História Never Let Me Go - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Automutilação, Depressão, Diário, Romance, Suícidio
Visualizações 8
Palavras 1.362
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Drinking


Fanfic / Fanfiction Never Let Me Go - Capítulo 5 - Drinking

Sexta-feira​ 18:34

PoV's Emma

Acordei de um cochilo e olhei meu celular, eram 18h34. Dei um grande suspiro e fui até o banheiro tomar um banho rápido, tenho que ir para aquela festa com o Matt... Voltei ao quarto e me arrumei, tive que colocar uma calça, o que doeu bastante, mas quando bati os olhos no quadro da minha mãe que eu tinha em meu criado mudo, um sorriso se formou no meu rosto. Desci a sala, eram 19h11 dei de cara com meu pai, sentado no sofá. Senti um arrepio por todo meu corpo.

Sr Collins: "Posso saber onde você vai?"

Emma: "... Na casa de uma amiga"

Sr Collins: "Arrumada desse jeito?"

Emma: "Vamos passear no shopping"

Sr Collins: "E você me perguntou se podia?"

Emma: "Eu... Posso?"

Ele deu um leve sorriso e disse "Vai, eu estou saindo agora também, tranque a casa quando sair"

Sorri de volta e disse "Certo"

Sr Collins: "Tchau filha"

PoV's Matt

Quando vi que eram 19h30, fui para casa da Emma, toquei a campainha e ela me atendeu, estava linda, não como nos outros dias, e pude ver um sorriso em seu rosto, mas não disse nada apenas sorri também.

Emma: "Vamos?"

Matt: "... Ah, claro" eu ri um pouco

Ela trancou o portão e fomos caminhando até a festa que não era muito longe, mas quando chegamos a Emma parou olhando para a casa do Logan -capitão do time-

Matt: "O que foi?"

Ela respirou fundo "Eu estou... Com medo"

Coloquei minha mão no seu ombro e a olhei "Tá tudo bem, ninguém vai fazer nada com você ouviu?"

Ela sorriu e nós entramos. Felizmente estava tudo bem, a Emma quase não se mexia mas parecia gostar da festa, muitas vezes sorria, o que me fazia sorrir também. Puxei ela para dançar e ela olhava para o chão com vergonha, mesmo assim dançando um pouco. De repente o Caio veio até mim 

Caio: "Matt, vem cá"

Matt: "O que? Agora não posso"

Caio: "O John tá bêbado cara, ele quis dar uma de fodão e caiu de uma mesa. Todos estão rindo mas parece que ele se machucou"

Olhei para Emma, eu não posso deixar ela sozinha aqui...

Emma: "Pode ir Matt, vou ficar bem"

Fiquei olhando para ela por alguns instantes "Ok, eu já volto" Sai apressado

PoV's Emma

Estou adorando essa festa, pensei ironicamente. Merda, vou procurar algum lugar para me sentar. Eu me sentei no sofá e fiquei observando as pessoas dançando, mas uma chamava atenção, ela estava dançando demais e rindo bastante. Tinha cabelos​ castanhos e franja. Me distrai quando um cara me ofereceu um copo de bebida.

Emma: "Que isso?"

Ele riu "Whisky, pega ai"

... Será que eu aceito? Ah foda-se, isso é uma festa. Peguei o copo e bebi de uma vez só, tinha um gosto amargo que descia queimando minha garganta mas mesmo assim eu queria mais, era uma sensação diferente. Voltei a olhar para aquela menina, quando ela olhou para mim de volta, e parecia estar vindo na minha direção... Realmente, ela está vindo na minha direção. Ela ficou do meu lado e disse "Oi" seguido de uma gargalhada

Que ótimo, ela está bêbada

Emma: "Oi"

Bianca: "Eu sou a Bianca, qual seu nome? Acho que nunca te vi"

Emma: "Emma"

Bianca: "Relaxa, não estou bêbada" e riu de novo

Eu resolvi não responder, só sorri de leve.

Bianca: "Ow, ow, ow"

Um menino perto da mesa de vodka olhou para ela

Bianca: "Ei bem, traga dois copos"

Um outro menino surgiu por trás dela e lhe deu dinheiro e ela deu dois cigarros para ele. Eram baseados. Voltando ao garoto das bebidas, ele veio até nós e nos trouxe dois copos com vodka, peguei um e bebi num gole só. A Bianca se despediu de mim e segurou minha mão, colocou um daqueles cigarros nela 

Bianca: "se gostar, me procura, duas ruas atrás da escola" e saiu rindo, voltou a dançar.

