História Never Say Never - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Tags Emison, Ezria, Haleb, Monaandmike, Spoby, Whereis-a
Exibições 19
Palavras 1.875
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Essa história é de total criatividade da autora

Capítulo 3 - Os Olhos de quem Vê


SALA DA CASA DA TERESA:

               Lá estava Teresa. Era um pouco mais da meia noite e ela estava assistindo a um de seus episódios favoritos de Uma Família do Barulho. Ouvindo o barulho da TV, Caleb resolve descer até a sala:

             -  Teresa, é quase 1 hora da manhã. Não devia estar na cama? - disse Caleb 

             -  deveria, se essa série não fosse tão viciante assim. - disse Teresa 

           -  Só não esqueça que tem uma prova para fazer. - disse Caleb 

          -   eu não quero fazer essa prova . - disse Teresa 

         -  e posso saber porque não quer? - disse Caleb 

          - primeiramente, é cálculo e segunda, é uma prova em dupla. O Senhor Kingsley me colocou como dupla de um cara que não faz nada na sala, além de ter costumes de quem vive em creche. Ele enfia o lápis de todo mundo no nariz. - disse Teresa 

          -   pode ser até uma infeliz decisão da parte dele mas, não justifica você estar acordada a essa hora. - disse Caleb 

           -   vá para a cama. - disse Caleb 

            -   já estou indo pai. - disse Teresa 

Teresa desliga a TV e sobe até seu quarto para dormir. Caleb também sobe para ir voltar a dormir. 

 

NA CASA DA CLARISSE:

                  Clarisse voltava de sua caminhada matinal antes de ir para a escola. Emily estava preparando o café para ela e para Clarisse:

               -  chegou bem na hora do café Filha. - disse Emily 

                -   estou faminta. - disse Clarisse 

                 -  consegui ultrapassar meu recorde outra vez. - disse Clarisse 

                 -  Tá parecendo tão eu quando estudava. Costumava correr antes de ir a escola. E hoje sou uma pessoa presa a uma mesa de escritório de contabilidade. - disse Emily 

                     - Tessa teria feito uma festa com todas as vezes que ultrapasso os meus recordes. - disse Clarisse 

 Clarisse abaixa a cabeça mas, sua mãe levanta: 

                     - Ei, olha pra mim, eu estou com você. As meninas estão com você. Vamos descobrir quem é -A e descobrir sobre esse desaparecimento da Tessa. - disse Emily 

           Logo então, Clarisse abraçou sua mãe. Mas logo, ela recebe uma mensagem de -A: 

                                          "  Isso é só o começo Vadia.

                                                                                         - A " 

NA ESCOLA: 

                  as meninas estavam no corredor guardando seus materiais, quando Teresa comenta;

                   - devo ser a pessoa mais infeliz do mundo. - disse Teresa 

                    - Gostaria de ter sido a sua dupla mas, não era a gente que escolhia. - disse Zoey 

                    - bem, espero que essa prova não seja um total pesadelo. - disse Clarisse 

Logo no corredor, aparece novamente o policial Ross indo na direção das meninas: 

                    - essa não...- disseram as meninas 

                     - bom dia meninas. - disse o policial Ross

Logo, ele olha para Zoey e depois olha para todas elas:

                       - Quero apresentar a minha parceira. Essa é a detetive Katherine. - disse o policial Ross 

                        - Eu vou ser direta ao ponto: Liana, podemos conversar com você? - disse a parceira Katherine 

                         - porque? - disse Liana 

                    - e antes de tudo, eu tenho um mandato então, nós podemos interrogar todas. - disse o policial Ross 

                     -  podemos conversar com você? - disse a parceira Katherine 

                     - é... é claro. - disse Liana 

Logo, ela é levada para a sala da diretoria. 

                      - esse cara é pior que o detetive Wilden. - disse Teresa 

                       - ele não vai com a minha cara e da minha família. - disse Zoey

Logo todas elas recebem uma mensagem de -A:

                            " Vadias não tem vez para mim.

