago... Você foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida - Lauren falava enquanto acariciava meu rosto

- Uau... Assim você me deixa sem graça, saiba que tudo que você falou é recíproco, na noite do show em que te beijei parecia que meu coração era uma escola de samba, céus quanta sorte em ter você na minha vida - Falei e logo selamos um beijo, mas Lauren se afastou rapidamente

- Srta. Cabello aceita se casar comigo? - Ela disse de joelhos, arregalei meus olhos totalmente destabilizada com aquela cena

- Porra Lauren... O que? Meu Deus - Falei trêmula vendo a aliança na caixinha vermelha

- Isso é um pedido de casamento Camila, seria ótimo se você respondesse pra que eu ficasse em pé - Ela disse com aquele sorriso maravilhoso, mas a ficha não caía, Lauren não podia estar falando sério, a puxei pra que ficasse de pé e ela me olhou confusa 

- Você é uma louca... Eu te amo tanto, é claro que me caso com você... Hoje mesmo amor - Falei a beijando um tanto desesperada

- Calma hoje não... Por enquanto você é minha, a minha noiva - Falou colocando a aliança. Eu já era inteiramente dela

POV Lauren

Fazia 4 meses desde os meus planos de passar a minha vida ao lado da Camila, sei que era cedo pra casarmos mesmo assim queria um relacionamento ainda mais completo, então decidi fazer o pedido. Meu coração estava a mil por horas e ver o sorriso dela fez ele acelerar ainda mais

- Agora que tal relembrarmos a nossa primeira vez aqui - Camila disse mordendo o lábio

Tenho a noiva mais sexy e adorável do mundo, envolvi ela em meus braços e caminhamos pra o sofá, senti um turbilhão de sensações naquele momento, agora era diferente naquele dia estávamos transado e agora estávamos nos amando, posso ser uma trouxa mas quem não é tendo Camila Cabello. Depois de nos entregar ao prazer, ela deixou seu corpo sobre o meu e meio a carícias acabamos dormindo

- Amor? - Falei beijando o topo da cabeça de Camila que dormia - Acorda, temos que voltar pra festa

- Podemos ficar aqui mesmo - Ela falou sorrindo

Camila levantou a cabeça pra me olhar, sorrisos brincavam em nossos lábios, os meus castanhos favoritos estavam tão brilhantes, o que me deixava imensamente feliz por saber que se alguma forma era por mim, impossível não ser feliz com Camila do lado. Eu sou muito apaixonada sim, e sou muito sortuda também

Depois de insistência minha acabamos saindo do escritório e voltamos pra festa, não vimos nenhuma das nossas amigas, então decidimos ir dançar um pouco. Não sei quanto tempo ficamos na pista de dança, apenas percebemos que foi por muito tempo quando as pessoas começaram a ir embora, também estava na nossa hora

Pegamos um dos táxis disponíveis e voltamos pra o hotel em que estávamos hospedadas, ficaríamos aqui até amanhã à tarde, depois pegamos um voo até Miami onde vamos passar o resto das nossas férias. A escolha veio das duas já que nossas famílias moram lá, seria a primeira vez que íamos juntas

- Sua mala já está pronta? - Perguntei vendo Camila se aproximar, ela respondeu afirmando um sim com a cabeça - Então acho que já podemos ir, vamos nos despedir das garotas?

- Vamos - Ela falou sorrindo, mas tinha algo errado 

- Está tudo bem? - Perguntei preocupada

- Só estou nervosa, por causa de nossos pais - Camila respondeu me abraçando - Na verdade, estou preocupada com os seus

- Já conversamos sobre isso, meu pai está louco pra te conhecer - Falei animada, realmente meu pai estava afim de conhecer Camila a muito tempo

- Mais e a sua mãe? - Ela perguntou, então entendi sua preocupação

- Você sabe que com ela vai ser mais difícil, mas meu pai já conversou com ela e garantiu que ela ia se comportar - Falei tentando passar segurança, até mesmo pra mim

Eu esperava que a minha mãe tivesse aberto mais a cabeça sobre esse assunto, mas tenho quase certeza que ainda continua a preconceituosa que sempre foi, sendo assim a minha única esperança é que ao menos ela não tratasse Camila mal. Caso isso aconteça, não sei qual será a minha reação

Já tava anoitecendo quando saímos do Texas rumo a Miami, chegaríamos lá umas oito horas da noite, já foi decidido que cada uma ia pra suas respectivas casas, odiamos essa decisão já que nos impossibilitava de dormir juntas, coisa que fazemos quase todos os dias. Apesar de ser difícil termos que ficar separadas, precisávamos ficar com nossas famílias um pouco

- Você sabe que não vou conseguir dormir sem você não é? - Camila falou me abraçando de lado, seu jeito era tão fofo 

- Você sabe que isso também se aplica a mim não é? - Falei rindo fraco

Já estávamos no táxi indo primeiro pra sua casa que ficava não muito longe da minha, durante todo o caminho aproveitamos mais um pouco, trocando alguns beijos e muitos abraços. Só paramos quando chegamos na frente de sua casa, desci do carro pra lhe ajudar com as malas, não demorou muito e dona Sinu surgiu correndo em direção da filha, as duas ficaram abraçadas por alguns segundos até que Sinu veio me abraçar, não foi muita surpresa, todas as vezes que nos encontramos ela foi um amor comigo

- Você tem certeza que não quer ficar aqui Lauren? - Sinu perguntou

- Obrigado, mas tenho que ir pra minha casa também - Respondi seu convite gentilmente

- Você sabe que não tem problema, você e a Camila podem dormir juntas no quarto dela, afinal vocês dormem juntas mesmo - Sinu falou rindo um pouco

- Mama, a Lauren ficou vermelha com esse seu comentário - Camila falou também rindo, tal mãe, tal filha

- Desculpe Lauren - Sinu falou ainda rindo, fiquei com vontade de enfia minha cabeça em um buraco ao ver as duas rindo de mim - Vou colocar suas malas pra dentro, se despeçam garotas

- Vocês são demais - Falei vendo Sinu entrar na casa, me aproximei de Camila e lhe - Queria ficar e dormir com você na sua cama, fazer amor com você bem baixinho pra que seja pais não ouvissem

- Lauren Jauregui, você não deveria ter comentado isso, agora vou pensar em você a noite inteira - Camila disse sorrindo de lado, aquele sorriso safado e doce que só ela tem 

Ela acabou com a distância de nossas bocas iniciando um beijo calmo, seria péssimo ficar sem aqueles lábios, uma tortura



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...