História New Family - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ace of Angels, CNBlue, Got7
Personagens Jackson, Lee Jong Hyun, Personagens Originais, Seolhyun
Tags Aoa, Casamento, Cnblue, Dança, Fnc, Got7, Irmãos, Jackson, Jyp, Kpop, Pais, Seolhyun, Taekwondo
Exibições 32
Palavras 1.215
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Ficção, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


DEVE TER ERRO ORTOGRAFICO PQ TO COM SONO E MINHA VISTA TA ARDENDO! BOA NOIYTE

Capítulo 22 - Soo Ra Saco de Arroz


 

- Essas foram às 14 horas mais cansativas que eu já passei em minha vida. – Soo Ra disse aquecendo os braços.

- Tenho certeza que foi mais cansativo pra eles. – Estalei meu pescoço olhando para nossos amigos jogados no chão. – Vamos comer o cheiro de ramém está me matando!

- Kang Joo Oppa faz um ramém baixa renda parecer caviar. – Ela disse rindo, ela realmente ficava fofa enquanto ria.

- Hey vocês dois não vão comer?! – Kang Joo praticamente gritou da cozinha. Era obvio que ele estava com um daqueles surtos de ciúmes.

- Já é meia noite, temos vizinhos, sabia?! – Soo Ra gritou de volta. – Escandaloso!

- Pare de gritar, você têm vizinhos, sabia? – Eu disse irônico bagunçando seus cabelos. – Vamos logo jantar eu estou morrendo de fome! – Apertei sua bochecha a puxando pela mão.

- E quando você não está com fome? – Ela disse pra disfarçar seu rosto vermelho.

- Quando você está me batendo. – Eu ri vendo-a rolar os olhos, a deixar com vergonha é meu passatempo número um.

Pegamos as duas últimas tigelas que estavam no balcão da cozinha e sentamos no chão da sala junto com os outros, alguns já roncavam em seus colchões. A nova casa de Soo Ra era um pouco maior que a antiga, mas parecia igualmente confortável, tinha várias fotos espalhadas pela casa. Algumas de quando ela e Kang Joo eram crianças e umas recentes em que eles agiam como crianças. Tinham muito mais fotos de Kang Joo na infância do que de Soo Ra e eu sabia o porquê. Uma das fotos em um porta retrato ao lado da televisão me chamou atenção. Era Soo Ra, deveria ter uns quatorze anos e olhava distraída para o nada com cabelos esvoaçando seu rosto junto à pétalas de cerejeira, seus cabelos negros ainda estavam pouco abaixo do ombro. Era muito familiar porque eu tinha uma foto igual.

- Eu conheço essa foto. – Eu disse pegando o porta retrato.

- Como assim? – Seo Joon perguntou bocejando de sono.

- Eu tirei essa foto há uns dois anos quando fomos ver as cerejeiras. – Eu disse me lembrando exatamente do ocasião.

- Ainda se lembra disso? – Soo Ra disse rindo, mas suas orelhas estavam vermelhas.

- É claro que lembro! – Eu ri deixando que os outros olhassem a foto. – Você estava reclamando por ser feia, já que as pessoas da sua turma diziam isso. Aí eu tirei a foto e disse que você era cega, que se você era feia eu era um orangotango.

- Oh olhando assim a Soo Ra até parece uma menina. – Kang Joo disse embasbacado debruçado sobre a foto junto com os outros.

- Yoon Jae você deveria ser fotografo, a fez parecer uma modelo! – Hong Yon disse impressionado. – Nem parece àquela garotinha que nos chamava de Hyungs!

- Olhando assim até parece bonita... – Seo Joon disse virando a foto de cabeça para baixo e encarando Soo Ra junto com os outros. – Vamos só olhar pra foto mesmo.

- Ya Dongori! – Ela exclamou levantando o punho.

- Tudo bem, você continua bonita, mesmo com o rosto sujo de ramém. – Eu disse passando o dedão ao lado de seus lábios para limpar seu rosto.

- Tinha que chamar atenção para a foto não tinha? – Ela semicerrou os olhos com o rosto vermelho me fazendo desviar de seu punho.