                                                             -A " 

NO QUARTO DA ZOEY:

                        Spencer estava em seu quarto, ajudando a filha a escolher uma roupa para um jantar importante da polícia que iria ter:

           - Que tal essa? - disse Spencer

            -  ele é bonito. - disse Zoey

           - você disse isso nos 5 primeiros vestidos, filha. - disse Spencer

           - Eu sei. É que nunca usei nenhum deles e fica difícil escolher. - disse Zoey

          - Quer um conselho? - disse Spencer

Spencer leva Zoey até o espelho, lhe mostrando o vestido azul longo rendado:

           - Use ele. Vai ficar lindo em você. Use também aquele sapato preto.  - disse Spencer

            -   ok. - disse Zoey

Zoey vai até o banheiro, enquanto sua mãe fica em seu quarto, esperando ela se arrumar:

             - Você teve notícias da Liana? - disse Spencer

             - acho que nem preciso dizer quando alguém passa pelo interrogatório do Policial Ross. Mas ela não disse nada sobre o que foi discutido. Além disso, ele e sua parceira ficaram nos vigiando toda hora. - disse Zoey

            - Isso é muito estranho..- disse Spencer

Logo, Zoey sai do banheiro. Sua fica completamente maravilhada sobre o quão linda sua filha estava:

           -  Filha, você está maravilhosa! - disse Spencer

          -  Je ne suis pas si belle alors mére. - disse Zoey

         - está linda sim. E olha, vejo que aprendeu a falar francês. - disse Spencer

         Logo, Toby aparece na porta do quarto. Ele fica olhando por alguns minutos a mãe e a filha, que estavam lindas:

         - Vocês  estão prontas? - disse Toby    

         - estamos. - disse Spencer 

Logo, Toby, Spencer e Zoey saem do quarto

NO QUARTO DA LIANA: 

       Liana ouvia música, para tentar livrar seus pensamentos daquele infeliz interrogatório mas, não havia como não lembrar:

NA SALA DA DIRETORIA( lembrança): 

      - NÃO SOU EU! - disse Liana 

       - com todo respeito, abaixe o seu tom de voz. - disse o Policial Ross

       - Senhorita Montgomery,  alguém incendiou a sorveteria, que por acaso estava interditada por questões de vigilância sanitária. Há anos, o local era infestado de aranhas, baratas e de outros insetos que se possa imaginar. Por isso ele foi interditado há anos e , ainda está sendo investigado por outros fatores. - disse a Parceira Katherine

     - e por que acha que sou eu nessa gravação? - disse Liana

      -  temos pistas que podem ligar ao incêndio e ao desaparecimento de Tessa Wandervaal: uma câmera amadora filmou você e suas amigas entrando na sorveteria na terça feira passada, durante o dia. - disse o Policial Ross, mostrando o vídeo. - No mesmo dia, á noite, essa mesma câmera filmou você entrando na sorveteria e, depois saindo, com uma mochila nas costas. Quando fomos acionados, encontramos um CD, que tinha como remente -A e uma foto sua com a desaparecida, além de conter uma folha escrita " Liana fez isso " além de um gravador, contendo um áudio da conversa sua com Clarisse Fields DiLaurentis, combinando em visitar o local, além de mencionar que você e Tessa costumavam ir nessa sorveteria. Talvez existam motivos que podem ligar você como suspeita do incêndio e ao desaparecimento de Tessa.  - disse o Policial Ross 

        - deixa eu ver se eu entendi: vocês acham que eu causei o desaparecimento da minha melhor amiga e, que ainda por cima acham que foi eu que incendiou a sorveteria? - disse Liana

Logo, Liana volta a se concentrar na música, quando sua mãe entra em seu quarto:

    - trouxe um chá para você. - disse Aria 

    - obrigada mãe. - disse Liana 

   -  se precisar , é só chamar eu ou seu pai. - disse Aria

Logo, Aria sai do quarto. Nesse exato momento, Liana recebe uma mensagem de -A:

                " A dona Liana foi investigar, veio -A para destruir tudo 

            ainda o sol não chegou e apareceu a escuridão e, agora será assim para sempre. Eu Vejo tudo, eu prevejo tudo. 

                                              -A " 

Liana, nervosa, joga um dos seus quadros no chão. Ela pega um casaco do seu guarda- roupa e sai.

