História Never Say Never - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Khalil Sharieff, Lucy Hale, Ryan Butler, Selena Gomez
Personagens Ashley Benson, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Khalil Sharief, Lucy Hale, Ryan Butler, Selena Gomez
Tags Alegria, Brigas, Romance, Tristeza
Exibições 40
Palavras 1.643
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura meus amores ! 💝☺

Capítulo 50 - :Amigos não se Beijam:


Fanfic / Fanfiction Never Say Never - Capítulo 50 - :Amigos não se Beijam:

P.O.V's Justin Bieber

Não acredito que convivi com a Melyssa todo esse tempo e ela faz isso? Okey que eu ja sabia quem era ela e ela sabia quem eu sou e eramos pra ficarmos kits e agora ela quer me enganar. Juro que se eu não tivesse chamado a Ashley pra Melyssa tirar a máscara de uma vez eu já tinha metido uma bala no meu da testa dela.

Voltei da cozinha pra tirar Melyssa de uma vez daqui mas quando chego Ashley me lança a seguinte pergunta:

– O que você sabe sobre meu Pai?

Fico imóvel eu não posso mentir outra vez pra ela isso acabaria com a minha chance de ter ela pra mim novamente.

– Ashley eu...– tentei encontrar palavras pra que não acontecesse dela sumir da minha vida.

– Viu Ashley você é muito inoscente, acredita em tudo que os outros falam você não serve pro Justin tão bobinha.– Melyssa diz pegando sua bolsa.– Adeus Justin.– a mesma diz saindo batendo a porta.

– Justin desculpa.– Ashley diz com a cabeça abaixa.

– Não, Ash o que a Melyssa disse é...

– Não serio.– ela me olha.– Eu sei o que você está pensando eu sou mesmo uma menina boba que acredita em tudo que falam mas sei lá vindo de você eu posso esperar qualquer coisa.– ela diz seria se referindo ao o que aconteceu dois anos atrás.

– É você está certa, não tem mais nada que eu possa fazer pra você voltar a confiar em mim.– digo.

– A culpa foi sua talvez se eu soubesse por você as coisas seriam diferente.– ela diz.

– Será mesmo? Eu nunca esqueci você.– falei

– Eu não tenho uma máquina do tempo, bem que eu queria.– ela diz e solta sorriso faco pensando.

– Pra voltarmos a ser o que eramos? – pergunto.

– Não, pra nunca ter te conhecido. – ela diz.

Fiquei encarando ela por alguns minutos pra ver se consigo ver além de seus olhos.

– Talvez isso seria ótimo ia evitar de você ter se machucado muitas vezes em acidentes terríveis. – falo.

– E evitar ter machucado o coração também.– ela diz.

– Você também me machucou.– falei

– Sério? Eu nunca te trai.– ela diz

– Ashley enquando eu estava com você eu nunca te trai, aquilo da Thifanny a gente nem estava junto por sua causa que ficou dando uma de difícil pro meu lado. Por que se fosse por mim.– falo.

– Esquece isso ja passou.– ela diz.

– Exato ! já passou mais parece que você não entende isso, e eu não sei mas o que fazer.– eu digo.

– Poupe seu esforço.– ela diz.

– Você não sente mais nada por mim? – perguntei.

– Justin...– bufou. Ela sentou no sofá abriu a bolsa e pegou o celular.– É obrigatório responder?

– Obrigatório? Não. Mas eu quero saber o que você sente.– sentei do seu lado e me virei pra ela, a mesma me olha.

– Você ainda continua fazendo aquilo? – pergunta ela.

– Não vou parar Ashley.– eu digo ela baixa a cabeça pensativa.

– Se eu responder aquilo que você espera que eu responda não vai mudar em nada, me afastei de você por estas e outras.– ela diz agora voltando a olhar em meus olhos.

– Prefere o Henrique só por que ele é irmão da sua melhor amiga? – falei.

– Nada ver você é melhor amigo dela.– ela diz

– E ele é seu amigo. Prefere ele? – pergunto.

– Ele nunca escondeu nada de mim.– ela diz.

– Certo. Eu escondi por que tinha medo de te perder por isso. Mas como sempre você não entende nada do que eu falo.– falo e abaixo a cabeça não querendo olha-la.

Escuto o celular da Ashley tocar a mesma olha e depois pra mim.

– E nunca vou entender.– sinto ela levantar e continuo na mesma posição.– Vem.– ela estende a mão eu seguro e acompanho.– Prometo que vou pensar. Okey? 

Ainda segurando sua mão eu a trago mais pra mim a mesma não se afasta.

– Pensa bem. Não deixa ele fazer a sua cabeça.– falo ela solta um riso nasalado.

– Ninguém vai fazer minha cabeça Justin, por mais que as coisas que ele me diz em relação a você não deixa de estar absolutamente certa.– ela diz.

– Então ele anda fazendo sua cabeça.– digo risonho.

– Ta.– ela ri.– Eu acreditei em você ao invés dele isso foi uma completa burrice.

– Não foi burrice, você me amava, ou ama mais não quer admitir.– falo.

– Okey senhor sabe tudo. Ja vou indo.– diz ela

– Vai pra onde agora? – pergunto.

– Vou pra casa da Lucy.– ela diz.– Se quiser eu fico com você.

– Não, fica tranquila.– falo.

Sem avisar a mesma me abraça forte retribui da mesma corta afundando meu rosto sem seu pescoço sentindo seu maravilhoso cheiro.

 

P.O.V's Ashley Benson.

A sensação de sentir seu cheiro é tão bom não sei o que deu em mim pra lhe dar um abraço. Por mim eu poderia permanecer alí pra sempre.

