História Never Leave Me - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jin, Revelaçoes, Romance, Tae, Taejin
Exibições 68
Palavras 1.573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha eu de novo, gente não sei se demorei tanto, mas trouxe para vocês.
Não vou mentir que havia feito outro capitulo, até comecei a escrever, mas veio está ideia. Eu espero muito que está ideia seja boa! <3
Boa Leitura! ^^

Capítulo 9 - This was to happen?


Fanfic / Fanfiction Never Leave Me - Capítulo 9 - This was to happen?

POV TAE

Estava sendo difícil abrir meus olhos, eles estavam tão pesados, parecia que eles poderiam saltar a qualquer momento de minhas órbitas. Minhas mãos se moviam muito pouco, elas estavam extremamente suadas, parecia que nunca fiz isso, senti uma mão tão macia, dedos grandes rodeando minha mão por inteira, eu conhecia aquela mão.

-Jin....

-Meu Deus. Tae, Taehyung, como você está? Está com dor? Está se sentindo mal? – Falou o mais velho desesperado, segurando meu rosto.

Respirei fundo, pois parecia que eu estava ali há anos, não sabia como eu fazia meus movimentos, após, disse que estava tudo bem.

- O- olha amor, vou falar com o médico, e-eu já volto.

O que aconteceu? Porque estou aqui? –Perguntei a mim mesmo, logo se sentando na cama.

Olhei ao redor de onde estava, óbvio que já havia percebido que eu estava em uma clínica ou mesmo um hospital. Havia algumas camas ao meu redor, até perceber que havia outra pessoa na cama que estava ao meu lado. Era um garoto bonito de cabelos ruivos, bochecha cheia, com lábios médios. Ele estava tão machucado, será que ele se meteu em alguma briga? Tenho pena.

A porta se abriu rapidamente, sendo batida com tudo na parede lateral.

-Dr. Sohan, ele acordou. –Falou o loiro lindo, vindo em minha direção.

-Olá Tae, como está se sentindo? –Perguntou o Dr. de cabelos claros.

-Estou bem, eu acho! Só estou me sentindo um pouco fraco. Na verdade, muito fraco. –Falei baixinho, direcionando minha mão em minha testa.

-Fique com ele SeokJin, vou pegar alguns lanches para ele. –Falou o Dr. Retirando-se da sala.

Ah! –Falou o moreno fazendo referência e vindo em minha direção.

Puxou a cadeira que havia no canto do quarto, posicionou-a ao lado de minha cama, sentou-se e sorriu. Aquele sorriso, fazia meu coração acelerar tão rápido, estava a ponto de saltar pela minha boca. O Hyung era realmente lindo.

Pude sentir sua respiração sobre minha pele, colocou sua mão esquerda em meu rosto.

-Você não tem noção o quanto eu pedi, para que você acordasse logo! –Disse o garoto de lábios rosados. –Eu podia sentir o cheiro de menta, que vinha de sua boca-.

Selou nossos lábios, me dando somente um selinho, e logo marcando minha testa também. Aquilo era tão bom, me acalmava de jeito inexplicável. Olhei para SeokJin, puxando o mesmo pelos fios de cabelo, dando-lhe um beijo ofegante, querendo dizer para ele que eu estava precisando daquilo, mais do que tudo. Mesmo eu estando deitado, não aguento ver meu namorado com uma calça coladinha, segurei sua bunda com força fazendo o mesmo subir em cima de mim, e rebolar sobre meu membro. A porta foi aberta novamente, fazendo nós dois pularmos e também quebrando todo aquele clima.

-Haam... –Sohan olhou sem graça para os dois, pelo simples fato de ter presenciado aquela cena, de “pornô romântico” -. Tae trouxe seu lanche, peguei um sanduiche, bolachinhas e uma caixinha de achocolatado.

-Obrigado Dr. Sohan. –Falei envergonhado, apenas afirmando com a cabeça.

-Antes que eu esqueça Sr. SeokJin, Taehyung terá que ficar mais 3 dias para se recuperar totalmente. –Falou sorrindo.

Tudo bem Dr. Sohan, é o melhor para ele. Há, Dr. poderia chamar meus amigos para visita-lo? Avisar que ele já acordou? –Perguntou o mais velho.

-Claro. –Falou grosso e direto.

Jin pegou seu celular, logo me avisando que iria ligar, para Hoseok e Kookie, para virem me visitar.

 

 

 

 

 

 

 

 

~ANTES DISSO~

POV HOPE

-Com licença! Você deve ser o Jung Hoseok, certo? –Falou o moço lindo da pele clara.

-Sim Sr., sou eu mesmo! Muito prazer. –Falei fazendo a referência e esticando minha mão direita para cumprimentá-lo, ele fez o mesmo.

-Pode me chamar de Min Yoongi. – Falou o branquelo.

-Min Yoongi? Espere um minuto. Suga? –Falei surpreso e de boca aberta.

-Suga? Faz tempo que não me chamam assim, apenas meu melhores ami... Hope? –Disse o Branquelo quão surpreso igual a mim.   

Meu caralho, puta que me pariu, como assim meu chefe é o Deus grego Yoongi? Meu coração acelerou, meu estomago embrulhou, eu queria vomitar, mas não de nojo, mas sim de.... Na verdade, não sabia o que estava acontecendo comigo.

-S-s-Sim, e-e-éramos, melhores amigos Suga. –Falei com a voz totalmente tremula.

-Se acalme Hope, eu estou aqui! Vamos trabalhar juntos, não se preocupe. –Disse o branquelo, colocando suas duas mãos em meu rosto.

Ele estava chegando cada vez mais perto, eu estava nervoso, tremulo, mas de repente ele parou, eu estava hipnotizado, porque caralhos, ele era tão gostoso.