Rapidamente guardei aquele cigarro no bolso e levantei do sofá, comecei a andar, eu não conhecia ninguém ali então fui procurar o Matt mas... Alguém apertou a minha bunda, eu fiquei paralisada mas olhei para trás ver quem era. Um cara moreno, alto "e aí Emma" ele disse rindo e foi até uma rodinha de amigos, todos olharam para mim, e começaram a rir... De mim? Talvez, mas fingi não ligar. Olhei em volta e não vi o Matt, foi quando uma garota veio até mim

?????: "Oi Emma"

Emma: "Você sabe meu nome?"

?????: "Claro boba, todo mundo sabe"

Percebi ela segurando o riso e depois foi até a mesma roda de amigos daquele cara.

Eu pensei mesmo que ninguém ia fazer nenhuma brincadeira comigo? Eu estava ali, parada no meio de todo mundo, senti uma sensação ruim. Parecia que todos estavam olhando pra mim e rindo, eu comecei a ficar nervosa e... Fui até a mesa de bebidas, peguei um copo que estava ali e tomei, eu não sabia ao certo o que era mas continuei, mais um, e mais um, e outro... E outro, até jurar ser o último e depois quebrar a promessa, bebendo mais.

PoV's Matt

O John é muito idiota, ele caiu da mesa por que tava tentando plantar bananeira, por que ele fez isso!? Pelo menos não foi nada grave. Quando fui procurar a Emma não acreditei no que estava vendo, ela rebolando em dois caras e rindo sem parar, deu um beijo em um e continuou rindo e dançando. Caralho por que eu deixei ela sozinha... Fui na direção dela e peguei seu braço delicadamente 

Matt: "Vem, vamos embora"

Emma: "Aah agora que a fasta ficou legal"

Matt: "Vamos"

Emma: "Não, não, não shh não vou sair daqui e você também não"

Ela deu uma gargalhada e me abraçou, começou a se mexer lentamente

Emma: "Anda Matt, dança comigo"

Matt: "A gente dança em casa, vamos"

Ela fez uma cara de choro e tive que pega-lá no colo e sair da festa, eram 2h. Eu não podia levar ela nesse estado pra sua casa, então fomos até a minha. Abri a porta e tentei fazer o maior silêncio possível mas a Emma deu um grito 

Matt: "Emma que isso, não grita"

Ela fez uma cara de brava e a levei pro meu quarto, ela começou a chorar e nos sentamos na cama.

Emma: "... Matt"

Matt: "Emma... Por que está chorando?"

Emma: "É a minha coxa, tá doendo"

Matt: "Você deve ter batido em algum lugar na festa"

Emma: "Não..."

Ela começou a tirar a calça. O que eu faço?

Matt: "Para com isso"

Vi na sua coxa uma grande marca vermelha, parecia ser uma queimadura.

Matt: "O que aconteceu?" Eu disse um pouco assustado

Emma: "Senta ai, vou te explicar"

Ela tirou toda calça e eu fui até o guarda roupa, peguei o meu menor short mas ainda ficou grande nela, então peguei uma camiseta que para ela servia como uma camisola, mandei ela vestir e comecei a rir, ela ficou brava e eu me sentei na cama

Matt: "Vem cá Emma, senta aqui. O que aconteceu na sua coxa?"

Emma: "Foi assim... eu tomei sol"

Matt: "Estou falando sério"

Emma: "Você não tem senso de humor não, eu hein. Eu me queimei com um isqueiro que achei em casa" Ela disse isso rindo um pouco

Matt: "Emma, você fez isso de propósito?"

Ela continuou rindo até olhar para mim

Emma: "Fiz" E começou a chorar de novo, abracei ela. Seu abraço era tão bom, ela se jogou na cama e a camiseta ergueu, mostrando tudo.

Matt: "Não faz isso de novo, ok?"

Emma: "Eu já falei que você tem olhos muito bonitos?"

Matt: "Obrigado" eu ri um pouco

Emma: "Não agradeça Matt, você hipnotiza as pessoas com eles"

Eu não entendi se isso foi um elogio.

Emma: "M-matt acho que vou vomitar"

Matt: "Não, não, vem aqui Emma"

Levei ela para o banheiro e segurei seu cabelo, é tudo culpa minha, arrastei ela pra essa festa e depois a deixei sozinha.

Ela bocejou, "Tô com sono"

Matt: "Vamos"

Primeiro dei um copo de água para ela e depois a levei para o quarto, falei para ela deitar na cama e a cobri com um cobertor. Parece que hoje vou dormir na sala, apaguei a luz e fui em direção a porta

Emma: "onde você vai?"

Fiquei calado

Emma: "Não quero dormir sozinha"

Fui para perto dela

Emma: "Deita"

Me deitei ao lado dela e ela me abraçou, dormimos assim.

PoV's Emma

Acordei com uma dor de cabeça insuportável, percebi que o Matt estava do meu lado, me abraçando... O que aconteceu?


Notas Finais


Obrigado por ler até aqui. Espero que tenha gostado❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...