NO RESTAURANTE: 

    Todos estavam brindando, comemorando um dos motivos mais importantes para Zoey:

            - Viva ao policial Toby Cavanaugh por ser um policial corajoso e por ter resolvido um caso que a polícia não conseguia resolver há anos! - disse o policial Jerry 

          Zoey estava muito contente, pois seu pai gostava muito do que fazia e, fazia seu serviço com dedicação. De repente, ela recebe uma ligação de Liana:

                 - Liana, o que foi? - disse Zoey 

                  -  Preciso que você me encontre no Grill - disse Liana 

               -  Mas agora? - disse Zoey 

                -   Agora Zoey. As meninas já estão comigo. Eu preciso que você esteja presente. - disse Liana 

 Liana desliga o telefone. Zoey então pega as chaves do carro da sua mãe e sai para encontrar as meninas. 

DENTRO DO CARRO DA LIANA: 

                  - Liana, você precisa se acalmar. - disse Teresa 

                  - eu tento mas, essa história de -A tá me deixando maluca. - disse Liana 

                 -  -A tá prevendo tudo o que fazemos. - disse Clarisse 

Logo, as meninas estacionam em frente ao Grill. Zoey chega um pouco depois:

                   - Liana, o que houve? - disse Zoey 

                   - -A tá nos vigiando, nos olhando. Tudo que fazemos, qualquer coisa que realizamos, -A prevê e faz com que outras pessoas tenham conhecimento, tomando a decisão de nos vigiar. - disse Liana 

                      - Liana estava nos falando que ela voltou a sorveteria e descobriu que tinha coisas da Tessa: uma foto delas duas juntas, uma blusa e um mapa rodoviário. Só que -A tava vigiando a gente quando chegamos lá pela primeira vez. Gravou um vídeo nosso e da Liana, colocou em um CD e, incendiou o lugar, pois sabia que iria acionar a polícia. Quando chegaram lá, havia um CD com a assinatura de -A, um papel escrito " Liana fez isso" e uma cópia da foto. - disse Clarisse 

                        -   -A sabe pra onde a gente vai, sabe com quem a gente anda. Ela sabe de tudo. - disse Teresa 

Zoey , chocada, diz:

                        - -A tem vários olhos, vários informantes. - disse Zoey 

Logo, o celular de todas vibra. Era mais uma mensagem de -A: 

                                    " Eu vejo tudo vacas. Sigam esse mapa, eu tenho uma coisa para vocês

                                                                   -A " 

            -  Devemos fazer isso? - disse Teresa 

           - e temos escolha? - disse Zoey

Logo, elas foram para os carros, para fazer o que -A pediu.

NA PEDRA DO BEIJO: 

                   Todas elas haviam chegado a pedra do beijo. Todas estavam tensas demais:

                                         - e agora, esperamos -A chegar com uma bandeja de petiscos com uma linda cara feliz? - disse Teresa 

                  Liana vê que há uma filmadora em cima da pedra:

                                         - Hey meninas! venham até aqui! - disse Liana 

Elas vão em direção da pedra. Clarisse pega o bilhete e lê:

                                 " Liguem a filmadora e assistam o vídeo"

Zoey liga e logo começa a ser rodado um vídeo: é mostrado as menias juntas, se divertindo com Tessa. Logo mostra uma mensagem de -A:

                                " há muito tempo vigio vocês"

                                                                     -A 

logo mostra outra cena: uma pessoa de capuz preto, mostrando uma faca cheia de sangue. Assim, acaba o vídeo.

                                         - -A tá fazendo da nossa vida um completo pesadelo. - disse Clarisse 

Logo, elas ouvem um barulho de algo caindo no chão:

                                             - o que foi isso? - disse Liana 

Quando elas se viram elas vê um corpo caído, com um bilhete escrito:

                                       " Tic Toc Vadias

                                                               -A " 

Logo, todas elas gritam:

                                  - AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!- gritaram todas elas. 

Logo, mostra -A limpando a faca e, depois atirando num alvo de dados, que tinha uma foto de todas as 5.

    

   

 

 

 

 

 

                            

 


Notas Finais


Espero que gostem. Peço perdão por ter demorado a postar o 3 capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...