História New family is compliction - Sister of Jin - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin
Exibições 53
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oieee, vortei e mais cedo, pq eu prometi não postei no mesmo dia mais fiz o possível pra postar rápido e antes de mais nada desculpem os erros e desculpem se vcs bugarem em alguma parte mas eu dei o meu melhor 🙈🙈 mas o nosso melhor nunca é o suficiente então se vcs me disserem como ficou sei que estou melhorando e alçando a expectativas de vcs.... bem já demorei demais
Boa leitura...

Capítulo 4 - É tão frustrante...


                                    Ridlyn

Sabe hoje é o dia lá que eu tenho que ir no tribunal, bem estou nervosa, e numa tentativa meia falha comi quase um pote de sorvete com bolo, mas como eu disse não deu certo então agora estou no meu quarto dançando pra extravasar todo o nevorsismo e a tristeza, daqui a dois dias será a missa de sétimo dia do falecimento de vovó, estava dançando Might Just Die, essa música tá resumindo minha vida nos últimos seis dias.
A música acaba e me jogo na cama com lágrimas nos olhos, ponho meu braço na frente dos meus olhos.
-Ridlyn.- Minha tia me chama mas não respondo.- Ridlyn Kim, estamos atrasadas, se apresse.- Gritou irritada, me levantei indo pro banheiro e passando uma água na cara, calçando meu amado sneaks e descendo vendo a cara da inveja na minha tia, isso é por causa da herança ainda.
-Você não lembra das suas obrigações não? -perguntou abrindo a porta da casa é saindo.
-Não sei do que a senhora está falando.-Digo entrando no elevador com ela.
-Ah não,  lá em cima eu estava te chamando a meia hora e vc tava com o rádio alto e não me escutou e isso fez agente perder o horário.-Disse ela brandando comigo e saindo do elevador.
-Tia ainda temos...-Olho para meu relógio.-Uma hora e meia pra audiência começar não demora nem meia hora para chegarmos ao tribunal.-Digo entrando no carro e já colocando meus fone de ouvido escutando History a viajem inteira.
Chegamos lá bem antes da audiência começar, minha tia ficou conversando com o advogado e toda hora ficava me olhando de relance e dando um sorriso de como quem vai aprontar uma, não quero nem saber o que, fiquei escutando música até o começo da audiência.
-Daremos agora início à audiência de guarda da menor, Ridley Kim Tuan (N.A: Minha personagem tem grandes parentesco asiático kkkk, ela é Tailandesa por parte de mãe que já morava no Brasil e coreana por parte de pai, okay todo explicado ou não, também estou confusa kkkk), vamos começar com o depoimento da tia, Senhorita Cecília Tuan.-Disse o Juiz e minha tia se levantou apertando a mão do juiz e voltando a se sentar.- Bem por que não queres ficar com sua sobrinha?-perguntou ele e ela fez cara de coitada, viada, vagabunda vai se fazer de inocente pro juiz.
-Bem senhor juiz, eu trabalho demais e a maioria do tempo eu estou fora da cidade e do país, e não quero deixá-la sozinha largada na minha casa, quero deixar ela em boas mãos e com pessoas que possam cuidar dela.-disse em inglês para todos presentes enteder logo se sentando no seu lugar, limpando falsas lágrimas.
-Mas o que garante que ela é irmã do nosso cliente?-Pergunto um dos advogados, com as mãos sobre a mesa.
-Podemos fazer um teste, mas minha irmã e minha mãe sempre me garantiram que ela era filha de Kim Minsoo, mas acho que pelo sobrenome da minha sobrinha já dá pra perceber que ela é filha dele.-Disse minha tia convicta.
-Existem milhões de Kim's não Coréia e na China, sugiro que façamos o teste.-Disse o advogado.
-Então façamos o teste e depois veremos o qual a decisão da menor, todos de acordo?-Pergunto o juiz olhando pra todos presente na sala.
-Sim!-disseram juntos.
-Então pronto, os senhores advogados representantes de Kim Seokjin, tem algum material que poça ser usado na análise do teste?-Pergunto o juiz.
-Sim, senhor aqui.-disse passando um pacote com uns fios de cabelos dentro.
-Certo, vou mandar esse para a amostra e você, senhorita Ridlyn, peço que arranque uns fios do seu cabelo e coloque neste envelope.-Disse passando um envelope branco e um fiz o que foi pedido, coloquei dentro do envelope e o entreguei.-Dentro de dois dias devem receber os resultados e junto com ele uma intimação para comparecer ao tribunal  novamente.- Disse se levantando e entrando numa sala e logo depois saímos, sem dizer uma palavra.
Isso é tão frustrante, ter que comparecer ao júri enquanto eu devia está na minha cama me lamentando pela minha avó.
Voltei pra casa tomei um banho e me joguei na cama indo dormi porque meu deus, acho que nunca fiquei tão cansada, mas é tão frustrante ter que ficar mais tempo presa a lembranças, que nunca mais se repetiram e a uma tia chata e um ex insistente.


Notas Finais


Bem espero que tenham gostado e mais uma vez desculpa pelos erros e pelo cap bosta 💩💩💩 e até o próximo cap...
Sarangae 😻😻🌟❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...