História Never let me go - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camila Cabello, Camren, Fanfic, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Visualizações 14
Palavras 297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Prólogo


Quando você se apaixona por alguém, você se apaixona pelos detalhes. Por cada mínima característica que torna aquela pessoa quem ela é. Pela capacidade que ela tem de fazer com que cada centímetro do seu corpo celebre a existência dela. É como se tudo deixasse de te pertencer quando ela está por perto. Todos os seus sorrisos, os batimentos descompassados, mas contínuos do seu coração. Os pensamentos e planos passam a envolvê-la. Não como uma forma de posse ou obsessão. Mas de uma maneira natural. Como se o seu corpo precisasse daquele estímulo. Quase como um combustível para que tudo funcione perfeitamente. Para que tudo esteja pronto para aquele momento. É como se eu seu corpo tivesse a exata certeza de que você precisa estar viva e atenta para contemplar a existência dela. A existência que parece completar de maneira inexplicável a sua. 

Era exatamente assim que eu me sentia desde a primeira vez que tinha visto a Camila. Foi como se os meus olhos não quisessem mais olhar para outra coisa. E eles não queriam. Às vezes eu sequer percebia quando eles se fixavam nela.     Quando eu notava, algum tempo depois, tentava me recompor e disfarçar. Eu observava cada detalhe dela como se fosse a obra mais interessante e complexa do mundo. E ela era. Era a mais incrível. E eu não conseguia, mesmo que eu lutasse contra, impedir que a minha mente achasse isso. Ela continuava sendo a dona de todos os meus planos e pensamentos. Mesmo que eu sequer chegasse a ser o motivo de algum dos dela. Mesmo que eu nunca conseguisse ultrapassar a barreira que a impede de me querer assim como eu a quero.

A verdade é que eu sempre vou ser dela. Mesmo que ela nunca chegue a ser minha.     
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...