- Eu disse que você era linda, ninguém mandou não acreditar em mim. – Eu gargalhei voltando a comer. – Mulher de pouca fé!

- Não cansa de implicar comigo, não é mesmo? – Ela deu um sorriso tímido rolando os olhos.

- É claro que não esse é meu melhor passatempo. – Eu pisquei um olho pra ela apertando de vele a ponta de seu nariz.

- Você deveria arranjar um hobby então. – Ela empurrando de leve meu ombro.

- Eu tentei. – Eu disse a verdade. – Corrida, cinco instrumentos, outras línguas pré-vestibular, mas você continua na minha cabeça. – Eu dei outra gargalhada vendo seu rosto ganhar um novo tom de vermelho. – Acho que vou processa-la por danos mentais.

- Só coma a droga do ramém. – Ela desviou o olhar me fazendo rir outra vez.

- Que estranho! – Um dos amigos de Kang Joo chamou nossa atenção. – Essa é a primeira vez que vejo a Soo Ra ficar vermelha em dois anos!

- E ela tem estado assim o dia inteiro! – Seo Joon deu corda pro outro idiota.

- Deixa de ser idiota! – Eu disse a Seo Joon batendo em sua nuca.

- Não sei por que, mas acho que é por causa desses seus gominhos ai! – Ele disse cutucando minha barriga a fazendo soltar uma gargalhada alta.

- Fala sério eu vejo vocês sem camisa todo dia por mais de seis anos, acha mesmo que vou me impressionar?! – Ela disse entre risadas cutucando minha barriga. – Pra mim vocês são como sacos de batatas assexuados que andam!

- Termo valido, já que vemos você como um saco de arroz. – Oh Hyun disse rindo com os outros.

- Veem Hwang Soo Ra como saco de arroz? – Os amigos de Kang Joo estavam cansados demais para terem noção do perigo.

- E você não vê assim? – Engrossei minha voz colocando meu corpo na frente do dela cruzando os braços.

- A vejo como um saco de farinha Sunbae. – O garoto arregalou os olhos, acho que seu nome era Chang ou algo assim.

- É tão ridículo quando ele fica com ciúmes. – Hong Go disse rindo. – Afinal de contas vocês dois são o que agora?!

Virei para Soo Ra que me olhava com a mesma cara de dúvida. Se não contássemos iriam nos encher depois e se contássemos iriam nos encher agora. Era uma dúvida cruel, mas decidimos em poucos segundos sem dizer uma única palavra, somente balançando a cabeça.

- Estamos namorando. – Eu respondi me virando para eles dando os ombros.

- Estão o que?! – Seo Joon se engasgou com ramém cuspindo em si mesmo. – AI QUENTE! QUENTE!

- Vão levar uma hora pra saber se estamos brincando ou não. – Soo Ra disse balançando a cabeça. – Talvez devêssemos ter falado mais tarde.

- Não, curta o pandemônio. – Eu ri olhando o caos acontecer em baixo volume.

- Você disse que eles eram só amigos! – O amigo mais alto de Kang Joo praticamente gritou com ele.

- E eu pensei que eles eram até alguns minutos atrás. – Kang Joo disse em sua defesa.

- Autuar, nós nunca fomos só amigos! – Eu disse ouvindo um súbito silencio e olhos sobre mim. – Só ia dizer que éramos melhores amigos, tem mais ênfase!

- Santo Buda, como você é idiota! – Ela disse rindo.

- Seu idiota querida agora não tem mais volta. – Eu disse piscando pra ela.

- Eu sou o irmão dela, não deveria me pedir permissão ou algo assim? – Kang Joo proclamou erguendo uma sobrancelha.

- Posso ser mal educado? – Me virei pra Soo Ra em dúvida.

- Vai lá põe pra fora. – Ela disse balançando a cabeça.

- Você não a conhece nem há dois anos e eu sou o melhor amigo dela há quase uma década, não preciso pedir nada. – Nossa isso deve ter doido, mas era preciso ser dito. – E ela não é uma garotinha, não precisa pedir sua permissão pras coisas.

- Deuses Yoon Jae você é um cavalo! – Seo Joon disse gargalhando.

 


Notas Finais


Eu trabalho com comentários gente, pro isso brogadinho a quem comenta!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...