História New choices and New life - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Tags Romance Drama
Exibições 44
Palavras 1.606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Maaaaaaiiis unmmmm amores tenham uma ótima leitura

Capítulo 3 - III


Acordei com minha mãe gritando e me cutucando,e o pior é que ela sabe que eu odeio que me cutuque 

-Acorda seu voo sai daqui a duas horas - ela disse tirando minha coberta

-Ta me deixa, já vou levantar - disse puxando a coberta de novo,tomei coragem e me me levantei tomei um banho e coloquei uma roupa,chamei a Manu e ela se arrumou,ficamos uma olhando para a cara da outra

-Achei que esse dia nunca chegaria - disse olhando para o chão

-Também não,pensei que íamos morar  juntas - Manu disse

-Mais isso pode acontecer,e só esperar a idade e ir pra lá também,duas amigas morando em Los Angeles,isso e um sonho para qualquer pessoa - falei me levantando e indo até ela

-Isso e uma ótima ideia em posso pensar no caso - ela disse com uma cara engraçada

-Vamos to morrendo de fome - falei pegando a mao dela e a puxei para a cozinha

-Isso não e novidade sabia - ela disse e se sentou na mesa 

-Pão de queijo!! - falei toda animada pegando um e mordendo 

-Outra novidade - ela disse pegando um também

-Filha - minha mãe disse pegando em meu ombro

-Oque você quer  - falei me afastando

-Nao faz isso comigo, por favor - ela falou com os olhos cheios de lágrimas

-Você quer  que eu faça oque,você esta me fazendo separar de pessoas que eu amo - falei e senti uma bendita lágrima escorrer pelo meu rosto


-Isso e pro seu bem filha um dia você vai entender - ela falou e saiu

-Um dia... porque hoje sinceramente não entendo nada - falei e me sentei novamente. Logo ela saiu da cozinha e foi para outro cômodo

-Acho que ela está certa, vai ser melhor pra você acredite em mim. Uma escola melhor com pessoas melhores. E um novo começo e uma nova oportunidade. Um dia você vai entender acredite - ela falou segurando minha mao me fazendo pensar bastante sobre tudo aquilo mas mesmo assim ainda tinha raiva.

-Tudo bem acredito,mas agora vamos,meu voo já esta pra sair - então lá vou eu rumo a um lugar desconhecido com pessoas que eu nem imagino como sejam,com costumes totalmente diferente e assim foi o caminho inteiro apenas pensando em como seria minha vida lá .

Chegamos ao  aeroporto,eu peguei uma mala e minha mãe a outra,fizemos todos os procedimentos já que sou de menor, estavamos sentadas a espera do meu voo, até que finalmente ele foi chamado, senti um aperto no coração não queria deixar aqui, mas ao mesmo tempo meu coração pedia por novas pessoas, por uma nova vida. Me despedi do meu irmão, e nunca pensei que seria tão difícil dizer tchal,ele não queria me soltar e sinceramente também não queria  soltar ele

-Você tem que ir filha - minha mãe disse pegando na minha mao  - você vai ser feliz lá, eu te amo, e estou fazendo isso  pro seu bem

-Tudo bem mãe,agora tanto faz - falei e fui abraçar a Manu. Ficamos um bom tempo abraçadas

-Você tem que ir -  mas não me soltava - mas eu não quero que vá

-Te prometo que te ligo todo dia, mensagem, videos, fotos, tudo que tem direito

-Vou cobrar em - ela disse me dando um ultimo aperto e me soltou. Fui em direção a área de embarque, e de lá dei meu ultimo tchal.

Entrei no avião e me sentei na janela porque adoro a vista, assim que o avião decolou coloquei meus fones de ouvido para escutar meu lindo e divo Ed Sheeran. Sim eu sou apaixonada nele, e por conta  dele meu amor pela musica começou,comecei a tocar violão que e a minha paixão, quando toco sinto que não estou mais no mundo, sinto me confortável, me sinto uma outra pessoa.

Coloquei Photograph pois é umas das minhas favoritas, fui escutando e acabei dormindo...  Fui acordada pelo comissário de bordo pedindo para desligar o celular. Não posso acreditar que já vou pousar, olhei pela janela  e  uau e tudo muito lindo, fiquei de cara não sabia que era tudo tão  bonito. Assim que o aviao pousou desci e peguei minhas malas que estavam muito pesadas. Vi meu pai um pouco distante mas o reconheci, estava um pouco mais velho mas não mudou tanto, ele abriu um  enorme sorriso na hora que me viu

-Filha - ele disse e me abraçou, apenas me afastei 

-Oi, podemos ir pra casa logo estou muito cansada - falei e ele pegou a mala da minha mao

-Claro vamos - ele disse e então fomos para casa estava tudo em silêncio mais tudo que e bom dura pouco - e ai como você esta?

-Bem

-Você tinha bastante amigos lá?

