História Never Forget - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~gabs340

Postado
Categorias Originais
Exibições 8
Palavras 1.597
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Transsexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi galeris, tô de volta.😉
Eu sei q n faz mto tempo que postamos o último cap, mas como somos muito legais trouxemos outro pra vcs hj 😜, mentira, eh só q ficamos mto tempo sem postar daí resolvemos postar um em seguida do outro já q já tava pronto.😂😂😂
Bom a imagem do cap n foi eu q tirei😊, eu peguei na web pra ilustrar cm eh +ou- o pátio do chafariz na escola deles.😉
Até as notas finaaaaaaaaais.😘

Capítulo 4 - Talk - Bomb


Fanfic / Fanfiction Never Forget - Capítulo 4 - Talk - Bomb

Kalinda Pov's

 

O sinal soa pro início do intervalo, eu e Mike vamos o mais rápido possível para a fila do café, pois a fila sempre fica muito grande naquela hora da manhã.

Não dá 5 minutos e Beth chega dizendo que estava me procurando.

- Eu tava aqui com o Mike na fila, onde tu tava?

- Eu fui pegar os matérias pra fazer o dever de Biologia.

- O gurias eu vou dar uma passadinha ali no banheiro, Beth guarda o meu lugar por favor. Depois te passo o dever de Bio.

- Ok - falamos eu e Beth ao menos tempo.

Quando estávamos sozinhas virei para ela e falei.

- E como vai o Noah, hein?

- Não sei, pergunta pra ele.

- Bem que vocês podiam ficar na festa, né?

- Primeiramente, não e, segundamente, nem sei se ele vai.

- Tá mas e se, hipotéticamente falando, se eu falasse c ele sobre isso e ele fosse na festa e quisesse ficar contigo, tu ficaria?

- Nem pense nisso.

-Nem pense nisso o que? - fala Mike se aproximando de nós.

- Nada não. - fala Beth apressada.

- Hum, sei.

- Fica tranquilo Mike, papo de guria, tu não vai querer saber o que era. - falo salvando a pele daquela praga.

//

No corredor das salas de aula olhei o celular para ver as horas, eu havia demorado muito no banheiro, depois que o sinal bateu para a aula de Biologia após o recreio - estava 5 minutos atrasada - só me restava torcer para que Thiago - professor de Bio - me permitisse entrar na sala.

Na frente da porta 406 - sala de Bio - encontro minha colega, Beatriz escorada em frente a porta.

- E aí! Por que tá fora da sala, Triz?

- E aí, Kaka - fala meu apelido com um ar irônico - Aff, o Thiago disse que eu o insultei e que tenho sorte por que ele iria apenas me tirar da sala. Pff, cara idiota.

- O que tu fez dessa vez?

- Como assim?

- Tu não é santinha pra ele ter te tirado da sala por nada.

- Ahh, tendi. Eu apenas disse para Carol, que estava do meu lado, que o considerava um idiota metido a besta, só que, ele me viu pediu que eu me levantasse repetisse bem alto o que eu havia dito para Carol e quando eu disse ele me expulsou.

Olhei para o relógio novamente - que maravilha, estava 10 minutos atrasada - fiquei conversando com a Triz e esqueci do tempo, me despedi e bati na porta.

- Oi, Thiago, será que o senhor me permite entrar na sala? Eu me atrasei um pouco, sinto muito.

Me fez um leve aceno com a cabeça e um gesto com a mão.

- Claro, querida, sente - se rápido!

Enquanto ia para meu lugar ele olhava para o relógio conferindo a hora.

- Minha nossa Senhora! Você disse um pouco?

- É, o banheiro é meio longe das salas, sinto muito novamente, senhor!

- Tudo certo, só não gosto que me chamem de senhor.

Ele se virou para o quadro escreveu alguma coisa que eu não entendi.

- Bom, como eu estava dizendo...

Como eu gosto do Thiago, ele é com certeza o melhor professor que temos.

//

Os períodos passaram voando até a hora do almoço, o que era bom porque na aula de Física lembrei que Jack queria falar comigo então fui a sua procura.

Não o encontrei na lanchonete, então fui o procurar no nosso lugar preferido do colégio, o pátio do chafariz. Como esperado ele estava lá. Aproveitei que ele estava de costas para a entrada a qual eu estava para lhe dar um peteleco na nuca.

- Aí, chata!

- Também te amo! E aí, o que era tão importante que queria conversar? E que história é essa de o Josh não ser uma boa pessoa?

- Eu não tinha pedido pra ti trazer a Beth junto?

- Tinha mas eu tava muito curiosa pra esperar aquela cria.

- Tá que seja, é o seguinte, eu sei que tu tá afim de ter alguma coisa com o Josh, mas não vai rolar.

- Por que? - perguntei.

- Simples, para a festa ele convidou todas as gurias que ele gostaria de pegar, fez uma lista com o nome de todas e vai apostar com os amigos dele quem pega mais gurias na mesma festa. Linda tu tá na lista dele, na verdade, tu e a Beth estão na lista da maioria dos guris.

- Pera não entendi.