-Hope, seu pinto está vibrando? –Disse o branquelo quebrando o “clima”.

-O que? É, é o meu celular. Me desculpe! –Falei fazendo referência.

-Não tem problema nenhum. Agora atenda o celular! –Ordenou e sorriu.

 

 

 

 

~CELULAR ON “JinnieHyung”~

 

-Jin, espero muito, que vale a pena atender sua ligação. –Falei já puto da cara.

-Não me trate assim Hoseok, vai valer muito a pena. –Falou totalmente calmo.

-Aish, me fale Jinnie. –Falei direto.

-Hoseok, eu vim até o hospital para assinar alguns papeis, então aproveitei para passar no quarto onde Tae estava. Sentei ao lado dele, segurei sua mão e senti uma parte se movimentar, ele acordou Hope. Ele acordou! Já liguei para Kookie, quando ele sair do trabalho irá passar aqui. –Falou Jin, totalmente animado ao telefone.

-Não acredito. Graças aos Deuses, quando eu sair do trabalho, irei direto ao hospital. –Falei já empolgado, porque porra, meu irmão acordou.

-Tchau Hoseok.

 

~CELULAR OFF~

 

 

 

 

Após desligar meu celular, vi que Yoongi estava olhando para mim, mas não com um olhar nervoso, mas também, não era um olhar calmo. Ele estava me olhando dos pés à cabeça, mordendo seus lábios nervosamente.

-Deixei alguns papeis em cima da sua mesa, para você preencher. Vou adorar trabalhar com você, Hoseokão! –Falou o Santo Yoongi se retirando da sala.

Olhe aquele bunda, senhor me ajude? Que merda é essa, ele me chamou de Hoseokão? Eu estou ficando com medo. Mas falando sério, ele fica muito gostoso com roupa social. Preste atenção no trabalho Hoseok, acorde!

Peguei os papeis de cima da minha mesa, olhando um por um, sentei em minha cadeira, e me pus a assinar cada um dos papeis.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

POV SUGA

Não estou acreditando! O que Hope está fazendo aqui? Ele foi o meu amor de infância, meu sonho se tornou realidade? Aish. Pare com isso Yoongi, volte para seu trabalho que você irá ganhar mais e pare de pensar bobeiras.

Puta merda tenho muitas coisas ainda para fazer, por onde posso começar? Tenho vários papeis, onde ainda tenho que passar para o meu computador. Preciso descansar um pouco, preciso dormir, preciso ir ao um parque passear, preciso fazer algo bom pela primeira vez em minha vida. Acho que vou chamar Hoseok para tomar algum sorvete, ir em algum parque ou mesmo em um Club de Strip. No que estou pensando? Club de Strip nem se quer, pode se considerar um lugar romântico.

Fui andando pelos corredores extensos do prédio, a sala do garoto era a última por azar, eu adoraria que fosse ao lado da minha.

-Hoseok, está ocupado? –Perguntei antes entrar na sala.

-Sr. Yoongi, nã-não, pode entrar! –Falou o garoto de cabelos pretos, sorrindo após.

-Bem daqui a pouco, vou liberar você, e... e... Queria saber se você gostaria te tomar um sorvete ou sair para outro lugar. –Falei passando minha mão em minha cabeça.

-Eu adoraria Sr., mas tenho que visitar meu irmão no hospi... – O interrompi em seguida.

-Eu te levo! –Falei

-Mas meu carro está a.... –interrompi novamente.

-Depois trago você novamente aqui Hope. Não precisa se preocupar com isso.

Ele me olha totalmente corado, ficou tímido de repente, mas afirmou com a cabeça e aceitou meu convite.

-Eu deixo você levar esta papelada para casa, sem problemas. Vamos indo, temos que aproveitar este tempo que resta. –Falei olhando o garoto todo vergonhoso. Ele ficava lindo deste jeito.

Hoseok pegou sua maleta, colocou suas coisas nos devidos lugares, e caminhamos até a minha sala para pegar minhas coisas. Pegando tudo, fomos em direção ao elevador, apertando logo o G1 (garagem 1). Hope estava quieto, a todo momento com a cabeça baixa , seu olhar estava absolutamente vidrado no chão.

Apertei o botão das minhas chaves para que o carro pudesse abrir, ele entrou pela porta do passageiro e eu pela porta do motorista, liguei o rádio para distrair um pouco, logo escutando a voz baixinha dizendo, “Eu adoro essa música”, eu olhei para ele e sorri, pois, gostava da música também.

Já estávamos no trânsito, Hoseok me contou como veio parar aqui, até que, comecei a reparar em sua boca, pequena, mas tão linda, seus fios de cabelos lisos, sua coxa, que não pude conter, coloquei minha mão sobre sua coxa, apertei a mesma muito forte, o mais novo olhou para mim assustado, não deveria estar entendo mais nada, ele estava corado novamente e estava mais lindo ainda.

-Me desculpe, você está me deixando louco! –Falei selando meus lábios e os do menor.

Pedi permissão para que minha língua pudesse se traçar com a sua, foi a melhor escolha que eu fiz, ele não pensou duas vezes na resposta. Estávamos nos beijando loucamente, parecia que nunca tinha havia feito aquilo, aquele beijo era tão doce.

Ele já foi meu namorado, mas nós éramos crianças, aquilo não poderia ser amor de verdade, pare de sonhar Min Yoongi. Pense bem você tem namorado, não deveria estar fazendo isso.

Quer saber? DANE-SE!

 

[Continua....]


Notas Finais


Sim, Yoongi tem um namorado haha Criei ele para ter tretas, no meio do caminho hahaha
Espero muito que essa ideia tenha sido ótima!

Espero do fundo do meu kokoro, qe você gostem!

Beijinhos, até a próxima! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...