História Never Gone - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Backstreet Boys
Exibições 11
Palavras 1.584
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - See you again...


 

Quando chegamos no meu apartamento, Adam tratou de ligar para Sally e inventou que desmaiei e que estava em observação no hospital, mais que sairia no final do dia e que a médica ordenou que eu ficasse em repouso, ou seja, ela teria que ir ao coquetel sozinha. Depois preparou um chá para que eu pudesse colocar alguma coisa no estômago e veio até o quarto...

- Pronto, agora me conta tudo – entregou a xícara de chá

- Vou contar o que??  - bebi um pouco e quase coloquei pra fora

- Ali – pegou a xícara de volta – se voltarmos um pouco no tempo, você engravidou em maio e pelo que me consta em maio você estava no cruzeiro...

Nessa hora eu comecei a chorar....Adam me abraçou

- Foi no cruzeiro não foi?? – acenei com a cabeça – me diz...- me olhou

- Eu não podia imaginar que isso pudesse acontecer – aos prantos

- Ninguém pode prever o que vai acontecer e se aconteceu é porque existe um propósito maior que nunca vamos entender – secou minhas lágrimas – quem é o pai??

Respirei fundo e contei...

- Kevin!!!

- Oh meu deus!! – ele se assustou - e vocês estavam juntos agora a pouco !!!

- Estava – passando a mão pelo cabelo – ele me agarrou pra não ser atropelada

- E com razão né, saiu feito um trem desgovernado do hospital... o que você vai fazer??

- To completamente perdida...- levantei da cama – to num pesadelo tremendo!!

- Não fala isso, filho nunca é pesadelo...tudo bem que são umas pestes as vezes – ria – ai me desculpa. Vai contar pra ele??

- Como eu vou contar criatura?? ” Oi Kevin, lembra de quando transamos durante o navio?? Então mesmo eu tomando a injeção, eu engravidei e você é o pai!!!” – fiz cara de  deboche

- Mais ele precisa saber – levantou – você não fez sozinha!!

- E como eu vou jogar uma bomba dessas?? Se pra mim ta difícil de acreditar ainda, pra ele o vai ser pior  por que ele é casado e tem dois filhos tbm... – andando de um lado pro outro

- E vai esperar essa criança nascer??  - me segurou

- EU NÃO SEI ADAM – gritei - eu não sei – comecei a chorar

Adam saiu para comprar os medicamentos que a doutora tinha prescrito e quando voltou eu estava dormindo e ele dormiu em meu apartamento. Naquela noite tive pesadelos terríveis

- Kevin..eu to grávida!!! – sorria para ele

- E você acreditou mesmo no que eu falei pra você...que iríamos ficar juntos?? Como você é trouxa Alice – rindo – arruma outro babaca pra cair nesse golpe... – gargalhava e saia andando

- Não Kevin...por favor não... – chorando

- NÃAAAAOOO!! – acordei assustada

- Quem tá ai... – Adam entrou com um taco de baseball nas mãos – aparece!!

- Adam .... – chamei por ele

- Ta tudo bem?? Você ta bem?? – abaixou o taco

- Tô...mais tive um pesadelo com ele... – me acalmando

- Ai Deus – correu até mim

- Que horas são?? – olhei o relógio na cabeceira da cama

- 08:30...quer comer alguma coisa??

- Tô sem fome...

- Pelo amor do pai celestial, você tem que colocar alguma coisa nesse estomago mulher!! – foi até a cozinha e voltou com uma tigela de sopa – anda, come!!!

Comecei a comer e quase coloquei pra fora novamente, insisti mais uma vez até que meu estomago aceitou sem reclamar..

- Boa garota!! – sorriu – agora que você conseguiu comer alguma coisa, vai ter que tomar os remédios – colocou os comprimidos na minha mão

- Nossa, tudo isso?? – olhei a tampinha cheia de comprimidos

- Sim, as vitaminas para gravidez, acido fólico, ferro pra anemia e um pra enjoo

- Eita – tomei de uma vez só – aff ta preso na garganta – fiz uma careta

- Bebe um pouco de água – pegou da garrafa que tinha na mesa de cabeceira da cama

- Obrigada....pega meu celular por favor – pegando o copo de água e o celular

Quando desbloqueei meu celular tive um susto enorme e cuspi toda a água em cima de Adam

- Que nojo!! – saiu correndo pro banheiro

- A-Adam...ele....ele.. – apontado pra tela do telefone

- Nossa Alice, ainda bem que eu sou teu amigo porque se não já teria acabado com a tua raça...isso aqui é camurça sabia!! – secando o sapato com papel – o que foi agora??

- Isso aqui... – virei à tela do telefone pra ele ler a mensagem.

Ele tomou meu celular e ficou olhando por alguns segundos, abria e fechava a boca a todo momento.

Me encontre HOJE as 20:00 no Santa Monica Pier e sem desculpas dessa vez ...”

- Choquei o ovo – sentou na cama – será que ele..??

