História Nevermind ( Yoonmin) - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~pqpYoonmin

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Anjos, Demonios, Jikook, Jimin, Namjin, Vhope, Yoongi, Yoonmin
Exibições 210
Palavras 1.289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi jani unnie chegando
sobre o capítulo passado deixa eu esclarecer umas coisas, kook nn foi empata foda pois ele apareceu porque jimin pediu, jimin nn queria transar com o yoongi naquele momento e se tivesse rolado algo nn seria o lemon lindo e maravilhoso que eu gosto, mas sim um ESTUPRO.
e pra quem acha que vai ter jikkok no sentido pegação e tals, NN, NN VAITER PORQUE ESSA FIC É YOONMIN E NN JIKOOK, mas eles vão ser próximos sim porque kook é o protetor de jimin. e o kook é um anjo puro e inocente, ele nn vai dar em cima do jimin nn, tá, ele nem sabe o que é paquerar, e meus planos amorosos pra ele são outros
deem amor a esse bolinho de arroz doce

Capítulo 5 - O Anjo


Fanfic / Fanfiction Nevermind ( Yoonmin) - Capítulo 5 - O Anjo

Fiquei parado no mesmo lugar, estático, formulando as informações em minha cabeça, aquele ser em minha frente é o rapaz dos meus sonhos, o cara com sorriso de coelho e de cabelos castanhos, eu sempre achei que ele era fruto de minha imaginação, que nem sequer existisse, mas agora ele está parado em minha frente sorrindo e me dizendo que é meu anjo da guarda. É muita informação pra uma noite só, primeiro um demônio e agora um anjo, daqui a pouco vai aparecer um lobisomem ou o bob esponja.

“ Então, você é um anjo certo, legal, bem louco, empolgante”_ quis soar brincalhão mas por dentro eu estava prestes a correr nu pela rua até um hospício.

“ Sim Jimin, eu sou seu anjo da guarda,estou aqui para lhe proteger quando você precisar”_ ele falou de forma meiga, ele é tão fofinho, parece uma criança.

“ Vamos nos sentar”_ falei do nada, fui pro sofá e me joguei nele, o anjinho fez o mesmo que eu, ele parece está mais nervoso do que eu, oxi.

“ Eu te acompanho desde que você era uma criança, mas eu não podia me aproximar muito”_ começou a falar e já me enchendo de duvidas.

“ E por que não?”_ perguntei erguendo uma da sobrancelhas.

“ Não é permitido que os anjos fiquem muito tempo perto dos humanos, é contra as regras, só anjos mais experientes acabam tendo essa permissão, mas isso só ocorre em momentos muito necessários”.

“ Então você ganhou essa permissão? ou você vai embora?”_ o fitei e ele abaixou a cabeça um pouco tímido, ah gente que amor, vou guardar ele num pote.

“ Eu vim em seu auxílio pois você pediu ajuda, mas eu devo voltar para o céu logo, mas não se preocupe pois eu estarei o observando às vezes e também tem outro anjo que está mais próximo de você, ele poderá lhe proteger sempre que necessário”_ outro anjo, bom pelo menos são dois anjos contra um mini satanás, acho que estou protegido.

“ E quem é o outro anjo?”.

“ O Castiel, ele é um anjo mais experiente, poderá lhe ajudar sempre que você precisar”_ ele deu um lindo sorriso, um sorriso reconfortante… mas pera….. o Castiel? ele também é um anjo? arriégua*.

“ O Castiel? isso explica algumas coisas, mas ainda não entendo o motivo de você não poder ficar aqui assim como o Castiel”_ fiz uma careta de dúvida, ele riu.

“ É complicado Jimin, muito complicado, mas eu virei em seu auxílio em casos de emergência, como o de hoje”_ ah bem lembrado, tenho perguntas a respeito disso também.

“ Por que esse demônio me persegue? ele disse que está me acompanhando desde pequeno, qual a razão disso?”.

“ É algo relacionado ao seu dom, você possui  poderes dados por Deus Jimin, e os demônios são criaturas ardilosas que querem se aproveitar disso”_ agora me deu uma pontada de medo.

“ E o que eles querem? tipo, pra que eles querem usar esse meu dom?”_ as perguntas fluíam em minha mente, só de pensar naquele mini satanás meu corpo se arrepia, eu temo o que ele pode querer comigo.