- Ele quer ficar contigo? Quer, mas não pelo mesmo motivo que tu quer ficar com ele.

- Puta que pariu

- Linda, a única coisa que eu te peço é para não ir nessa festa, eu te imploro, não vão nessa festa. Muitos desses guris não se importam se vocês garotas, das suas respectivas listas, querem ou não ficar com eles e esse é o caso do Joshua. Linda, presta atenção, se tu for e ficar com ele, tu vai acabar se machucando e eu não quero isso pra ti, entendeu?

Soltei um - WOW - baixo mais para mim do que para ele, estava muito atordoada com a notícia. Eu sempre acreditei nele, mas dessa vez, não me parecia algo real, era elaborado de mais para a cabeça de garotos. Mas por que Jack faria isso comigo? Eu estava muito confusa, precisava encontrar Beth.

- Jack eu...

O sinal tocou me interrompendo.

-|TRIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM|-

Tinha que ir para a aula

- Eu preciso... É... Nós precisamos... Nós precisamos ir... Temos... Temos aula... Falei toda travada tentando processar a bomba que acabará de cair sobre mim enquanto me virava para o corredor da sala da próxima materia. Então sinto a mão de Jack em meu pulso, delicadamente mas firme, me obrigando a olhar para aqueles lindos olhos azuis.

- Linda, promete pra mim que tu não na festa? Nem tu nem a Beth.

- Se eu fosse, quer dizer, se nós fossemos, me... nos protegeria? - Eu acabou falando bem mais baixo do que eu gostaria mas ele entendeu.

- Claro que sim mas, vocês não vão né? Foi uma pergunta hipotética e tu me promete que vocês não vão. - fala Jack todo protetor ainda segurando com firmeza meu pulso mas com cuidado para não me machucar, não tinha raiva em seu gesto apenas preocupação.

- Isso, claro eu... eu prometo.

- Ótimo, depois fale para a Beth por favor. Vamos rápido, não queremos perder a aula de Filosofia. - Enquanto fala, escorrega sua mão pelo meu pulso fazendo - nos ficar de mãos dadas e me puxando levemente para o corredor.

//

Não sei se eu ficava feliz ou triste por a professora de Filosofia ainda não ter chegado na sala, feliz porque eu poderia falar com aquela cria e triste porque provavelmente ela iria querer falar com os guris também mas eu não queria isso no momento.

Entrei com Jack pela porta e a sala estava uma bagunça ao me ver Beth encabulou, fechou a cara, e só faltava gritar comigo.

- Queridaaaa, sê num tinha combinado comigo que nós ia almoçar juntas?

- Tava no pátio do chafariz com o Jack. Desculpa não ter avisado, depois preciso falar contigo urgente.

- Vish, lá vem bomba, fala cria.

- Não, na verdade, precisa ser a sós.

Ela me olhou com uma cara de desconfiada e então a prof Paula chegou, hoje ela estava muito bem humorada o que era bom porque a aula seria legal.

//

Depois de muito tempo, as aulas finalmente acabaram e durante os períodos, Mike, Jack, Noah, Beth e eu tínhamos combinado de ir todos juntos para o quarto dos guris para fazer uma noite de verdade ou consequência.

Eu guardo meus materiais muito rápido então enquanto os esperava percebi que Triz ainda não tinha ido embora mas já estava com os materiais guardados, me aproximei.

- Eu tava pensando num treco aqui, eu comigo, só que eu preciso de alguém que tope fazer junto comigo daí pensei em ti e a Beth.

- Que treco?

- Acho melhor não falar aqui, então vamo aproveitar que amanhã é feriado e depois é find e vocês duas vão dormir no meu dormitório, pode se?

- Aham, tranquilo, até amanhã Triz.

- Até, Kaka. - Nunca entendi por que sempre que ela fala meu apelido fala com voz irônica mas, me virei e só faltava a Beth terminar de arrumar os matérias então fui indo pro dormitório dos guris na frente, com Mike ao meu lado e Josh atrás de nós.

- Vocês não acham melhor esperar Beth e Noah? Afinal ele não conhece a escola direito, pode se perder. - Mike fala parando de repente.

- Nem, vamos dar um tempo para os pombinhos. - Eu

- E outra, a Beth sabe ir para o nosso dormitório caso Noah se perca. - Jack

//

Chegamos no dormiório deles e Jack foi pro banheiro tomar banho, eu me sentei na cama de Jack que era a cama de baixo do beliche do quarto deles e Mike sentou no chão na minha frente e falamos sobre a aula.

Quando Jack abre a porta do banheiro a porta do quarto também abre mostrando Beth e Noah conversando sobre a aula. Então Jack olha para nós e diz.

- Todo mundo faz uma rodinha aí, que a gente vai começar a jogar. Vou pegar a garrafa. - E vai em direção a cozinha.


Notas Finais


Eai, oq acharam? Me fl ali nos comentários😉. Gostaram do clima q rolou entre a Kalinda e o Jack?😍
Tivemos uma nova personagem nesse cap e altas revelações se gostaram se preparam o próximo é POV'S BETHANY e vai ter treta viu. Ksksk espero vcs lá bjuss morecos. 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...