Ainda abraçada com ele comecei a fazer caminho em seu cabelo. Quando eu digo que não quero ele por perto é por que eu quero, não tenham dúvida disso.

Ele me apertou mais forte eu tentava fazer o mesmo o problema é que eu sou do tipo baixinha.

Difiz o abraçado e disse: 

– Tchau.

– Tchau.– ele diz.

Na verdade quem me mandou mensagem foi Henrique dizendo que queria conversar comigo eu não sei o que é.

•••

Chegando na casa dos pais da Lucy quem atendeu foi a Senhora Julie mae dela. A mesma me deu espaço pra entrar e quando eu passo pelo quarto da Lucy vejo Ryan Chris e Lucy. Vou até eles.

– Oie pessoal.– digo.

– Eai Ash.– diz Ryan os outros sorriam.

– Lucy onde está o Henrique? – perguntei.

– No quarto.– Lucy diz.

Assenti e fui em direção ao quarto dele. Chegando lá bati na porta e ele abriu. O abraçei e sentei na sua cama ele sentou do meu lado.

– Desculpa a demora eu estava...

– Na casa do Bieber.–ele me interrompeu.

– Como sabe? – perguntei emprecionada

– Te rastreei.– ele disse.

– Jura? como você faz isso? – pergunto.

– É segredo.– eu ri fraco.– Voltaram? sem querer ser invasivo.

– Você tem a total intimidade de me perguntar as coisas, mas respondendo a sua pergunta, Não, não voltamos. Acho que isso leva tempo.– eu disse.

– Mais tempo? Voce teve dois anos pra saber o que queria.– ele disse.

– Esta querendo me impurrar pra ele? Logo voce? – dei risada.

– Não estou te impurrando, estou te motivando, é diferente.– ele diz.

– Por que? – pergunto.

– Por que eu sei que é isso que você quer e eu ja te disse milhares de vezes que eu quero a sua felicidade. – ele diz.

– Hery você não existe.– digo o abraçando ele retribui e me aperta forte, faço o mesmo.– Obrigada por ser essa pessoa tão especial.– descaso o abraço e seguro suas mãos.

– Você que é e muito especial pra mim.– ele diz.– Posso te pedir uma coisa?

– Claro, o que você quiser.– digo com um sorriso no rosto.

– Me beija cara você é tão perfeita.– ele diz brincalhão risonho.

– Ahm? Não.– dei risada da sua forma fofa de falar.– Henry, Amigos não se beijam.

– Tem uns que beija.– ele ri eu também.– Bom, eu vi aqui na internet o telefone de onde entregam pizza, a gente liga e chama resto do pessoal, o que acha? 

– Ah eu acho legal.– digo. ele pega o celular da escrivaninha senta do meu lado novamente e começa a digitar o numero.

Fico aqui pensando o Henrique ele sempre foi tão sincero comigo sempre me dando conselhos e me fazendo rir, disse que gosta de mim e por dois anos me esperou. É uma pessoa de fato especial, por que não dar dar o que ele quer nem que seja a ultima vez?

– Henrique.– chamo sua atenção.

– hum? – ele diz com o telefone na orelha.

Subo na cama e fico de joelhos, pelo seu celular e desligou jogando na cama ele me olha confuso e sento em seu colo.

Dou um selinho nele de começo.

– Se você quer o meu beijo...Toma.– falo.

Lhe dou um beijo suave e em seguida arranho sua nuca sentindo ele se arrepiar. Ele sobe minha blusa e aperta minha cintura. Mordo seu lábio e dou dois selinhos.

– Obrigado.– ele diz.

– Você merece.– falei.– Mas talvez isso tenha sido errado eu não quero iludir você. 

– Você não vai me iludir pequena.– ele acaricia meu rosto.– Isso foi a melhor coisa que você pôde ter me dado.

Beijei novamente é bom ve-lo satisfeito e feliz e saber que eu caso isso nele é muito bom. Não me sinto culpada, esses beijos são pura gratidão.

Encerrrei o beijo com um selinho e o abraçei forte e o mesmo retribuiu da mesma forma.

Sai do seu colo e disse:

– Eu vou fazer companhia pro pessoal, continua a fazer o que estava fazendo.– pisquei  e ele riu voltando a atenção pro celular e eu sai de seu quarto fechando a porta por trás.

Vou na cozinha e estava eles conversando sobre coisas aleatórias bebi água e entrei no assunto.

 

P.O.V's Selena Gomez.                   15:00hsPM

A minha semana foi tão corrida depois que voltei da chácara fui passar uns dias na casa dos meus pais esses dias e ainda não consegui ver meu Ry, na verdade eu nem avisei ele cheguei ontem a noite por isso.

Os dias que eu fiquei na casa dos meus pais Ryan não me ligou nem me atendeu o que eu fiquei puta. Sera que ele ta me traindo?

Eu resolvi ir tomar um banho estava muito calor, quer saber eu nem vou ligar pra ele, não vou ser tão fácil.

Após tomar banho me irrolei na toalha e sai do banheiro indo para o closet mas meu celular apitou dei meia volta e peguei na minha bolsa, desbloqueie e abri nas mensagens. Anônimo.

"- Você fica tão linda de toalha mas aposto que fica melhor sem ela, baby." 


Notas Finais


Fiquei com dó do Henrique eu daria um beijo nele coitado, vocês não?? 😌

Quem será que mandou a mensagemb pra Selena?? 😱😱

Amores me perdoem pela demora e pelo capítulo pequeno mas eu não posso deixar vocês sem capitulo não é mesmo?? 😔

Bom, espero que vocês tenham gostado. Amo vocês e até o próximo capitulo.☺👌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...