“ Nós não sabemos, mas com certeza não é algo bom, mas Jimin eu preciso lhe alertar sobre algo, apesar de você ter a proteção dos anjos nós podemos interferir no seu livre arbítrio, suas escolhas, então tome cuidado com esse demônio, ele tem um poder de persuasão muito grande, e um poder de sedução também. Não se deixe levar por suas artimanhas, e fique sempre atento, os demônios conseguem despistar os anjos certas vezes, então se caso aquele demônio conseguir ficar próximo de você outra vez, não fraqueje em nenhum momento certo”_ ele fala como se fosse fácil, aquele demônio só falou e eu já tremi na base, e aquele beijo, oh miserável.

“ Aquele cordão que minha mãe me deu, era ele quem me protegia dos demônios?”_ de repente me lembrei do meu lindo cordão e do que o mini satanás me disse.

“ Sim, eu entreguei aquele cordão a sua doce mãe, ele te protegia dessas criaturas, mas agora que está sem ele você está sem muita proteção”.

“ Não tem como descolar outro pra mim?”_ dei um sorriso amarelo esperando um sim.

“ Não, infelizmente aquele cordão era único, não tem como arranjar outro”_ merda, o azar preenche a minha vida por completo.

“ Ah, que pena, mas eu vou me cuidar, não vou deixar que o mini satanás me perturbe e prometo não incomodar você e o Castiel”.

“ Você não nos incomoda Jimin, estaremos sempre a sua disposição, mas é bom que você se cuide por conta própria, como eu já disse os anjos não podem se misturar muito com os humanos, então se cuide”_ ele sorriu e fez um sinal de ‘joinha’, ele me parece ser uma criatura bem inocente, diferente do mini demônio.

“ Entendi, eu vou me cuidar, foi bom lhe conhecer Jungkook, você é um anjo fofinho”_ oww ele ficou vermelho, que gracinha, realmente parece um neném.

“ O-obrigado, então eu já vou indo, fique bem Jimin”_ ele disse e não deu tempo deu lhe agradecer, ele sumiu da minha vista.

Me joguei no sofá e fechei os olhos com força, aish, por que raios minha vida tinha que ser esse fuzuê todo, é pedir muito ter um pouco de sossego, acho que Deus está fazendo um jogo comigo, eu não pedi nada disso, eu só queria ter minha vida pacata e sem graça, mas as coisas nem sempre ocorrem como nós queremos, agora eu vou ter que me adaptar a essa nova vida e tenho que aprender a me defender caso aquele demônio apareça outra vez. Divaguei em meus pensamentos até sentir minhas pálpebras pesarem, o sono me pegou de jeito  e eu apaguei quase que instantaneamente.

Quando acordei notei que não estava mais em meu sofá, eu estava em minha cama, meu quarto estava completamente escuro, tateei a parede a procura do interruptor, que fica ao lado da cama, logo acendendo a luz. Tomei um susto dos infernos quando me deparei com o satanás de cabelo preto bem na minha frente, com aquele sorriso, odeio esse sorriso, me escolhe na cama e me cobri com o lençol deixando somente a cabeça para fora, o infeliz começou a rir, desgraça.

“ O que faz aqui traste?”_ quase gritei.

“ O anjinho imaculado interrompeu a nossa conversa, vim terminar ela”_ ah meu pai ele vai querer me estuprar, vou ter que pedir ajuda aos anjos de novo.

“ Sai daqui ou eu vou chamar o anjo de novo”_ fiz um bico involuntário, não sei se foi de medo ou de raiva.

“ Diferente do demônios, os anjos não podem ficar passeando por aí o tempo todo, eles são muito certinhos pra isso, seguem regras e um monte de ‘babozeiras”_ ele falava isso enquanto  se aproximava de mim, me encolhi ainda mais.

“ Fi-fique longe, não chegue perto, sai pra lá mini satanás”_ ele nem ligou pro que eu disse, quando pisquei o olho o disgramado’ já estava ao meu lado , sentado na cama e sorrindo, essa peste.

“ Calma gatinho, eu só vim te desejar boa noite”_ dito isso ele segurou minha cabeça com certa força e me beijou, a demônio, desgraçado, maldito, infeliz, tranca rua, lindo, beija bem… pera o que eu tô’ pensando, ai o miserável beija bem. Ele separou o beijo me deu um selinho na testa e sumiu.

Idiota, ele acha que pode entrar na minha casa, no meu quarto, me beijar e depois sumir, mas ele vai ver só, quando ele aparecer pra mim outra vez eu vou estar pronto pro combate, ele que me aguarde.


Notas Finais


espero que tenham entendido o papel do kok aqui
obg por lerem
amo vcs até o proximo cap que vai ser logo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...