-Sim - não queria contar a triste historia que é minha vida

-Nao se preocupe vai fazer bastante amigos aqui - ele falou me olhando - você cresceu em ta tão bonita

-Pai por favor,sei que esse momento e complicado mas não precisa ficar tentando se dar bem comigo você sabe que eu não estou feliz de estar aqui então é simples fica na sua que eu fico na minha - falei rápido pois odeio que a pessoa fique forçando assunto

-Tudo bem - ele disse com uma cara triste - Chegamos - depois de um tempo ele anunciou.
A casa era muito bonita bem grande,dois andares,Jardim perfeito na frente e Super bem cuidado. Entramos e era mais bonita ainda por dentro - seu quarto e lá em cima a primeira porta a direita - ele falou e eu subi com apenas uma mala.

O quarto era perfeito,banheiro,closet,uma cama enorme e uma decoração bem legal. Me joguei na cama e fiquei pensando na vida,na mesma hora peguei meu celular e mandei uma mensagem pra Manu

        Mensagem on

Oi Ma so pra avisar eu já cheguei ta,e aqui e muito lindo*Ally

Que bom que gostou,e seu pai?*Ma

Bem já falei pra ele não ficar forçando,sabe que eu odeio isso,falei pra ele ficar no canto dele que eu fico no meu* Ally

Amiga não faz isso ele e seu pai*Ma

Pra mim ele nao e,tenho que arrumar minhas coisas depois a gente de fala ta bjss *Ally

Bjss,já estou com saudades*Ma

         Mensagem off

Sai do celular e peguei minha outra mala que estava lá em baixo,coloquei meus fones e comecei a arrumar minhas roupas e a colocar minhas fotos em um mural que tinha,e algumas espalhei pelo resto do cômodo, quando finalmente terminei me deitei na cama e guardei os fones em um criado mudo que estava ao lado da minha cama. Escutei meu pai me chamando e desci para ver oque era,assim que cheguei vi ele arrumando a mesa

-Imaginei que estivesse com fome,mas como não sei cozinhar e estou acostumado a comer fora eu pedi uma       pizza - ele falou com um olhar apreensivo esperando uma resposta


-Tudo bem - falei e me sentei a mesa,ficamos em silencio por um bom tempo até que


-Amanhã você já começa na nova escola,acho que vai gostar de lá - apenas fiz sinal positivo com a cabeça - e ai oque você ta achando daqui?


- Legal - falei bem seca


-Você quer dar uma volta pra conhecer o bairro?

-Pela última vez,eu nao quero ficar dando uma de papai e filinha como se nada estivesse acontecido, como se você sempre estivesse comigo, então para ta, já esta sendo difícil o bastante pra mim - falei um pouco alto, infelizmente sou bem explosiva tento mudar mais quando vejo já falei


-Tudo bem,só estou tentando ter uma relação de pai e filha com você

-Nao tente - falei pegando dois pedaços de pizzas e subi, me sentei na cama e pensei " nao vou ficar aqui me lamentando por tudo,vou aproveitar" assim que terminei de comer me levantei e  coloquei uma roupa melhor e desci,meu pai estava no sofá com as maos no rosto,tentei sair sem ele ver mas


-Onde você vai?


-Nao to afim de ficar em casa sem fazer nada


-Ta meio tarde você nao acha


-Sim ta bem  tarde pra você começar a de preocupar comigo - falei e sai,comecei a andar até que achei um parque,mas antes de ir para o parque comprei uma bebida qualquer,sim eu bebo,mas e só quando estou nervosa e quero extravasar,já tentei parar e a única coisa que posso fazer para não beber é tocar meu violão,mas não deu pra trazer.

Meu celular começou a tocar,era meu pai acho que ele esta preocupado pois faz 2horas que estou fora de casa e já e bem tarde,resolvi voltar,fui caminhando bem devagar porque quando mais tarde,menos tempo pra ficar com meu "pai" sem contar que nao estou tão sóbria assim. Cheguei em casa e lá estava ele em pé na sala.


-Olha só você pode não gostar de estar aqui,ou não gostar de mim,mas eu continuo sendo seu pai e você tem que me obedecer - ele falou rápido e direto


-Tanto faz,eu sei me cuidar e não queria estar aqui então me deixe em paz - falei e ia subindo para meu quarto mais ele me puxou


-Você bebeu?


-Haha descobriu isso sozinho,não sabia que era tão inteligente assim - falei fazendo ele soltar meu braço e subi para meu quarto,fui até a sacada e abri ela dava de frente para outra, fui até meu rádio e coloquei um Cd com minhas musicas favoritas do Ed,e fiquei sentada na sacada por um longo tempo,vi que já era muito tarde e amanhã já começava as minhas aulas, coloquei meu despertador tomei um banho bem rápido coloquei meu pijama e dormi.                                                


Notas Finais


E aiii gostaram?? Entao favoritem para nao perder nenhum Cap. Até a próxima prometo não demorar ♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...