- Você foi procurar por ele?? – levantei e fiquei na sua frente

- Claro que não...eu não disse nada pra ninguém e muito menos pra ele...esse assunto não me pertence – se levantou também – você vai??

Foi quando recebi outra mensagem...

E se não for, eu vou até a sua casa...”

- Isso responde a sua pergunta?? – olhei irônica

Não tinha como escapar daquilo, más não queria que fosse dessa forma...tinha medo da sua reação, porque convenhamos que na mesma intensidade ele é um lord, ele também é nervoso..quando dei por mim já era 18:00 e eu teria que me arrumar pra encontra-lo as 20:00

- Você vai comigo né?? – implorando

- Claro que sim né...mais vou ficar olhando de longe e se ele tentar fazer qlqr coisa eu enfio a porrada nele!! Uma pena ter que bater naquele rostinho lindo..mais eu bato pra te defender!! – me abraçou – agora vai se arrumar...

Resolvi usar um vestido longo branco com uma jaqueta de jeans e sandália rasteira. Sai do quarto e Adam estava me esperando na sala...

- Ali você tá linda e meu deus,  já da pra ver a barriga – passou a mão dela sorriu

- Nem tinha reparado, eu tava tão voltada pro trabalho que nem reparei...vamos logo!!

- Vai sair com essa cara pálida?? Vem que eu vou te maquiar..

Depois de terminar de me arrumar nós saímos em direção a Santa Monica, quanto mais nos aproximávamos do lugar, mais meu coração acelerava as batidas, meu estomago tinha borboletas dentro dele

- Tudo vai dar certo cherri – pegou minha mão – bem...chegamos!!

Adam estacionou próximo da entrada do píer e nos dirigimos até a entrada. Aquele lugar era incrivelmente bonito, além dos barzinhos em volta tem também um parque de diversões, mais Kevin estava me esperando no fundo do píer, onde as pessoas vão para pescar.

- Respira fundo e vai – segurando minhas mãos – aconteça o que for, eu vou estar aqui...sempre!! – deu um bjo em minha testa

- Obrigada Adam!! – sorri e fui até o encontro dele

Me sentia como uma condenada prestes a escutar a sua sentença final e eu confesso que estava com muito medo. Será que ele soube de alguma coisa?? Claro que não..era impossível ele saber!! Será que alguém tinha descoberto do caso no cruzeiro e contou pra mulher dele?? Ou então esta sendo ameaçado pra que não contem nada...

Fui caminhando até o fundo do píer e tudo era um pouco mais calmo, só escutávamos as ondas quebrando abaixo do píer e o barulho das pessoas se divertindo no parque de diversões. Então eu vi ele sentado em um banco, com a cabeça baixa, as mão na frente do corpo apoiadas nas pernas e estava curvado para frente...

- Kevin??– cheguei um pouco mais perto e ele apenas levantou a cabeça pra me olhar

- Quando você ia me contar?? – abaixou os braços

- Co-contar o que?? – gaguejava nervosa

- Isso aqui caiu quando eu te puxei da rua pra não ser atropelada – entregou o envelope

Essa não.....eu peguei o envelope e comecei a tremer. Precisei sentar antes que caísse dura no chão

- Quando ia me contar que esta esperando um filho?? – seus olhos estavam inchados

- Eu..eu não... – as palavras não saiam direito

- Você planejou tudo isso?? Fazer o seu jogo de sedução pra irmos pra cama e você engravidar – seu tom de voz era de acusação

- COMO VOCÊ PODE ACREDITAR QUE EU IRIA PLANEJAR UMA COISA TÃO SÉRIA DESSAS?? – gritei e me levantei

- E O QUE EU DEVERIA PENSAR ALICE?? – se alterou e levantou também – que foi um acidente, que você se prevenia??por favor né...se preveniu tanto que ta grávida de 4 meses!! – irônico

As pessoas começaram a nos olhar assustadas e então baixamos o tom de voz....

- Ahhh então a culpa foi minha!!?? Engraçado que quem invadiu minha cabine na noite seguinte foi você, quem não se protegeu foi você..por que eu me cuidava, tomava injeção todo o santo mês e só parei pq acabei de saber que to grávida...mais isso não te importa em nada né, afinal eu planejei tudo isso e você é um santo!! – comecei a ficar tonta e me apoiei no guarda corpo do píer

- O que você tem?? – veio até mim e me segurou para não cair

- Me larga... – empurrei ele – quer saber de uma coisa...pode pensar o que quiser de mim, pouco me importa. Só me faça um favor...me esquece!!

Comecei a voltar para o cais....

- Aiiii....... – comecei a sentir uma forte cólica e cairia no chão se não estivesse segurando o guarda corpo

- Ali o que você tem??!!! – veio correndo, passou meu braço pelo pescoço e me abraçou pela cintura

- Uma cólica muito forte...aiiiii...Essa não!! – coloquei a mão entre as pernas

- Você ta sangrando... – me pegou no colo e saiu correndo


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...